Japaratuba: em respeito ao legado do padre Gerard Olivier

0


“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Desde a última segunda-feira, 29, o blog vem recebendo mensagens e e-mails de cidadãos do município de Japaratuba por conta da adesão do ex-prefeito Hélio Sobral à candidatura da reeleição de Lara Moura, de quem sempre foi oposição.

Apesar de ter recebido informações detalhadas do acordo realizado, o blog prefere não entrar no mérito da escolha do ex-prefeito Hélio Sobral, que deve ser o candidato a vice-prefeito.

Porém, é preciso lembrar, que Japaratuba teve um homem de bem, um líder de verdade que não pensava nos interesses pessoais e sim no coletivo. E no último dia 03 de junho os amigos de verdade lembraram dos sete anos sem padre Gerard, que ocupava o cargo de prefeito e lutava contra um câncer. Com a morte dele assumiu Hélio Sobral.

“Com Paz, Dignidade e Esperança.” Era o slogan que padre Gerard mais gostava, mas não apenas da boca para fora. Belga, padre Gerard foi eleito por quatro vezes prefeito de Japaratuba. E morreu pobre como entrou, sem bens materiais, sem cavalos de raça, fazenda e apartamentos.

Sempre preocupado com o social, padre Gerard chegou a Sergipe através do bispo de Propriá, Dom José Brandão de Castro, outro humanista de carteirinha. Mesmo no regime militar, segundo o próprio padre Geraldo – em entrevista a Aldaci de Souza, aqui na Infonet, a qual o blog está publicando alguns trechos – com o apoio do Estado, conseguiu angariar oito mil tarefas de terra. Dentre as benfeitorias que realizou, Gerard também colaborou para a fundação da Cooperativa Agrícola Mista de Colonização Jardim Ltda, foi presidente da Associação de Caridade de Japaratuba e esteve à frente das bandas de músicas Euterpe Japaratubense e Santa Terezinha.

Em 1982 tentou ser candidato a pedido do povo, mas foi cassado pelas forças conservadoras. Em 1988 voltou a se candidatar e venceu a eleição para prefeito de Japaratuba, com a coligação ‘Força Popular’. Nascia, naquele momento, uma forma de governo diferente, voltada para a participação popular e para a democracia. Era a maneira “Gerard de governar”.

Nove anos após seu primeiro mandato, padre Geraldo voltou a vencer uma disputa eleitoral no município que lhe acolheu. Em janeiro de 2001, iniciava-se a gestão “Dignidade e Esperança”. No ano de 2004 disputou a reeleição logrando êxito e vencendo nas urnas. Passou a dar continuidade ao seu trabalho na administração “Com Paz, Dignidade e Esperança”.

Onde estiver, padre Gerard hoje está derramando lágrimas como se fosse a segunda morte. Porém, seu legado ficará na história de Sergipe e a partir da eleição deste ano aqueles que bradavam o nome dele não têm mais esse direito. É uma questão de respeito não só a ele, mas à população.

Quem se curvou aos ditames do poder, algo que o padre Gerard sempre combateu, não pode jamais citar o nome dele.

O melhor é que padre Gerard sempre será lembrado: sua história permanecerá, mas os que se curvam cairão no ostracismo e no total descrédito.

 


200 mil motivos “Até o meu melhor amigo, em quem eu confiava, e que partilhava do meu pão, também me traiu!” Salmos 41:9.

Estância: Dominguinhos pediu desculpas por aliança com Carlos Magno em 2016  E ontem, 30, em Estância, o assunto foi um só: o pedido de desculpas do petista e ex-vereador Dominguinhos – feito no programa Dia a Dia, na Marazul FM 104,9, comandado pelo competente Luiz Carlos Dussantus –não só aos petistas, mas aliados da esquerda, servidores e todos os estancianos, pela aliança que fez em 2016, com o ex-prefeito Carlos Magno. Dominguinhos é pré-candidato a prefeito pelo PT. “Hoje eu jamais faria aquele tipo de aliança, pagamos um preço muito caro,” revelou.

Todo mundo rejeitou Carlos Magno e Márcio Souza, que disse que nunca faria um acordo com ele? O que mudou? A fala de Dominguinhos não foi apenas uma “mea culpa”, mas também um alerta para a população por conta do casamento por interesses eleitorais que foi formado por Márcio Souza, Psol, que sempre criticou a desastrosa administração de Carlos Magno e hoje vive de braços dados com o ex-prefeito e o filho, o vereador Tito Magno. Coerência com o discurso e a prática. É isso que o povo estanciano cobrará na eleição deste ano.   

Revolta na Caueira Está circulando, nas redes sociais, um vídeo gravado por um fiel católico indignado com o arcebispo de Aracaju, Dom João Costa, por causa da saída do padre Denivaldo dos Santos da Paróquia Santo Antônio, na Caueira, no município de Itaporanga D’Ajuda. O blog irá investigar quais foram as razões, mas informações preliminares de um membro da Ordem Terceira do Carmo, que pediu para manter a fonte preservada, dão conta de que o arcebispo costuma chutar os padres como quem chuta um cachorro morto. “Já foram vários os padres que ele mandou embora da arquidiocese. Posso citar, por exemplo, os padres Paulo, Alexandre e agora Denivaldo”, narrou. O vídeo que viralizou ontem:

 

 

Bomba nuclear E uma bomba nuclear está prestes a explodir e poderá causar um forte abalo sísmico na estrutura da arquidiocese de Aracaju. Parece que será matéria no Fantástico, o show da vida, da TV Globo. Aguardem!

Aracaju: Prefeito, secretários e vereadores de Aracaju têm salários congelados Infonet: O prefeito, secretários municipais e vereadores de Aracaju terão os salários congelados para o próximo quadriênio (2021-2024). Os projetos foram votados em caráter de urgência em três discussões e redação final na sessão ordinária desta terça-feira, 30, realizada por videoconferência. Por força da legislação federal, os vereadores devem votar a fixação dos subsídios para a próxima legislatura antes do pleito eleitoral. O projeto agora segue para sanção do prefeito Edvaldo Nogueira. Toda matéria aqui.

“Preocupado com a doença de mentira, coronavírus que não existe” A declaração foi dada pelo vereador de Aracaju, pastor Alves, ontem na Câmara. Rindo, o vereador disse que ninguém morre desta doença. “A pessoa morre quando tem que morrer e acabou, esse é meu pensamento.” O vereador é evangélico. Tomará que os eleitores dele sejam imunes ao coronavírus…

Política de proteção às pequenas empresas Ao conceder entrevista ao radialista Bob Júnior, na rádio Comunidade FM, de São Cristóvão, o ex-presidente da OAB/SE, Henri Clay cobrou  do governo federal uma política de defesa das micro e pequenas empresas brasileiras. “’Vivemos uma grave crise sanitária, de saúde pública. Já chegamos a quase 60 mil vidas perdidas e essa crise tem levado a uma forte crise econômica, com empresas falindo. E isso representa milhões de desempregos, mais de um milhão de trabalhadores já perderam os seus empregos, e não há uma política do governo federal para proteger as micro, pequenas e médias empresas. É preciso subsidiar as empresas que mais empregam”, apontou o advogado.

Segmento falido Ele criticou ainda o farto subsídio garantido pelo governo aos bancos (da ordem de R$ 1,2 trilhão). “Em 24 horas o governo concedeu R$ 1 trilhão e duzentos bilhões para os bancos, que não produzem nem um alface. E para as empresas que produzem e empregam, que fortalecem a economia nacional, que são as micro, médias e pequenas, nada. Esse segmento está aflito, falido e precisa de ajuda”, reforçou.

Homenagem póstuma: Louro da Fundat Nota da Fundat Aracaju: “É com grande pesar que a Prefeitura de Aracaju, através da Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), lamenta o falecimento do ex-servidor Givaldo Silva Amaral, mais uma vítima do Coronavírus. Conhecido, carinhosamente, como Seu Louro, era um trabalhador muito querido por todos da Fundat. Se dedicou a exercer suas atividades na Fundação ao longo de 18 anos. Sempre dedicado e motivado, nos cativava com seu jeito alegre de ser. Aqui todos nós deixamos nossos mais sinceros votos de pesar aos familiares e amigos, que Deus cuide dos seus corações nesse momento de dor.” Sinceros votos para todos os familiares do blog. Valeu Louro!

Você ama os festejos juninos? Do fotojornalista Márcio Dantas: “Sentiu aquela saudade de tudo de gostoso que essa festa oferece? Então veja esse filme que Raquel Rocha Diniz e eu fizemos com muita paixão! Você vai se identificar! Tem poesia de J Victor Fernandes e Djenal Gonçalves Filho, tem música de Rogério (in memoriam), Lucas Campelo, Glória Costa, Glaubert Santos, Mestrinho e tantos outros queridos artistas que fazem o movimento cultural acontecer! Estou muito feliz em compartilhar com vcs o primeiro conteúdo produzido exclusivamente para o canal do Lugar Perfeito no YOUTUBE. Se inscreva para acompanhar essa e muitas outras experiências que virão! O tempo não pára! Forte abraço!”‘ Assista e se inscreva aqui: 

 

 


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

A irresponsabilidade é da SMTT ou da Emsurb? De um cidadão revoltado: “Segunda feira, 29 de junho de 2020, às 17h40, mais um carro esbarra no canteiro da Avenida Empresário José Carlos Silva, antiga Heráclito Rollemberg, entre o Residencial Sérgio Vieira de Melo e o Salão de Eventos Audovi. A prefeitura vem realizando a ampliação do Corredor do Sistema Viário do Transporte de Passageiros da Capital. O problema é que quando a construtora finaliza determinado trecho e avança para outro ponto, o trecho fica abandonado. Não há continuidade complementar quanto aos serviços de iluminação e sinalizações horizontais e verticais. Sem contar que os moradores residentes na localidade, ao término deste trecho, ficaram sem retorno para se locomover a região Sul. São dezenas de acidentes. Moradores já comunicaram a própria SMTT e nenhuma providência foi tomada. Será se o prefeito tem conhecimento desse descaso? Obs: neste momento que envio o e-mail mais um acidente.”

Sobre aglomeração no povoado Igrejinha em Capela O blog publicou ontem neste espaço, pelo zap, material recebido de moradores de Capela denunciando uma aglomeração no fim de semana numa propriedade do povoado Igrejinha numa estrutura montada pela prefeitura. O blog recebeu ontem uma nota de esclarecimento da Prefeitura informando que tudo que foi montado foi para uma live do São Pedro sem a presença de pessoas e convidados. A nota de esclarecimento:
“‘A gestão de Capela não promoveu aglomerações ao produzir a Live do São Pedro de Capela, com transmissão ao vivo pelo canal da gestão municipal no YouTube, em homenagem aos 81 anos da Festa do Mastro, encerrando – e não abrindo – os festejos juninos da cidade. Foi montada, sim, uma estrutura numa fazenda particular, cedida pelos donos, que fica depois do Povoado Igrejinha, distante da população, justamente para não promover qualquer tipo de aglomeração. Tudo foi extremamente controlado com a supervisão de uma equipe da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), que tomou todas as medidas de prevenção: medição de temperatura corporal e higienização das mãos com álcool a 70% de todas as pessoas que participaram, além da entrega de máscaras de proteção para quem não tivesse levado. E mais: a live foi dividida em blocos. Assim, após a apresentação dos artistas, que tinham horário devidamente marcado, eles deixavam o local. Portanto, foram tomados todos os cuidados necessários para não haver aglomeração, como recomendam todos os órgãos de saúde do Estado e do município.””


LIVES SERGIPE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO                                 

Live hoje, 01/07, às 19h Eleições 2020 e abuso de poder  Será a partir do Instagram https://www.instagram.com/jeffersonfdecfilho/ hoje, 01, a partir das 19h. Live organizada pelo advogado, especialista em direito eleitoral e presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/SE, Jefferson Carvalho e contará com a presença da advogada Marilda Silveira, mestre e doutora em Direto Público pela UFMG. Coordenadora Regional da Transparência Eleitoral. Professora de Direito Administrativo e Eleitoral. Pesquisadora CEDAU e do Observatório Eleitoral. Membro do IBRADE e ABRADEP.

                                                                                                                                                         
Webinar hoje, 01/07, “A importância do comércio exterior no Brasil para o mundo” O Brasil é um dos grandes potenciais do mercado internacional, com várias possibilidades de participação direta no processo de comércio exterior em grande escala. Laércio Oliveira vai explicar isso no webinar “A importância do comércio exterior no Brasil para o mundo”, da LSBN Comex, onde ele irá mostrar para representantes do mercado internacional.

 



Encontro virtual hoje, 01/07, às 14h Como cuidar da saúde em tempos de pandemia é tema de encontro virtual com aposentadas e aposentados Hoje, 01, às 14h, o SINTESE realiza o I Encontro Virtual com aposentadas e aposentados. O tema deste primeiro encontro é “Como cuidar da saúde em tempos de pandemia”, com Dr. Almir Santana. As lutas do SINTESE em defesa dos aposentados e aposentadas será apresentada pela presidenta Ivonete Cruz. Veja como participar aqui: https://www.sintese.org.br/2020/06/26/como-cuidar-da-saude-em-tempos-de-pandemia-e-tema-de-encontro-virtual-com-aposentadas-e-aposentados/

 

                                             

PELO E-MAIL E FACEBOOK


Entidades lançam campanha pela democracia na UFS

“Quem tem medo das Diretas na UFS?” A provocação tem endereço certo: o Gabinete da Reitoria da Universidade Federal de Sergipe, endereçado ao magnífico reitor Ângelo Roberto Antoniolli. A vontade de mais de 30 mil estudantes, 1543 professores e 1478 técnicas e técnico-administrativos não pode ser substituída por um “Colégio Eleitoral Especial” controlado pelo reitor.

O mês de julho abre alas com a campanha “Queremos votar para a Reitoria”, que visa sensibilizar a comunidade acadêmica e pressionar o reitor da instituição a respeitar a Consulta Pública e realizar a escolha da próxima gestão de forma eletrônica, através do sistema SIGEleição, garantindo tanto o protagonismo da comunidade acadêmica quanto o cumprimento do isolamento social frente à pandemia da covid-19.

A campanha é organizada pelo Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores Técnico-administrativos (SINTUFS), Sindicato dos/as Docentes (ADUFS), Diretório Central dos/as Estudantes (DCE-UFS), Associação Atlética Universitária (AAU) e Associação dos/as Pós-graduandos/as (APG UFS).

As entidades pretendem prorrogar a convocação do “Colégio Eleitoral Especial” previsto para 15 de julho, a fim de garantir a democracia na escolha da nova Reitoria, já que a atual administração tem até o mês de setembro para enviar a lista tríplice ao Ministério da Educação (MEC), de acordo com o Estatuto da UFS. Para as entidades, o Colégio Eleitoral Especial só deverá ocorrer após a finalização da Consulta Pública.


PELO TWITTER

www.twitter.com/JoseRollemberg O Brasil não é para principiantes.

www.twitter.com/gugachacra Uma dúvida – se o Bolsonaro desistir de nomear o Decotelli para o Ministério da Educação, ele poderá colocar no currículo que foi ministro?


www.twitter.com/pcn1965 Ministros da educação do governo Bolsonaro:
O primeiro era estrangeiro ( português era segunda língua).
O segundo não sabia bem o português.
O terceiro falsifica e mente.
Só falta nomear o Queiroz.

www.twitter.com/rogeraju Se procurar direitinho, vai chegar a conclusão de que o Ministro da Educação só fez mesmo o supletivo.

www.twitter.com/beltraomaria Reflexão do dia: Viva a ressaca!!!! Se não existisse ressaca, acho que estaria exagerando no vinho nessa pandemia. Só acho.

Siga Blog Cláudio Nunes:                         

Instragram

 Facebook

 Twitter

 


Frase do Dia
“Uma coisa preferem os melhores homens em relação a tudo o mais: a glória eterna aos bens mortais; mas a maioria se empanturra como o gado.” Heráclito, século V A.C.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais