Censura prévia ou Jogo de cena?

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Ponderado mas quase impaciente com o desconforto da situação, o vice-presidente do PMDB, Benedito Figueiredo, membro histórico do partido e o que mais afinidade possui com o governador Jackson Barreto (PMDB), tem desabafado através da imprensa sergipana, que não aceitará que o PT e PCdoB façam campanha eleitoral tratando o PMDB e os peemedebistas como golpistas.

Em informação passada ao jornalista Diógenes Brayner e em entrevista ao ex-deputado estadual e radialista Gilmar Carvalho, Benedito disse torcer para que os petistas saibam se comportar durante a visita da presidente afastada Dilma Roussef (PT), que estará em Aracaju na próxima segunda-feira, 25. Mas Figueiredo avisa que se não souberem se comportar, haverá reação.

Em determinado momento da entrevista, Bené – como é carinhosamente tratado pelos seus amigos – colocou a responsabilidade no colo do presidente estadual da sigla, o ex-deputado federal Rogério Carvalho (PT), para que controle seus pares, sob pena do PMDB reavaliar se permanece ou não nessa aliança.

Como o prazo final para as convenções, ocorrerá no próximo dia 05 de agosto, é possível que até lá tanto o PT quanto o PCdoB estabeleçam uma trégua, mas será difícil para esses partidos conter o sentimento da juventude petista, que segundo um dos seus membros, não aceitará a censura de Benedito.

Ele entende que o voto do PMDB sergipano, foi pelo afastamento da presidente Dilma, e como consideram que se tratou de um golpe, não há outra expressão para se referir aos peemedebistas sergipanos, por mais que Jackson tente acender uma vela pra Deus e outra pro Diabo, tentando enganar aos dois, a juventude descompromissada com cargos, não enxerga motivo plausível para exigirem seu silêncio.

Não vamos nos calar, não reconhecemos esse governo, vamos sim gritar bem alto o “Fora Temer” e não aceitaremos fazer

 campanha ao lado do deputado federal Fábio Reis (PMDB). E se Jackson realmente discorda do processo de impeachment, que venha também pras ruas gritar o “Fora Temer”. Revelou o jovem que pediu a preservação do seu nome.

É possível que o Sintese também não aceite a imposição desse silêncio. Aliás, sobre esse silencio imposto por Bené, o próprio Rogério Carvalho, já mandou um duro recado, dizendo que nem o governador será capaz de calar o PT.

Um velho analista político, fez dessa declaração de Rogério uma leitura bem diferente, segundo ele a verdade é que tanto Rogério quanto Edvaldo, estão sendo convencidos de que a presença do governador na campanha, não favorece ao projeto de retomar a Prefeitura de Aracaju, e vão buscar de forma discreta a motivação necessária para afastá-lo da campanha. Mas há também o entendimento de que essa estratégia tem o aval do governador.

Se for assim, a briga PT/PCdoB com PMDB, não passa de jogo de cena para afastar da campanha de Edvaldo o desgaste político do governador Jackson Barreto.

Cadê a lista do TCE/SE em parceira com o MPE e MPF dos inelegíveis?
Enquanto que há várias semanas o TCU já publicou a lista com os inelegíveis em cada Estado para as eleições deste ano, o Tribunal de Contas está esperando o que (ou quem) para divulgar a lista com os nomes dos inelegíveis este ano? Sempre teve uma parceria com o MPE e o MPF. Estranho…

Gilmar Carvalho concentrado nos programas da TV Atalaia
Sobre a nota publicada ontem,21, de que suplentes de Augusto Bezerra e Paulinho das Varzinhas fizeram consultas para assumirem as vagas dos dois que estão afastados desde o fim do ano passado, um dos suplentes, Gilmar Carvalho, deixou claro que ele está fora destas consultas e que hoje a preocupação maior dele é com o fortalecimentos dos dois programas que apresenta na rede Atalaia.

Jurista eleitoral já se propôs a provocar o TJSE
Já outro suplente, que pediu o anonimato, disse que um jurista eleitoral, de renome em Sergipe, se propôs a provocar o TJSE em nome dele. O suplente preferiu esperar a decisão do pleno que deve sair em agosto.

TRE/SE precisa disponibilizar conta no twitter para denúncias
É preciso que o TRE/SE entre na era das redes sociais e disponibilize uma conta no twitter para receber denúncias. Órgãos como TCE, CGU,PF e MPF têm esta ferramenta que é muito usada como instrumento de interação com a sociedade.

Alguns casos nos últimos dias
Por exemplo, em vários municípios prefeito retiraram do ar todo conteúdo dos sites oficiais com a desculpa do período eleitoral, inclusive as informações sobre processo licitatório. Cadê os órgãos fiscalizadores? Outro caso foi ontem,21, onde os vereadores de Aracaju, Agamenon e Bigode denunciaram no ar que a Emurb está (ou será) utilizada para campanha eleitoral.

Secretariado
A primeira ação do governador Jackson Barreto ao retornar ontem,21, ao comando do governo estadual foi uma com parte do seu secretariado. Na ocasião, os secretários fizeram um relato atualizado do que ocorreu no estado durante a sua ausência. Acompanhado do vice-governador, Belivaldo Chagas, Jackson Barreto ouviu os relatos se mostrou bastante preocupado com a Segurança Pública. O governador se ausentou por 15 dias do país em viagem de férias e durante esse período o vice assumiu a gestão estadual.

Redução
O governador determinou ao secretário de Segurança Pública, João Batista, providências no sentido de reduzir o impacto da violência no estado. “Não podemos aceitar o crescimento da violência em Sergipe. Temos que combatê-la com todas as armas que dispomos. Reconhecemos o trabalho da polícia, as prisões que estão efetuando, mas temos que atuar com mais eficiência e precisão”, afirmou o governador.

Policiais na parte administrativa
É preciso que o governador determine que os policiais militares que estão na parte administrativa passem para o policiamento ostensivo. Ficam pedindo concurso, concurso, mas muitos nunca foram para às ruas. Aliás, tem policiais militares á disposição, que não sabem mais nem mesmo a cor da farda da PM.

Lagarto: Cabo Zé não terá legenda para disputar prefeitura
E em Lagarto o clima esquentou de vez. O ex-prefeito Cabo Zé, que desejava disputar a prefeitura de Lagarto pelo PR, não deve ter legenda no município, já que o partido faz parte do grupo dos irmãos Amorim, que apoiará Valmir Monteiro. Aliás, Valmir terá o apoio do PT local e em troca, se vitorioso entregará a pasta da saúde. Quem mudou? Valmir ou o PT?

Agentes  da SMTT: Ex-deputado votará em quem anunciar que trocará celular por apito
E o ex-deputado Jorge Araújo deu uma boa sugestão para os candidatos em Aracaju pelo twitter: “Os agentes da SMTT ficam nas esquinas das ruas conversando e de olho no celular sem orientar o trânsito.Apoiarei o candidato a Prefeito de Aracaju que garantir que os agentes da SMTT troquem os celulares pelos apitos!” E o pior é que ele está certo!

Farol aceso de dia
Informação de um leitor: Enquanto a Fiscalização Estadual anunciou que já multou mais de 300 motoristas que não estavam cumprindo a nova lei, a PRF além de nada anunciar, não está nem orientando nem multando, pois trabalhando na BR 101, por onde passo várias vezes por dia, vejo vários carros com faróis apagados sem que sejam parados nem multados.”

Edifício Cidade de Aracaju: novo síndico retroage e prejudica centenas de profissionais
O blog recebeu um e-mail dos profissionais estabelecidos no Edifício Cidade de Aracaju (calçadão João Pessoa, Centro), por conta da mudança inserida no acesso aos elevadores pelo novo síndico. O local tem inúmeros profissionais de diversos serviços que ali estão instalados, recebe centenas de pessoas por dia e o sindico anterior, atendendo aos pedidos destes profissionais estabeleceu a fila única para acesso aos elevadores. E estava funcionando plenamente há quase nove anos.

Edifício Cidade de Aracaju: novo síndico retroage e prejudica centenas de profissionais II
Para surpresa de todos, o novo sindico do prédio resolveu deliberadamente retirar o sistema de fila única, voltando ao sistema anterior de uma fila para cada elevador e com isso, novamente retornaram os dissabores e atritos com várias pessoas, que estão no outro lado e não respeitam a fila quando um dos elevadores chega. É uma briga sem fim. Enquanto bancos, lotéricas e outros adotaram o sistema de fila única como mais democrático e para evitar problemas o sindico do Edifício Cidade de Aracaju retroagiu. Uma boa pauta para os telejornais.

Regularização fundiária do Parque Nacional Serra de Itabaiana
Em sede de liminar em Ação Civil Pública, o Juízo da 1ª Vara Federal de Sergipe determinou ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, a elaboração de diagnóstico da situação fundiária no Parque Nacional Serra de Itabaiana.

Levantamento
Inicialmente, o ICMBio deve realizar o levantamento ocupacional e cartorário prévio com vista à identificação dos imóveis da área, com análise da sua cadeia sucessória, caracterização da população residente na área e indicação da quantidade e extensão das propriedades.

Transferência
Indispensável à efetiva implantação de uma unidade de conservação, a regularização fundiária consiste na transferência do domínio das propriedades constantes no interior da unidade de conservação para o ente público correspondente.

Ação do MPF
A Ação Civil Pública foi proposta pelo Ministério Público Federal, uma vez que, não obstante sua criação tenha ocorrido em 2005, o Parque Nacional Serra de Itabaiana até a presente data não passou por referida regularização.

Interligação das Avenidas Rio de Janeiro e Gasoduto
os serviços de interligação das Avenidas Rio de Janeiro e Gasoduto seguem em ritmo satisfatório. A informação foi dada pela Seinfra e pelo DER/SE. A obra, no valor de R$ 40 milhões, vai encurtar a distância entre a Zona Oeste e às Zonas Sul e de expansão da capital, é facilitar o escoamento de veículos, sobretudo em horários de pico.

Evolução
Em visita aos canteiros das obras, o Secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, conta que a execução tende a evoluir. “Estamos com quatro frentes de trabalho em pontos diferentes. Na primeira delas, localizada no canteiro central, ao lado do viaduto do Detran – ponto inicial da interligação -, já foram cravadas 120, das 150 estacas metálicas, concretados seis dos nove blocos de fundação, oito dos 18 pilares e três das sete travessas, elementos estes que compreendem a nova alça do viaduto”, detalha.

Outros serviços
Ele acrescenta que nas outras três frentes, o ritmo de atividades também é célere. “Nas proximidades dos condomínios residenciais em frente à antiga linha férrea estamos executando serviços de drenagem e rebaixamento do lençol freático. Um pouco adiante, às margens do Rio Poxim, estacas para as fundações das duas pontes já estão sendo cravadas, e, precisamente ao lado da ponte que separa os conjuntos Orlando Dantas e Marivan, técnicos realizam serviços de sondagem, onde futuramente a outra ponte que faz parte do projeto de interligação será construída, porém, mais larga do que a já existente”, explica.

Concurso Sergás: CRP19 contesta edital e pede a inclusão do Psicólogo
A Sergipe Gás S/A – Sergás, lançou edital de Concurso Público, destinado ao preenchimento de vagas e formação de cadastro reserva.  Um dos cargos é o de  Analista Organizacional com oferta de  três vagas. De acordo com o edital estão aptos a concorrer somente candidatos com formação em Administração, Ciência Contábeis, Economia e Sistemas de Informação ou área equivalente.

Ofício
O Conselho Regional de Psicologia – 19a Região, contestou o edital e nesta quinta-feira, 21, encaminhou ofício, elaborado pela coordenadora do Grupo de Trabalho Psicologia Organizacional, Conselheira Lidiane dos Anjos e  pelo  departamento jurídico, sob a coordenação de advogada Melba Lorena,  no qual solicita a inserção do diploma em Psicologia como possibilidade de curso superior para inscrição no concurso, diante da sua formação e competência necessárias para se concorrer ao cargo descrito como Analista Organizacional.

Âmbito
“A Psicologia, como área científica é também de atuação no âmbito organizacional. E isso está definido na  Lei nº 4.119, de 27 de agosto de 1962, e também pela Resolução do Conselho Federal de Psicologia – CFP – nº 013/2007, que, entre outros, institui a Consolidação das Resoluções relativas ao Título Profissional de Especialista em Psicologia”, disse Adriano Barros, Presidente do CRP19.

Especialidade
A resolução do CFP diz que o Psicólogo especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho, atua, entre outras funções, em atividades relacionadas a análise e desenvolvimento organizacional, ação humana nas organizações, desenvolvimento de  equipes, consultoria organizacional, seleção, acompanhamento e desenvolvimento de pessoal, estudo e planejamento de condições de trabalho, estudo e intervenção dirigidos à saúde do trabalhador.Participa, ainda, do processo de desligamento de funcionários de organizações,em processos de demissões e na preparação para aposentadorias, a fim de colaborar com os indivíduos na elaboração de novos projetos de vida.

Inclusão
“O Conselho Regional de Psicologia entende que a  descrição do cargo de Analista Organizacional está plenamente contemplada na formação do Psicólogo, por isso solicitamos a inclusão do profissional da área  no edital do concurso”, finalizou Lidiane dos Anjos.

Psicólogos e assistentes sociais atuando nas escolas
Diariamente os meios de comunicação noticiam fatos nos quais a violência é tema central. Assumindo diferentes dimensões, manifestando-se nos mais variados contextos, como o ambiente de trabalho, o espaço escolar, o local de lazer, o percurso pra casa, o sentimento que a violência nos traz é de medo, impotência e revolta diante às atrocidades. A sociedade busca respostas, quer soluções e se encontra cada vez mais descrente. Para o psicólogo e vereador Max Prejuízo (PSB), “não se combate a violência apenas com polícia nas ruas. Trabalhar com o ser humano a questão da prevenção é o principal combate, que deve ser iniciado desde cedo na escola com professores, psicólogos e assistentes sociais. É trabalhar a socialização das novas gerações diante da realidade em que estamos vivendo”.

Psicólogos e assistentes sociais atuando nas escolas II
Longe de ser uma ilha, a escola sofre influência direta do contexto sócio econômico no qual está inserido. O Projeto de Lei 15/2013, de autoria do vereador Max, trata desta questão. Aprovado em redação final e aguardando apenas a sanção do prefeito para tornar-se Lei, a propositura regulamenta a inserção dos serviços de Psicologia Escolar e Assistência Social nas escolas da rede pública municipal de ensino. “A escola não pode ser vista apenas como um espaço de aprendizagem, mas de favorecimento da formação de atitudes, do desenvolvimento pessoal de cada aluno com o objetivo de prepará-los para a vida social ativa, sem que estejam com sua identidade comprometida, já que as situações diversas de violência, dentro e fora da escola, ameaçam e interferem os fins da educação. Com psicólogos e assistentes sociais atuando de forma complementar no ambiente escolar, não apenas combatendo a violência, mas prevenindo, descobrindo causas, buscando soluções e melhorando a qualidade do ensino”, disse o parlamentar.

Psicólogos e assistentes sociais atuando nas escolas III
No Brasil, a evasão escolar é um grande desafio. Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP), de cada cem alunos que ingressam na escola no 1° ano (antiga primeira série), cinco não concluem o ensino fundamental. A evasão escolar tem como um dos principais fatores o recrutamento de crianças e adolescentes pelo tráfico de drogas, que traz consequências devastadoras, como o aumento da violência. “Precisamos combater o mal pela raiz. Evitar que crianças e adolescentes estejam fora da sala de aula, roubando, furtando, e cometendo crimes por conta do vício. Os psicólogos e assistentes sociais têm muito à contribuir na resolução desse quadro, implantando estratégias, dando encaminhamento, criando um canal entre escola, aluno e família, favorecendo o diálogo e difundindo uma cultura de paz”, defendeu o vereador Max.

Aracaju renova CRP
A Prefeitura de Aracaju conseguiu mais um vez renovar o Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP),  expedido pelo Ministério da Previdência Social. O certificado garante a realização de transferências voluntárias de recursos da União, liberação de acordos, financiamentos e empréstimos por instituições federais. O CRP visa conferir o cumprimento dos critérios e exigências estabelecidos na Lei nº 9.717/1998, pelos regimes próprios de previdência social dos Estados, do Distrito Federal e Municípios. A validade do certificado da capital segue até janeiro de 2017.

Cine Vitória realiza debate sobre filme Menino 23
Nesta sexta-feira, 22, o Cinema Vitória dá continuidade aos trabalhos de discussão sobre o cinema e audiovisual promovendo um debate sobre a produção Menino 23. A sessão será exibida às 17 horas e, logo após, terá início a discussão sobre o filme. Como mediador, foi convidado o jornalista e crítico Rian Santos. Além dele, irão participar via skype o diretor do filme, o Belisário Franca, e o pesquisador, Sydney Aguilar. O Cine Vitória funciona na Rua do Turista, 307, Centro de Aracaju.

Reunião da Abrasel
Na manhã desta quinta-feira, 21, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Seccional Sergipe (Abrasel – SE) realizou uma reunião com os associados que irão participar da 2º edição do Festival do Caranguejo. O presidente da instituição, Augusto Carvalho, comandou o encontro dos associados. O intuito foi ajustar os destalhes do evento que promete movimentar o cenário gastronômico sergipano. O Festival é realizado pela Abrasel Sergipe, Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo, e acontece entre os dias 3 e 14 de agosto.

Prêmio Sincor-SE de Jornalismo
Foi lançada esta semana a segunda edição do Prêmio Sincor-SE de Jornalismo, promovido pelo Sindicato dos Corretores de Seguro de Sergipe (Sincor-SE). Assim como no ano passado, o prêmio terá cinco categorias: impresso, telejornalismo, webjornalismo, radiojornalismo e universitário. Poderão ser inscritas matérias veiculadas de janeiro a outubro deste ano. As inscrições seguem até o dia 30/10 e devem ser feitas pela internet, no site: http://www.premiosincor.com.br.

Premiação
Para o primeiro lugar, o prêmio é de R$ 3.000,00 (três mil reais). Além disso, os jornalistas também podem participar do Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros, promovido pela Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor). Para o primeiro colocado, o prêmio é de R$ 30.000,00 (trinta mil reais). Outras informações estão o site: http://www.fenacor.com.br/premiodejornalismo .

SINDIJOR-SE: Paulo Sousa é reeleito presidente
O jornalista Paulo Sousa foi reeleito, ontem,21, presidente do Sindicato dos Jornalistas do Estado de Sergipe (SINDIJOR-SE) para mais um mandato de três anos. Com chapa única, ele obteve 95% dos votos válidos. Apenas uma pessoa anulou o voto e seis deixaram em branco. A chapa precisava de pelo menos 51% dos votos para se reeleger.

Novos membros
Foram eleitos também os novos membros da Direção Executiva, Conselho Fiscal, Comissão de Fiscalização e Registro Profissional e Comissão Estadual da Ética Jornalística.Na primeira eleição, realizada há três anos, Paulo Sousa foi eleito presidente do SINDIJOR com 56% dos votos. Comparando com a votação obtida agora, na reeleição, o número de votos aumentou em quase 40%. 

União
O presidente reeleito ressaltou a importância da união da categoria, agradeceu a participação dos jornalistas e reafirmou o compromisso em continuar lutando pela qualificação profissional do Jornalismo e a valorização dos jornalistas sergipanos.   

Pinga gravando ontem,21, o depoimento para o projeto Memória do rádio sergipano.

Pinga gravou para o projeto Memória do Rádio sergipano
O empresário de shows artísticos, o sergipano José Carlos Mendonça, conhecido como Pinga, por muito tempo é referência na área em todo país e principalmente no Nordeste. Ontem, 21, pinga gravou para o projeto “Vozes Nossas de Todo Dia – Memória do Rádio Sergipano”, que tem o objetivo de resgatar e eternizar a vida e obra de radialistas de Sergipe. o projeto tem o comando do presidente do Sindicato dos Radialistas, Fernando Cabral e o publicitário Ricardo Rodrigues.

PELO TWITTER

www.twitter.com/alanbarretoso  Buenos dias Sergipe Del Rey, por enquanto aqui na terrinha reinventaram a roda e 

redescobriram a pólvora, ou seja, tudo na mesma…

www.twitter.com/SauloCoelhoAju  Tô vendo tanto #Netflix que meus pensamentos e memórias começam pixalizados por 3 segundos e só depois entram em alta definição. #Vicio.

www.twitter.com/JoseRaimundos  O grande problema é a baderna, e a falta de moral em várias pessoas que deveríamos dar  o exemplo.

www.twitter.com/rlimaneto   Quem em outrora era clandestino, invadindo o sistema de transportes, hj sofre do mesmo veneno. Roda gigante

www.twitter.com/MagaAfroPop  Às vezes temos facilidade de fazer uma coisa e não queremos,por não dar valor aquele dom,mas é justamente aí que pode esta o começo do NOVO.

DO LEITOR

Dicas eleitorais – Ludwig Junior Oliveira

    O ano de 2015 foi bastante movimentado na política nacional. Crises, confusões e aprovação de projetos bastante polêmicos figuraram todos os dias nos noticiários do país e que perduram até hoje, diga-se de passagem.

    Entre tantas mudanças, a minirreforma eleitoral, como foi chamada, é e foi uma das mais importantes.

Para entendermos melhor as modificações, elencamos por tópicos as principais. Ei-las:

1. Coligações

Você sabe que toda vez que há uma eleição, partidos se reúnem para formarem alianças políticas que trarão benefícios para eles. A partir de agora, em todo ano que tiver eleição, as coligações devem se formar entre os dias 20 de julho e 5 de agosto.

2. Fidelidade Partidária

Apelidada de janela da infidelidade, cada político só poderá mudar de partido durante os 30 dias antes do prazo de filiação partidária, que agora deve ser obrigatoriamente deferida pelo partido com no mínimo 6 meses de antecedência da data de eleição.

3. Número de candidatos

Cada coligação ou partido terá direito a registrar no máximo 150% das cadeiras nas Câmaras Municipais, exceto em municípios que tenham um número de até 100 mil eleitores.

4. Doações de campanha

Este foi um dos pontos mais discutidos. A partir de agora, somente pessoas físicas poderão fazer doações em campanhas e com limite máximo de até 10% dos seus ganhos. O valor também não pode ultrapassar R$ 80 mil.

5. Transparência

Fica obrigatório a todos os candidatos apresentarem em no máximo 72 horas, todos os valores recebidos por doadores para serem utilizados nas campanhas. Caso o partido não apresente os dados, não será punido, mas o candidato poderá ter o registro suspenso.

6. Tempo de propaganda eleitoral

Será permitido iniciar a campanha eleitoral via propaganda a partir de 15 de agosto, reduzindo o tempo de 90 dias para somente 45 dias. Já na televisão, o tempo de veiculação de propaganda eleitoral caiu de 45 dias para 35 dias.

Fica também proibido o uso de montagens, animações, computação gráfica e outros. Além disso, só poderão participar de debates aqueles candidatos cuja coligação ou partido tenha mais de 9 representantes na câmara.

Além do tempo, houve também alterações nos materiais utilizados em lugares particulares. A partir de agora, somente serão permitidas campanhas veiculadas em papel ou adesivo, com no máximo meio metro quadrado de tamanho (anteriormente podiam ser utilizadas placas e cartazes, pinturas ou inscrições com até 4 metros quadrados).

E no dia das eleições, fica totalmente proibida a veiculação de jingles em qualquer tipo de veículo.

7. Votação nominal mínima

Além destas mudanças, houve também alterações com relação à quantidade mínima de votos que um candidato deve receber para ser eleito.

Um vereador, por exemplo, para ser considerado eleito a partir de 2016, deve receber votos que atinjam 10% ou mais do seu quociente eleitoral, que é o valor encontrado através da divisão do número total de votos válidos da eleição pelo número de lugares que devem ser preenchidos em cada circunscrição eleitoral.

Pois bem pessoal, em breve postaremos mais temas úteis e relevantes no âmbito jurídico!

Obrigado.

América – O Primeiro Passo*

Após a vitória sobre o Galícia em Paulista e o empate entre Globo e Souza em Ceará Mirim/RN, resta ao esmeraldino recifense o

Uma imagem do Recife dos tempos em que o América era campeão e Rolex uma marca popular:

 Altos do Piauí (o clube é da cidade homônima, mas mandará o jogo de volta em Teresina).

Sem prognóstico, permaneço na torcida pelo América.

Devo a vocês uma relação de grandes jogadores que atuaram pelo América de Casa Amarela: Dequinha e Vavá.

Ao final do texto, anexo uma foto do centro do Recife, do bairro de Santo Antônio, nos anos de glória do América.

NÃO LI E NÃO GOSTEI

Numa das livrarias de Aracaju encontrei “Os Dez Mais da Seleção Brasileira” – Roberto Sander (Editora Maquinária – R$ 30,00). Não costumo comprar livros sobre futebol. São panegíricos, biografias autorizadas. Ou são simplesmente ruins. Quem lembra? A cada quatro anos Orlando Duarte relançava seu fraquíssimo “Almanaque das Copas”.

Não compro, mas folheio. Desta vez dois fatos me chamaram a atenção:

1 – Por que não os 11 mais? Um para cada posição;

2 – O elenco dos selecionados: Leônidas da Silva, Nilton Santos, Didi, Garrincha, Pelé, Rivelino, Tostão, Zico, Romário e Ronaldo. Sou rubro-negro e reconheço sua importância para o clube. Zico foi o maior jogador do Maracanã, foi decisivo na conquista da Libertadores e do Mundial de 1981. Mas Zico entre os 10 mais da Seleção Brasileira e Falcão de fora? Se o cara incluísse uma idiossincrasia na lista, a exemplo de Josimar, Marinho Chagas ou Valdomiro, tudo bem! Mas Zico? Faça-me o favor!

Vejamos:
Zico fez duas partidas brilhantes pela Seleção Brasileira. Em 1985, contra o Paraguai, em Assunção pelas Eliminatórias da Copa de 1986. Em 1986, em partida amistosa contra a antiga Iugoslávia no Recife em 1986, quando marcou três gols e chutou falta na trave.

Pela Copa América de 1979, Zico foi expulso no último jogo da fase de grupos, no Monumental de Nuñez, desfalcando o Brasil nas semifinais contra o Paraguai, quando foi eliminado.

Na Copa de 1978, Zico perdeu a posição para Jorge Mendonça.

Na Copa de 1982, Zico foi coadjuvante. Jogou menos que Falcão, Sócrates e Éder. Jogou tanto quanto Oscar e Júnior.

Na Copa de 1986, sua convocação foi uma insistência – a atuação brilhante contra a Iugoslávia foi ocasional. Sua entrada em campo contra a França foi uma grande infelicidade – perdeu o pênalti e depois fez figuração em campo.

Os paulistas estavam certos, Zico foi jogador de clube.

*Tarcísio de Andrade é bacharel em Comunicação Social (UFS 1999) e torce pelo Clube Sportivo Sergipe.       

Blog no twitter: http://www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“Não escrevo nada que não vá transformar.” Gianfrancesco Guarnieri, ator e diretor ítalo-brasileiro,morreu em 22 de Julho de 2006 (n. 1934).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários