Não existe imbatível

0

Enquanto não forem definidos os candidatos a prefeito de Aracaju e colocada a campanha nas ruas, é muito prematuro dizer que este ou aquele prefeiturável é imbatível, que sua vitória serão favas contadas. Histórias de pleitos passados na capital mostram inúmeros casos de candidatos que começaram a disputa segurando a lanterna das pesquisas e foram eleitos com facilidade. Isso aconteceu na já distante eleição de 1988. No começo daquele ano, o então deputado estadual Marcelo Déda (PT) liderava as pesquisas com 35%, enquanto o advogado Wellington Paixão (PSB) aparecia na rabeira com minúsculos 0,3%, atrás do candidato governista Lauro Maia (PFL), com 6,3%. Colocada a campanha nas ruas, o lanterninha Paixão, puxado pela força eleitoral de Jackson Barreto (MDB), começou a crescer e foi eleito com 39% dos votos, enquanto Déda obteve minguados 8%, ficando bem atrás do bom Lauro, votado por 33% dos eleitores. Este é apenas um exemplo que pode muito bem se repetir agora em 2020. Aff Maria!

Direita, volver!

Os petistas estão afinando o discurso contra o prefeito e ex-aliado Edvaldo Nogueira (futuro PDT). Eles, inclusive, já têm na ponta da língua a justificativa para o fato de terem lançado candidato próprio a prefeito de Aracaju: “Houve uma aproximação clara de Edvaldo com a direita e isso sempre me incomodou”, afirma a vice-governadora Eliane Aquino (PT). O problema é que só agora, faltando poucos meses para as eleições, foi que os petistas descobriram que estavam dormindo com o inimigo. Misericórdia!

Recurso rejeitado

O prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR), não obteve êxito no recurso contra a sua condenação pelo Tribunal Regional Eleitoral. Ele foi condenado sob a acusação de ter usado a máquina da pública em favor da candidatura do filho Talysson Costa (PR) a deputado estadual. Caso a defesa do prefeito não consiga sucesso no recurso que apresentará ao Superior Tribunal Eleitoral, ele continuará inelegível pelos próximos oito anos. Homem, vôte!

Contra o desconto

Sindicalistas vão à Justiça pedir a revogação da Reforma as Previdência estadual aprovada pela Assembleia. Querem impedir, principalmente, que o governo desconte 14% dos vencimentos de todos os aposentados e pensionistas que ganham acima de um salário mínimo. Roberto Silva, presidente da CUT, garante que tem havido decisões judiciais impedindo o desconto previdenciário dos aposentados que ganham abaixo do teto do INSS, hoje de R$ 6.101. Então, tá!

No mato sem cachorro

O DEM ainda não decidiu se apresenta candidato próprio a prefeito de Aracaju ou se apoia um nome de outro partido. A princípio, a legenda avalia o nome da delegada de Polícia Georlize Teles, que se diz disposta a enfrentar o desafio. O presidente do DEM, José Carlos Machado, também pensa em apoiar o deputado estadual e prefeiturável Gilmar Carvalho (PSC). O problema é que o parlamentar não tem o apoio do próprio partido e, para concretizar seu projeto, precisa de autorização da Justiça para trocar de legenda. Caso nada disso ocorra, o DEM sobe no palanque de um candidato aliado e ponto final. Ah, bom!

Porrada no prefeito

E quem não perde uma chance de descer a madeira no prefeito Edvaldo Nogueira (futuro PDT) é o ex-deputado federal Valadares Filho (PSB). Agora mesmo o rapaz reagiu contra o provável reajuste da passagem dos ônibus da capital: “É muita cara de pau de quem transformou nossa tarifa na mais cara do Nordeste”, fustiga. Segundo Vavazinho, falta coragem ao prefeito para fazer a licitação do transporte coletivo, mudando o modelo de concessão e dando transparência e modernidade ao sistema. Marminino!

Há vagas

Boa notícia para os militares que estão na reserva: o governo federal publicou o decreto regulamentando a contratação destes profissionais para atividades em órgãos públicos. Quem for contratado ganhará um adicional de 30% sobre o salário recebido na inatividade. O governo pretende contratar temporariamente cerca de 7 mil militares da reserva para atuarem nas agências da Previdência Social. Tá interessado?

Queda de preço

A Petrobras reduziu, hoje, em 1,5% o preço da gasolina e em 4,1% o do litro do diesel para as distribuidoras. O último reajuste promovido pela empresa havia sido uma redução de 3% nos valores dos dois combustíveis, no dia 14 deste mês. O diabo é que o consumidor final termina não sentindo a redução de preços, pois as distribuidoras e os postos de combustíveis têm liberdade para cobrar os preços que desejarem. Crendeuspai!

Bola cheia

O presidente da Assembleia, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), encheu a bola do prefeito Edvaldo Nogueira (futuro PDT). Entrevistado, hoje cedo, na rádio Princesa da Serra, em Itabaiana, o emedebista estranhou os que atacam o gestor aracajuano: “Em vez agirem assim, os críticos de Edvaldo deveriam se alegrar, pois ele está fazendo uma excelente gestão na capital”, afirmou Bispo. Vixe!

É roubo!

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) garante que o Detran/SE “está roubando o cidadão”, pois não reduziu as taxas cobradas para renovar ou tirar a 2ª via de Carteira de Habilitação, etecetera e tal. O parlamentar afirma que a Lei estadual reduzindo os valores cobradores pelo Detran entrou em vigor no último dia 1º, porém o contribuinte continua pagando a mais pelos serviços. Homem, vôte!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Nordeste, em 24 de dezembro de 1949

Comentários