Governistas podem trocar um derrotado por outro

0

Os governistas estão alvoroçados desde que o Supremo Tribunal Federal tornou André Moura (PSC) inelegível por cinco anos. Até a condenação, ele era o pré-candidato natural ao Senado. Agora, além de tentar um consenso em torno de quem disputará o governo, o grupo terá que definir o novo postulante a senador. Esperto, o veterano Jackson Barreto (MDB) se apressou em dizer ao governador Belivaldo Chagas (PSD) que pretende ocupar o lugar de André Moura. Ouviu um “fique à vontade”, mas deixou o Palácio sem o tão desejado “talquei”. E por que Chagas não disse sim a JB? Certamente, porque o emedebista virou um político derrotado desde que pediu aos sergipanos para nunca mais votarem nele. Tanto isso é verdade que em 2018, Barreto disputou o Senado e teve apenas 11, 20% dos votos, menos do que os 13,74% obtidos por André. Talvez, por falta de opção, os governistas vão terminar substituindo um derrotado por outro. Home vôte!

Desafio aceito

E o pastor evangélico Heleno Silva (Republicanos) anunciou ter aceitado o desafio de disputar uma cadeira na Câmara Federal. Segundo o reverendo, “com a bênção de Deus e o apoio dos sergipanos espero obter sucesso nesta batalha”. E desde quando Deus se mete com política? Em 2018, Heleno trocou o governo pela oposição para disputar uma das duas vagas para o Senado. Teve 165.039 votos e amargou a 6ª colocação. Tomara que tenha mais sorte em 2022. Marminino!

Conversa mole

Na tentativa de reduzir a rejeição do capitão de pijama, o ministro Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, tem prometido começar o Canal de Xingó. O início dessa obra vem sendo usado há anos como propaganda política para iludir os incautos. Só quem for muito inocente acredita que ela será iniciada no final deste governo militar. Orçado em R$ 2,3 bilhões, o Canal de Xingó começa em Paulo Afonso, na Bahia, seguindo por 114,55 km até chegar em Poço Redondo (SE). É melhor esperar sentado. Vixe!

Direita, volver!

E quem participou, em Brasília, do Simpósio Cidadania Cristã foi o deputado estadual Capitão Samuel (PSC). Organizado pela Igreja Batista, o evento direitista objetivou “estabelecer diretrizes e unificar a linguagem para a permanência da transição de valores que o Brasil vive”. Samuel aproveitou a estada na capital federal para conversar sobre seu futuro político com o presidente do PL, Valdemar Costa Neto. Ah, bom!

Posto Ipiranga na berlinda

O Posto Ipiranga Paulo Geudes está sob suspeita de se beneficiar financeiramente em paraíso fiscal. Tanto isso é verdade que o Senado aprovou requerimento do cidadanista Alessandro Vieira convocando o dito cujo para uma conversa de pé de ouvido. Os senadores querem saber detalhes sobre as empresas offshore de propriedade do suplicante, pois acham que existe potencial conflito de interesses. “Imagina se o Brasil descobre que o presidente da Petrobras é dono de posto e lucrou com o aumento da gasolina?”, indaga Alessandro. Crendeuspai!

Filosofia de Britto

Do sergipano Carlos Ayres de Britto, ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal: “O futuro nunca foi tão impaciente para entrar em campo, e cada vez mais é por um triz que ele não chega antes do presente. Presente que nunca assistiu a uma era tão apressada em dizer que ele já era”. É vero!

E a mesa de enrolação?

Alguém sabe quantas reuniões a anunciada Mesa de Negociação já fez com os servidores estaduais que estão em pé de guerra por melhores salários. Anunciada pomposamente pelo governo no início do mês passado, a iniciativa foi logo batizada de “Mesa de Enrolação”. Experiência idêntica, concebida pelo governo do PT em 2007, deixou claro que não passava de um artifício para cozinhar os servidores em banho-maria, desestimulando-os a entrarem em greve. Danôsse!

Apagou velinhas

E quem trocou, ontem, de idade foi a vice-prefeita de Aracaju, delegada Katarina Feitoza (PSD). Não faltaram bolos, doces e o tradicional “Parabéns pra você”. Festeiro, o ex-governador Jackson Barreto (MDB) também foi abraçar a aniversariante. JB fez questão de lembrar que “Katharina marcou a última campanha eleitoral de Aracaju com o brilho de sua simpatia, inteligência e capacidade de fazer amigos”. Então, tá!

Morte na garupa

Diariamente, motoqueiros acidentados chegam ao Hospital de Urgência de Sergipe, enquanto outros tantos morrem antes de serem socorridos. O grave é que esse veículo de duas rodas é, quase sempre, conduzido por jovens afoitos e sem qualquer experiência no trânsito. Por isso mesmo, eles ignoram o perigo de dirigir após beber exageradamente. Não sabem, coitados, que ao agirem assim estão transportando a morte na garupa. Só Jesus na causa!

Condenação merecida

Enquanto os aliados do ex-deputado André Moura (PSC) choram pelos cantos a condenação dele, o presidente do DC, Airton Costa, aplaudiu a decisão do Supremo Tribunal Federal. Segundo o dirigente partidário, “a condenação foi mais do que merecida. Apesar de ser relativamente um político jovem, André ainda mantém a prática das oligarquias de Sergipe. Também foi o braço direito de corruptos notórios com Eduardo Cunha e Michel Temer”. E Airton Costa conclui afirmando que “aqui se faz, aqui se paga”. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano o Nordeste, em 6 de janeiro de 1954

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais