O preço da imortalidade em alta? Será verdade?Não basta a decadência?

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Ontem, 25, logo cedo, o titular deste espaço recebeu um telefonema de um amigo de muitos anos. Um intelectual de verdade com obras escritas por ele e com um conceito alto na sociedade sergipana e membro da Academia Sergipana de Letras, da “cepa” que realmente merece a honraria.

Depois de discorrer sobre os tempos de pandemia, ele saiu com essa: “você que sabe tudo, foi informado que tem colega imortal pedindo a candidato para pagar mensalidade atrasada para votar nele?” Este jornalista não se assustou, já que vem ao longo dos últimos anos criticando a decadência intelectual da Academia e já tinha ouvido falar, através de muitos escritores sérios, sobre os leilões de outrora.

O blog questionou sobre o valor da mensalidade: míseros R$ 90,00. Será realmente verdade do amigo imortal que tem colega que não paga e espera uma votação para novo membro para condicionar seu voto? O imortal de verdade chegou a dizer que está esperando uma gravação de uma conversa para comprovar o que disse. E o blog cobrou o envio para divulgação. Ele disse apenas que está com receio que a voz dele também esteja e seja descoberto por alguns outros que não gostam do estilo dele. Porém, o titular deste espaço prefere ainda acreditar que um ilustre membro da Academia não iria fazer algo assim.

Na semana passada este espaço publicou um artigo do pesquisador e escritor Túlio Ribeiro Matos, com o título “A decadência da Academia Sergipana de Letras”, mostrando que um dos pontos críticos da ASL é a renovação e deu como exemplo a falta de ética do presidente que completou 20 anos no cargo em querer colocar o filho mais novo para a vaga do jornalista e poeta Amaral Cavalcante. No artigo, Túlio lembrou que o presidente, Anderson Nascimento já tinha conseguido colocar na ASL, a esposa, em 2006, com uma pífia obra literária e nenhuma trajetória cultural em destaque. Os últimos três parágrafos do artigo:


“Voltamos ao preâmbulo. A Academia é uma instituição privada dependente das verbas públicas. Portanto, no momento em que todo o país discute a importância de valores morais no trato das instituições, o presidente Anderson Nascimento coloca a ASL e seus membros numa situação vexatória de transformar a quase secular instituição num feudo familiar, incluindo um filho mais novo sem produção, sem destaque e sem nenhuma marca que deem mínima justificativa.

Os membros da Academia deveriam lembrar do acertado conselho do acadêmico Felte Bezerra, em seu discurso de posse, publicado na Revista da ASL de 1952: “o selecionamento de nossos sucessos, feito pelos que ficam, é que nos garantirá a perenidade, e devemos ser ciosos no requerer méritos reais e verdadeiros, pois a Academia não deve servir para credenciar alguém, mais rigoroso balanço de atributos seja feito entre os que se proponham a preencher os claros”.

Defensores deste alerta, os imortais Luiz Antônio Barreto, Maria Thetis Nunes e Wagner Ribeiro, entre outros grandes acadêmicos que sempre cobraram atenção quanto a esses valores, estariam neste momento tristes com a decadência da Academia, que talvez deva mudar seu nome para Academia Sergipana dos Nascimento.”

Grande verdade! A Academia transformou-se em um feudo. Já tem marido e mulher (sem notoriedade), e pode ganhar agora o filho. Ou seja, um feudo pseudo acadêmico, já que alguns pagaram para escreverem seus livros e artigos e outros ingressam pelo pistolão familiar. É necessária uma renovação quando as vagas surgirem. Que tal incentivarem o ingresso dos  jovens membros da Academia de Letras de Aracaju na ASL?

Ainda bem que o Espirito Santo tem ojeriza a este tipo de imortalidade. Os “imortais” são pequenos mortais e em Sergipe alguns são mais do que pecadores…



Realidades e verdades Uma Cooperativa de Criação e produção de R TV & MIDIAS vai encontrar um candidato para apresentar proposta de campanha. Estão ansiosos para enfrentar o marketing do mal com realidades e Verdades. Arrepare!   

Umbaúba: lançamento da pré-candidatura a prefeito do professor Anderson Na próxima sexta-feira, 28, às 19h30, o professor Anderson fará uma live pelo Facebook e instagran onde apresentará os motivos da decisão em candidatar-se novamente a prefeito de Umbaúba, com projetos para um novo mandato, as razões do rompimento com o atual prefeito e principalmente informações e fatos sobre a gestão  que irão abalar as estruturas da prefeitura e da sucessão municipal.

Oposição unida A oposição bateu o martelo e escolheu o professor Anderson por reunir condições de derrotar o projeto dos Maravilhas como são chamados o prefeito e seus muitos familiares que controlam além da prefeitura a Câmara de vereadores. Segundo a presidente do PT de Umbaúba, Lucineide Guimarães, o “Galinho vem ai. Ele fez a melhor administração da história do município e o povão é grato a isso”.O prefeito Humberto Maravilha, MDB, por outro lado, não é bem avaliado e está desgastado pelas denúncias de nepotismo entre outras. Na sexta-feira portanto, pelo que se conhece do professor Anderson, deve vir chumbo grosso e aí cidade vai parar com essa live.

                                                                                                                                                             

São Cristóvão: Indústria e obras de pavimentação O Prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, visitou ontem, 25, o governador Belivaldo Chagas. Na pauta a instalação em São Cristóvão de uma grande indústria que deverá ser anunciada ainda no início de setembro, e o anúncio, pelo governador, do início das obras de pavimentação do último trecho da rodovia Zezinho da Everest – que liga o povoado Rita Cacete a BR-101.

 

 

Aracaju: Emília decide que disputará  a reeleição “Minhas decisões estão fincadas nos meus valores.” foi desta forma, em uma transmissão bastante aguardada, através das redes sociais, que a vereadora Emília Corrêa (Patriota) reafirmou que disputará a reeleição para o Legislativo Municipal  nas eleições deste ano.
 
Comum acordo Ao lado do presidente estadual do Patriota, Uézer  Marques, Emília ressaltou que a decisão partiu em comum acordo com o partido. “Como sempre tem sido, o Patriota compreendeu e mais uma vez, respeitou minhas decisões. Não é querer ou não querer, é respeitar. Tivemos uma reunião minutos antes de iniciar a transmissão e decidimos pela minha pré-candidatura a vereança. Se tem algo que eu prezo, é pela ética”, afirmou. 
 

Itabaiana: Maria, Carminha Mendonça e pré-candidato a vereador são condenados a pagar multa Infrações ao que a Justiça Eleitoral dita para o período de pré-campanha têm sido punidas de forma exemplar em Itabaiana. No início dessa semana saíram mais duas decisões da Justiça Eleitoral, desta feita condenando a deputada estadual Maria Mendonça, a pré-candidata a prefeita Carminha Mendonça e o pré-candidato a vereador, Alex Henrique. No caso da parlamentar e da pré-candidata, que são irmãs, a decisão da Justiça se deveu ao fato de que a segunda, durante transmissão na internet que lançava a sua pré-candidatura a prefeita, pediu explicitamente voto aos itabaianenses.

Crime eleitoral A decisão do Juiz Eleitoral Pablo Moreno Carvalho da Luz cita diretamente o crime eleitoral cometido por Carminha. “Não há muito espaço para dúvida quanto à apresentação de pedido explícito, ainda que indireto de votos. A possível candidata, quando de sua fala, expressamente antecipou agradecimentos, dirigidos à população itabaianense e não ao conjunto de seus correligionários, a todos aqueles que no domingo saíssem de suas casas para votar no número 11”, versa a decisão.

Multa Assim, com o ilícito identificado, o Juiz Eleitoral impôs as irmãs o pagamento de R$ 5 mil de multa. “Arbitro no patamar de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), por considerar a ausência de reiteração e a aparência de ausência de premeditação do ilícito e aparente equívoco na escolha das expressões usadas em sua fala”.

Abuso do direito de liberdade de imprensa e manifestação Já o pré-candidato a vereador Alex Henrique, bem como a emissora de rádio em que ele trabalha também foram condenados a pagar multa de R$ 5 mil em razão de propaganda eleitoral antecipada e irregular. “Conclui-se sem maior dificuldade ter ocorrido evidente abuso no direito de liberdade de imprensa e de manifestação, porquanto evidenciado o rompimento do dever imposto pela Lei 9.504/97 de não promoção de propaganda eleitoral por meio dos programas de radiodifusão e por profissionais de comunicação”, conclui a decisão do Juiz Eleitoral Pablo Moreno Carvalho da Luz.

Alerta de utilidade pública: SES denuncia que golpistas estão usando nome da Vigilância Sanitária para extorquir empresários A Secretaria de Estado da Saúde (SES) alerta a sociedade sergipana para um golpe que vem sendo praticado contra donos de estabelecimentos comerciais, por indivíduos que utilizam os nomes da Vigilância Sanitária estadual e do seu coordenador, Ávio Britto. Por telefone e utilizando um número do Estado da Bahia, eles anunciam aos empresários a realização de uma megaoperação de fiscalização, inclusive com a presença da Polícia Militar, e sugerem o pagamento de R$ 500 para deixar aquele estabelecimento fora da operação e indicam um número de conta bancária para o depósito.

Tentativa de extorsão O golpe foi descoberto na manhã da terça-feira, 25, quando um comerciante ligou para a Vigilância Sanitária estadual para denunciar a tentativa de extorsão. “Recebi o telefonema de um empresário que estranhou a cobrança da propina, por conhecer nossa rotina de trabalho e a conduta ética e profissional dos nossos fiscais”, informou Ávio Britto, salientando a Vigilância Sanitária não faz comunicados prévios sobre as operações de fiscalização a serem realizadas e muito menos a prática da extorsão.

BO O coordenador da Vigilância Sanitária prestou Boletim de Ocorrência (BO) na polícia na manhã de ontem e pede aos empresários que forem vítimas do golpe que denunciem ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), através do número 190.

 

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Moradores de rua do loteamento Jatiuca, no Bairro Aruana cobram a Deso conclusão de serviço “Nós moradores da rua Maria Auxiliadora Lima de Oliveira, loteamento Jatiuca, Bairro Aruana, estamos exigindo que a nossa digníssima ” DESO” venha concluir o trabalho mau feito em nossa rua, pois cortaram 50 metros do calçamento, fizeram a instalação hidráulica, taparam com terra, deixaram todos os paralelepípedos jogados na via, já fazem 20 dias e não votaram para conclusão dos serviços.”

                                                                                                                                                             

 

Com a palavra a Emsurb Uma placa de propaganda em pleno leito da rua no conjunto JK, Bairro Jabotiana, próximo a Praça José Atanásio, em Aracaju.

 

 

                                                                                                                                     
Atenção empreendedor  Se você é Empreendedor do setor de ECONOMIA CRIATIVA, e está desenvolvendo projetos inovadores e novos modelos de negócio, Atemção! O Sebrae vai selecionar vinte propostas para receber os recursos financeiros. Acesse o site http://www.sebraesergipe.com.br/economiacriativa e conheça o regulamento completo. Lembrando que as inscrições vão até o dia 11 de setembro.

 


LIVES SERGIPE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

Curso on-line hoje, 26/08: “Abuso em Matéria Eleitoral” O Ministério Público de Sergipe, por meio da Escola Superior (ESMP) e da Coordenadoria de Apoio aos Promotores Eleitorais (Coape), e em parceria com o Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE), promoverá hoje, 26, das 16h às 18h, o Curso On-line “Abuso em Matéria Eleitoral (legislados e não legislados)”. O Curso é destinado a membros e servidores do MPSE e do MPF, e demais interessados. Será transmitido pelo canal do YouTube do MPSE. O objetivo é discutir os principais aspectos relacionados aos abusos de poder em matéria eleitoral, abordando condutas legisladas e não legisladas. O palestrante é mestre em Direito, promotor de Justiça e ex coordenador da Coape do MPSE, Peterson Almeida Barbosa. A certificação será disponibilizada apenas para membros e servidores do MPSE, condicionada à realização de inscrição prévia no Sistema de Gestão de Eventos da ESMP/SE (SGE) e preenchimento no dia do evento de formulário eletrônico de registro de presença, no início e fim do Curso. As inscrições podem ser realizadas até hoje, 26, no Sistema de Gestão de Eventos do MP/SE (SGE): https://sistemas.mpse.mp.br/4.5/EventosESMP/Login.aspx

                                                                                                                                                                     
Live hoje, 25/08, às 17h “Aprenda a criar anúncios do Facebook” Impulsionar uma publicação é de suma importância para gerar mais engajamento. A live desta quarta-feira, 26, às 17h, é mais uma parceria do Sebrae com o Facebook Brasil e traz a especialista em Instagram e Facebook, Raquel Carvalho, com o tema “APRENDA A CRIAR ANÚNCIOS DO FACEBOOK”. Aqui: http://www.instagram.com/sebraesergipe ou http://www.youtube.com/sebraesergipe


PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK

NOTA PÚBLICA



Remoção na Ocupação das Mangabeiras

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Sergipe (CAU/SE) vem por meio desta nota, lamentar os fatos ocorridos na Ocupação das Mangabeiras, localizada no bairro 17 de Março, entre os dias 20 e 22 de julho de 2020, quando os moradores foram removidos da área e tiveram suas moradias demolidas, em meio à situação de enfretamento da pandemia.

Importante citar que esta ocupação foi iniciada em 19 de setembro de 2014 pelo Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos (MOTU), com a construção de várias moradias em situação precária, em um terreno sem oferta de infraestrutura. Inclusive, muitas mulheres trabalham para garantir a sobrevivência em uma cooperativa de produção de doces, utilizando frutos das mangabeiras que dão significado ao nome da ocupação, criado pelos próprios moradores.

Entretanto, esta área, que pertencia a União, foi concedida à Prefeitura Municipal de Aracaju para implantação de um conjunto habitacional, anunciado pela gestão em seu site, como Conjunto Habitacional Irmã Dulce dos Pobres, com 1.102 casas. Para esta construção, os moradores foram removidos do local e transferidos para outras moradias, através de subsídio do Aluguel Social, e suas casas foram imediatamente demolidas. Porém, segundo relatos de moradores, nem todas as famílias foram cadastradas para retornar ao futuro conjunto, sendo que, das mais de 1.000 famílias existentes, 836 serão contempladas com moradias e mais 266 outras famílias que moram em outros locais e que já recebiam auxílio moradia há mais tempo. Questiona-se então, como foram acolhidas/auxiliadas as demais famílias que não serão contempladas com casas?

Essa questão é um agravante em meio à situação de vulnerabilidade social e econômica em tempos de pandemia, gerando insegurança à essas famílias, que estão em iminência de ficarem na rua e/ou se alojarem em espaços ainda mais precários, com seus familiares, o que piora a situação e aumenta as possibilidades de contaminação da COVID-19. Além disso, a utilização de forças policiais nestas ações de remoções, provoca aglomerações e exposição ao risco de contaminação do vírus, e também criminaliza a luta social pela moradia, amplamente defendida numa democracia, cujo planejamento participativo, sobretudo com envolvimento das famílias atingidas, é a chave para um projeto urbano efetivo e de qualidade.

A questão da moradia improvisada nas cidades brasileiras é um problema extremamente sério para os moradores e para a sociedade, pois expõe a realidade das desigualdades socioeconômicas, devendo ser encarada como política pública integrada à infraestrutura, saúde, educação, emprego e renda, assistência social, dentre outras. Aliás, neste momento atual de pandemia, estes entraves ficaram ainda mais evidentes, tornando a situação das famílias, que já sobrevivem em situação de insegurança habitacional e com baixos salários, ainda mais difícil.

Sem dúvida, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Sergipe destaca a relevância desta intervenção habitacional, de forma a garantir o pleno direito à moradia, à cidade e ao meio ambiente à essas centenas de famílias que lutam por um espaço digno em Aracaju, e que ocuparam esta área nos últimos 6 anos. A contraposição é referente à forma como a gestão conduziu o processo, sem discussão prévia do projeto com a comunidade afetada, sem cumprimento das normativas do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (Lei no 42/2000) e da Lei no 2.941/2001, quanto à obrigatoriedade de discussão desse tipo de projeto com diversas esferas da sociedade no Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (CONDURB), além do licenciamento ambiental e urbanístico do projeto nas instâncias necessárias. Assim, também destaca-se a necessidade de conhecimento dos projetos arquitetônicos e urbanísticos propostos, com implantação de infraestrutura, sobretudo esgotamento sanitário, drenagem, espaços públicos de lazer e recreação, formas de geração de renda para as famílias, preservação do meio ambiente, além da garantia da discussão com a comunidade, em especial referente à área das mangabeiras.

De fato, considerando que os mais vulneráveis são os que mais sofrem com a pandemia sugere-se, para este momento, a implementação de ações emergenciais que mitiguem o sofrimento dessas famílias, com a implantação de obras provisórias que atendam a vida coletiva – como pontos de lavagem de mãos, banheiros coletivos para melhorar as condições sanitárias, lavanderia comunitária para facilitar a higienização das roupas – e outras ações que atendam as prerrogativas dos direitos humanos e garantam a todos moradia digna, neste momento crítico.


Desde abril os empregados da Caixa estão na linha de frente do pagamento do auxílio emergencial, dos saques do FGTS e de outros benefícios, contemplando metade da população brasileira. Mesmo com todo empenho, que colocou em risco a saúde dos empregados, familiares e população atendida, o governo federal quer acabar com os direitos da categoria. Em reação a esse ataque, os trabalhadores do banco público podem deliberar na próxima semana greve por tempo indeterminado.

“A responsabilidade da greve dos empregados da Caixa e dos demais bancários é do governo Bolsonaro e dos bancos, que estão alinhados para rebaixar os nossos direitos. Nunca iniciamos uma campanha salarial com uma proposta tão rebaixada. Somente nossa organização e luta vai barrar os retrocessos que estão querendo nos impor. Não vamos aceitar nenhum direito a menos. Por isso, é fundamental o engajamento da categoria, acompanhando as informações divulgadas pelas entidades e participando das assembleias virtuais que vão ocorrer”, diz o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Sergio Takemoto.

Segundo o dirigente, na Caixa um dos principais ataques hoje é a tentativa de inviabilizar o plano de saúde dos empregados. A direção do banco está propondo alterações no modelo de custeio do Saúde Caixa que encarecem o custo para todos os seus usuários. “Em um momento que todos estamos preocupados com a assistência à saúde, o banco quer restringir o acesso a esse direito básico, sob a falsa alegação de que a intenção é manter a sustentabilidade do plano de saúde”, argumenta o presidente da Fenae.

Negociações

A categoria bancária está em negociação, visando a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), desde o início de agosto. As propostas apresentadas pelos bancos até agora implicam em retirada de conquistas históricas dos bancários. Os bancos propuseram reajuste zero, impondo uma perda de 2,65% nos salários; redução em até 48% a PLR; retirada da 13ª cesta alimentação; reduzir de 55% para 50% a gratificação de função e mexer nos direitos dos bancários que sofreram acidente de trabalho.

“É completamente inaceitável essa proposta. Quase 70% das categorias esse ano fecharam acordos que tiveram aumento real ou reposição da inflação. Estamos falando do setor que mais lucra no país e que não quer dar aumento, além de não garantir os empregos”, critica a presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários.

Conforme cálculos do Dieese, com as propostas apresentadas pela Federação dos Bancos (Fenaban) o salário médio do bancário teria uma perda anual de R$ 13.282,57, considerando as reduções da gratificação por função e da PLR, e retirada da 13ª cesta. A possibilidade de uma greve da categoria não está descartada, caso os bancos insistam na retirada de direitos e no reajuste salarial zero.

“Nossa expectativa é receber uma boa proposta, não como nos últimos dias. Os bancários não vão fechar acordo com retirada de direitos”, afirmou a presidenta da Contraf/CUT.

Lucro

Em 2019, o lucro dos cinco maiores bancos do país somou R$ 108 bilhões, com alta de 30,3% em doze meses. E mesmo em plena crise econômica, os bancos seguem lucrando alto. No primeiro semestre deste ano, o lucro dos quatro maiores – Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil – chegou a R$ 28,5 bilhões.

A Caixa ainda não divulgou o balanço do primeiro semestre de 2020, mas em 2019 o lucro do banco foi de R$ 21,057 bilhões, representando aumento em relação a 2018 de 103,4%. “É essa empresa rentável, que tem importante papel para economia e desenvolvimento social do País que o Pedro Guimarães, o ministro Paulo Guedes e o presidente Bolsonaro querem privatizar a todo custo”, alerta Sergio Takemoto.


PELO TWITTER

www.twitter.com/BernardoMF Da @LaerteCoutinho1


www.twitter.com/eduardoamorimse Tarantela é um daqueles políticos frustrados e falastrão porque nunca conseguiu ter mandato e o que fala e propõe é destruir a vida alheia. Lembra aquele vizinho invejoso e falastrão. Não me preocupo com o novo na política, porque o novo pode vir com defeito de fábrica no caráter

www.twitter.com/lumendes50 “Pastora evangélica mata o marido que era seu filho adotivo e ex namorado da sua filha.”

“Padre católico era extorquido por hacker que era seu amante.”

Ainda bem que eu vou pro inferno, imagina ir pro céu com essa gente.

www.twitter.com/GeorgMarques Até entre aliados do presidente a repercussão sobre os R$ 89 mil que Queiroz depositou na conta da Michelle indica que chegou a hora de apresentar uma explicação plausível para o dinheiro na conta da primeira-dama, sob pena de desgaste do discurso anticorrupção de Bolsonaro.

www.twitter.com/braynerr Só para saber: Por que Queiroz depositou R$ 89 mil na conta de Michelle Bolsonário? Seria alguma dívida? Alguma compra? Alguma caridade? Claro que isso precisa de explicação e não de porrada.


www.twitter.com/minc_rj Contra uma truculência vulgar do Insano Tirano, só mesmo um pouco de humor de uma boa tira de quadrinhos. Este ser desqualificado, inculto e grosseiro desonra o cargo que ocupa.



Siga Blog Cláudio Nunes:                                                                     

Instragram

 Facebook

 Twitter

 



Frase do Dia
“As más companhias são como um mercado de peixe; acabamos por nos acostumar ao mau cheiro.” Provérbio Chinês. 
https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2020-08/jovens-na-pandemia-com-a-forca-da-exortacao-do-papa-cristo-vive.html

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários