O PSDB E OS ATRITOS

0

O senador José Almeida Lima (PSDB) reuniu ontem jornalista para fazer alguns esclarecimentos sobre sua filiação na legenda e, ao mesmo tempo, encerrar as discussões que, naturalmente, tumultuam o ninho tucano. A entrevista foi dura e Almeida quis mostrar que todo esse episódio de autenticidade de filiação se tratava de “desinteligência, desinformação e má fé”. Explicou que a Justiça Eleitoral só tem conhecimento de filiados em legendas, duas vezes ao ano: “isso está na lei 9.096/95, em seu artigo 18”, mostrou e lembrou que a partir da Constituição de 1988 os partidos passaram a ter autonomia e fazem as filiações da forma como desejam os diretórios estadual e nacional. Almeida informou que o atual presidente regional do PSDB, deputado federal Bosco Costa, recebeu da Executiva Nacional ofício (número 106) comunicando a sua filiação e orientando, com base na lei, o que ele deveria fazer.

 

A ficha de filiação fora abonada pelo senador Arthur Virgílio e assinada pelo presidente do PSDB, senador Eduardo Azeredo. Ao expor esse registro, o senador Almeida Lima revelou que “não posso deixar de ver isso com má fé”. Quanto ao desconhecimento sobre a comunicação na Justiça Eleitoral, Almeida lembrou Bertolt Brecht, que fala em analfabetos políticos em uma de suas obras: “Prefiro dizer que existe político analfabeto”, alfinetou.

 

O senador Almeida Lima, de qualquer forma, já percebeu que a sua agenda em Sergipe, não está para esse tipo de discussão, porque desgasta e atrapalha o seu trabalho no Senado, que deve ser endereçada ao estado e em defesa do país. Ontem à noite ele deu um ponto final à discussão paroquial, que vem tumultuando o ninho tucano sergipano. Disse que “a partir de agora podem me chamar do que quiserem, que não respondo mais a ninguém”. Almeida Lima acrescentou que não vai se preocupar com quem ficar no PSDB, com quem sai, com adversários ou não. Adverte que a partir de agora a convivência política não será com ele, porque o partido terá agendas que obedecem as diretrizes traçadas pela sigla, que tem uma proposta clara de apresentar candidato a presidente da República e a governador de Estado.

 

Almeida Lima lembra que quem tiver com a disposição de levar o PSDB para ficar a reboque do Partido dos Trabalhadores, “não terá nenhuma guarida no ninho Tucano”. O senador disse que vai realizar um encontro nacional do PSDB em Aracaju, faltando definir apenas a data e garantiu que todas as lideranças do estado serão convidadas, como o ex-governador Albano Franco, o deputado federal Bosco Costa, os deputados estaduais Ulices Andrade e Jorge Araújo, e a prefeita de Itabaiana, Maria Mendonça, além de outros nomes importantes. A partir de agora o objetivo é trabalhar a grandiosidade do PSDB. Quanto ao comando da legenda em Sergipe a Direção Nacional é que vai tomar a decisão. Lembrou apenas que o PSDB tem um projeto partidário definido e sabe exatamente quem sabe executa-lo.

 

A posição de Almeida Lima, depois dessa entrevista, pode ser vista como um chamamento à conciliação. A disputa pelo comando partidário está se tornando uma coisa meio obsessiva, que não é bem vista pela sociedade. Quem acompanha a política sergipana está estarrecido com essa rachadura exposta que pode deteriorar uma legenda que passou oito anos no poder e, queira ou não, prestou um serviço ao estado e ao país, mas agora expõe uma ganância pelo comando, o que sempre é interpretada pela comunidade como egoísmo. O partido precisa se encontrar, voltar à unidade, procurar o caminho e, dentro de uma visão mais odienta, quem não se suportar terá que deixar o PSDB e seguir o melhor caminho de um entendimento político, que dê algum retorno à sociedade e se preocupe com os problemas do estado.

 

Um partido se faz com o contraditório enquanto discussão interna, mas tem que se tornar unanimidade depois de resolvido pela posição da maioria. Os tucanos precisam repensar e rever posições, para que não caia no descrédito de um eleitorado que carece de agrupamentos coesos e sérios para lutar por interesses comuns.

 

 

REUNIÃO

Aconteceu, quinta-feira, a primeira reunião, em Aracaju, de membros do PPS e PDT para uma aliança dos dois partidos, para cumprir uma decisão nacional. O secretário geral do PPS, Rubens Bueno, presidiu o encontro e mostrou que há necessidade da implantação urgente do planejamento estratégico do partido.

 

PAIXÃO

O presidente regional do PPS, deputado federal Ivan Paixão, já marcou uma reunião para segunda-feira, às 18 horas, na sede do partido. O objetivo é iniciar o planejamento estratégico do partido, que visa mobilizar seus filiados para a escolha dos candidatos de 2006.

 

RECADASTRA

O PPS também vai iniciar um amplo recadastramento dos filiados, para saber como está o partido em Sergipe. Esse trabalho vai ser feito em todos os municípios, com o objetivo de avaliar a força eleitoral da legenda e se preparar para 2006.

 

REELEIÇÃO

Durante o encontro de quinta-feira passada, o deputado Ivan Paixão já deixou claro que o compromisso do PPS, em 2006, é com a reeleição do governador João Alves Filho (PFL). Alegou que o partido tem a vice-governadoria e manterá o apoio a João, já que continuam coligados. Paixão reconhece que com a reforma, muita coisa pode mudar.

 

RECIFE

O governador João Alves Filho aceitou o convite do presidente da Câmara Federal, Severino Cavalcanti, e viajou a Recife para participar da solenidade que lhe foi prestada pelo governador de Pernambuco, no Clube Internacional. Com João viajaram os deputados Mendonça Prado (PFL), Ivan Paixão, Venâncio Fonseca (PP) e Cleonâncio Fonseca (PP). Retornaram à noite.

 

FONTES

O deputado federal João Fontes (PDT) já reservou a Assembléia para uma reunião com a cúpula do PDT e PPS, em Sergipe. Já está confirmada a vinda dos presidentes nacionais dos dois partidos e de parlamentares federais e estaduais. Acontecerá no dia 29 de abril.

SÉRGIO

O vereador Sérgio Góes (PL) não descolou do secretário das Finanças, Nilson Lima, em Brasília, durante a solenidade que homenageou os melhores prefeitos, entre eles Marcelo Déda. Sérgio passou a tratar Nilson por “meu deputado federal” O secretário realmente vai disputar uma vaga na Assembléia Legislativa.

 

CÂMARA

Na opinião de alguns vereadores, o prefeito Marcelo Déda não enviará para a Câmara Municipal nenhum projeto que seja polêmico. Candidato a governador, como observou um vereador, o prefeito vai jogar leve com a Câmara, porque não deseja atingir sua imagem.

 

FÁBIO

O vereador Fábio Henrique (PDT), que teve a maior votação em Aracaju, vai trocar de partido ainda este ano. Fábio recebeu convite para ingressar no Partido Verde e já está com um dos pés na nova legenda. Acha que se sairá melhor nos verdes para disputar uma vaga na Assembléia.

 

CONVERSA

Fábio Henrique disse que vai conversar com o presidente regional do PDT, João Fontes, para explicar sua decisão de ingressar em uma nova legenda. Ele deixa bem claro que está procurando espaço que lhe dê melhor alternativa para 2006. Considera, também, que o PV tem uma linha de independência.

 

BENEDITO

O presidente regional do PMDB, Benedito Figueiredo, disse ontem que está aberto a novas filiações e acha que o partido vai crescer, “afinal estamos trabalhando para isso”. Em dezembro, Benedito Figueiredo não disputa a Presidência do partido (já foi reeleito) que deverá passar para o deputado federal Jorge Alberto.

 

CANDIDATO

Benedito Figueiredo já anunciou que se o PMDB apresentar candidato a presidente da República, “vou disputar o Governo do Estado”. Benedito deixa claro que a sua posição de disputar o Governo é pelo partido, porque o melhor seria candidatar-se a deputado estadual.

 

PARTICIPAÇÃO

Repercutiu, nos meios políticos, a aparição do ex-governador Albano Franco (PSDB), no programa do PSB, a convite do senador Valadares. Segundo um deputado, isso é o primeiro sinal e que os dois estão se entendendo muito bem e terão posição única no pleito de 2006.

 

Notas

 

ITABAIANA

Um médio comerciante de Itabaiana reconheceu, ontem, que “não existe no Brasil um melhor prefeito do que Luciano Bispo (PMDB) para o povo”. Acha que Luciano foi traído pelos Donas e que hoje passa dificuldade: “para fazer o mercadinho toda a semana é preciso que alguém ajude”, exagerou. Sem participar de política, o comerciante disse que mesmo com “os salários dos servidores atrasados três meses e devendo a fornecedores, Luciano perdeu por pouco mais de 1.200 votos. Sinal de que o povo gosta dele”.

 

NEGROS

O juiz federal Ricardo César, de Sergipe, proferiu sentença afastando do Sistema de Cotas os negros estabelecidos no Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior. O sistema de cotas para negros, seja qual for o seu objetivo, só serve para estimular uma cisão social trazida do passado, com atores invertidos. Segundo o juiz, “o brasileiro é um dos poucos, talvez o único povo no mundo capaz de enxergar a beleza de cada raça, até porque nenhum brasileiro tem condição de afirmar, com segurança, a que raça pertence”.

 

INCÊNDIO

Praticamente debelado, o incêndio da Serra de Itabaiana chegou a ameaçar o conhecido Parque dos Gaviões, uma das maiores áreas de aves silvestres do Brasil. Os últimos focos de incêndio estavam na Serra Comprida, já no município de Areia Branca, e ontem se via pequenas chamas, que estavam sob controle. Segmentos vinculados ao meio ambiente estão analisando os prejuízos causados pelo incêndio e se preparam para estudar uma forma de evitar que o fato se repita. O incêndio na serra influenciou para o calor na região.

 

É fogo

 

Caso não chova nos próximos dias, serão tomadas novas medidas para o racionamento de água nos bairros de Aracaju.

 

O deputado Francisco Gualberto (PT) foi convocado para intermediar, junto ao prefeito Marcelo Déda, um encontro com os representantes da indústria da construção.

 

O deputado Luiz Garibalde disse que muitos empresários da construção civil podem desaparecer se estado e prefeitura não ajudarem, oferecendo obras.

 

O Ministério Público deu um prazo de 30 dias para a prefeita de Itabaiana, Maria Mendonça (PSDB), resolver o problema da lixeira.

 

A prefeita Maria Mendonça considera impossível resolver isso em curto prazo, porque a lixeira também serve a municípios próximos.

 

O deputado federal João Fontes está animado com o seu trabalho de expansão do PDT em Sergipe. Tem trabalhado muito.

 

A Executiva Nacional do PDT já comunicou ao TRE que João Fontes integra a legenda e é o presidente da Comissão Provisória.

 

Os suplentes de vereador estão intensificando o movimento para derrubar a resolução que reduziu as bancadas nas Câmaras Municipais.

 

A Petrobrás contraiu um empréstimo de 910 milhões de dólares para financiar a construção de sistemas de armazenamento e transporte de até 630 mil barris de petróleo.

 

O prazo para declara o imposto de renda, pra pessoas físicas, termina no dia 29 de abril. A restituição será feita para quem declarar primeiro.

 

O presidente Lula da Silva ainda não definiu uma data para fazer o anuncio dos novos nomes que integrarão seu governo.

 

Lula disse que a reforma será feita sem nenhuma pressão, sem nenhuma pressa e será produtiva para a sociedade brasileira.


brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários