Déda e a mudança de estratégia

0

A presença do deputado federal não reeleito Iran Barbosa (PT) na equipe de secretários do governo estadual apresenta um significado emblemático. Além de colocar o homem certo no lugar exato, o governador Marcelo Déda sinalizou no sentido de uma reaproximação com as diversas correntes de seu partido, estratégia que só poderá melhorar o desempenho do Poder Executivo de nosso Estado. Nomes como os de Iran Barbosa, professor e advogado, ex-presidente do Sindicato dos Professores, têm um enorme potencial para realizar um trabalho dignificante, especialmente num setor de vital importância no campo social, que é a área dos direitos humanos.

 

O professor Iran bem que merecia ter sido reconduzido à Câmara Federal. Pertencente à mesma corrente da deputada estadual Ana Lúcia, como ele também ex-presidente do Sintese, Iran Barbosa é um político sério, coerente, firme nas posições, mas que nunca apela para a radicalização. Sua atuação como parlamentar federal caracterizou-se por um diálogo permanente com o campo democrático-popular, assim entendidos os movimentos sociais – associações, sindicatos e demais entidades classistas e comunitárias.

 

Francisco Gualberto, ex-líder do governo, é outra figura que é um símbolo de lealdade ao Partido dos Trabalhadores, tendo enfrentado com estoicismo e denodo ímpares, a tarefa hercúlea de liderar a bancada governista na Assembléia Legislativa. Da mesma corrente de Gualberto, pessoa de origem humilde, que começou a trabalhar aos 14 anos, como tecelão, surge o vereador Emerson Ferreira, um dos mais preparados dos atuais integrantes da Câmara Municipal de Aracaju. É outro nome que se encaixa como uma luva nessa nova estratégia adotada pelo governador, reconhecidamente um político hábil, inteligente, que domina como ninguém a arte da comunicação, mas que tem, segundo comentários gerais, cometido alguns pecados no processo de relações interpessoais com seus auxiliares.

 

 O Partido dos Trabalhadores, com 30 anos de fundado, aliás a única agremiação partidária brasileira criada de baixo para cima, conseguiu, graças principalmente à força de Lula, chegar ao poder após 22 anos de lutas. Aquela aura de respeito aos seus dirigentes e filiados foi fortemente maculada com o episódio do mensalão, o que exigiu de Lula a colocação em prática de uma tática bastante inteligente para, ao mesmo tempo, reabilitar moralmente o partido e evitar o seu impedimento. Com o envolvimento dos notáveis do PT naqueles vergonhosos fatos, o presidente Lula deu um golpe de mestre, anunciando Dilma Roussef como candidata à sua sucessão.

 

Voltando a Sergipe, embora tenha frustrado a população em alguns momentos, o governador Marcelo Déda apresentou um saldo positivo, ao final de seu primeiro mandato. Tendo como pedra angular de sua gestão a seriedade no trato com a coisa pública.

 

 O novo secretariado mostra evidências de que passará por alterações em breve. Afinal, contentar os diversos partidos da base aliada é uma tarefa muito complicada. Com a mudança de estratégia, reaglutinando petistas históricos, Marcelo Déda poderá realizar muito mais em seu novo mandato de governador, acentuando os esforços do Executivo em setores vitais como a educação, a saúde e o combate à pobreza, em consonância com os planos da presidenta Dilma Roussef. E aí, quem sabe, se terá de volta, com toda a ênfase, o Modo Petista de Governar, que fez a diferença, no Brasil, a partir do início dos anos 80.

 

Conexão

Por problemas técnicos (falha na conexão), durante todo o dia de ontem, este jornalista pede a compreensão dos leitores que vários e-mails e comentários não foram respondidos. Se a OI restabelecer a conexão ainda hoje todos serão respondidos.

 

Semanário

E no meio dos jornalistas circula a informação de que o grupo que comanda o Cinform estará lançando um novo jornal semanário nos próximos dias. Será o “Super Popular”, voltado para a classe baixa e custando bem barato. Será daqueles que se espremer sai sangue.

 

Mais jovem do PV

E o deputado estadual eleito pelo PV de Sergipe, Gustinho Ribeiro, é o mais jovem dos 37 parlamentares eleitos pela sigla em todo país. Gustinho Ribeiro  tem 28 anos e é um dos nomes que vem gerando expectativa na renovação ocorrida na AL, principalmente porque faz parte de um partido voltado para o meio ambiente. 

 

Suplente de Gustinho

E por falar em Gustinho Ribeiro, em Lagarto, a briga pela vaga dele na Câmara Municipal é forte. O primeiro suplente da coligação, Jeová do Gesso quer a vaga, mas o primeiro suplente do partido, Indio emplacador, do PV quer a vaga com base na decisão do TSE.

 

Ainda o PV I

E ainda ontem, 17, na Liberdade FM, o radialista George Magalhães promoveu um debate sobre o PV em Sergipe. O professor Anderson Gois, disse que foi convidado para vários partidos, mas mesmo com toda adversidade não quer sair do partido. “Agradeço todos os convites, mas pretendo ficar e lutar por espaço partidário”. É uma decisão delicada e somente o tempo poderá dizer se ele estará certo.

 

Ainda o PV II

Já outro filiado do partido o professor Abelardo Neto, do Graccho, disse que o partido é de aluguel em Sergipe e que o objetivo são apenas os acordos, sem trabalhar para eleger ninguém. Para Abelardo, a direção  A direção nacional é conivente com a situação do PV em Sergipe porque Reynaldo Nunes é tesoureiro da nacional e homem de confiança de Pena (presidente nacional).

 

Ameaça a Cabo Zé

E o ex-deputado e ex-prefeito de Lagarto, denunciou que ontem, 17, pela manhã, quando estava na porta de sua rádio, a Eldorado, foi ameaçado pelo prefeito Valmir Monteiro que mandou o motorista parar o carro próximo a ele disse “vou lhe pegar”.

 

Problema social e familiar I

O sargento Vieira, da Caixa Beneficente, alertou ontem, no programa de George Magalhãs, na Liberdade FM, que alguns idosos estão sendo ludibriados pelos próprios familiares que ajudam os mesmos na retirada dos seus salários no cash do Banese. Como tem uma linha de empréstimo consignado disponível eletronicamente, alguns familiares estão fazendo empréstimo sem o consentimento do idoso.

 

Problema social e familiar II

A preocupação do sargento é salutar, porque se fosse um simples caso de polícia, já que envolve o crime de estelionato, era só denunciar os infratores. O problema é que em muitos casos são filhos, irmãos e netos. E o idoso não quer ver o familiar na delegacia e muito menos preso. A lógica é a direção do Banese é retirar os clientes acima dos 60 anos da relação que o empréstimo é liberado automaticamente.

 

Homenagem dos estudantes I

O senador Valadares, líder do PSB no Senado, foi um dos três senadores homenageados hoje, no Rio de Janeiro, por milhares de estudantes presentes ao 1° Encontro Nacional de Grêmios Estudantis da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas – UBES, em conjunto com a União Nacional dos Estudantes –UNE. As homenagens foram prestadas a Valadares, a Fátima Cleide (PT-R0) e a Inácio Arruda (PCdoB-CE), por serem os autores de emenda ao Fundo Social do Pré-Sal, que prevê para a Educação, 50% dos recursos do Fundo.

 

Homenagem dos estudantes II

A emenda de autoria dos três senadores foi aprovada no Senado e na Câmara dos Deputados, mas sofreu veto do então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Os homenageados falaram aos mais de quatro mil estudantes reunidos no Maracanazinho, que tudo farão para derrubar o veto presidencial e fazer valer a emenda e que, caso o veto permaneça, a mesma exigência dos 50% dos recursos do Fundo Social do Pré-Sal será então incluída no Fundo Nacional de Educação.

 

Formatura do ILBJ

Nesta terça-feira, 18, a partir das 19h no Espaço Emes, acontece a Formatura da sétima turma do projeto “Conectando Com a Vida” do Instituto Luciano Barreto Júnior – ILBJ. Cerca de mil alunos estão concluindo o projeto socioeducacional do ILBJ e abrindo caminhos para um futuro melhor. O ILBJ é uma ação de responsabilidade social da Construtora Celi.

 

500 Milhões

Este é o montante dos valores desviados na Funasa – Fundação Nacional de Saúde, que desde 2005 está sob o comando do PMDB. Em 2011, o orçamento da FUNASA é de 4 bilhões e 700 milhões de reais. As áreas de atuação da entidade são o saneamento básico e a saúde dos índios.

 

Mensalão

O julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal deverá ocorrer este ano. O escândalo foi revelado pelo deputado Roberto Jefferson, do PTB, em junho de 2005. Prevê-se que o julgamento levará 10 dias, na Suprema Corte de Justiça do país.

 

Posse no Confiança

Tomou posse, ontem, a nova diretoria do Confiança. O novo presidente é Luiz Roberto, que até ontem era o vice-presidente do Dragão do Bairro Industrial. Seu vice-presidente é Fernando Andrade. O bancário Milton Dantas deixa a presidência do Confiança com um saldo equilibrado. Começou com várias conquistas e terminou de forma bem mais modesta. Miltinho é, atualmente, dirigente da Liga de Futebol do Nordeste.

 

Dinheiro na Suiça

Bancos suiços vão devolver dinheiro sujo. Com a inversão do ônus da prova, quem deve provar que o dinheiro tem origem legal é o investigado, não a Suiça. Até então, os países precisavam abrir processo para repatriar recursos desviados por políticos. Os que mais vão receber dinheiro sujo de volta são: Sani Abacha, da Nigéria – 700 milhões de dólares; Ferdinando Marcos, das Filipinas – 684 milhões de dólares; Vladimiro Montesinos, Peru – US$ 92 milhões.

 

Patrocínio

O Banco do Nordeste vai destinar recursos para incentivar os clubes sergipanos que participarão do campeonato estadual de futebol de 2011.

 

Reabertura

Informações procedentes de Itabaiana dão conta de que é muito difícil que a reinauguração do Estádio Presidente Médici ocorra no próximo dia 30 de janeiro. Não obstante a manifestação do Secretário de Esportes, Maurício Pimentel.

 

Diálogo

Ponto altamente positivo no futebol. Intenso diálogo entre os presidentes dos três principais clubes: Confiança, Sergipe e Itabaiana. Facilitando, assim, interatividade entre eles. Vai ganhar o nosso combalido futebol.

 

Camarote Chopp 13

Quer curtir o Pré-Caju com segurança e animação num ambiente agradável? O  Camarote Chopp 13 é a opção. Enquanto o bloco não passa na avenida, você pode curtir com sua família e amigos o som dos Dj`s 2Hot , Annírley Brito,  Budah Moderno, JC,  Luiz Prado, Phillipe Carneiro, Raul Meneleu. Os  ingressos individuais já estão à venda no Chopp 13. Vale lembrar que é  openbar e será disponibilizado uma camisa por dia. Acesse  www.chopp13.com.br  para mais informações e garanta logo o seu passaporte da alegria.

 

Ouvidoria I

Entidades propõem criação de Ouvidoria de Segurança Pública em Sergipe Ampliar a participação social e democratizar a gestão dos órgãos de segurança pública nos estados, em particular no que diz respeito aos direitos humanos. Esta é a principal atribuição de Ouvidorias de Segurança Pública, órgãos que a Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH), atualmente vinculada ao Ministério da Justiça, incentiva que sejam criados nos estados.

 

Ouvidoria II

Em Sergipe, diversas entidades representativas da sociedade, em diálogo com a SEDH, debateram e elaboraram uma proposta para a Ouvidoria do Sistema de Segurança Pública do Estado de Sergipe, que já foi apresentada ao Governador do Estado, Marcelo Déda.

 

Copa Nordeste

Não procede a informação segundo a qual o Sergipe estaria eliminado da Copa do Nordeste. Não houve qualquer reunião da Liga para tratar do assunto. O certame, este ano, deverá, mesmo, ser no segundo semestre. A torcida rubra ficou apreensiva, mas os dirigentes do Mais Querido apressaram-se em esclarecer o episódio, através de sua assessoria de imprensa.

 

Morte do torcedor

O caso envolvendo um sergipano que foi para a capital alagoana assistir ao clássico CRB X CSA e acabou sendo assassinado por torcedores dos clubes locais é o primeiro da espécie registrado em Maceió. Aqui em Sergipe já aconteceram vários fatos dessa espécie. O torcedor assassinado era segurança da NORCON.

 

 

SAMU centralizado

Emerson Ferreira, vereador do PT, defende a tese de que o atendimento do SAMU deve ser centralizado. Isso facilita a agilização do serviço, segundo o referido parlamentar municipal. Técnicos do SAMU também defendem esse ponto-de-vista.

 

Entre amigos

Bastante interessante o blog do conhecido professor e radialista. Com 15 anos de atividade na comunicação sergipana, Ludwig Oliveira é um dos mais dinâmicos e criativos promotores culturais do nosso Estado. Atua na Rádio Jornal e na TV Cidade, na qual dirige e apresenta o programa Entre Amigos. O blog abrange vários assuntos, com destaque para a música, o cinema e artes em geral. Para acessá-lo: www.entreamigosnatv.com.br.

 

Ivo Ferraz

IVO FERRAZ – Baiano, jovem, com apenas 24 anos, já passou por diversas emissoras de rádio. Teve uma passagem curta pela 930 AM, em 2010. Está de volta para integrar a equipe esportiva comandada por Carlos Rodrigues, que passa a ter três ótimos narradores: Antonio Barbosa, Raimundo Macedo e o próprio Ivo Ferraz.

 

Ajuda ao Haiti

AJUDA AO HAITI – O secretário-geral da ONU – Organização das Nações Unidas, Ban Ki-Moon e a presidente Dilma Rousseff, do Brasil, fazem apelo no sentido de que seja intensificada a ajuda ao esquecido Haiti. Em 12 de janeiro, cumpriu-se um ano desde o terremoto ocorrido no ano passado, naquele que é um dos mais pobres países do mundo. O terremoto devastou o Haiti. Foram 316 mil mortos. Apenas 2 por cento de habitações foram construídas para um total de 1 milhão e 300 mil desabrigados naquela ocasião. Da prometida ajuda internacional, pouco chegou ao país. Como se não bastasse, o país foi castigado por um furacão, uma epidemia de cólera que já contaminou 181 mil e matou 3 mil e 700 pessoas. E para completar, sobreveio um processo eleitoral fraudado, segundo a OEA – Organização dos Estados Americanos, para que o candidato do governo, Jude Celéstin, passasse ao segundo turno.

 

Os ícones de um terremoto I

Golpe militar, repressão e resistência política. Livro de autoria de Paulo Barbosa de Araújo, Editora Diário Oficial, 2010.  Nascido em 22.12.1937, em Neópolis (SE), Paulo Barbosa é uma das figuras mais autênticas da esquerda sergipana. Foi funcionário dos Correios e Telégrafos, tendo militado, politicamente, na UBSPT – União Brasileira dos Servidores Postais Telegráficos. Liderança universitária nos tempos de estudante de economia. Era economista, jornalista e professor universitário. Integrou a equipe da Gazeta Socialista, jornal fundado por Orlando Dantas, que depois teve o nome mudado para Gazeta de Sergipe, ao lado de José Rosa e Chico Rosa, Pascoal Maynard e outros nomes do jornalismo da época (década de 50).

 

Os ícones de um terremoto II

Foi, por muitos anos, correspondente do jornal O Estado de São Paulo. Exerceu o magistério de nível superior na UFS e na UNIT, além de ser educador do curso Paulo Freire. Deixou escrito o livro “Petróleo, por que sabotado?”, editado após sua morte, em 2008, pela AEPET – Associação dos Engenheiros da Petrobras. A obra focaliza a história, com detalhes minuciosos, do petróleo no Brasil e em Sergipe. Paulo Barbosa de Araújo faleceu em 2000, na capital sergipana. Este novo livro de autoria de Paulo Barbosa tem prefácio assinado pelo jornalista Luiz Eduardo Costa.

 

Os ícones de um terremoto III

A orelha traz a assinatura de Osa Maria Machado de Araújo, viúva do economista, escritor e jornalista. Paulo Barbosa era filiado ao PSB – Partido Socialista Brasileiro e teve participação decisiva na luta pelos ideais democráticos e pela derrubada da ditadura. Consta, ainda, da publicação, um Posfácio de Inez Stampa, do Arquivo Nacional e do Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil. Merece destaque a sensibilidade demonstrada pela SEGRASE – Serviços Gráficos de Sergipe em relação ao tema focalizado em Os Ícones de um Terremoto.

 

Doações para vítimas das chuvas no RJ

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) está arrecadando doações para as vítimas das chuvas na região serrana do Rio de Janeiro. Somando-se à campanha humanitária que está sendo desenvolvida pelo Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides) e da Defesa Civil Estadual, o Banese está arrecadando fraldas descartáveis e colchonetes para as vítimas das enchentes, além de ter aberto a conta corrente número 102.705-7, agência 015, para o recolhimento de doações em dinheiro.

 

DEBATE – Fiscais da Emsurb e o bar Parati

 

Explicação da Emsurb I

A presidente da Emsurb, Lucimara Passos, informou ontem que já determinou a apuração das denúncias de abuso dos fiscais da empresa que estavam no bar Parati no último final de semana e também na semana passada. Lucimara explicou que a Emsurb é a responsável pela fiscalização dos ambulantes e, quando é alguma tenda fixa, necessita da autorização da Prefeitura.

 

Explicação da Emsurb II

Ela explicou que qualquer empresário pode solicitar o trabalho da empresa de duas formas: para limpeza e fiscalização. Neste caso é pago, através de boleto bancário, a própria empresa que se encarrega de providenciar tanto a equipe de limpeza como de fiscalização. Além disso, os fiscais fazem o serviço diário em vários pontos através de escalas, já que o número é reduzido. Porém, os fiscais sabem que os ambulantes que ficam transitando não pagam taxas. Ou seja, no caso dos carrinhos apreendidos na semana passada, o blog reafirma o abuso e a necessária apuração.

 

Explicação da Emsurb III

Outro fato estranho é que o próprio dono do Parati vem orientando os fiscais e em um caso (de um ambulante de bebidas) foi ao local e ameaçou o rapaz. E os fiscais têm que entender que são pagos pela Emsurb e não podem, nem mesmo, aceitar uma água do dono do estabelecimento. É preciso muita cautela, porque os ambulantes existente em todas as praias do país e até nas mais badaladas do Nordeste como Porto de Galinhas (PE), Guarajuba (BA), Francês (AL), convivendo pacificamente com os donos de estabelecimentos.

 

E-mails recebidos  (nenhum comentário ou e-mail defendeu o dono do bar):

 – isso é um absurdo, é um abuso…essas coisas só acontecem em Aracaju….quer dizer que agora a praia é privada? vamos rir para não chorar. Adoro barraquinhas e ambulantes…é uma coisa cultural….é o que dá o sentindo à praia, ao rústico….vamos deixar que as pessoas trabalhem em paz! quem quiser que melhore os seus serviços e preços para suportar a concorrência!…o Parati, com medo de uma barraca..não se garante não é? já vi que estamos mal servidos de bom atendimento e serviço nesta cidade..um grande empresário brigando com pobres barraqueiros….tenha paciência, a praia é pública!!

 

– Eu estava presente no momento das visitas desses “fiscais” da emsurb” no bar parati, e tanto eu como todos os presentes no local ficamos abismados com a maneira como os ambulantes estavam sendo abordados, e ficou notória a questão deles estarem fazendo um serviço que não corresponde com ações corriqueiras de trabalho demandados pela Emsurb. Chegaram a quebrar a barraca de batata-frita, que está em ordem com todas a taxas pagas. O dono do parati é dono no bar ou dono da praia? (Obs: no caso da barraca de batata-frita o blog foi informado que o dono do “ponto” repassou para outro, o que é proibido).

 

DO LEITOR

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO – SINPOL/SE

 

Presidente do SINPOL esclarece questões publicadas na imprensa

 

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (SINPOL Sergipe), Antônio Moraes, esclarece algumas questões acerca da matéria veiculada no portal de notícias Universo Político, assinada pelo jornalista Joedson Telles.

 

Moraes confirma o que foi dito na entrevista, porém esclarece que não se referiu à classe de policiais civis delegados de polícia, mas a um pequeno grupo que recebe acima do teto salarial. ?Esta é uma realidade de Sergipe, mas que em conversas com outros dirigentes sindicais soube que acontece em outros estados também. Boa parte deste pequeno grupo, em função de já ter conquistado financeiramente tudo o que desejava dentro da administração pública, passa a ter desinteresse com a modernização da estrutura da polícia civil e começa a fazer oposição sistemática às possibilidades de mudança na instituição?.

 

O dirigente do SINPOL Sergipe também ratifica que, em nenhum momento, fez alusão, ou qualquer espécie de insinuação, aos nomes do Secretário de Segurança Pública, João Eloy, e/ou do Superintendente da Polícia Civil, João Batista. ?São pessoas com as quais temos boas relações, são policiais civis com um histórico de serviços prestados à Polícia Civil e ao Estado de Sergipe na segurança pública?. E destacou, “boa parte das idéias defendidas pelo sindicato são bem vistas por eles”.

 

Segundo Moraes, o SINPOL Sergipe deseja discutir uma nova concepção de estrutura para a Polícia Civil e de todo o Sistema de Segurança Pública. ?O que queremos é debater uma Nova Lei Orgânica para a Polícia Civil Sergipana, cuja finalidade seja atender bem a população. Queremos uma polícia de Estado, técnica e sem ingerências políticas?, ressaltou.Fonte: Assessoria de Comunicação SINPOL Sergipe

 

 

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

 

Frase do Dia

“Não existe ninguém que não possa ser mestre de alguém em alguma coisa.  Também há sempre quem  saiba mais. É útil saber aproveitar  o que há de melhor em cada pessoa.  O sábio estima todos porque sabe ver o bom de cada um e sabe o que custa fazer bem as coisas. O tolo despreza todos  porque não conhece o bom e escolhe o pior”. Baltasar Gracián.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários