Aposentadoria ameaçada

0

O Projeto de reforma da Previdência objetiva acabar de vez com a aposentadoria, pois quase ninguém viverá o tempo exigido pela proposta para ter direito ao benefício. No fundo, este governo militar pretende beneficiar as grandes empresas e a elite do Sudeste, mesmo sabendo que milhões de brasileiros pobres morrerão antes de completar quase meio século de carteira assinada: no máximo deixarão para seus cônjuges sobreviventes o direito à pensão por morte, que, mesmo assim, não será integral. Portanto, o povo precisa reagir com firmeza contra esse golpe que a o governo e parte do Congresso pretendem aplicar na classe trabalhadora. Ademais, uma Câmara Federal e um Senado frequentados por suspeitos propineiros não possuem autoridade moral para aprovar tamanho castigo contra o povo. Guardem os nomes dos deputados e senadores que apoiam esse crime de lesa-pátria para derrotá-los nas próximas eleições.

Braços cruzados

Cansados de esperar pelo merecido reajuste salarial, os professores municipais de Aracaju cruzam os braços nesta quarta-feira. Para protestar contra o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), os educadores realizarão uma manifestação no calçadão da rua João Pessoa. Além do reajuste, eles cobram uma educação pública de qualidade e melhores condições de trabalho. Resta saber se conseguirão convencer Nogueira. Marminino!

Mãos à obra

E o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) promete recuperar em dois meses todas as ruas e avenidas danificadas pelas últimas chuvas. O trabalho de recuperação começou pelas áreas mais atingidas pelo aguaceiro da semana passada. Nem precisa dizer que os pré-candidatos a prefeito da capital vão contar os dias, torcendo para que a Prefeitura não resolva nos próximos 60 dias todos os problemas causados pelas fortes chuvas. Crendeuspai!

Bola fora

O Ministério Público Federal quer ver atrás das grades o presidente da Confederação Brasileira de Handebol, Manoel Luiz Oliveira. Ele e dois empresários são acusados de firmarem um contrato fraudulento que teria resultado num desvio de R$ 301 mil. Caso sejam condenados pelo crime de peculato, os três denunciados estão sujeitos a pena de reclusão de dois a 12 anos, além de multa. Vixe!

Mãe das reformas

O ex-senador Antônio Carlos Valadares (PSB) torce que o Congresso aprove, o quanto antes, a tão prometida reforma Política, considerada por ele como a “Mãe das Reformas”. Segundo Vavá, se bem feita, ela evitará a eleição de milagreiros e salvadores da Pátria para a presidência da República, “e de parlamentares desatentos e infiéis a programas e propostas que levaram o povo a votar neles”. Danôsse!

Vergonha

Mais da metade (55,4%) dos alunos do 3º ano do ensino fundamental não leem e não interpretam um texto de forma correta. Foi o que constatou a Avaliação Brasileira do Final do Ciclo de Alfabetização. O 3º ano é a série considerada limite para a alfabetização, segundo o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic). Só Jesus na causa!

Apaga velinhas

E quem está mudando de idade nesta quarta-feira é o prefeito afastado de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC). Às voltas com a Justiça, sob a acusação de desviar recursos do matadouro municipal, Monteiro vai comemorar a data em família, sem alarde. Por conta desse processo, Valmir passou mais de três meses preso e, mesmo solto, precisa se apresentar à Justiça e não pode se ausentar do município sem a devida autorização. Homem, vôte!

Vai um doce aí?

Dizem as más línguas que tem muita gente no Tribunal de Contas de Sergipe torcendo pelo retorno do conselheiro aposentado Flávio Conceição. Ele foi colocado no estaleiro após ter sido condenado sob a acusação de ter metido a mão grande no dinheiro do povo. Absolvido, quer se desaposentar. Na Corte de Contas, muitos se dizem com saudade do doce de leite distribuído por Conceição. Numa das gravações feitas pela Polícia Federal, durante o inquérito que resultou a prisão do dito cujo, ele disse a também conselheira Izabel Nabuco ter deixado no apartamento dela uma lata de doce de leite. Aff!

Devo não nego…

O volume de consumidores com contas atrasadas cresceu 9% no primeiro semestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo o SPC Brasil, é a segunda menor variação nos atrasos, desde 2012, quando a inadimplência havia crescido 5,8% no primeiro semestre. Somando todas as pendências, cada consumidor inadimplente deve, em média, R$ 3.252,70. Este valor representa quase três vezes e meia o salário mínimo (R$ 998,00). Em média, cada devedor tem duas contas em aberto. Você também tá nessa?

Vidas em risco

E o senador Rogério Carvalho (PT) não perde uma oportunidade para criticar o presidente Jair Bolsonaro (PSL). Segundo o petista, o capitão de pijama liberou geral o uso de agrotóxicos, afrouxou regras de fiscalização do trânsito e quer armar a população até os dentes. Carvalho entende que “com a necropolítica de Bolsonaro, pouca gente chegará com vida à idade de se aposentar”. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal O Laranjeirense, em 5 de fevereiro de 1888

Resumo dos jornais

Comentários