MST: legitimidade e a tomada de poder

0

 

 

Num estado democrático de direito, os trabalhadores se reúnem através de suas associações e sindicatos com projetos não apenas de melhoria de cada categoria, mas também com projetos legítimos de participar do poder através da eleição de seus representantes. Anormal é o que vem ocorrendo em Sergipe, mais de perto no sertão sergipano. A coluna teve acesso a uma fita do programa apresentado pelo MST na rádio Xingó, localizada em Canindé do São Francisco que é algo de arrepiar qualquer radical partidário.

 

Para viabilizar um projeto que algumas lideranças de MST chamam de “tomada de poder” na região, estão sendo usados os meios mais escusos da política partidária. O MST, através de Roberto Araujo, candidato do PT a prefeito de Poço Redondo, estão fazendo chantagem no ar ao prefeito Orlando Andrade, de Canindé do São Francisco. Pedem que ele “viabilize” a candidatura de Roberto Araujo em Poço Redondo, sob a ameaça de lançarem um candidato do MST a prefeito em Canindé. Sem pudor falam nos recursos que estão destinados pelo Governo Federal para a região como se fosse objeto da campanha eleitoral junto aos assentados.

 

A coluna volta a repetir: é legitima qualquer candidatura do MST, seja por qualquer partido, dentro da legalidade e do respeito às instituições públicas. Não é legitima a chantagem que vem sendo feita e o anúncio de um projeto de “tomada de poder”, cujo discurso é semelhante as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Farc. Não é exagero caro leitor, é a pura verdade. É preciso deixar claro que o caminho para a verdadeira forma de fazer política não passa pelos métodos que estão sendo anunciados e aplicados pelo MST. É bom lembrar que a verdadeira política tem como primeira condição a convivência entre diferentes, pois baseia-se na pluralidade dos homens. O filósofo grego Aristóteles dizia que “a política é a ciência que tem por objetivo a felicidade humana, passando principalmente pela ética”.

 

O que vem freqüentemente sendo anunciado pelos lideres do MST, abala as instituições democráticas, principalmente quando publicamente pessoas com mandato estão sendo ameaçadas de sofrerem ações (não claramente definidas) de retaliações. Atos que  remete a tempos remotos da história nacional. É preciso que as autoridades (Governo, Polícia, Ministério Público Eleitoral e Poder Judiciário) comecem a palmilhar as ações desse “movimento”, no sentido de fazer com que sejam evitadas quaisquer formas de ação que possa comprometer a normalidade do processo democrático. Só resta torcer para que o procurador eleitoral federal, Eduardo Pelella, fiscalize, principalmente como estão sendo aplicados os milhões destinados pelo Governo Federal, através de diversos programas para os assentamentos rurais.

 

 

Recursos para assentamento em Poço Redondo

No início desta semana foram depositados em uma conta de responsabilidade de dois assentados do assentamento Pedras Grandes, em Poço Redondo, mais de R$ 200 mil, para reforma das 27 casas do pequeno assentamento. Para cada casa são destinados R$ 9 mil. Destes, cada assentado só tem direito a R$ 600,00 para a mão-de-obra. Os demais recursos são para a compra de material de construção. Com o depósito pelo Governo Federal, dos recursos na conta a coordenação do MST, chega ao assentamento e anuncia para os assentados que o material de construção está chegando e eles assinem os papeis e repassem o dinheiro. A pergunta é? De que forma é comprado esse material? Tem licitação ou algo semelhante? São recursos federais que necessitam de uma fiscalização profunda. E mais: no caso de alguma irregularidade quem paga são os dois assentados que ficaram com a responsabilidade de abrir a conta bancária, mas não tem poder nenhum na aplicação dos recursos. Imagine uma reforma destas no assentamento Jacaré-Curituba, onde existem mais de 600 casas.

 

Não venham com o milho, que já fiz a pipoca

Um aviso para a coordenação do MST em Sergipe. Este espaço é democrático, publica o contraditório e muitas vezes  com criticas até ao titular desta coluna. Porém, deixa claro: não aceitará nenhum texto do movimento na tentativa de intimidar este profissional. Não venham com o milho, que a pipoca já está pronta.

 

Sistema de água sem funcionar

O Ministério Público Federal precisa fiscalizar também alguns sistemas de abastecimentos que estão sendo feitos pelo MST e dando sérios problemas. Por exemplo, no assentamento Nelson Mandela, foram gastos mais de R$ 40 mil num sistema que capta água de uma barragem distante e que não chegou a encher com as fortes chuvas da semana passada. Não funciona. Em outro assentamento, Cajueiro, o novo sistema de abastecimento  (não é a Deso), não está funcionando porque o custo da energia elétrica é alto demais para os assentados.

 

Acordos bisonhos: desabafo de um petista

De um leitor petista:Sou militante do PT desde 1987 e estou decepcionado com o governo Marcelo Déda que está mostrando de que mudança não tem nada. Tendo em vista os acordos bisonhos que o mesmo vem fazendo com aqueles que há tempos  chamavam o mesmo de “Pinóquio mentiroso” durante a campanha eleitoral e agora em nome da tal governabilidade estão tendo mais espaço do que o próprio partido, um exemplo claro disso é na cidade de Itaporanga D´Ajuda, onde o deputado César Mandarino que junto com seu irmão e outros sanguessugas do poder deixou um grande rombo na empresa DESO. É uma vergonha para o governo fazer acordo com um político desse nível  (traidor e perigoso) além do mais o deputado Francisco Gualberto está sendo o articulador  para que o mesmo  faça parte do bloco do governo tendo as beneficias do poder”.

 

Cargos para os Mandarinos em Itaporanga

Continua o petista: “Inclusive soube que o tal deputado que teve a esposa como Vice-Governadora do estado no governo João Alves Filho, está com a moral elevada: está colocando pessoas no governo e terá direito em indicar 50 pessoas pelo estado através de contrato na cidade de Itaporanga. Estou horrorizado com tudo isso e caso isso venha a acontecer pedirei a minha desfiliação do partido. Senhor Governador desse jeito você estará jogando sua trajetória política pelo ralo ao se aliar com esses corruptos, fortaleça o PT no interior que é melhor, onde o mesmo dar as costas, se a eleição para o governo fosse hoje o mesmo perderia de goleada para o seu adversário. O povo não agüenta mais tanta mentira e enganação, a segurança está uma merda, a saúde nem se fala, a educação um caos, chamar 10% do pessoal do concurso do estado é zombar do povo sergipano”.

 

 

Gol da PM passa mais tempo em garagem de condomínio

De um leitor, devidamente identificado: “Aqui no condomínio Vivendas de Aracaju na av. Augusto Franco, mora um militar, dentre tantos, mas este é especial, pois tem um carro particular, um gol da polícia militar com a identificação 296, que por sinal já foi retirado a identificação, mas ainda dá pra ver a numeração. Digo especial porque o carro passa 24h na sua garagem e só sai quando o mesmo vai trabalhar. Se estiver de folga o carro fica na garagem, onde poderia estar prestando serviço a sociedade.  Acredito que o cidadão tenha uma alta patente e que a polícia determine uma viatura para sua locomoção, pode até ser legal, mas com certeza é imoral”.

 

Viatura descaracterizada

A coluna denunciou recentemente o uso de uma viatura da PM para pegar estudantes no colégio Arquidiocesano na Farolândia. A viatura foi a de número 032. Pois bem, após a denuncia o responsável pelos estudantes, resolveu não mais enviar a referida viatura, mas outro veiculo descaracterizado, conduzido por um policial militar. A coluna está de olho e vai denunciar com fotos.

 

Veículo estacionado próximo a UNIT                                                                                           

Um outro leitor – devidamente identificado – enviou uma foto de um flagrante de veículo do 190 (sem  a devida identificação de placa e nº) próximo a UNIT no horário da manhã em local servido apenas para estacionamento de alunos dessa instituição. Verdadeiro desrespeito ao cidadão comum que paga seus impostos e ver estes revertidos em benefício de alguns poucos. Alguém que estuda na UNIT e precisa de carona é só falar com este condutor, acho que o mesmo não se furtará em dividir esta mordomia. Alguém pode responder?

 

Maioria da PM está revoltada

Pelos e-mails que a coluna vem recebendo, tem a certeza de que está no caminho certo quando denuncia os abusos cometidos por alguns poucos policiais militares com os veículos da corporação. Tanto os soldados, como os oficiais que querem conduzir a corporação com seriedade e compromisso estão revoltados. Não basta os baixos salários, agora uma série de irregularidades.  o Código Penal Militar e o Regulamento Disciplinar prevê sanções severas para diversos tipos de abusos. Basta o comando querer punir.

 

Segurança: muitos veículos usados indevidamente

O leitor pode constatar. Não dá para sair em Aracaju e não conseguir ver pelo menos uma viatura da PM ou da polícia nas ruas. São várias delas. Falta de viatura não há, pelo menos na capital. Pena que muitas delas estão sendo usadas indevidamente por alguns policiais, que usam como se fosse seus veículos particulares, levando filhos para escola, esposa, nora, sogra, genro, cachorro, papagaio e tudo mais. Além do veículo que é público, ou no caso de locado, pago com recursos dos sergipanos, o combustível também é pago por todos nós.

 

Uso irregular de moto da SMTT                                             

Pela segunda vez a coluna denuncia que um agente de trânsito, que usa a moto da SMTT, placa HZO-0495, está levando pela manhã, às 6h25, um estudante para a escola. O agente sai das imediações da farolândia e vai até o centro da cidade com o estudante na garupa, o deixando nas esquinas da rua Arauá com Estância.

 

Disputa dos Ribeiros em Lagarto

Ontem, 04, nos programas de rádio apresentados por Fábio Henrique e Gilmar Carvalho integrantes da família Ribeiro voltaram a trocar acusações em busca do candidato a vice-prefeito de Walmir Monteiro. Cabo Zé quer colocar o filho, de nome Junior e Luiza também deseja a vaga. Corre por fora Áurea Ribeiro. Uma lembrança: os Ribeiros sempre tiveram candidato da família a prefeito e hoje estão renegados a indicação de um vice. Enquanto isso, os Reis correm por fora com o candidato Lila Fraga (PSDB), atual vice-prefeito que poderá ter como companheiro de chapa Manoel da Lagartense, do PDT.

 

Fundação do PMDB mulher

Amanhã, 06, às 15hs, na sede do PMDB em Aracaju (TV. João Francisco da Silveira, 97 – Centro), será fundado o PMDB Mulher em Sergipe. O presidente estadual do partido, Jackson Barreto, está convidando todas as mulheres para o evento que contará com as presenças da presidente e da secretária do núcleo nacional do PMDB Mulher, Maria Elvira Salles Ferreira e Regina Perondi, respectivamente.

 

Carro da PM  da CPFAZ transportando estudantes

Sobre a nota publicada ontem, 04, de um veículo da CPFAZ, transportando estudantes, a gerência de comunicação da pasta enviou o seguinte esclarecimento: “O Comandante da CPFAZ – Companhia de Polícia Fazendária, Major Bispo, tão logo tomou conhecimento da denúncia envolvendo um dos veículos, conduzido por um servidor público que atua sob sua coordenação, iniciou pessoalmente a apuração dos fatos. Depois de colhida algumas informações, houve então a constatação da veracidade do fato relatado em sua coluna. Imediatamente determinou a instalação do processo administrativo, objetivando a responsabilização do(s) servidor(es) público(s) envolvidos”.

 

Sobre o policiamento em Sergipe I

E-mail de um policial militar: “Na coluna de hoje, 04, você falou sobre as questões dos bancos na Nova Saneamento e a falta de Viaturas, acho que uma viatura na área não irá adiantar muita coisa, até porque o policiamento em Sergipe é feito de maneira errada coloca-se as viaturas para rondas, mas as áreas de cobertura são muito grandes. Para se ter uma idéia o PAC (Posto de Atendimento ao Cidadão) do Grageru, que cobre aquela aérea da Nova Saneamento só tem uma viatura e 3 policiais por turno de 24 horas para cobrir a região do Grageru, Jardins, Leite Neto,  13 de julho e Salgado filho. Esse é o Policiamento comunitário que nós temos, praticamente um serviço de Rádio Patrulha, pois o policiamento comunitário é o que mais ou menos vemos na Cidade de Nova York policiais a pé cobrindo trechos curtos e viaturas com 1 ou 2 policiais para dar apoio ao policiamento a pé”.

 

 Sobre o policiamento em Sergipe II

 Continua o policial: “Esse tipo de policiamento demanda vários fatores com, por exemplo, mudança da cor do uniforme, pois o tecido é muito pesado e extremamente quente principalmente nesta época do ano, aumento do efetivo, valorização salarial, etc. Nossa PM passa por um momento delicado, como irá colocar uma viatura se não tem efetivo para isso é descobrir os pés para cobrir a cabeça. Hoje nós precisamos de  valorização salarial real, aumento do efetivo, equipamentos nós temos apesar dos coletes a prova de balas novos atrapalharem um pouco a saída das viaturas por serem grandes demais para a maioria dos policiais. Cadê o Kit polícia que o Governador prometeu? Cadê o aumento salarial?  O tipo de policiamento não é culpa do comandante geral do Secretário de Segurança ou do Governador, é um problema que já vem desde a época de D. João, o Brasil está brincando de segurança enquanto isso Aracaju o Estado se transformará em 10 anos uma nova Cidade do Recife, uma das mais violentas do Nordeste e a PM/SE não está preparada ou se preparando para isso”.

 

Golpes aplicados dentro de agências

Deu na coluna do Osmário ontem, 04: “E por falar em bancos, tem gente esperta aplicando golpes em desavisados dentro das agências bancárias. O golpe é simples e atrativo: o pilantra bem vestido, deixa cair um cartão com a senha. Agradece a pessoa por tê-lo achado, mostra uma bolsa onde há dinheiro falso, mas lamenta por não poder usar aquele dinheiro. Diz que há uma grana num escritório perto e a pessoa que o segue entra numa roubada. Se vir o esperto, chame a polícia”. Uma senhora, de 74 anos, foi vitima deste golpe na Avenida Nova Saneamento na última segunda-feira. Os ladrões bem vestidos se aproveitam dos idosos que estão sozinhos. Será que a SSP não sabe que os primeiros cinco dias úteis de cada mês as agências bancárias abrem uma hora antes para atender os aposentados do INSS?

 

Sobre a divulgação do concurso do TRE/SE I

A Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, ciente de duas notas veiculadas no portal Infonet, no dia de ontem, em coluna assinada por Vossa Senhoria, vem trazer a lume os seguintes esclarecimentos: O concurso público ora levado a cabo resultou de contrato assinado entre o TRE/SE e a Fundação Carlos Chagas (FCC), instituição de inquestionável reputação ético-profissional. O correspondente Edital de Abertura de Inscrições foi publicado no Diário Oficial da União do dia 28/12/06. Após o cumprimento de determinações judiciais, as quais, à época, foram amplamente divulgadas pela mídia local, o concurso realizou-se no dia 18 de novembro do ano passado.   Desde então, o cronograma inicialmente acordado entre as partes (o TRE e a FCC) vem sendo rigorosamente cumprido (cronograma este que fazemos seguir em anexo). No dia 25 do mês próximo passado, a FCC disponibilizou, através de seu endereço eletrônico, mecanismo para que os candidatos interessados pudessem efetuar consulta pessoal a fim de saberem as suas correlatas classificações.

 

Sobre a divulgação do concurso do TRE/SE II

Continua a nota do TRE/SE: Frisamos que o ali esboçado não se trata do resultado final, este, sim, que resultará na homologação dos aprovados (no mês de maio vindouro), motivo pelo qual, de início, entendemos não ser necessária a sua imediata divulgação. Esclarecemos que o resultado acima destacado não se trata do definitivo, haja vista, até o dia 27 de fevereiro, ainda ter sido possível a interposição de recursos quanto aos resultados e/ou solicitação de vista de prova no que tange à parte discursiva, conforme consta do supracitado Edital, o que deveria ser do conhecimento de todos os envolvidos no processo. Destacamos que todas as fases do concurso foram revestidas da publicidade necessária, inclusive encontrando-se as provas aplicadas disponíveis para download no site da aludida FCC. Não obstante refutemos qualquer insinuação que venha a macular o processo relativo ao concurso e visando justamente a que tal não venha a prosperar, instados por vários telefonemas de candidatos e com autorização da Direção-Geral, optamos por disponibilizar para consulta, no átrio do prédio onde funciona a sua Secretaria, as listagens contendo os nomes dos aprovados, por cargo, acompanhados das correspondentes classificações. Certos de termos prestado todos os esclarecimentos pertinentes, colocamo-nos à disposição de todos para sanar eventuais dúvidas. Ricardo Augusto Ferreira Ribeiro – Assessor de Imprensa e Comunicação do TRE/SE.

 

MPF/SE pede condenação de Galindo e CIA…

O Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE), através de sua Procuradoria Regional Eleitoral, apresentou ao TRE/SE parecer pela manutenção das condenações de todos os envolvidos num episódio que ficou conhecido como o roubo e destruição das 58 urnas eleitorais do município de Canindé do São Francisco, ocorridos em março de 1997. O procurador regional eleitoral Eduardo Pelella pede que sejam expedidos imediatamente os mandados de prisão para o cumprimento das penas. O MPF/SE quer que sejam mantidas as condenações do ex-prefeito de Canindé, Genilvaldo Galindo da Silva; do então secretário de Finanças da prefeitura, Floro Calheiros Barbosa; do delegado de Canindé à época do crime, Álvaro Bento dos Santos; do assessor de Floro, Marcos Fernando Nunes; dos secretários da prefeitura Genilson Galindo, filho do prefeito; de José Milton Galindo, sobrinho do prefeito; e de Carlos Roberto Damasceno; e dos servidores públicos José Elio Avelino e Manoel Paciência da Silva. Dos nove, apenas o então delegado Álvaro Bento tinha sido absorvido, mas agora o MPF/SE pede sua condenação. Os demais condenados na Comarca de Canindé do São Francisco pelo envolvimento no roubo e destruição das 58 urnas tinham recorrido ao TRE/SE e o processo estava com o procurador regional Eleitoral para o parecer do MPF/SE. (Ascom/MPF).

 

“Cantar de Ariadne”, novo livro de Wagner Ribeiro I

O escritor e poeta Wagner Ribeiro, da Academia Sergipana de Letras e da União Brasileira de Escritores, acaba de editar mais um livro de poemas. “Cantar de Ariadne” reúne  um cântico helênico em torno da lenda de Teseu e Ariadne, tendo como tema o Minotauro, com todos os ingredientes dessa história da Grécia antiga, que nos legou tantas lendas e personagens simbólicos. Que até hoje inspiram e motivam literatos, poetas, historiadores e estudiosos e filósofos.O livro foi impresso pela Sercore, em edição primorosa, com capa e desenhos internos de Bené Santana, editoração de Paulo Afonso Cardoso da Silva, mas o autor não definiu data para o seu lançamento.

 

“Cantar de Ariadne”, novo livro de Wagner Ribeiro II

 No posfácio, o psicanalista Adalberto A. Goulart diz, entre outras coisas, no seu comentário, que “Wagner Ribeiro, expoente da ASL, importante representante da nossa cultura, rompendo fronteiras e deixando suas marcas na cultura humana global, brinda-nos com mais um “Canto, revitalizando o berço das histórias dos heróis mitológicos da tragédia grega”. Wagner da Silva Ribeiro  é advogado e professor aposentado da UFS e publicou quatro livros de poesia: Cantares do Mar Egeu, A angústia de Zeus (2004) e Memorial do Aedo (2005). Participou da antologia nacional Perfil Grécia em poetas do Brasil, organizado por Stela Leonardo. Em prosa, gênero conto, publicou “A vida cheia de Véu”.

 

Oficial de Projetos do UNICEF vê avanços no Cenam I

O oficial de projetos do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) nos Estados Bahia e Sergipe, Salvador Soler, visitou na manhã ontem, 04, o Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) e a Unidade de Medida Socioeducativa Provisória (USIP). Salvador Soler avaliou positivamente a visita. “A proposta pedagógica que está sendo aplicada atualmente para os adolescentes é eficaz e consistente, a mudança é perceptível. Ainda precisam ser tomadas algumas resoluções, como uma melhor estruturação física do prédio e a construção de uma área em que os adolescentes possam ter um maior contato com a natureza”, salienta.

 

Oficial de Projetos do UNICEF vê avanços no Cenam II

Para o Tenente-Coronel Henrique Rocha, a visita de Salvador Soler é de extrema importância devido à credibilidade que o UNICEF tem mundialmente. “O UNICEF zela pelos direitos humanos, sendo assim, tenho satisfação em receber Salvador Soler aqui nas unidades de atendimento ao adolescente em conflito com a lei. Tenho consciência que uma conversa dele junto aos poderes públicos pode melhorar ainda mais a situação do nosso regime interno e conseqüentemente influenciar de forma positiva o atendimento direto com os adolescentes” enfatiza o coronel.

 

 

Sobre as balanças da Sefaz I

Alguém pode informar por qual motivo, as balanças de pesagem dos caminhões de fiscalização da Secretaria da Fazenda não estão funcionando? Resposta da Sefaz: A Sefaz dispõe hoje de 04 balanças, distribuídas nas cidades de Propriá, Cristinápolís e duas em Aracaju. A de Cristinápolís, cujos equipamentos foram comprados no ano de 1995, somente teve a sua instalação efetivada no ano de 1997. Tal procedimento ocasionou, devido à demora na montagem, a inutilizacão da mesma. Na cidade de Propriá, este equipamento está quebrado desde o ano de 2006. quanto às instaladas na entrada de Aracaju, as mesmas vieram a apresentar problemas, agora no ano de 2007. Após um minucioso levantamento de todas estas questões, a SUPERAF – Superintendência de Administração Financeira, iniciou, ainda em 2007, os procedimentos legais para a devida solução dos problemas. Foi disponibilizado no Portal de Compras, o processo de contratação de uma empresa, objetivando a realização de um diagnóstico completo, que possa nos orientar a fazer os investimentos necessários, a fim de sanarmos definitivamente o problema. Infelizmente nenhuma empresa se credenciou para tal serviço.

 

Sobre as balanças da Sefaz II

Depois de respeitados todos os prazos legais, estamos agora na fase de contratação de uma empresa, especializada, que possa recolocar estes equipamentos em funcionamento, e principalmente, fazer de forma preventiva, a manutenção dos mesmos. Com estas medidas, estamos oferecendo aos sergipanos, não somente o restabelecimento destes equipamentos, necessários ao bom andamento das atividades profissionais na Sefaz, mas também, estamos possibilitando a todos os contribuintes, a comprovação da Mudança ocorrida na utilização dos recursos que são arrecadados pelo Fisco do nosso Estado. Finalizando, ao leitor que colaborou com a sua coluna, que desempenhou, desempenha, e desempenhará um papel primordial na formação cidadã da nossa gente, pelas mazelas administrativas cravadas na vida pública do nosso Estado, ao longo dos últimos anos, o nosso agradecimento por ele ter nos dado a oportunidade de prestar os devidos esclarecimentos. No mais, é torcer para que o mesmo possa continuar com este espírito de ver, não somente os equipamentos públicos, mas toda a administração pública de fato, servindo ao público. Marcos Aurélio – Gerente de Comunicação e Marketing da Sefaz.

 

Frase do Dia

“O poder é o afrodisíaco mais forte”. Henry Kissinger.

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários