Leis em excesso

0

O cidadão comum está regulado por milhares de leis e artigos que desconhece. O resultado disso é uma grave contradição, pois o princípio básico do direito brasileiro diz que a pessoa não pode alegar desconhecimento da lei para se eximir de responsabilidade. O excesso de leis e códigos deixa o cidadão comum confuso e o afasta da Justiça. Para alguns juristas, a competição eleitoral de parlamentares é a principal razão para os abusos legislativos, que vão além da função ordenadora das leis. Os nossos deputados e senadores querem ganhar o jogo de quem apresenta mais projetos e o resultado dessa disputa medíocre é a aprovação de leis de todo tipo para todos os gostos, causando uma enorme confusão na cabeça do contribuinte. Só Jesus na causa!

Mala e cuia

Ainda presidente do MDB de Aracaju, o deputado estadual Garibalde Mendonça está de malas prontas para deixar a legenda. Ao saber de descontentamento de Gariba com o partido, a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) lhe ofereceu ficha de filiação. Embora honrado com o convite, Mendonça preferiu não aceitá-lo, sob o argumento que o DEM anda de braços dados com o PSL do presidente Jair Bolsonaro. Outro problema para Garibalde deixar o MDB é a fidelidade partidária, que pode lhe tomar o mandato. Credo!

Sem beijo na boca

O influenciador digital Carlinhos Maia, que se casou com Lucas Guimarães, em Canindé do São Francisco, explicou por que não beijou o noivo no momento da troca de votos. O “selinho” era aguardado pelos quase 3 milhões de internautas que assistiram o casório ao vivo pelo instagram. Veja o que Maia disse à Folha de São Paulo: “O nosso beijo é quentinho, molhado igual à maioria dos beijos, mas é nosso, apenas nosso! Quem sabe um dia não será visto? Mas por enquanto será apenas sentido por nós dois e pelo nosso amor”. Aff Maria!

Bolsa em perigo

E quem anda preocupado com o futuro do Bolsa Família é o pastor Heleno Silva, presidente de honra do Republicanos em Sergipe. Segundo ele, o governo federal já admitiu a hipótese de atrasar o pagamento do benefício: “Não podemos permitir que isso ocorra, pois o Bolsa Família é uma grande ajuda para milhões de famílias pobres”, diz. O reverendo promete permanecer vigilante para, junto com a bancada de seu partido, impedir que o pagamento atrase. Então, tá!

Briga explosiva

Há um grande mal estar no governo de Sergipe gerado por causa de a Sergás estar processando a Agência Reguladora de Sergipe. A Agência isentou a Celse, empresa proprietária da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe, da cobrança da tarifa de movimentação de gás. A Celse transfere de navios para a termelétrica, na Barra dos Coqueiros, o gás que usa. A Sergas entende que tem direito a tarifa, enquanto a Agrese avalia que não. O caso está na Justiça e promete render muita confusão. Esta informação é do blog Primeira Mão.

Dois em um

O sindicalista Valdevan Noventa comemorou o acordo salarial firmado entre as empresas de ônibus de São Paulo e o Sindimotorista. Presidente licenciado deste sindicato, Noventa liderou a luta dos trabalhadores, que conquistaram um reajuste salarial de 5,10%, além de participação nos lucros e outros benefícios. “Foi preciso anunciarmos uma greve, que iria parar São Paulo, para que os patrões fechassem o acordo”, discursou Valdevan. Com a situação pacificada na capital paulista, Noventa retoma as atividades como deputado federal por Sergipe. Haja disposição!

Luto

Foi cremado, ontem, na cidade baiana de Alagoinhas, o corpo do advogado Antônio Militão Silva, 74 anos. Em 1988, ele foi interventor de Aracaju por quatro meses, após a Assembleia ter aprovado a intervenção no mandato do então prefeito Jackson Barreto (MDB). Natural de Porto Real do Colégio (AL), Militão era advogado administrativo, especialista em licitações e contratos. Descanse em paz, amigo!

Lula livre

E quem está no norte do Brasil é o ex-deputado federal Márcio Macedo, vice-presidente nacional do PT. De hoje até sábado, ele coordena no Amazonas e no Pará a Caravana Lula Livre. Como nas anteriores, esta terceira edição da caravana terá a participação do ex-presidenciável Fernando Haddad (PT). Estão previstas palestras e debates sobre a importância da Zona Franca de Manaus e o papel da universidade pública no desenvolvimento socioeconômico do Brasil.

Condenação mantida

Não foi dessa vez que o ex-deputado estadual Paulinho da Varzinha (PTdoB) escapou da condenação de 11 anos e oito meses de prisão. O moço foi processado sob a acusação de ter metido a mão grande na verba de subvenção da Assembleia. Ontem, o Tribunal de Justiça de Sergipe rejeitou os embargos declaratórios em favor de Paulinho. A esperança do ex-deputado agora é o recurso a ser impetrado no Supremo Tribunal Federal. Vixe!

Partido dividido

Nem tudo são flores no MDB. Enquanto Jackson Barreto, futuro presidente da legenda em Aracaju, não poupa nas críticas ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), outros emedebistas defendeu o capitão de pijama. O vice-presidente estadual do MDB, Sérgio Reis, acha que JB deve moderar nas críticas ao dito cujo, pois Sergipe é pequeno, vive uma grave crise e não pode abrir mão da ajuda do governo federal. Ontem mesmo, o irmão de Sérgio e presidente do MDB sergipano, deputado federal Fábio Reis, participou de um regabofe oferecido por Bolsonaro à bancada nordestina. Marminino!

Saia justa

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) aproveitou o discurso em agradecimento pelo título de cidadão aracajuano para tirar uma “casquinha” do secretário de governo, José Felizola. Segundo o novo filho de Aracaju, “até telefone do Paraguai recebe e faz ligação, mas o secretário, que é chic, não recebe ligação”. Presente à solenidade no plenário da Câmara, Felizola engoliu em seco a alfinetada de Gualberto. Crendeuspai!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 28 de abril de 1915

Resumo dos jornas

Comentários