O SAP e a cana de açúcar

0

É o que vejo enquanto me encaminho para mais uma semana de trabalho na cidade Sud Menucci. Já ouviu falar? A primeira vez que escutei falar dessa pequena cidade foi em 2005, no CONIP (Congresso Nacional de Informática Pública). O que estava fazendo uma cidade com apenas 2500 habitantes na palestra principal do evento? Sud Menucci foi a primeira cidade a colocar rede wirelless disponível gratuitamente para toda a população. Muitos dirão que a cidade é pequena e que somente por isso é que conseguiu fazer. É provável, mas 3 anos depois apenas umas poucas cidades seguiram o exemplo de Sud Menucci.

A cidade fica a 600 km da capital paulista. É realmente muito longe. Saio de São Paulo as 07:00 e só chego por volta do meio dia. Pego um vôo a São José do Rio Preto e depois mais duas horas de carro. O cliente é uma usina que produz álcool (mas agora a moda é chamar de bio-combustível) e o projeto é o desenvolvimento de uma aplicação de Modelo de Gestão. A plataforma utilizada se chama SAP Netweaver, que é toda construída sobre JEE (Java Enterprise Edition), com um conjunto de ferramentas, como o Developer Studio, que nada mais é o Eclipse com vários plugins da própria SAP. Projeto interessante, muito crescimento profissional. Se soubesse como funcionavam os projetos da SAP teria entrado nesse mundo antes.

Alguns amigos e ex-alunos meus me perguntaram o que recomendaria para o futuro nas suas carreiras. Sem pestajenar eu indico o mundo SAP. É um mundo bem diferente para quem está acostumado a fazer aplicações mais simples. Tem de tudo um pouco. Para quem gosta de trabalhar com infra-estrutura existem profissionais que se chamam Basis, que precisam entender como é funcionamento da plataforma, conhecer banco de dados, redes e, é claro, os produtos da SAP, como o WebAS (servidor de aplicação), xMII, entre outros.

Para quem não gosta de desenvolver programas tem os profissionais chamados Funcionais. Eles são analistas de negócios, podendo ser formados em Ciência da Computação (ou afins) ou não. Os Funcionais precisam conhecer como funcionam os diversos módulos da SAP. Para ter uma idéia da complexidade, a SAP oferece cursos (bastante caros) para os módulos e o profissionais pode se certificar em cada um deles. O mundo é tão grande que os Funcionais são conhecidos pelo que conhecem: fulano é FI (Financeiro), beltrano é CO (custos) e assim por diante.

Finalmente tem a opção para quem gosta de desenvolvimento. Na verdade, o mundo SAP foi desenvolvido em torno de uma linguagem de programação proprietária chamada ABAP. Existem muitos prós e contras em desenvolver uma linguagem própria, mas de alguns anos a SAP decidiu (corretamente) por seguir o mundo Java e hoje é possível fazer aplicações que rodem na plataforma SAP Netweaver desenvolvidas em Java. Com Web Dynpro é possível criar aplicações baseadas em Java rapidamente (mesmo), com persistência e usando o padrão MVC. É realmente uma ferramenta muito boa. Além disso, tem toda a parte que a SAP chama de BW, que é o que chamamos de Data Warehouse. É uma área tão forte da SAP que recentemente adquiriu a empresa Business Object, uma gigante no mundo do DW.

O que tinha dito sobre SAP para alguns amigos meus estou compartilhando com todos vocês. Entretanto, tem um detalhe importante nessa estória toda: SAP é bem caro e isto é um limitador para muitas empresas, ou seja, olhando o mercado de Sergipe vemos que a oportunidades no nosso Estado serão sempre bem pequenas. As chances mesmo estão nos grandes centros.

Muita gente vai estranhar ao ver que estou no Brasil, pois eu estava morando no exterior. Esse é outro problema (para alguns) do SAP, estar sempre viajando. Tenho alguns novos amigos que passaram os últimos anos dando a volta ao mundo. Para quem tem vontade de trabalhar nesse ritmo acho que é uma das poucas plataformas que permite fazer isso.

Até a próxima semana!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais