Olhar fixo nas eleições

0

Engana-se quem pensa que a classe política, em sua grande maioria, está muito preocupada com a pandemia da Covid-19. Claro, que todos lamentam as mortes provocadas pela doença, porém a preocupação deles é mesmo com as eleições deste ano. Político é bicho movido por voto e não seria diferente num ano de campanha eleitoral. Mesmo quem não será candidato agora em 2020 vai trabalhar para eleger prefeitos e vereadores, que votarão neles em 2022. Basta observar os discursos e entrevistas: quando não falam abertamente sobre as pré-candidaturas de suas preferências, criticam os adversários, visando desgastá-los junto ao eleitorado. Portanto, não pense que problemas como a Covid-19 têm tirado o sono da classe política. A doença os preocupa, mas unicamente pelo fato de poder inviabilizar as eleições. Na verdade, os políticos estão rezando que a pandemia seja vencida o quanto antes para que eles possam ir às ruas conquistar os votos dos ingênuos, com avelha promessa de que depois das eleições tudo será diferente e bem melhor. Pra eles, é claro. Desconjuro!

Fake News na pauta

De autoria do senador Alessandro Vieira (Cidadania), o Projeto de Lei contra fake news deverá ser votado na próxima semana. A expectativa é que o relator da matéria, senador Angelo Coronel (PSD-BA), apresentar o texto substitutivo ainda nesta sexta-feira. Apesar de ser vinculado as notícias falsas, a propositura do cidadanista não trata de forma específica a respeito do tema, ou sobre o contexto de liberdade de expressão. Na verdade, cria regras para que serviços e provedores na internet proíbam a ação de contas automatizadas, os robôs, e a criação de perfis falsos. Vixe!

Sob nova direção

O Banco do Estado de Sergipe já tem novo presidente: é Helom Oliveira da Silva. Ele substituiu interinamente Fernando Mota, que deixou o cargo alegando pretender encerrar suas atividades no serviço público. O futuro presidente efetivo do Banese será Ademário Alves, que aguarda a aprovação de seu nome pelo Banco Central. Ele já foi secretário estadual da Fazenda e atualmente é superintendente executivo da Secretaria Geral de Governo. O interino Helom Oliveira da Silva é, de fato, diretor de Finanças, Controles e Relações com Investidores. Boa sorte!

Terrível liderança

Sergipe tem a maior taxa de RT-PCR (1,98) do Brasil, o que significa que a pandemia está em franca expansão. Para chegar ao grau de infecção pela Covid-19 os pesquisadores consideram o RT-PCR, que mede a taxa de retransmissão do vírus. Quando ela está abaixo de 1, significa que a média de pessoas contaminadas por um infectado está abaixo de uma, o que indica uma redução no ritmo da epidemia. Mesmo com a taxa de RT-PCR tão elevada, a economia de Sergipe já começou a ser reaberta gradativamente. Ó Céus!

Luto

Vítima de coronavírus, morreu, ontem, o empresário e radialista Ederaldo Pereira Bonfim, mais conhecido por “Barreto Colchões”. Pai do também radialista Ferreira Filho, ele estava internado na UTI há mais de um mês. O sepultamento será realizado nesta sexta-feira, no Cemitério Santa Izabel, em Aracaju. Por conta das medidas de distanciamento social, o velório e o enterro serão reservados aos familiares e pessoas bastante próximas. Plagiando Machado de Assis, que a terra lhe seja leve, amigo!

Medida absurda

E o deputado federal João Daniel (PT) quer sustar a portaria que acaba com o sistema de cotas raciais para o ingresso na pós-graduação. Assinada pelo mentecapito Abraham Weintraub, antes de deixar o Ministério da Educação, a portaria é um retrocesso nas políticas de ações afirmativas. João Daniel está defendendo o retorno da portaria anterior que garante a inclusão de negros, indígenas e pessoas com deficiência na pós-graduação. Certíssimo!

Apelo de JB

Cumprindo rígida quarentena nesta época de pandemia, o ex-governador Jackson Barreto (MDB) lamenta o grande número de vítimas da Covid-19 em Sergipe. Segundo ele, a incompreensão de parte da população tem contribuído para o crescimento de sergipanos infectados e mortos pelo coronavírus. Após alertar que as vagas na rede hospitalar estão cada dia mais escassas, Jackson faz um apelo dramático: “Fiquem em casa, respeitem o isolamento social pelo amor de Deus”. Aff Maria!

Critica anônima

Adversários do isolamento social espalharam outdoors por Aracaju informando o número de desempregados no estado desde o início da pandemia. Apócrifas, as peças publicitárias anunciam que 14.181 sergipanos já perderam os empregos. Está claro o objetivo de criticar os decretos do governo imponto a quarentena em Sergipe. Lamenta-se, porém, a covardia dos responsáveis pelos outdoors, que não tiveram coragem de assumir seus pontos de vista. Homem, vôte!

Defesa do Cirurgia

E quem esteve com o governador Belivaldo Chagas (PSD), foi o ex-senador Eduardo Amorim (PSDB). Foi tratar sobre as emendas federais destinadas ao Hospital de Cirurgia via governo estadual. O tucano solicitou a liberação imediata de todas as emendas apresentadas pelos parlamentares federais para aquela unidade hospitalar, “inclusive uma de R$ 500 mil que encaminhei quando era senador”. Amorim deixou a audiência satisfeito porque o governador deu o sinal verde para a liberação da grama, o que significa dizer que, em breve, os recursos devem entrar na conta do Cirurgia. Legal!

Sem golpe

Diferente dos brasileiros que temem um golpe militar a qualquer momento, o ex-deputado federal Mendonça Prado (DEM) jura de pés juntos que a democracia no país está consolidada. Segundo ele, as instituições estão tendo total liberdade para desenvolver as suas atividades, não havendo, portanto, qualquer possibilidade de ruptura democrática. Mendoncinha, que é oficial da reserva do Exército, garante que “falar em golpe é infantilidade”. Marminino!

Recorte de jornal

Publicado no jornal laranjeirense O Horizonte, em 22 de novembro de 1885

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários