Edvaldo fugiu da raia

0

Esta campanha eleitoral de Aracaju será marcada pela ausência de debates televisivos entre os candidatos a prefeito. No primeiro turno, as emissoras de TV se recusaram em reunir os 11 prefeituráveis num mesmo ambiente para evitar a propagação da Covid-19. Agora, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) tem fugido dos debates tal qual o diabo foge da cruz. O argumento do pedetista para correr da raia é o de que não vai se submeter as agressões e ataques à sua honra feitos pela delegada Danielle Garcia (Cidadania). Lorota! Na verdade, o candidato à reeleição se escuda nos bons resultados das pesquisas para não participar dos democráticos confrontos de ideias. Medroso, ele prefere a segurança do estúdio de gravação, onde sua fala é previamente escrita pelos marqueteiros. Ora, quem possui propostas concretas não foge de debates, nem teme baixarias, pois sabe que o povo as reprova. O candidato que procede como Edvaldo Nogueira afronta o eleitorado, demonstra despreparo e falta de coragem para encarar os opositores, numa agressão à democracia. Simples assim!

Sergipe enlutado

Sergipe amanheceu hoje, de luto pela morte do ex-governador João Alves Filho (DEM). Ele estava internado num hospital particular de Brasília, após ter contraído coronavírus e sofrido uma parada cardíaca. A família informou que o corpo do líder político sergipano será cremado na capital federal e as cinzas trazidas para serem sepultadas em Aracaju. João Alves foi prefeito de Aracaju por duas vezes e governador de Sergipe por três mandatos, além de ministro do Interior. Com 79 anos, o demista deixa a esposa, senadora Maria do Carmo Alves (DEM), e três filhos. Descanse em paz!

O mundo dá voltas

No início da campanha eleitoral, o DEM não queria não ouvir falar na hipótese de apoiar a reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Ouvido à época sobre tal possibilidade, José Carlos Machado, presidente do Democratas, sacramentou: “Temos um projeto para as eleições de Aracaju, mas ele não inclui o prefeito”, afirmou. Passado o 1º turno das eleições e tendo ficado pelo caminho, o DEM decidiu apoiar a reeleição de Edvaldo Nogueira, visto agora pelos demistas como o melhor nome para administrar a capital. Marminino!

Estacionamento abandonado

Clientes do supermercado GBarbosa da avenida Francisco Porto, em Aracaju, estão se queixando do abandono em que se encontra o estacionamento da loja. Várias lâmpadas estão queimadas, facilitando a ação de marginais, e algumas coberturas dos carros se encontram rasgadas ou simplesmente foram removidas. Uma lástima!

Visita à nova casa

Vereadores eleitos de Aracaju têm visitado as instalações da Câmara Municipal. A primeira a conhecer o local onde vai trabalhar, a partir de 2021, foi Linda Brasil (PSOL), a mais votada da capital. Ontem, estiveram no Legislativo os vereadores eleitos Sávio Neto de Vardo da Lotérica (PSC) e Ricardo Vasconcelos (Rede). Recebidos pelo presidente Nitinho Vitalle (PSD), os novos parlamentares também receberam algumas informações sobre o funcionamento do Legislativo. Ah, bom!

Veneno à mesa

Cada um de nós consome cerca de 5,2 litros de veneno agrícola por ano, fato que torna o Brasil campeão mundial no uso de agrotóxicos. Uma das bandeiras dos ambientalistas é o fim da pulverização aérea. Segundo eles, uma pequena parte do veneno chega à planta, e a grande parte cai no solo, na água e nas comunidades que moram no entorno. Em Sergipe, este tipo de pulverização está aniquilando as abelhas. Crendeuspai!

Tomou gosto

E o delegado Paulo Márcio (DC) tomou gosto pela política partidária. Entrevistado pelo blog Primeira Mão, o homem disse que, apesar do fracasso eleitoral – ele teve apenas 634 votos como candidato a prefeito de Aracaju – vai continuar na política. O delegado faz questão de deixar claro que o seu objetivo é colaborar com o debate no campo da direita, fortalecendo o pensamento conservador em Sergipe e apontando as incoerências da esquerda. Então tá!

Cadê o dinheiro?

O deputado federal Gustinho Ribeiro (SD) está preocupado com a demora da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em liberar recursos para Sergipe. Ontem, o parlamentar lagartense apelou ao presidente da entidade, coronel Giovanne Gomes da Silva, que fizesse alguma coisa para destravar os recursos alocados para o estado visando garantir a implementação de obras de saneamento e saúde. O militar prometeu a Gustinho agilizar os processos. Tomara!

Elogio a Bolsonaro

Um consolo para os eleitores bolsonaristas que estão pensando em votar no prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Em agosto de 2019, o candidato a reeleição fez rasgados elogios ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Foi durante a assinatura de contrato com a Caixa Econômica visando a liberação de R$ 117 milhões para construção de casas populares em Aracaju. Questionado pelos esquerdistas de plantão, Edvaldo Nogueira não se fez de rogado: “Ache ruim quem quiser”. Será que ele já sonhava em receber o apoio da direta? Misericórdia!

UFS afrontada

Ontem foi um dia negro para a história da Universidade Federal de Sergipe. Numa afronta à soberania universitária, o Ministério da Educação empossou uma interventora como reitora daquela instituição de ensino. Agradecendo a confiança nela depositada pelo presidente Jair Bolsonaro, a interventora Liliádia Barreto previu em seu discurso que “tempos difíceis se aproximam”. O que pode ser pior do que uma intervenção federal, um ato de força? Tomara que a sempre aguerrida comunidade universitária reaja contra tamanha agressão à democracia. Desconjuro!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Tarde, em 5 de maio de 1933

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários