Decisão sensata

0

Os médicos que trabalham para a Prefeitura de Aracaju foram sensatos ao decidirem não promover uma nova paralisação, preferindo aguardar até março para avaliar o percentual do reajuste salarial linear prometido pela municipalidade. Também pesou na decisão da categoria a promessa da Prefeitura de apresentar, até agosto, um novo modelo de remuneração baseado no desempenho dos profissionais. Tomara que o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) aproveite a boa vontade demonstrada pelos médicos para encontrar uma forma de recuperar os salários defasados. Espera-se ainda que os investimentos anunciados pelo prefeito para a saúde ocorram rapidamente, visando reduzir as longas filas de espera por exames e cirurgias, pois assim como os profissionais precisam ganhar bem, a população carente merece um atendimento de qualidade.

 

Tá de volta

 

E quem está de volta ao comando da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) é o médico Antônio Samarone (PDT). Ele havia debandado da Prefeitura há poucos meses, após ter ficado assustado com a crise na Secretaria da Saúde, da qual era titular. Quando comandou a SMTT, Samarone privilegiou a punição rigorosa aos infratores em detrimento das campanhas educativas, comportamento seguido à risca por seu sucessor Osvaldo Nascimento.

 

Empregada

 

Derrotada nas eleições para a Assembléia Legislativa, a jornalista Tânia Soares (PC do B) conseguiu uma ‘boquinha’ na Prefeitura de Aracaju, administrada pelo ex-esposo Edvaldo Nogueira (PC do B). Ela foi indicada ontem para a Secretaria de Governo em substituição à vereadora Karla Trindade (PC do B), que deixou o cargo para retornar à Câmara Municipal de Aracaju.

 

Saneamento


Cassilda Teixeira, presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e
Ambiental (Abes), chega nesta quarta-feira a Aracaju para uma reunião com a diretoria da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). O encontro visa discutir propostas em torno do saneamento básico. No final do ano passado, a Deso ganhou, pela primeira vez, o Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento (PNQS), a mais importante ferramenta de gestão dos serviços de saneamento ambiental no Brasil.

 

Estagio no IEL

 

O Instituto Euvaldo Lodi trabalha em parceria com centros de conhecimento (universidades, faculdades, escolas técnicas) e empresas conveniadas, na busca da inserção do estudante no mercado de trabalho, através do estágio. Somente no ano passado, 988 contratos novos foram formalizados, além de 306 empresas conveniadas, um número recorde. O estudante que tiver interesse em se cadastrar na instituição é só entrar no site www.se.iel.org.br e realizar o cadastro.

 

Dois pesos

 

Os deputados federais e senadores que, em dezembro passado, reajustaram seus gordos salários em 61,8%, estão se engalfinhando para não aumentar o salário mínimo em alguns poucos reais. E olha que, além do que ganham, os congressistas ainda têm direito a uma série de outras mordomias, sem contar que praticamente não trabalham. Já o desgraçado do assalariado recebe o mínimo para batalhar de sol a sol e sem direito a reclamar. Êta Brasilzão injusto, sô!

 

Quer apoio

 

O governador Marcelo Déda (PT) recebe amanhã o advogado Carlos Alberto Menezes, que vai pedir o apoio do petista à sua candidatura de ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A expectativa de Menezes e dos amigos deste é que Déda prometa pedir à presidente Dilma Rousseff (PT) que indique Carlos Alberto para ministro do STJ. Caso anuncie seu apoio ao nome do advogado sergipano, o petista deverá fazer o pedido a Dilma durante o Fórum de Governadores do Nordeste, que acontecerá segunda-feira próxima em Sergipe.

 

Grana do ‘Leão’

 

A Receita Federal abre hoje consulta ao lote residual do Imposto de Renda Pessoa Física 2007. O valor estará disponível para saque na rede bancária a partir do dia 23 deste mês e terá correção de 39,86%, correspondente à variação da taxa Selic. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para o Receitafone 146.

 

Anexo na AL

 

O prédio da Assembléia Legislativa, ali na praça Fausto Cardoso, vai ganhar um anexo em breve. O anúncio foi feito ontem pela presidente da Casa, deputada Angélica Guimarães (PSC). Segundo ela, a obra é necessária para oferecer mais conforto aos deputados e a todos os sergipanos que vão ao Parlamento estadual. “Já estou solicitando recursos ao governador Marcelo Déda para iniciarmos a construção do anexo”, revela Angélica.

 

Do baú político

 

Em 1998, pouco mais de três anos após terem se enfrentado numa acirrada disputa pelo governo de Sergipe, Jackson Barreto e Albano Franco deixaram os sergipanos atordoados ao anunciarem que se aliaram politicamente. Ninguém queria acreditar que Jackson, dono do discurso mais virulento contra a família Franco, iria sair por aí pedindo votos para a reeleição de Albano, e que este apoiaria Barreto na disputa por uma cadeira para o Senado. Costurada caprichosamente pelos irmãos de ambos – Antônio Carlos Franco e Jugurta Barreto – a aliança política objetivava garantir uma campanha barata com a certeza da vitória. Tendo ficado de fora do acordão, João Alves Filho resolveu dificultar as coisas, lançando-se candidato ao governo e colocando a esposa Maria do Carmo para concorrer ao Senado. O que parecia facílimo, ficou complicadíssimo, principalmente para Jackson, que perdeu a eleição para Maria, enquanto Albano só venceu João no segundo turno. Dizem que até hoje Barreto se arrepende da aliança que o fez perder, pela segunda vez, uma disputa majoritária, já que em 1994 ele foi derrotado na eleição para o governo justamente por Albano.

 

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais