Campanha na reta final

0

Chegamos à reta final da campanha eleitoral em Aracaju. Faltando apenas cinco dias para o 2º turno, os candidatos Edvaldo Nogueira (PDT), Danielle Garcia (Cidadania) e seus respectivos cabos eleitorais aumentaram o ritmo de trabalho. Todos querem conquistar os eleitores ainda indecisos e mudar a cabeça dos que votaram nos prefeituráveis derrotados na primeira fase da disputa. A propaganda de convencimento só é permitida até a próxima sexta-feira, quando termina o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão. A partir de então, é torcer para que as urnas atestem o sucesso do trabalho realizado agora no 2º turno. Danielle Garcia corre atrás dos indecisos e tenta convencer quem não foi votar no 1º turno para ir às urnas no próximo domingo, de preferência votando nela. Edvaldo pisa em ovos para manter a vantagem em seu favor apontada pelas pesquisas de intenção de votos. Calejado em eleições, o pedetista e seus apoiadores sabem que qualquer erro agora poderá ter sérias consequências. Portanto, sobre possíveis equívocos nesta reta final a delegada e o prefeito não querem nem ouvir falar. Aff Maria!

Abaixo a intervenção

Professores, estudantes e servidores estão protestando contra a intervenção na Universidade Federal de Sergipe. Nem na ditadura, os militares destituíram um reitor “na tora”, como fez agora o ministro da Educação, Milton Ribeiro. Com uma canetada lá em Brasília, o dito cujo afastou o reitor Valter Joviano, nomeando em seu lugar a interventora Liliádia da Silva Oliveira Barreto. Uma fuleiragem de marca maior. Hoje cedo, a comunidade universitária promoveu uma manifestação contra o que chama de golpe do MEC em nossa UFS. Cruz, credo!

Algemas de férias

De hoje até a próxima semana ninguém pode ser preso nas cidades onde haverá 2º turno. As exceções são os casos de flagrante delito, sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou desrespeito a salvo-conduto. Em Sergipe, a prisão só está proibida em Aracaju. Portanto, fique ligado para não ir em cana nas cidades vizinhas da capital, como Barra dos Coqueiros, São Cristóvão e Socorro. Crendeuspai!

Zero, zero!

Embora não se fale dele na propaganda eleitoral, o voto nulo expressa a insatisfação do eleitor com as falsas promessas dos candidatos. Também é visto como uma resposta contra a obrigatoriedade de votar. Ora, se o voto é um direito, ninguém deveria ser forçado a exercê-lo! Portanto, quem pretende dizer não ao que está aí, ao chegar diante urna eletrônica deve digitar zero, zero e confirmar. No 1º turno das eleições de Aracaju, 27.904 (9,2%) dos eleitores votaram nulo. É muita gente!

Bênção papal

O ex-governador Albano Franco (PSDB) recebeu uma benção apostólica do Papa Francisco pela passagem de seus 80 anos vem vividos. A mensagem papal foi entregue ao tucano pelo arcebispo metropolitano de Aracaju, dom João José Costa, após a celebração da Missa em Ação de Graças pelo aniversário de doutor Albano. Na mensagem, o Papa envia cordiais felicitações, acompanhadas de melhores votos de bem-estar e serenidade espiritual. Amém!

Pronto pra outra

Reeleito prefeito de Poço Redondo, com 55,17% dos votos, doutor Júnior Chagas (Republicanos) já está de olho nas eleições de 2022. O homem anunciou que pretende disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa. E foi pensando nesse novo passo político que o prefeito escolheu como sua vice justamente a esposa Aline Vasconcelos (Republicanos). Quer dizer, se ele conquistar uma cadeira no Parlamento sergipano, transfere para a mulher o comando da Prefeitura de Poço Redondo. E assim caminha a humanidade. Home vôte!

Prefeitura menor

A candidata Danielle Garcia (Cidadania) promete que, se eleita, reduzirá de 13 para nove o número de secretarias da Prefeitura de Aracaju. Promessa idêntica foi feita, em 2018, pelo então candidato a presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Segundo o capitão, 27 Ministérios era um número exagerado. Bastavam 15 para ajudá-lo a governar o Brasil. Ao tomar posse, o presidente nomeou 22 ministros, mas hoje já são 23, apenas quatro a menos do total de Ministérios no governo Michel Temer (MDB). Danôsse!

Agora vai!

Derrotado na disputa pela Prefeitura de Aracaju, o petista Márcio Macêdo está pedindo votos para os prefeituráveis Guilherme Boulos (PSOL), de São Paulo, Edmilson Rodrigues (PSOL), de Belém, Manuela D´Ávila (PCdoB), de Porto Alegre, Marília Arraes (PT), de Recife e João Coser (PT), de Vitória. Tomara que os eleitores destas capitais sejam mais sensíveis com os apelos de Márcio do que foram os aracajuanos. Marminino!

Esconde-esconde

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) anda tirando chinfra com os políticos que escondem os aliados para que o desgaste destes não resulte em perdas de votos. “Nosso agrupamento todos conhecem. Não temos vergonha de mostrá-los, pois temos orgulho da nossa história. A oposição esconde seus aliados, mas eles estão todos lá e são os mesmos de sempre”, fustiga. E para concluir, Mitidieri lembra que “a boa gestão, a verdade e a coragem, sempre vencem a truculência, a arrogância e a mentira”. Quem vai vestir essa carapuça? Vixe!

Atotô Obaluaê!

De hoje até quinta-feira, acontece a 5º Xirê da Consciência Negra, que por causa da Covid-19 será realizada de forma virtual. Seu objetivo é compartilhar conhecimento e fomentar o empoderamento das comunidades tradicionais de Terreiro. Tendo como tema “Educação nos Terreiros e protagonismo negro”, o evento contará com palestras e debates a cargo de pesquisadores e integrantes do movimento negro. Os interessados podem assistir a programação da 5º Xirê da Consciência Negra na página do Ilê Axé Alaroke no Facebook (@Alaroke). Prestigie!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Notícia, em 9 de fevereiro de 1897

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários