INDICAÇÃO ANUNCIADA

0

O governador eleito Marcelo Déda (PT) anunciou ontem o primeiro nome de sua equipe de primeiro escalão: economista Nilson Lima (PT) para a Secretaria da Fazenda. Não houve surpresa. Nilson constava de todas as relações especulativas do processo de escolha do secretariado. Exatamente para a Fazenda. Vai fazer no estado o mesmo trabalho que executou na Prefeitura de Aracaju, quando esteve no comando das finanças do município. Foi uma indicação previamente anunciada e deve abrir o caminho para a oficialização de outros auxiliares, como a professora Lucia Falcon para a Secretaria do Planejamento. João Andrade pode retornar para o Banese, mesmo que não haja sinalização para isso.

A verdade é que Marcelo Déda falou mais cedo do que se esperava. Evidente que se anunciou uma escolha clara, até mesmo pelo trabalho que Nilson está realizando – ao lado de Falcon e Andrade – de mapeamento da situação do estado. Isso acontece em todos os processos de transição.

É possível que o governador eleito já vá anunciando os chamados auxiliares de casa, que estiveram com ele durante o mandato na Prefeitura de Aracaju. As indicações via aliados e por escolha pessoal de pessoas não vinculadas à política, devem acontecer no decorrer do mês de dezembro. Ontem, alguns políticos almoçaram juntos em um restaurante da avenida Beira Mar. O prato principal era o secretariado. Surgiu o nome do deputado federal Jorge Alberto (PMDB), que não conseguiu reeleição. A unanimidade era que a Saúde não seria entregue a outro partido, mas ao deputado estadual eleito Rogério Carvalho (PT). Arriscaram um palpite: “Jorge poderia permanecer em Brasília como chefe do Escritório de Sergipe”. Tem status de secretário. Como o parlamentar conhece bem os labirintos do poder central, seria mais fácil para encaminhar pleitos do estado.

O superintendente da Polícia Federal do Amazonas, Kércio Pinto, pode voltar à cena para a Secretaria da Segurança. Ontem, em conversa com um jornalista, revelou que não pretende assumir o comando da Polícia naquele estado. Há possibilidade de Kércio ser adido em Bogotá. Entretanto, o que ele deseja mesmo é retornar para Sergipe, onde tem apartamento, amigos e familiares. O nome dele sempre foi cogitado como possível escolha de Marcelo Déda para a Segurança, mas não houve convites. O governador eleito apenas já disse que vai despolitizar a Pasta e colocar um técnico à sua frente. Sobre isso conversou com o ministro da Justiça, Márcio Tomaz Bastos. Caso a Secretaria de Justiça seja realmente uma indicação do deputado federal Jackson Barreto (PTB), dificilmente não será o advogado Jugurta Barreto, que já conhece bem a pasta.

O restante desta semana e o decorrer da outra, com certeza não será para tratar de indicação de nomes para o primeiro escalão. Marcelo Déda vai viajar a Brasília para conversar com o deputado federal José Carlos Machado (PFL) sobre as emendas do orçamento e a indicação do coordenador da bancada. É legítimo que ele o faça e não há dúvida que a responsabilidade caberá ao senador Antônio Carlos Valadares (PSB). Ele já esteve nessa posição e tem experiência em acomodar contradições. O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, também vai a Brasília para puxar alguma coisa para sua administração junto ao orçamento da união para 2007. Os novos contatos para a nova equipe e o trabalho de transição será retomado depois de definido o direcionamento das emendas coletivas pela atual bancada federal.

A partir do dia 20 próximo reinicia-se todo o trabalho de composição do governo e o processo de transição. O governador eleito Marcelo Déda tem 30 dias para escolher secretários, fazer uma avaliação do estado, definir prioridades e atuar no orçamento do estado para 2007. No Natal tudo deve estar concluído para a posse no dia primeiro de janeiro, quando se inicia a administração. Falta pouco tempo diante do amontoado de definições que devem ser concluídas. A confraternização do Natal já acontecerá com tudo pronto para a sucessão.

 

 

VISITA

O governador eleito Marcelo Déda (PT) fez uma visita oficial ao prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB). A primeira depois de eleito.

Edvaldo disse que ficou feliz porque a segunda visita de Marcelo Déda como governador eleito foi à Prefeitura. A primeira foi ao governador João Alves Filho (PFL).

 

AGRADECEU

Marcelo Déda aproveitou para agradecer a Edvaldo Nogueira pela coordenação da campanha em Aracaju, ao lado do presidente regional do PT, Macio Macedo.

Deu-lhe também o abraço que o presidente Lula lhe enviou, agradecendo pela vitória no segundo turno na capital sergipana.

 

ESPAÇO

O prefeito Edvaldo Nogueira ofereceu a Marcelo Déda um espaço para que o governador eleito acomodasse a comissão de transição.

Marcelo Déda disse que voltaria a conversar com o governador João Alves Filho para tentar uma área para a comissão trabalhar.

 

NILSON

A escolha do economista Nilson Lima (PT) para a Secretaria da Fazenda, anunciada pelo governador eleito Marcelo Déda, já era prevista.

Todas as especulação dava a escolha de Nilson como fato consumado, o que ficou consolidado com a sua indicação para traçar o perfil financeiro de Sergipe.

 

KÉRCIO

O superintendente da Polícia Federal do Amazonas, Kércio Pinto, não pretende aceita a Secretaria de Segurança daquele estado.

Ele deve comunicar isso ao governador do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB), no encontro que terão na próxima segunda ou terça feiras.

 

MINISTRO

Hoje o governador Eduardo Braga (AM) terá uma audiência com o ministro da Justiça, Márcio Tomaz Bastos, para comunicar seu interesse em ter Kércio Pinto em sua equipe.

O superintendente da PF deixa claro que deseja retornar a Sergipe e trabalhar, mas garante que ainda não recebeu convite para exercer qualquer função no estado.

 

CONVERSA

Os deputados Bosco Costa (federal), Jorge Araújo e Ulices Andrade (estaduais) tiveram um encontro na segunda-feira à noite no restaurante de um shopping.

Conversaram sobre a situação política e as questões partidárias. Bosco Costa pediu para que esperassem um pouco. Ainda acredita na reforma política será votada este ano.

 

PARTIDOS

Bosco Costa e Jorge Araújo deixaram o PSDB e estão sem partido. Ulices Andrade ainda é tucano, mas deixará a legenda para ingressar em outra.

Os três estão aguardando as fusões que vêm ocorrendo entre partidos para ultrapassar a Cláusula de Barreira e depois ver qual rumo tomar.

 

TRANSPOSIÇÃO

O governador João Alves Filho foi procurado hoje por jornalistas para falar sobre a manobra do governo para a concorrência da transposição do rio São Francisco.

João Alves está viajando e não foi localizado, mas segundo um dos seus assessores, já tomou conhecimento do assunto e falará sobre isso quando retornar.

 

VERDE

A Executiva Nacional do Partido Verde reúne-se em Brasília amanhã para tratar da posição da sigla diante de cláusula de barreira.

O presidente da Executiva Regional, Reynaldo Nunes Morais, participa da reunião que tem uma série de sugestões em pauta.

 

BLOCO

Reynaldo Nunes disse ontem que há proposta de alguns membros do Partido Verde para a fusão com o PSC, para formar o PVSC.

“Sou totalmente contra qualquer fusão que altere o nome, número e programa do Partido Verde que é uma legenda internacional”, disse Reinaldo.

 

REUNIÃO

O deputado federal José Carlos Machado (PFL) convocou para hoje uma reunião da bancada federal de Sergipe para discutir emendas orçamentárias.

Durante o encontro da bancada, além da apresentação de emendas, também será discutida a coordenação da bancada. O novo coordenador deve ser o senador Valadares.

 

PREFEITOS

Vários prefeitos já estão em Brasília para conversar com os deputados sobre emendas que favoreçam os seus municípios.

Até o dia 23 as emendas devem ser entregues e até lá deve acontecer entendimento sobre as emendas. O governador eleito Marcelo Déda também vai se reunir com a bancada.

 

ATENÇÃO

A coluna Plenário deixará de ser publicada neste portal a partir de sexta-feira próxima. Passará a ser exclusiva do “Correio de Sergipe” e do portal www.faxaju.com.br

Plenário esteve cinco anos usando espaço privilegiado na Infonet e deixa de ser publicada através de entendimento com a direção do portal.

 

 

Notas

 

GOLPE

A dentista Maria Augusta passou um sufoco, ontem, em seu consultório, no quinto andar do Centro Odontológico, atendeu a um cidadão normalmente. Fez verificação de seus dentes e quando pediu para que ele cuspisse, o cliente puxou de um revólver e anunciou que era um assalto. Foi um pandemônio.

Maria Augusta conseguiu correr e foi perseguida pelo marginal, suas atendentes ameaçaram pular a janela e, diante da confusão, o marginal fugiu. O Centro Odontológico fica a 50 metros da Secretaria de Segurança.

 

VALADARES

Em busca de consenso sobre o projeto que modifica a Lei de Imprensa (Lei 5.250/67) para agravar as penas aos crimes de difamação, calúnia e injúria, a Comissão de Educação do Senado (CE) decidiu ontem adiar a votação da proposta, atendendo a pedido do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE).

O presidente da CE, senador Wellington Salgado (PMDB-MG), retirou a matéria de pauta e anunciou tentará um entendimento com o autor do projeto, senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), e com a relatora, senadora Fátima Cleide (PT-RO).

 

INTERNET

Por provocação do senador Almeida Lima (PMDB), em aparte ao senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) durante sessão plenária, foi retirado de pauta da Comissão de Constituição e Justiça do Senado de hoje, o Projeto de Lei que propõe mudanças na legislação criminal para a Internet.

Segundo Almeida, o projeto de lei, em tese, apresenta várias modificações importantes quanto aos procedimentos na prevenção do crime cibernético, mas possibilita a quebra do sigilo nas comunicações eletrônicas.

 

 

É fogo

 

O deputado federal eleito Albano Franco (PSDB) participou ontem da festa de aniversário do tucano Geraldo Alckmin. Aconteceu em um clube em São Paulo.

 

Hoje, Albano Franco participa de uma outra festa de aniversário na capital paulista. Desta vez será do empresário Mário Amato.

 

O governo federal vai começar a discutir com os governadores eleitos e reeleitos a questão da transposição do rio São Francisco.

 

O vereador Jony Marcos (PL) está querendo determinar o horário de carroças com tração animal, para circular pelas ruas de Aracaju.

 

O governador João Alves Filho viajou para alguns dias de descanso em uma praia do litoral pernambucano. Retorna amanhã.

 

“Cartas do Apolônio” é o livro do escritor e compositor Paulo Lobo, que será lançado hoje no Espaço Cultural Petrobrás/Semear, à Vila Cristina.

 

Para colocar energia no projeto Riacho Grande, em Nossa Senhora da Glória, está faltando apenas a fiação dos postes para as casas dos moradores.

 

A disputa pela presidência da Câmara Municipal está esquentando com a disputa entre os vereadores Sérgio Góes e Emanuel Nascimento.

 

O deputado federal José Carlos Machado (PFL) espera reunir a bancada ainda esta semana para discutir as emendas do orçamento.

 

Depois de reunir a bancada é que José Carlos Machado vai conversar com o governador eleito Marcelo Déda.

 

brayner@infonet.com.br

Comentários