De volta ao batente

0

Deputados e vereadores retornam ao trabalho nesta segunda-feira (16). As sessões na Assembléia e nas Câmaras municipais serão mornas, ou seja, não haverá debates nem discursos inflamados, pois o primeiro dia é reservado à leitura das mensagens do governador e dos prefeitos. Como estamos na porta do carnaval – que bom! – a semana nos legislativos deverá ser morna, pois os deputados e vereadores não vão querer gastar verbo sabendo que suas denúncias terão pouca repercussão junto ao eleitorado, que está mais preocupado em confeccionar as fantasias e providenciar a grana para as despesas do feriadão de Momo. Contudo, como não teremos eleições este ano, espera-se que deputados e vereadores se voltem para os problemas da população, denunciando irregularidades e apresentando propostas que beneficiem a sociedade.

 

Juros do Banese

Em sua próxima reunião, a diretoria do Banese deverá avaliar a possibilidade de redução das taxas de juros. A informação foi dada pelo presidente do banco, Salmínio Nascimento, durante reunião com empresários da construção civil. Para facilitar as discussões, ele já distribuiu com os diretores planilhas sobre taxas de juros praticadas por outras instituições financeiras do país. A reunião deverá acontecer esta semana.

 

Medo de calote

 

Com o crédito escasso devido à crise global, os brasileiros têm recorrido a empréstimos mais caros nos bancos, como as linhas pré-aprovadas do cheque especial e cartão de crédito. Nesta modalidade, a alta foi de 8% em janeiro, conforme matéria publicada hoje (16) no jornal o Globo. Com medo de calote, os bancos reduziram o limite de crédito disponível dos clientes.

 

Distância menor

O secretário estadual de Turismo, João Gama, disse ao site Mercado&Eventos que, até o final de dezembro, será concluída a ponte ligando Aracaju a Itaporanga, facilitando quem se desloca de Aracaju para Salvador. Segundo ele, o destino ganhará outra ponte em breve. “Estamos em processo de licitação e acredito que ainda nesse primeiro semestre teremos o resultado da empresa vencedora”, adiantou. Com esses novos acessos, o tráfego entre as duas capitais corresponderá a uma economia de percurso de 70 km, ou seja, duas horas e meia a menos de trajeto.

 

Ajuda aos endividados

Acaba de ser lançada uma cartilha para orientar quem está devendo. Produzido pelo Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (Ibedec), a cartilha dos endividados detalha os direitos dos consumidores inadimplentes e orienta também sobre casos que podem gerar rescisão de contratos e até dívidas com agiotas. De linguagem simples e acessível, o material está disponível para download no site do www.Ibedec.org.br. A principal dica para quem está devendo é consumir de forma consciente e tentar quitar a dívida.

Menos desconto

A Previdência Social divulgou os novos valores da tabela de contribuição previdenciária e o desconto do INSS ficará menor a partir de março para uma parte dos trabalhadores. O valor máximo para cada teto de tributação aumentou. Com isso, algumas faixas salariais que tinham alíquota de 9% passaram para 8% e alguns contribuintes que recolhiam 11% passam a recolher 9%. É o caso de quem ganha entre R$ 911,71 e R$ 965, 67, que antes pagavam 9% e agora pagarão 8%.

 

Sergipe na frente

 

Sergipe foi o estado que obteve o melhor desempenho no exame da OAB do ano passado. Depois de Sergipe, que registrou uma aprovação de 42,8% dos candidatos, aparecem o Ceará, com 41,2%; Bahia, com 40,7%; Paraíba, com 37,1%; e Rio Grande do Norte, com 35,8%. O presidente da seccional sergipana da OAB, Henri Clay Andrade, não esconde a sua preocupação com o fato de menos da metade dos bacharéis sergipanos ter sido aprovada. Pior foi São Paulo, que só aprovou 18,2%.

 

Um otimista


O empresário Luciano Barreto, presidente da Associação dos Empresários de Obras Públicas e Privadas (Aseopp) e da Construtora Celi, está otimista com 2009. Segundo ele, a construção civil é a principal base do governo para enfrentar a crise financeira, pois o setor gera empregos a custos mais baixos. Ele critica, no entanto, o excesso de burocracia do poder público, que termina atrasando a execução das obras e causando sérios prejuízos à sociedade. Luciano espera que o governo anuncie novas medidas para reduzir os efeitos da crise econômica.

 

E-mail falso

A Justiça Eleitoral informa que voltou a circular, na internet, um falso e-mail em nome do TSE, advertindo sobre um suposto risco de cancelamento do título eleitoral. A mensagem “orienta” o internauta a clicar sobre um link para atualizar suas informações que constam na Justiça Eleitoral. O TSE informa que não envia e-mails a eleitores, nem autoriza nenhuma outra instituição a fazê-lo em seu nome. Mensagens desta natureza devem ser apagadas, pois podem conter vírus de computador.

 

Cheques sem fundo

Levantamento feito pelo DIEESE com base em dados do Banco Central mostra que a economia sergipana fechou 2008 com R$ 3,2 bilhões em cheques trocados, sendo que deste total, R$ 445 milhões não tinham fundos. Para se ter uma idéia, de cada R$ 100 em cheque trocados no Estado, R$ 14,12 foram devolvidos por falta de provisão de saldo. Em 2007, esse valor era de R$ 14,18. Como se vê, mesmo com a crise financeira, percentual de cheques devolvidos sem fundo em Sergipe manteve-se inalterado.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais