O governo é tão bonzinho!

0

De olho nas eleições, principalmente as de Aracaju, o governador Belivaldo Chagas (PSD) anunciou alguns agrados financeiros para os servidores públicos. Entre eles estão a antecipação do 13º salário, o retorno do pagamento do auxílio-uniforme para os militares e do terço de férias para o pessoal da Educação. O objetivo destas repentinas bondades palacianas é conquistar o voto pelo bolso do eleitor desavisado. Em 2018, quando assumiu o governo e se candidatou à reeleição, Belivaldo também prometeu mundos e fundos aos coitados dos servidores. Enquanto propagava o slogan “chegou pra resolver”, o governador acenava com a hipótese de, entre outros benefícios, pagar a folha de pessoal dentro do mês trabalhado. Passadas as eleições, tudo voltou ao velho normal, com os salários sendo depositados em duas datas, o servidor “proibido” de falar em reajuste e tendo que tomar o 13º emprestado ao banco ou recebê-lo em módicas prestações. Portanto, o que ocorreu na campanha eleitoral de 2018, permite supor que este governo tão bonzinho está articulando mais um estelionato eleitoral. Quem viver, verá!

Grana ameaçada

E a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, decidiu enviar ao plenário a ação apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra o pagamento de salários vitalícios a ex-governadores. Nove estados ainda pagam essa mordomia aos ex-governantes. Em Sergipe, têm direito ao benefício de R$ 26,5 mil mensais os ex-governadores Albano Franco (PSDB), Antônio Carlos Valadares (PSB) e João Alves Filho (DEM). A previsão no meio jurídico é que o Supremo vai acabar com essa mamata paga pelo contribuinte. Crendeuspai!

Intervenção na pauta

Os deputados estaduais votam, hoje, o decreto assinado pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) instituindo a intervenção estadual na Prefeitura de Canindé do São Francisco. Antes mesmo de enviar o decreto ao Legislativo, o governador indicou o economista Edgard Mota como interventor até dezembro deste ano. A intervenção foi proposta pelo Ministério Público Estadual com base na esculhambação que virou a gestão do prefeito Ednaldo da Farmácia (Progresista). Aliás, o dito cujo até já arrumou as gavetas e está à espera do interventor para entregar as chaves da cidade. Misericórdia!

Não pode

Nas recomendações da Justiça Eleitoral aos candidatos destacam-se algumas proibições. Eles não podem fixar propaganda em bens públicos, fazer showmício com apresentação de artistas, mesmo sem remuneração, fazer propaganda ou pedir votos por meio de telemarketing, confeccionar e distribuir brindes, cestas básicas ou materiais que proporcionem vantagem ao eleitor. Também é proibido agredir e atacar a honra de outros candidatos na internet e nas redes sociais. Fiquem de olho!

Pau-de-arara verde oliva

Alguém sabe por que o Exército insiste em transportar nossos jovens recrutas em carrocerias de caminhões e caminhonetes? O correto e mais seguro não seria a utilização de ônibus? Será que os oficiais também viajam aboletados nas perigosas carrocerias? E por que a diligente Polícia Rodoviária Federal não apreende estes perigosos paus-de-arara verde oliva? Cala-te boca!

Novo Fórum

Acaba de ser criado o Fórum Sergipano de Carreiras Típicas de Estado. Seu objetivo é viabilizar a defesa das prerrogativas funcionais das carreiras, notadamente das que fiscalizam, investigam, arrecadam, controlam e preservam a ordem jurídica. O Fórum tem como metas contribuir para o crescimento dos valores republicanos, zelar pelo ingresso exclusivo por concurso público nas carreiras típicas de Estado e pela capacitação constante de seus componentes. Ah, bom!

Plantando asfalto

Os deputados estaduais não se cansam de apresentar indicações propondo ao governo a recuperação de rodovias sergipanas. Essa “febre” de apelos começou logo após o Executivo ter conseguido uma grana boa para recuperar 400 quilômetros das destruídas rodovias. Sabedores que as estradas ligando os municípios vão ser refeitas, os deputados apresentam as indicações para alegarem depois que são os responsáveis pelo benefício. Ou seja, estão plantando asfalto para colher votos. Marminino!

Dois Vardos da Lotérica

Embora não seja candidato à reeleição, o vereador itabaianense Vardo da Lotérica (PTB) estará super envolvido na campanha deste ano. O petebista quer eleger o filho Breno de Vardo da Lotérica (PTB) em Itabaiana, e Sávio Neto de Vardo da Lotérica (PSC) em Aracaju. Após 16 anos na Câmara de Vereadores, Vardo sonha com voo mais alto: deseja se eleger deputado estadual daqui a dois anos. Em 2018, o polêmico político itabaianense não conquistou uma cadeira na Assembleia por causa de dois votinhos que o deputado Rodrigo Valadares (PTB) teve a mais do que ele. Vixe!

Apelidos nas urnas

Nesta campanha eleitoral não faltarão candidatos identificados com apelidos interessantes. Em Aracaju tem postulantes a vereador conhecidos por Colesterol, Diazepam, Bolsonaro Sergipano e Mãe Gorda do Povo. Quer mais? Pois escolha entre Capa do Mosqueiro, Gordinho da Avenida, Galego da Burra, Lázaro do Carneiro, Manésertão, Chapolin, Paulo Pisca Pisca, Valmor Alves o Caveira, e Zevaldo Ventão. Danôsse!

Vige como tem Zero

De um bebinho comunista numa bodega imunda de Aracaju: “Qual entre o Zero Um, Zero Dois e Zero Três é o zero à esquerda? Ou esse requisito cabe para os três filhos do Capitão com cara de Recruta Zero?”. Home vôte!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 31 de dezembro de 1911

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários