FAPITEC: entidade nacional engrossa defesa

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

A mudança da diretoria da Fundação de Apoio à Pesquisa e Inovação Tecnológica (FAPITEC) promovida recentemente pelo governador Jackson Barreto, exonerando uma diretoria formada por pesquisadores e nomeando como presidente um ex-vereador de Neópolis, gerou intensa mobilização da comunidade científica, que vem repercutindo fortemente na imprensa e ganhando aliados, como o Fórum Empresarial de Sergipe que dirigiu expediente ao governador pedindo que seja reconsiderada a decisão.

Outro importante apoio veio do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), que também encaminhou correspondência a Jackson Barreto se solidarizando com a preocupação das comunidades sergipanas quanto à escolha da direção da FAPITEC. No ofício, o CONFAP destaca que, dadas as peculiaridades desse tipo de instituição, recomenda-se que tais posições sejam ocupadas por profissionais com a formação e experiências adequadas às atividades acadêmicas e científicas, sob pena de colocar em risco os avanços obtidos até aqui.

Enquanto isso a mobilização de pesquisadores, professores, bolsistas e estudantes vem se intensificando, com a coleta de mais de 2 mil assinaturas em abaixo-assinado dirigido ao governador.

Além do abaixo-assinado, foi criada também uma Petição Pública que pode ser subscrita por qualquer cidadão que queira apoiar a causa, bastando acessar o site da Associação Sergipana de Ciência (http://www.asci.org.br ).

Nas redes sociais, Gustinho Ribeiro, desdenha do movimento
Enquanto a comunidade acadêmica e diversos segmentos organizados se posicionam contrário a indicação partidária para a

FAPITEC, o deputado estadual Gustinho Ribeiro, fez questão ontem, 14, de mostrar que é o pai da indicação e postou foto nas redes sociais ao lado do novo presidente, José Heriberto e do novo diretor de finanças, Gilson. “Para tratar de políticas públicas”, escreveu o deputado. É desdenhar de coisa séria.

Combustível sobrando no serviço público
E muito veículo rodando para lá e para cá em Sergipe gastando combustível enquanto seus integrantes muitas vezes estão nas redes sociais. É polícia, é SMTT e tudo mais. Sem falar em autoridade, que chega para uma reunião, mas o carro com motorista e segurança fica a tarde toda ligado para que o carro fique frio com o ar-condicionado. Com dinheiro público é bom demais!

Governo pensa em cortar veículos
O blog  foi informado que dentro das medidas de contenção de despesa o governador Jackson Barreto pensa em cortar veículos do segundo escalão e outros setores. Tem muita gente com veículo sem necessidade. Basta o primeiro escalão e os veículos para os serviços essenciais. Aliás, parece que ele pediu para que a SSP faça um pente fino nos carros. Se for verdade, vai dá m….

Publicitário cortou TV Sergipe e Globo News
E um publicitário leitor deste espaço disse que desde dezembro de 2014 cortou a antena local por conta da politicagem na eleição estadual na TV Sergipe. Agora, há poucas semanas resolveu solicitar a operadora o corte da Globo News. Como foi informado que não podia separar do pacote resolveu cortar toda a m….

Justiça demora para determinar reintegração de posse. Tem autoridade?
Na Barra dos Coqueiros, depois do parque eólico, sentido Pirambu, tem uma invasão que a maioria tem condições e casas para morar, é uma invasão de “veranistas”. Dizem até que tem autoridade no meio dos invasores. E a Justiça? Qual o motivo da demora para reintegrar a área aos verdadeiros donos? Perguntar não ofende.

Rotatória do Caju. Dois semáforos um 50 metros do outro. Um abre outro fecha
Na rotatória do Caju, que mudar o nome – coisa de quem não tem o que fazer  – que transita sentido praia/centro pega dois semáforos. O problema é quando o primeiro abre o segundo – 50 metros depois – fecha. Pelo jeito, como escreveu um amigo nas redes sociais o semáforo inteligente já nasceu deficiente.

Ainda sobre a Adema
Um técnico em meio ambiente concordou com parte dos argumentos do blog sobre a Adema e a fábrica de multas, mas lembrou que é crime ambiental tanto para o grande quanto para o pequeno empresário não ter o devido licenciamento ambiental.

Ainda sobre a Adema II
Ele citou que na mineração, por exemplo, existem dois principais problemas: 1 – o ilegal que atua nos finais de semana e no período noturno; 2 – o legalizado que não cumpre toda a lei porque não fazem a recuperação do ambiente depois que foi retirado todo o mineral. Este apenas apresenta um PRAD e não executa. “O segundo caso tenho alguns casos assim de o empreendedor exaurir toda a jazida e não recuperar após a exploração.”m explicou.

Adema saiu da sede própria para pagar aluguel. E JB pediu para reduzir despesas
Veja uma ação que  vai de encontro a determinação do governador Jackson Barreto , que chegou a baixar um decreto criando uma comissão para rever os aluguéis do estado. A Adema estava numa sede própria onde fica a Semarh e a Sedetec, e resolveu e para o complexo da Vila Cristina, cujo aluguel é da UFS. O blog foi informado do valor do aluguel, mas vai conferir para não cometer injustiça. Se comparado com o outro, que engloba todo o complexo de secretarias, é um absurdo.

Frei Paulo: A angústia Continua
Os professores da rede municipal do município de Frei Paulo continuam em greve já que não houve avanço nas negociações, mais uma vez uma frustação perante o secretário  de educação, José Arinaldo de Oliveira Neto. Ele afirma que esse ano não haverá reajuste para os professores, mesmo o Sintese apontando inúmeras irregularidades nas folhas de pagamento dos técnicos administrativos ele não negocia e não tem nenhuma proposta pra a categoria.

Greve dos professores
Assim sendo é com pesar que os professores continua com a greve que já dura 15 dias. Vale ressaltar que o sindicato já apresentou proposta até de parcelamento em duas vezes, mesmo assim ele não acatou. O prefeito Arinaldo filho e o seu filho que está secretário municipal de educação, Arinaldo Neto, estão dando uma demonstração clara de como desmotivar os professores.

Inserção
Em inserção do PT para a TV, o secretário nacional de Finanças do partido, Márcio Macêdo, critica o processo de impeachment em curso no país. "O golpe em curso no Brasil, arquitetado pelo presidente interino, ilegítimo Michel Temer e seu cúmplice, Eduardo Cunha, rompe dois pactos da história recente do Brasil, o da nova república pela democracia, firmado na Constituição de 1988, e o de pacificação das classes sociais estabelecido pelos presidentes Lula e Dilma, no qual todos prosperaram no país – os ricos, a classe média e os pobres. São essas conquistas que estão em risco neste momento. Diga não ao golpe", afirma.

‘Militância Presente’, é o que o vereador Emmanuel vai seguir dentro do PT
O presidente municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), vereador Emmanuel Nascimento (PT) esclareceu ontem,14, na Câmara de Aracaju que o PT ainda não decidiu qual candidato irá apoiar nas eleições municipais deste ano. Emmanuel informou que participa da tendência ‘Militância Presente’, liderada por Rogério Carvalho e que é a decisão dessa tendência que ele irá seguir, caso vote.

Regimento
“Ontem o partido se reuniu para discutir diversos assuntos. O PT ainda não decidiu quem irá apoiar, mas, temos trabalhado para ouvir todos e defendo que a opinião de todos seja respeitada. Tenho trabalhado para respeitar o regimento interno do partido, sempre ouvindo, dando espaço para todos falarem”.

Food trucks
O vereador Anderson de Tuca (PRTB) anunciou na Câmara de Aracaju que vai dar entrada em um Projeto de Lei (PL), para permitir o uso do espaço público pelos veículos que comercializam alimentos, os chamados food trucks. Segundo o parlamentar, a medida visa garantir que esses trabalhadores não sejam impedidos de ganhar o seu sustento.

Food trucks II
“Recentemente, essa atividade foi proibida no Bairro Alameda das Árvores, porque uma pessoa achou que estava atrapalhando e isso não é verdade porque esses profissionais atuam de forma higiênica e são bem vistos pela população”, afirmou.Anderson ressaltou que o PL vai regularizar esse serviço e ajudar a fomentar a economia da cidade.

Tributo a Dominguinhos
O Sesc realiza nesta quinta-feira, 16/06, às 19h, na Unidade Centro, o Show Através, de Lucas Campelo, um convite a todos que buscam fazer uma viagem musical por algumas composições do fantástico talento musical de Dominguinhos. O roteiro foi construído com o intuito de contemplar as obras que revelassem a versatilidade de influências e referências musicais que tanto inspiraram Dominguinhos em sua produção.

Projeto resgate da história do rádio em SE
O governador Jackson Barreto recebeu em audiência os dirigentes do Sindicato dos Radialistas de Sergipe, que apresentaram um projeto cultural de resgate da história do rádio “Vozes nossas de todo dia – Memória do Rádio Sergipano”. A iniciativa tem por objetivo resgatar as histórias dos personagens que fazem o veículo no estado, dos quais mais de 150 já foram registradas.

Lançamento
O presidente do Sindicato, Fernando Cabral, solicitou apoio do Governo para o projeto, além de seu depoimento e presença no lançamento do projeto, que ocorrerá no dia 21 de setembro, dia do Radialista, no Teatro Atheneu. “Viemos buscar o apoio do governo para este projeto que visa resgatar a memória do rádio de Sergipe. Nós já gravamos com 151 radialistas vivos para eternizar essa memória de cada um que realmente marca o rádio sergipano”, destacou Cabral.

Colaboração
“Acho o projeto interessante. Aqui em Sergipe, o rádio fez história”, comentou o governador, que se comprometeu em tentar colaborar. Ele mencionou as difíceis condições financeiras do Estado, mas designou ao secretário Sales Neto para conversar com o presidente do Banese em seu nome e verificar a viabilidade de apoiar o projeto por meio da instituição financeira. São mais de sete décadas narradas pelos principais profissionais de Sergipe, totalizando mais de duzentos radialistas.

PELO TWITTER

www.twitter.com/joaocorrrea  Paz na mente e no coração. Bom dia!

www.twitter.com/FreiJoaoPaulo  Desde o início do processo de impeachment Dilma vive a dialogar com os Movimentos Sociais…Coiso boa pena que tarde demais!

www.twitter.com/frednavarro  Não se alegrem. Ainda tem a guerra do plenário, onde todos os gatos se escondem nas tubas. #ForaCunha.

www.twitter.com/mariolobato  Depois de tudo, manobras, chicanas e mentiras, placar apertado de 11 a 9 é + um escárnio da pior legislatura da história contra a sociedade

www.twitter.com/palmeriodoria  Ninguém sabe direito se Eduardo Cunha é um pré-preso ou um pré-presidiário.

ARTIGO

Eis a solução do genial Galvão:    “Bem, Amigos!” Por Clarkson Moura

Após analisar o ótimo desempenho da Seleção do vitorioso Dunga, cheguei a seguinte conclusão.

Se nossa 'Pátria de Chuteiras' atuar, só e somente só, em partidas amistosas, tem tudo para se perpetuar no topo do 'ranking' da FIFA.

Diante dessa verdade inquestionável, pergunto-lhes:

Para que o Brasil insistir em participar das competitivas 'Copa do Mundo' e 'Copa América', edições vindouras, se já foi encontrado o caminho menos traumático e mais fácil de voltarmos e continuarmos a ser os melhores do Planeta, no 'esporte-bretão'? Não é mesmo?!

Ufa!  Heureca!

Por fim, se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, solto meu tonitruante grito:

"Avante! Seleção de Ouro!"

JORNALISTAS – Mais uma vitória na Justiça Federal contra leigo que queria registro profissional

Justiça arquiva ação de “precário” que exigia do SINDIJOR o reconhecimento de seu registro
O Sindicato dos Jornalistas do Estado de Sergipe (SINDIJOR-SE), entidade de classe que representa os Jornalistas e o Jornalismo em Sergipe, venceu na Justiça Federal mais uma ação movida por um leigo do Jornalismo (portador de registro sem diploma), que queria o reconhecimento de Jornalista Profissional, mesmo não tendo formação superior na área.
Alegando que seu “registro precário” não é reconhecido pelo SINDIJOR, José Flávio Ferreira Goncalves ingressou com uma ação no Tribunal Regional do Trabalho, através da 2ª Vara do Trabalho de Aracaju, a fim de obrigar a entidade de classe do Jornalismo a reconhecer tal registro e permitir sua filiação sindical, bem como a emissão da carteira nacional de jornalista.

O juiz Guilherme Carvalheira Leal analisou as solicitações do impetrante e negou todas elas. De acordo com o magistrado, a decisão judicial em 2009, proferida pelo STF, não tem caráter vinculante.

“No caso em apreço, o impetrante embasa seu pedido de segurança em decisão judicial do STF proferida em sede de recurso extraordinário – decisão que sequer possui caráter vinculante -, não sendo expansível”, diz a sentença.
Na decisão o juiz observa que não há como se falar em mandado de segurança quando inexiste pressuposto constitucional.

“Acaso o direito apresente existência duvidosa e não detenha, em sua essência, certeza e liquidez para o imediato exercício, nada há falar em impetração de mandado de segurança, visto que inexiste pressuposto de constituição e desenvolvimento válido e regular do processo”, conclui.

Com base na falta de provas contundentes e dentro das normas constitucionais, o magistrado determinou o arquivamento do processo.

Para o assessor jurídico do SINDIJOR, Diego Andrade, a decisão reforça o entendimento jurídico que defende os requisitos mínimos para a obtenção do registro de jornalista.

“A decisão da Justiça do Trabalho reforça o nosso entendimento jurídico, que em outra ação, desta vez na Justiça Comum, também indeferiu o pedido de reconhecimento de registro precário. O Sindicato como uma entidade de classe independente e autônoma, perante a Constituição, tem o direito de não aceitar em seus quadros quem não atende ao estabelecido em seu estatuto sindical, bem como a quem não tenha o registro reconhecido pela entidade”, explica.

O presidente do SINDIJOR, Paulo Sousa, comemora mais uma decisão em prol da valorização e qualificação do Jornalismo, e lembra que em outra ação o Tribunal de Justiça reconheceu a regulamentação profissional e a Convenção Coletiva dos Jornalistas para barrar um pedido semelhante.
“Mais uma vez a justiça em Sergipe reconhece o papel do SINDIJOR na defesa da qualificação profissional dos jornalistas, bem como a importância da academia. Lembramos que numa ação movida no ano passado, a Justiça reconheceu a regulamentação da profissão e a Convenção Coletiva da classe jornalística, que prevê entre outras exigências a apresentação do diploma de jornalista no ato da contratação. Em nome de todos os profissionais do Jornalismo, agradecemos ao Judiciário sergipano por adotar mais uma decisão em prol da qualificação e do fortalecimento de nossa categoria”, comemora.
Além da Lei Federal dos Jornalistas, a Convenção Coletiva de Trabalho também determina que as empresas só podem contratar jornalistas com nível superior na área para o exercício da profissão.
As normas convencionais permitem a contratação de jornalistas provisionados, aqueles que já exerciam a profissão antes da lei que criou o curso superior de Jornalismo no Brasil e sua posterior regulamentação em 1969.

Epitáfio para um mineirim

Já prevendo para em breve
Sua política morte,
Que há de ter a mesma sorte
Que Delcídio Amaral teve,
Desejo lhe seja leve
A terra e repouse em paz.
A ele, que foi tão loquaz,
Um epitáfio ofereço
Para o seu novo endereço,
Não um simples “Aqui jaz”:

Afinal, retorna ao pó,
Foi derrotado nas urnas,
Porém não merece dó,
Que sempre ganhou em Furnas.
                                        Trovador Popó

Bons tempos aqueles, em que o Gilmar

mais importante do Brasil era o goleiro

da Seleção.  Ladislau

Blog no twitter: http://www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“Compreender que há outros pontos de vista é o início da sabedoria.”
Thomas Campbell, poeta escocês, morreu em 15 de Junho de 1844 (n. 1777).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários