De olho em Brasília

0

O Brasil está com as atenções voltadas para Brasília, onde será julgado, hoje à tarde, o habeas corpus preventivo em favor do ex-presidente Lula da Silva (PT). Se o Supremo Tribunal Federal não acatar o remédio jurídico, o destino do petista é a cadeia para cumprir a pena de 12 anos a que foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Se o habeas corpus foi aceito, o ficha suja Lula ganha sobrevida para tentar mudar a higiênica lei que o impede de se candidatar à Presidência. Portanto, o resultado de hoje no STF será fundamental para as próximas eleições. Dele dependerão inúmeros projetos políticos favoráveis e contra o “Barba” que, apesar de tudo, lidera com folga todas as pesquisas de intenção de votos. Aguardemos, portanto!

Último a saber

O governo estadual tem vivido de sustos. Sempre é o último a saber dos graves problemas que afetam Sergipe e os sergipanos. Foi assim com a decisão da Petrobras de fechar a Fábrica de Fertilizantes, e agora com o bloqueio das contas do Estado pela Secretaria do Tesouro Nacional. Apanhado com as calças na mão, o Executivo tenta na Justiça desbloquear a grana para pagar aos credores. Aff Maria!

Reza forte

O futuro governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (MDB), começa o dia de posse, sábado próximo, com uma missa em ação de graças. O “Galeguinho” quer se pegar com todos os santos para ajudá-lo na espinhosa missão de administrar um estado em petição de miséria. Vai precisar de muita reza forte. Saravá, pé de pato, mangalô três vezes!

Quase aliados

Sempre que pode, o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) distribui rasgados elogios ao deputado federal André Moura (PSC), líder ficha suja deste governo temerário: “Com sua influência, André tem ajudado Aracaju e todos os municípios de Sergipe”, diz. Resta saber até que ponto os aplausos do comunista se transformarão em votos para André, que sonha em se eleger senador.

Em cima do muro

E o deputado estadual Gilmar Carvalho está entre os políticos que ainda não decidiu o novo domicílio eleitoral. Ex-Solidariedade, o “Cancão” analisa convites de partidos como o PSB, PSD, PDT, PSC, PSDC, PRB, PODEMOS e PEN. A demora em se definir levanta a suspeita que Gilmar pode acabar batendo com os costados no PSDB, partido que adora ficar em cima do muro. Homem, vôte!

Aquário cheio

O PSC recepciona hoje os novos habitantes do seu aquário político. A festa de filiações dos peixinhos está marcada para a Associação de Engenheiros Agrônomos de Sergipe, em Aracaju. Líder maior do PSC, o deputado federal André Moura arrebanhou um grande número de lideranças visando viabilizar o projeto de se eleger senador ou, quem sabe, governador. Então, tá!

Bem na fita

A Prefeitura de Aracaju destinará, ao longo deste ano, R$ 469 milhões para obras, projetos e serviços. Segundo o portal G1, este valor representa um crescimento de 231,7% em relação a 2017, colocando Aracaju em 1º lugar entre as capitais em investimentos. Estes quase 500 milhões são originários de emendas parlamentares, repasses, empréstimos e convênios com o governo federal.

Desarranjo político

Pode não ter sido intencional, mas a escolha do novo secretário estadual da Fazenda, Ademário Chagas, causou constrangimento à oposição. É que o escolhido pelo futuro governador Belivaldo Chagas (MDB) vem a ser filho do vereador Demar das Cutias (PSC), presidente da Câmara de Carira e aliado político do senador Eduardo Amorim (PSDB) e do deputado federal André Moura (PSC). Com o filhão tomando conta do cofre estadual, certamente Demar apoiará a reeleição de Belivaldo Chagas. Duvida?

Distância de Lula

Perde tempo quem chama o PSTU para lutar contra a possível prisão do líder petista Lula da Silva (PT). “Não vamos subir em palanque eleitoral com o PT, nem compor uma frente ampla com a burguesia”, discursa a presidenciável do PSTU, Vera Lúcia. Segundo ela, é preciso enxotar do poder o ainda presidente Michel Temer (MDB), “mas isso não significa repetir os 14 anos de governo do PT”. Misericórdia!

Cospe no prato

Ex-aliado do ainda presidente Michel Treme-Temer (MDB), o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) não se cansa de fustigá-lo. Veja o que ele postou nas redes sociais: “Já convicto de que se for candidato à reeleição será derrotado, o presidente Temer injeta recursos em Sergipe, e em outros estados, para ajudar aliados. Quer eleger uma grande bancada de deputados federais e senadores para a defesa de seu legado”. Crendeuspai!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Folha de Sergipe, em 12 de julho de 1908.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários