Negacionismo é pecado capital

0

A pandemia escancarou a desigualdade, a estratificação racial, econômica e social. Além da convid-19, o negacionismo e a incompetência do governo Bolsonaro estimularam o retorno do Brasil ao mapa da fome, do desemprego em massa, fizeram aumentar a população de rua, deram a força à cultura de violência contra as mulheres, pessoas negras, indígenas e pessoas LGBTs. Em meio a tanta desgraça, iniciativas da igreja e de entidades de classe estimulam o engajamento de ações concretas, promovem a conversão para a cultura do amor, como forma de superar o ódio, e fortalece a convivência ecumênica. Estes são alguns “remédios” que ajudam a curar as doenças da alma e escancaram que ser negacionista é pecado capital. Deus seja louvado!

Contra o golpe

A Frente Parlamentar Mista da Câmara Federal em Defesa do Caminhoneiro Autônomo e Celetista divulgou uma nota de repúdio aos atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), marcados para acontecer neste 7 de setembro. Para quem não sabe, o deputado federal bolsonarista Bosco Costa (PL) é integrante dessa Frente que “repudia veementemente qualquer ação ou pretensão declarada que viole as garantias constitucionais do Estado Democrático de Direito e da coexistência de poderes institucionais independentes e harmônicos entre si”. Aff Maria!

Vacina antecipada

O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), comemorou o fato de a esposa e 1ª dama de Aracaju, Danusa Silva, ter recebido a 2ª dose da vacina contra a covid-19:
“Ela aproveitou a antecipação e foi logo se vacinar”, afirmou o pedetista. Nogueira aproveitou para aconselhar a quem tem direito à 2ª dose do imunizante para ir aos postos de vacinação o quanto antes. Quem avisa, amigo é!

Candidatura ameaçada

Veja o que publicou no Jornal da Cidade a amiga Thaís Bezerra: “As atenções da presidente estadual do Podemos, delegada Danielle Garcia, estão voltadas para Brasília. É que a Câmara Federal pode sepultar o desejo da policial de disputar as eleições de 2022. Um item do projeto do Código Eleitoral em tramitação do parlamento prevê uma quarentena de cinco anos para militares, policiais, magistrados e membros do Ministério Público que desejarem se candidatar. Para alegria de Danielle, o clima na Câmara é que a quarentena não será aprovada”. Marminino!

Bem na fita

A Universidade Federal de Sergipe foi classificada entre as cinco melhores universidades do Brasil no Times Higher Education World University Rankings 2022, sendo a mais bem ranqueada da região Nordeste. “É um orgulho imenso ter a UFS mais uma vez veiculada como uma das universidades mais importantes do nosso país”, destacou o reitor Valter Santana. No Brasil, 59 instituições foram classificadas no levantamento. A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade de Campinas (Unicamp) ocupam as duas primeiras posições no ranking. Supimpa D+!

100% jacaré!

E o senador Alessandro Vieira (Cidadania) anunciou que após ter tomado a 2ª dose da vacina contra a covid-19 é 100% jacaré. “Minhas orações para os familiares e amigos dos milhares de brasileiros que não tiveram essa chance”, afirmou. Vieira sabe o que está dizendo: em março passado, ele testou positivo para a doença e permaneceu 11 dias internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Enquanto Alessandro convalescia, o senador Major Olímpio (PSL) morreu de covid-19 no mesmo hospital. Cruz, credo!

Dúvida atroz

Pré-candidato a deputado federal, o presidente do DEM sergipano, José Carlos Machado, chama a atenção para uma disparidade. Segundo ele, “não custa lembrar que no Brasil, quem ganha salário-mínimo paga aluguel, e quem recebe teto constitucional tem auxílio-moradia”. Aqui pra nós, será que se Machadão for eleito para a Câmara Federal e passe a ganhar o teto salarial abrirá mão do auxílio-moraria, hoje tão criticado por ele? Home vôte!

Viva a vida

O governador Belivaldo Chagas (PSD) só faltou soltar foguetes para comemorar a passagem de um dia ser mortes por covid-19 em Sergipe. Segundo a Secretaria da Saúde, neste domingo, ninguém morreu no estado vítima do coronavírus. Belivaldo atribui tal fato ao trabalho intenso das equipes da Saúde e ao avanço da vacinação contra a doença. O gestor afirma ser este um motivo para comemoração, “mas não de baixar a guarda nas medidas restritivas”. Certíssimo!

Cidadão japoatãnense

Natural de Pernambuco, mas residindo em Sergipe desde os 18 anos de idade, o deputado federal Laércio Oliveira (PP) tem colecionado títulos de cidadania. O último recebido pelo distinto foi conferido pela Câmara de Vereadores de Japoatã: “É uma mistura de sentimento de alegria e gratidão me tornar um conterrâneo desse povo guerreiro e receptivo”, afirma Laércio, que tem percorrido o estado em pré-campanha para o governo de Sergipe. Então, tá!

Independência de araque

O Brasil tem algo a comemorar neste 7 de setembro? O senador Rogério Carvalho (PT) está entre os que indagam se somos mesmo independentes? E para justificar sua dúvida, o petista lembra “que moramos num país onde o litro de gasolina passa de R$ 7,00, o quilo da carne moída de segunda custa R$ 43,00 e o gás de cozinha chega a R$ 120,00. Em muitos lugares, brasileiros compram ossos para colocar no feijão. Para quem esse país é governado?”, indaga Rogério. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal estanciano A Razão, em 25 de dezembro de 1909.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais