Black Friday chegando… Cilada ou bom negócio?

0

Na última sexta-feira desse mês de novembro ocorrerá a tão comentada Black Friday, data muito comemorada pelos varejistas. Mas não se deixe enganar pelos anúncios “fantásticos” das lojas e pelos truques de marketing; não é um dia para os consumidores conseguirem pechinchas, é um dia para os varejistas limparem suas prateleiras de estoque antigo e que estavam encalhados.

Black Friday (Foto: Pixabay)

Fingir que eles estão nos fazendo um favor, oferecendo preços baixíssimos é um truque antigo de marketing.

Só porque algo é rotulado como preço baixo, isso não significa que seja de fato um bom negócio. Você só faz um bom negócio, se já pretendia comprar um determinado produto a um preço mais alto e acabou por economizar algum dinheiro comprando o mesmo produto com um belo desconto em uma venda.

Tendo isso em mente, vale a pena ficar esperto nessa data para não acabar comprando algo que não pretende apenas pelo impulso viral das propagandas e anúncios que chegam a parecer verdadeiros “milagres” da economia.

Pensando nisso, separei um artigo muito interessante elaborado pelo blog Como Gastar Menos entitulado Dicas para comprar na Black Friday, vale muito a pena seguir alguns desses conselhos para não acabar caindo na já comentada no meio popular “Black Fraude”.

Entre as principais dicas, posso dizer que monitorar o preço com antecedência, tomar nota e utilizar ferramentas como o Google Shopping, Zoom, Buscapé entre tantos outros fazem uma boa diferença.

Decida com antecedência quanto você deseja gastar nas compras da Black Friday e faça o possível para resistir à compra por impulso, especialmente se não tiver certeza de quão bom é um negócio específico.

Ainda dá tempo, estamos no comecinho de novembro, começar a pensar o que realmente você precisa, se realmente precisa e principalmente se preparar financeiramente e pesquisar bastante. Fazendo isso você certamente estará mais próximo de ter uma excelente “Black Friday”.

Comentários