Da saúde e da intenção de Déda

0

Como a opinião é a rainha do mundo (Blaise Pascal), e quase todos os articulistas estão dando suas opiniões sobre a saúde estadual, por conta do anúncio do governador Marcelo Déda que a área terá uma atenção especial no segundo governo sendo ele o segundo secretário da pasta, o blog resolveu opinar.

 

É preciso primeiro ressaltar que a saúde não está na UTI como muitos estão dizendo. Tem sérios problemas, mas o ex-secretário Rogério Carvalho montou uma estrutura que estaria funcionando plenamente se não fossem os diversos problemas nas reformas e construções das unidades hospitalares. Na parte estrutural Rogério errou quando apostou que tudo correria bem. Com os atrasos das obras e muitos hospitais fechados no interior, sobrou para o sistema de Aracaju e o hospital João Alves que ficaram sobrecarregados.

 

Mas Déda quer mais. Não quer apenas um gestor para a saúde. Que alguém sem interesse eleitoral e sem ligações políticas fortes com qualquer partido, inclusive com o PT. O governador quer despartidarizar a saúde e para isso quer um nome que seja um espécie de “gerentão”, que tenha credibilidade e, principalmente, a confiança, não só dele, mas da sociedade sergipana.

 

E aí aparecem alguns nomes. Alguns médicos como Rosa Sampaio (afastada de Sergipe há muito tempo) e Jorge Alberto (que não vai disputar mais mandato algum) e de técnicos reconhecidos, como o atual secretário da Casa Civil, Oliveira Júnior. É certo que Júnior reúne todos os requisitos que Déda deseja, mas a posição atual do secretário, a Casa Civil, é uma pasta chave no governo, onde Déda, com pouco tempo que tem deposita toda confiança possível em Oliveira Junior. Ou seja, tirar Oliveira Júnior da Casa Civil pode resolver um problema e abrir outro bem enorme, no que se refere ao gerenciamento e andamento global do governo, principalmente nesta nova fase onde Déda demonstra que vai restabelecer um diálogo estreito com as lideranças políticas através de constantes audiências no Palácio de Despachos.

 

Por isso Marcelo Déda ainda não decidiu quem irá para a saúde. Se não tem problemas de definição na educação e na segurança, o governador ainda tem a duvida cruel sobre a solução para a área. Não tem o nome apenas de Oliveira Junior para a área, especula-se outros nos bastidores como o do economista Ricardo Lacerda, de Bosco Mendonça e até de Jorge Santana, uma das maiores revelações do secretariado deste governo. Em comum nos nomes especulados, a capacidade técnica comprovada, o total desinteresse eleitoral e, principalmente, a honradez e a seriedade no trato com recursos públicos.

 

Por enquanto, Déda continuará como bem escreveu Bertolt Brecht: De todas as coisas seguras, a mais segura é a dúvida.

 

 

Ação Social

Nos bastidores, comenta-se que o trabalho realizado pela primeira-dama, Eliane Aquino, principalmente com a campanha “Sergipe Contra o Crack”, pode levá-la a Secretaria de Estado da Ação Social. Déda prometeu na campanha criar a Secretaria Especial da Mulher, mas com a crise financeira não deve enviar o projeto a AL neste primeiro momento. Com a primeira-dama no comando da área social a ênfase serão ações mais efetivas principalmente no bolsão de miséria que circula a grande Aracaju.

 

REFIS

O blog recebeu a informação que o mais recente REFIS foi  bom para as finanças do governo estadual. Ao todo, com os resultados a vista e a prazo, foram em torno dos R$ 100 milhões. Deste total cerca de 40% foi à vista.

 

Burro de carga I

Passando ontem, 29, pela rua  Itabaianinha um leitor notou uma coisa interessante. Em frente a duas lojas, em pleno horário comercial, duas carroças, daquelas puxadas por gente mesmo, estavam descarregamento produtos. Eram eletrodomésticos para duas lojas. O leitor pensou logo: aquilo é resultado da esperteza de donos/gerentes de lojas, que burlam de forma acintosa, desrespeitosa para com os cidadãos aracajuanos, a legislação de trânsito e as normas municipais que tratam do assunto carga e descarga.

 

Burros de Carga II

Como não são veículos motorizados, não cabe multa por infringir as leis de trânsito. Como todos estão acostumados aos descalabros  gerados pelos tais “burros sem rabo”, nada a estranhar que se usem carroças para ludibriar a Prefeitura/SMTT.  E com isso os espertos mais uma vez levam vantagem. Geram engarrafamentos, desconforto e ficam impunes. Já pensou se a moda pega e cada dono de loja tem o seu burro sem rabo para a carga e descarga dos seus produtos? Registre-se que uma das carroças estava com duas geladeiras sendo descarregadas. Como diz o amigo Osmário: Arrepare!

 

Rod. Velha: blog “cantou” a pedra

E o blog acertou novamente quando anunciou que o problema da rodoviária velha iria continuar porque ninguém (é ninguém mesmo) tem interesse de resolver o macro e ficam refém do empresariado, principalmente das cooperativas que mandam e desmandam em parte significativa do transporte de Sergipe. Ontem, depois de uma audiência demorada foi dado um prazo de mais 90 dias resolver o problema.

 

Sugestão: audiência a cada 30 dias

Como o blog já sabe do “grande interesse” na solução do problema sugere ao MP que daqui há 30 dias convoque outra audiência para acompanhar o “projeto”. Se o MP não fizer estas audiências de 30 em 30 dias pode apostar: ninguém fará nada, vão continuar empurrando com a barriga.

 

Esclarecimentos do DER sobre quebra molas no bairro Aruana I

O diretor do DER/SE, Antônio Vasconcelos enviou a seguinte nota de esclarecimento: “Recebemos diversas reclamações por parte de  moradores e banhistas que freqüentam a praia de Aruana, solicitando a implantação de lombadas físicas no cruzamento da Rodovia José Sarney com a Av. Perimetral sul devido a grande quantidade de acidentes e pela dificuldade para cruzar a rodovia em direção à Praia. Fizemos uma avaliação técnica que apontou a viabilidade para instalação do dispositivo”

 

Esclarecimentos do DER sobre quebra molas no bairro Aruana II

Continua o diretor: “Com relação ao comentário de que a citada lombada vai para  guiness, ficamos tranqüilos visto que as dimensões da mesma estão de acordo com o que recomenda     resolução 39/98 do Consellho de Transito – CONTRAN, em seu artigo 2º que diz, “As ondulações transversais devem ser utilizadas em locais onde se pretenda reduzir a velocidade do veículo, de forma imperativa, principalmente naqueles onde há grande movimentação de pedestres”, já o artigo 8º – I, ressalta existência de “Índice de acidentes significativo ou risco potencial de acidentes . Com relação a sinalização, colocamos placas indicativas dos dois lados,  e pintamos  a lombada, podendo qualquer cidadão constatar no local a veracidade destas informações”.

 

Sobre o “quebra molas”

Quebra molas, lombada ou algo semelhante um esclarecimento: a critica não é por conta da colocação, mas pelo tamanho e pela falta de uma sinalização através de sonorizadores nos dois sentidos. Seria a melhor maneira de alertar os motoristas. A população local não está contra, mas também não ficou a favor do tamanho e cobra uma melhor sinalização. A solução seria os sonorizadores, para evitar outras mortes no local como a do motociclista no último domingo no início da noite.

 

Lombadas eletrônicas na Orla

Foi certa a atitude de colocar lombadas eletrônicas na orla. Infelizmente a maioria dos motoristas e motociclistas não respeitam os pedestres. Para atravessar a orla nos  chamados “picos”, principalmente nos finais de semana a noite é preciso coragem e disposição. Quando algum motorista pára para o pedestre passar os outros motoristas buzinam.

 

Sugestão de Paulinho da Varzinhas

O deputado estadual Paulinho da Varzinhas (PTdoB) em discurso ontem, 29, na AL, falou sobre o quebra molas no bairro Aruana. “Não acho errado a colocação do quebra molas, mas acho que o DER deveria, até como sugestão, colocar outros quebra molas menores, ao invés de um grande, ou redutores de velocidade, porque do jeito que está fica muito perigoso, porque ali não tem radar e alguns motoristas têm o costume de andar em alta velocidade”, sugeriu.

 

Sustentabilidade de Aracaju

O professor Anderson Gois (PV) reuniu um grupo de ambientalistas e simpatizantes da natureza e está fundando uma ONG para defender e discutir questões referentes a sustentabilidade de Aracaju. A ONG vai se chamar (ISA) Instituto de Desenvolvimento Sustentável de Aracaju. A ideia surgiu a partir de uma reunião para discutir o Código Ambiental do Plano Diretor de Aracaju entregue pelo Prefeito Edvaldo Nogueira à CMA para análise dos vereadores. Anderson Gois diz que o grupo será vigilante durante o processo de discussão naquela casa legislativa.

 

Promotores elogiam estrutura do novo pronto-socorro do Huse

Acompanhados do superintendente do Hospital de Urgência de Sergipe, Francisco Claro, e da diretora-técnica da unidade, Lycia Diniz, os promotores do Ministério Público de Sergipe Euza Maria Missano e Nilzir Soares conheceram na manhã desta segunda-feira, 29, a estrutura do novo pronto-socorro do Huse construído pelo Governo de Sergipe. Durante a visita, eles receberam informações sobre a estrutura e o funcionamento do novo pronto-socorro, um investimento de cerca de R$ 22 milhões, dos quais R$ 17 milhões apenas na infraestrutura predial.

 

Inauguração

Os promotores se mostraram impressionados com as novas instalações da unidade, cuja inauguração está prevista para o dia 7 de dezembro deste ano e vai dispor de 120 novos leitos, distribuídos nas áreas azul, verde, amarela e vermelha, conforme o conceito de classificação de risco, e capacidade para atender simultaneamente até 160 pacientes por dia. “Tudo foi projetado para um atendimento de mais qualidade e agilidade, e é isso que nós esperamos”, disse a promotora Euza Missano. Já para o promotor Neuzir Soares, a nova estrutura está adequada para receber bem os sergipanos. “Nós reconhecemos os esforços da diretoria do Huse para melhorar o serviço ao usuário e esta obra exemplifica bem essa luta, que também é do Ministério Público Estadual”, declarou.

 

Do Tribunal de Contas para o Cabaré de 5ª

O presidente Reinaldo Moura deixa o Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, no próximo dia 02 de dezembro, e vaí direto para o Cabaré de 5ª. É isso mesmo! O presidente do TCE/SE será  sabatinado no NósnoCabaré.comConvidados na próxima 5ª feira. Agora, é o conselheiro quem vai prestar contas sobre as maiores polêmicas envolvendo a corte. Também na agenda do cabaré de 5ª, com previsão para 09/12, o conselheiro nacional da OAB, Cezar Britto; e o vice-governador do Estado, Belivaldo Chagas, para o dia 16 de dezembro. 

 

Esclarecimentos notas I

O radialista e ex-deputado Gilmar Carvalho esclareceu ontem duas notas publicadas neste espaço ontem. A primeira nota diz respeito a indicação de João Eloy para a SSP. Gilmar disse que quando escreveu que ficou satisfeito por ter indicado o nome do atual secretário ao governador, foi porque em entrevista de Déda ele fez questão de dizer publicamente da indicação de Gilmar.

 

Esclarecimentos notas II

O outro esclarecimento diz respeito a nota de que radialista Marcos Couto, recebeu uma “voz do além” e não fez a reportagem que estava pautada de uma manifestação dos radialistas em frente a TV Sergipe. Gilmar diz que desconhece qualquer determinação neste sentido e que o presidente do sindicato, Fernando Cabral, se tivesse vergonha não deveria se referir a ele (foi na Câmara), já que quando deputado Gilmar, através de uma subvenção, ajudou significativamente na construção da sede do sindicato e nunca recebeu nenhuma solidariedade de Cabral quando sofreu perseguições em emissoras de rádio.

 

Rua do Turista

A geração de empregos, o incremento do turismo e a revitalização do Centro de Aracaju serão alguns dos benefícios proporcionados pela Rua do Turista. Depois de seis anos desativado, o espaço que abrigava a antiga Rua 24 Horas foi reaberto ao público na noite de ontem,29, pelo governador do Estado, Marcelo Déda. Recuperado através de um investimento de R$ 1.406.800,18, o ambiente seguirá com o mesmo conceito da estrutura anterior, mas terá como maior diferencial a instalação de um novo Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac).

 

Comércio na Orla Por do Sol é fiscalizado

Além da fiscalização nos dias de semana, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) atua também aos sábados e domingos em toda a extensão da Orla Por do Sol, no Mosqueiro, com o intuito de ordenar o espaço público e evitar transtornos aos visitantes e moradores da localidade. No último sábado, o trabalho da equipe, composta por dois fiscais, foi monitorado pela presidente da Emsurb e pelo diretor de Abastecimento e Espaços Públicos do órgão. “Faço questão de acompanhar o trabalho de fiscalização de espaços públicos para definir a melhor estratégia nas atuações”, conta Lucimara Passos, presidente da Emsurb.

 

Atividades em São Cristovão

Em comemoração ao “Dia Mundial da Limpeza das Águas”, a Fundação Zezinho da Everest, a Ação Popular & Cidadania, tendo a frente Marcos Santana, promoveram dois eventos para comemorar esta data.  Na última sexta feira, (26/11), houve uma palestra proferida por funcionários da DESO, destacando a importância da implantação do sistema de esgotamento sanitário, que está sendo executado na cidade ela companhia de saneamento do estado,  no colégio Gaspar Lourenço. Já no domingo (28/11), cerca de oitenta pessoas participaram da limpeza do rio Paramopama, nas proximidades da bica próximo à Avenida.   Este evento é realizado pelo segundo ano seguido.

 

FECOMSE elege nova diretoria

Para um mandato que será concluído em 2014, o sindicalista Ronildo Almeida foi reconduzido ontem (segunda-feira, 29) a presidência FECOMSE ? Federação dos Empregados no Comércio e Serviços do Estado de Sergipe ? ainda como dirigentes  efetivos, foram eleitos Roosevelt Torres Almeida,  José de Oliveira Santos, Manoel Santos de Oliveira, Denison Ramos Barreto, Jorgival Soares da Cruz e Klackberg Santos de Oliveira.

 

Trabalho realizado

Ao falar da sua reeleição para mais um período administrativo a frente da FECOMSE, Ronildo Almeida destacou o trabalho realizado desde a fundação da entidade, bem como o seu significativo crescimento, ?em que pese o rolo compressor dos patrões contra a conscientização e a organização da classe trabalhadora, principalmente no interior. Hoje, a Federação tem sua base formada por sete Sindicatos com bases municipais.

 

Cinema e Direitos Humanos

As instituições e escolas interessadas em levar os alunos para participar da Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul basta mandar email para dh.curtase@gmail.com. A mostra acontece de 10 a 16 de dezembro às 11h e às 15h no Cinemark Jardins e às 19h e às 21h no Palácio-Museu Olímpio Campos. A mostra trará mais de 50 filmes que serão exibidos gratuitamente. A programação completa está disponível no blog da Casa Curta-SE (http://blog.casacurtase.org.br).

 

 

Aracaju com novos cosméticos profissionais

Está chegando ao mercado sergipano a linha Adlux Cosméticos. Aprovada pela Anvisa e sem formol, a linha é utilizada nos principais salões do Sul do país e oferece os mais modernos tratamentos capilares como Escova Indiana, Botox e  Alinhamento Capilar, linha cliente e outros tratamentos que podem ser usados em cabelos de gestantes. Os produtos Adlux são feitos à base de caviar e outras matérias primas de qualidade que garantem resultados eficientes e duradouros. Ligue e solicite uma visita dOS consultores: (79) 8808-0697.

 

DO LEITOR

 

 

Médicos paralisam as suas atividades: “Eu quero é novidade”

Do leitor Messias Gonçalves: “Nesta terça feira, 30 de novembro, os médicos da prefeitura de Aracaju, farão um dia de paralisação. Não estão levando em consideração pelo menos o fato do pequeno espaço de tempo do novo secretário da saúde, Silvio Santos. Para o presidente do sindicato da categoria, faltam condições de trabalho e segurança. Diante dos argumentos do sindicalista, uma pergunta se faz necessária:- ?Então porque não paralisam também as atividades no comércio instalado nas clínicas da Rua de Bahia? Será que lá pode um profissional da saúde atender mais de cinquenta pacientes vindos das cidades e até de outros estados? Só no serviço médico público é que eles querem atender no máximo seis a dez pacientes/dia. O incrível de tudo isso é que entra secretário, sai secretário, e ninguém consegue enxergar com realidade, as verdadeiras causas por que passa a saúde. É falta de médicos mesmo. Não existem profissionais suficientes para suprir as necessidades da população.Mais uma vez chamo à atenção e agora do novo secretário de saúde de Aracaju, da promotora Euza Misano de que é preciso coragem para enfrentar os médicos e as suas entidades, e fazer com que prefeitos municipais possam celebrar convênios com os governos de Cuba, Venezuela e Chile, para que os médicos formados naqueles países possam atender em nossas terras. Não adiantam dialogar com quem não tem interesse coletivo.Ao permitirem que esses profissionais aqui trabalhem até mesmo os gastos com a saúde só tem a diminuir, já que eles iriam atuar na medicina básica, a chamada familiar. Apenas para refrescar as memórias, cerca de setenta e quatro por cento dos médicos brasileiros, estão nas regiões Sul e Sudeste. Os demais vinte e seis estão espalhados pelo resto do Brasil. Essa é que é a nossa realidade. O resto é briga do rato e o gato”. Messias Gonçalves.

 

Indústria de Multas

Do leitor Marcos Aurélio Santos:Caro, Cláudio, li na sua coluna o e-mail de um leitor que alertava para o exagero de um quebra molas que foi colocado no bairro Aruana, onde estão os quiosques novos construídos pela prefeitura, local onde não havia registro de constantes acidentes. Passei pelo local no último sábado e acredito que o gigantesco quebra molas deve mesmo entrar para o Guiness Book.

 Observei também, que embora recente, os dois lados do quebra molas já estavam cheio de marcas de spray preto, aquele usado pelas perícias, antes de remover do local, os veículos envolvidos em colisões. Cláudio nenhuma autoridade de transito imaginou o perigo que vai ser, para o cidadão ou cidadã, que reside naquele bairro, ter que parar o veículo ali, quando estiver retornando para casa, em horário avançado, após a meia noite. Ali certamente vai virar ponto de assalto, já que a região da Aruana é sempre citada pela falta de segurança do local. Mas como estamos falando de transito, acredito que de todos os superintendentes que passaram pela SMTT, o mais lúcido foi o Dr. Osvaldo Nascimento, quando reclamou a falta de técnicos especializados para prestar serviços. Lúcida também foi a declaração prestada pelo Capitão Samuel, de que “Osvaldo Nascimento não tem preparo nem conhecimento de transporte e transito”. É notória a especialização dos agentes municipais em aplicação de multas! O excesso de semáforos deixa lento o transito de Aracaju, porém quando se percebe além da lentidão um certo engarrafamento, pode se apostar que logo à frente estará um agente da SMTT tentando coordenar tráfego, que ao invés de fluir, emperra de vez. Visto que agentes da SMTT, não foram treinados para nada, além do preenchimento daqueles talõesinhos.Já a Polícia Rodoviária estadual, precisa explicar que sinalização é aquela da ponte Joel Silveira, se o condutor vier da Caueira com destino ao Mosqueiro, no pé da ponte, onde o veículo atinge uma velocidade natural acima de 50 Km, o motorista vai se deparar com uma placa limitando a velocidade em 40 Km, o que faz com que condutor tenha que reduzir bruscamente a velocidade, onde o veículo chegue praticamente a parar, criando o risco de colisão com oveículo que esteja logo atrás. Em seguida está instalado um potente radar, daqueles que atrapalharam um pouco a votação dos candidatos de Edvaldo Nogueira em Aracaju, e logo após o “radar” tem uma placa permitindo a retomada da velocidade para 60 Km. Logo à frente, o motorista vai encontrar outra placa de 40 Km, e em seguida outra placa de 60 Km.Parece até brincadeira, mas não é! É realmente um malabarismo sem fim para ao produzir uma multinha qualquer, seria até mais justo cobrar logo uma taxa dos que por ali fossem trafegar, porque com a ponte Joel Silveira os veranistas das praias do litoral sul, conquistaram a possibilidade de poder se deslocar após a meia noite, o que não era possível com a “Balsa”, porém o cidadão ter que reduzir a velocidade a 40 KM, em horário avançado no pé da ponte. O nome disso é suicídio.Mas como o vice-governador atual trafega por ali quase sempre, é possível que algum acabe descrevendo para o governador o absurdo daquela sinalização. Enquanto as soluções não se apresentam, vamos continuar pagando nossa multinhas que é melhor. Fuii”

 

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

 

Frase do Dia

“Não perca tempo esmurrando um muro, esperando que ele se transforme em porta”. Laura Schlessinger.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários