Façam suas apostas, senhores

0

Faltando menos de três dias para terminar o período das convenções, pode-se dizer que a mesa de pôquer está formada. O jogador que chegar em novembro com o melhor conjunto de cartas terá como prêmio a Prefeitura de Aracaju. Ainda é cedo para falar em favoritos nessa empreitada, pois só a partir de agora as pesquisas vão poder retratar melhor a fotografia da disputa. Não há dúvida que o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) sai na frente por ter a máquina pública à sua disposição, contar com o apoio do governador Belivaldo Chagas e possuir o maior tempo no horário eleitoral gratuito. Mas essa provável vantagem pode ser diluída num piscar de olhos. Basta uma frase mal colocada ou o tropeço num debate. Portanto, todos os prefeituráveis têm chances de vitória, inclusive aqueles tidos por muitos como azarões. Então, façam suas apostas, senhores. Marminino!

De Aracaju para Sampa

Depois de tentar três vezes se eleger prefeita de Aracaju e concorrer à Presidência da República, a sindicalista Vera Lúcia (PSTU) resolveu disputar a Prefeitura de São Paulo. Residente em Sergipe há muitos anos, essa pernambucana formada em ciências sociais tem como slogan de campanha a defesa do emprego, da renda, do salário e da vida. Em Aracaju, a candidata a prefeita pelo PSTU é a também sindicalista Gilvani Santos, tendo como parceiro de chapa Valtemi Aragão, trabalhador em telemarketing. Então, tá!

Sob nova direção

O governo trocou o comando do Hospital de Urgência de Sergipe. O médico Darcy Tavares Pinto foi substituído na superintendência da unidade pelo também médico Valter Pinheiro. Principal porta de entrada da saúde pública do estado, aquele hospital recebe pacientes de todo o território sergipano e de estados vizinhos e presta atendimentos de baixa, média e alta complexidade. Doutor Darcy estava à frente do HUSE desde abril de 2018. Boa sorte ao novo superintendente!

PT em pé de guerra

Em clima tenso, os petistas de Riachuelo realizam, nesta segunda-feira, uma nova convenção para sacramentar a aliança com o PDT do prefeiturável Elder de “Pedão”. Pelo acordo dos dois partidos, a candidata a vice será a vereadora Carmem do Sindicato (PT). Os petistas históricos do município estão invocados com a decisão da executiva estadual de anular a convenção que aprovou o apoio da legenda ao candidato Petinho de João Grande (MDB). Além do mais, eles acusam Carmem do Sindicato de ser cabo eleitoral do ex-deputado federal André Moura (PSC). Danôsse!

Da polícia para a política

O portal de notícias Uol publicou uma matéria sobre o repentino interesse dos delegados de polícia pela política partidária. Segundo a reportagem, oito das nove capitais do Nordeste terão candidatos “xerifes”. Aracaju terá o maior número de delegados disputando a prefeitura: Paulo Márcio (DC), Danielle Garcia (Cidadania) e Georlize Teles (DEM) vão tentar destronar o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), enquanto a delegada Katarina Feitoza (PSD) é candidata a vice na chapa do pedetista. Vixe!

Parto difícil

Finalmente, o Avante homologou a candidatura a prefeito de Lúcio Flávio. O postulante a vice é o também avantista Davi Calazans, cantor gospel que trabalha em Brasília com a ministra Damares Alves. Até a véspera da convenção, estava praticamente certa a aliança com o Patriota, mas este partido recuou para apoiar o prefeiturável Rodrigo Valadares (PTB). Agora, Lúcio Flávio vai tentar conquistar os eleitores bolsonaristas que, em sua maioria, querem vê-lo pelas costas. Crendeuspai!

MDB oficializa apoio

O MDB do ex-governador Jackson Barreto oficializou o apoio à reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Antes, JB compareceu à convenção pedetista que homologou a candidatura do gestor aracajuano. Segundo Jackson, a capital sergipana precisa “continuar seguindo em frente, crescendo de forma moderna e humana e Edvaldo faz um trabalho que atinge todas as áreas, especialmente, as regiões mais carentes”. Ah, bom!

Aracaju reprovada

Aracaju foi reprovada no ranking das cidades mais inteligentes do Brasil. Em todos os indicadores do ranking Connected Smart Cities, a capital sergipana só aparece em quatro deles e assim mesmo nunca entre as 20 cidades melhores colocadas. Aracaju pontuou em Mobilidade e Acessibilidade (32º), Tecnologia e Inovação (82º), Saúde (36º) e Segurança (46º). E olha que no início do mandato, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) foi ao exterior conhecer, segundo ele, experiências “dentro do conceito de cidade inteligente que defendemos para os aracajuanos”. Misericórdia!

Elogio fora de tom

“O ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita, é a maior liderança política que esta cidade já viu”. A entusiasmada afirmação é do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD), apoiador de Clara Sukita (Republicanos), candidata a prefeita de Capela e irmã do líder enaltecido por Mitidieri. O Sukita citado como bom exemplo pelo deputado federal, é condenado por desvio de recursos públicos, já tendo passando um tempo na penitenciária. Para alguns políticos, contudo, isso são outros quinhentos. Home vôte!

Ficha limpa

A Lei da Ficha Limpa deve ser aplicada com toda serenidade, imparcialidade e rigor. Pelo menos é o que se espera dos juízes eleitorais, agora que as candidaturas estão sendo homologadas. Evidente que os magistrados terão algumas dificuldades para a aplicação da lei, pois não há uma jurisprudência consolidada. Isso, contudo, não significa nenhum tipo de inaplicação da legislação, concebida com o objetivo de separar o joio do trigo. Aguardemos, portanto!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 34 de agosto de 1921

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários