ONDE ESTÁ A POLÍCIA?

0

O colunista social Luiz Mendonça Barreto, sobrinho do secretário de Segurança, Luiz Mendonça, teve a sua casa, na praia de Atalaia, invadida por seis homens bem vestidos – um deles inclusive com gravata – e levaram jóias, carteiras, celulares, dinheiro e aparelhos eletrônicos. Aconteceu na sexta-feira, quando Luiz Mendonça (o sobrinho) oferecia um jantar a convidados de fora, inclusive um desembargador do Rio Grande do Norte e a mulher, funcionária do Tribunal de Contas daquele Estado, que foram trancafiados em um quarto. Os seis homens portavam até metralhadoras e chegaram com pouca conversa, humilhando todos que estavam na casa, além de deixarem o vigilante e a empregada doméstica completamente nus. Os assaltantes atenderam ao conselho do irmão de Luiz e levaram tudo que conseguiram extrair de sua casa em uma camioneta Hillux, que disparou o alarme dois quilômetros depois, em frente ao acarajé da Rita.

Os marginais saltaram e correram pela Coroa do Meio, levando apenas os pertences pessoais dos convidados do jornalista. A polícia foi acionada depois disso, mas não conseguiu prender os assaltantes. Luiz Mendonça estava oferecendo um jantar a convidados especiais, incluindo funcionários, que vieram de outros estados participar do casamento de sua sobrinha, ocorrido no dia seguinte, na igreja Nossa Senhora do Carmo, no bairro Suissa. O ambiente foi muito triste, porque a receptividade dos ladrões estragou a tradicional hospitalidade da gente sergipana. Uma cunhada de Luiz Mendonça escapou ao assalto, porque conseguiu entrar em um apartamento construído nos fundos e ficar recolhida, em silêncio. É de se imaginar a impressão que o desembargador levou de uma cidade conhecida por sua tranqüilidade, mas que nos últimos dias está entregue a uma quadrilha que age utilizando motos ou a grupos bem organizados que invade residências em festa ou bares e restaurantes, para saquear as pessoas que está nestes ambientes.

A filha de um prefeito importante, que é médica e faz residência em Ribeirão Preto, chegou a Aracaju para o casamento, ocorrido no sábado à noite. Foi assaltada no mesmo dia, no início da tarde, quando saia de um salão de beleza. Perdeu o celular e algum dinheiro. Está em São Paulo há seis anos e nunca esteve sequer sob suspeita de assalto e só teve a terrível experiência, quando retornou à sua cidade. Casos como estes estão acontecendo diariamente. São contados com detalhes pela imprensa e a comunidade não sente qualquer tipo de reação dos órgãos de segurança, para que fique aliviada desse momento de tensão que as famílias passam. Algumas pessoas que abandonaram as armas, voltaram a usar revólveres e já se ouviu pessoas que trabalharam para o desarmamento um tanto arrependidas, porque hoje os bandidos sabem que boa parte da sociedade anda desarmada, até mesmo em suas casas.

O caso lamentável do seqüestro da promotora continua repercutindo em toda a cidade. Um promotor amigo seu disse que “ela teve sorte dos bandidos não saber de sua atuação no Ministério Público, porque poderiam até agir de forma mais violenta”. Esse promotor está aconselhando a amigos que não saiam de casa, evitem fazer o mesmo percurso e não parem em sinais de trânsito, principalmente depois das sete horas. Diz também que todos devem ficar atentos a qualquer dupla de motoqueiros que encostar ao lado, porque podem ser assaltantes. Alguma coisa está acontecendo com o policiamento da capital e há informação que a Polícia Civil cruzou os braços. Tem até delegado com medo e ninguém pode viver numa cidade tradicionalmente pacata como Aracaju, com o mesmo trauma de quem mora no Rio de Janeiro. É preciso urgentemente uma interferência na Polícia, uma ação que volte a tranqüilizar a sociedade, hoje receosa de colocar a cabeça do lado de fora.

Sábado à noite um médico influente disse para uma ilustre figura da polícia: “vocês sabem quem está por trás disso, porque a coisa anda muito fácil para os assaltantes”. Insinuou que certamente “tem no meio alguns maus policiais”. Não dá para esperar que alguma coisa pior aconteça: ou se inibe a ação marginal ou todos vão ter que lamentar alguns corpos rolados em locais desertos.

PAIXÃO
Até o momento o deputado federal Ivan Paixão (PSB) não foi informado de que retornaria a Sergipe para assumir uma pasta, como a Saúde, por exemplo. As informações são de que haverá mudanças nas áreas importantes do Governo, para que seja dado um toque político à administração estadual.

SEM POLÍTICA
Um parlamentar da base do governo informou que o governador João Alves Filho declarou que não pretende vincular à política secretarias como Educação e Saúde. Quer que sejam tratadas de uma forma administrativa sem objetivos eleitorais. Admite que as duas pastas devem se manter nas mãos de quem não deseja mandato.

SECRETARIA
Chega à Assembléia Legislativa a nova Secretaria de Desenvolvimento Metropolitano, que vai cuidar exclusivamente da grande Aracaju. Segundo informações de bastidores, o ex-prefeito de Pirambu, André Moura (PFL), fora convidado para ser seu titular, mas teria recusado.

ESCLARECE
O ex-prefeito de Pirambu, André Moura, disse que sabe da criação da Secretaria Metropolitana, mas informa que não recusou ser seu titular, “até mesmo porque não fui convidado”. André Moura acrescenta que o governador João Alves Filho ainda não lhe ofereceu nenhuma pasta, embora já tenha dito que a que lhe será oferecida dificilmente ele recusará.

QUER MUDAR
O filho de uma reconhecida liderança de uma grande cidade do interior do estado trabalha para que o grupo político a que pertence comece a apoiar o governador João Alves Filho. A visão é política e também de interesses municipais. Algumas conversas já aconteceram, mas não há sinais de concretização.

OPOSIÇÃO
Os deputados da oposição se mantiveram, ontem, em silêncio sobre o episódio na Assembléia Legislativa que envolveu o empresário Luciano Barreto. Hoje, entretanto, antes da sessão, haverá uma reunião de deputados da oposição para lamentar o fato que ocorreu com Luciano. O pessoal vem quente.

RESPOSTA
Desde ontem que os deputados vinculados ao governo estão afiados para a resposta ao discurso oposicionista e o silêncio chegou a frustrar. Caso a oposição ataque hoje, a situação vai tentar aprovar uma moção de apoio ao gesto do presidente da Casa, Antônio Passos.

HELENO
O deputado federal Heleno Silva (PL) admitiu, ontem, que o ex-governador Albano Franco (PSDB) fortaleceria a legenda caso ele se filiasse com o seu grupo. Acha que Albano deve vir sabendo onde quer chegar e adverte que o Partido Liberal pretende uma vaga na chapa majoritária.

ESTADUAL
Heleno Silva diz, também, que o ex-governador Albano Franco tem que fazer filiação através do Diretório Regional. Acha que se Albano vier por cima, pode provocar alguns problema, porque pode ser considerada uma imposição do Diretório Nacional.

SUPLENTES
O ministro Celso de Melo, do STF, já enviou a DIM que revoga a resolução que derruba o número de vereadores, para parece do procurado geral da República. Sinal de que a ação está tramitando com rapidez no Supremo e que deve ser colocada em pauta dentro de mais alguns dias.

ADVOGADO

O suplente Fabrício Cardoso está trazendo a Aracaju o advogado Evanildes Morais, de Goiás, que já conseguiu empossar vários excedentes em alguns estados.Morais fará representação ao presidente das Câmaras Municipais, solicitando que eles dêem posse aos suplentes. Caso não seja atendido, entra com mandado de segurança.

CÂMARA
As câmeras agora devem se voltar para a Câmara Municipal: a vereadora Tânia Soares apresentou requerimento convocando o empresário Luciano Barreto para falar. Ontem, consultado por um dos vereadores, Luciano disse que se for convocado vai atender com tranqüilidade.

VENÂNCIO
O deputado Venâncio Fonseca (PP) confirmou que o seu partido está adotando uma posição de independência em relação ao governo federal. Disse que os progressistas devem lançar candidato a presidente da República, mas que em Sergipe o PP fará composição com o governador João Alves Filho.

PJ-010
Que importância terá o jovem que um Honda Civic, placa PJ-010, o apanha na esquina das ruas Siriri e Própria, próxima ao seu colégio? É que ele chega e fica de pé próximo à porta traseira. Só entra se o motorista for até lá e abri-la. A cena se repete todos os dias e já foi filmada.

Notas

PRÓSTATA
As Secretarias estaduais e municipais de Saúde poderão firmar parcerias, no âmbito do Programa Nacional de Controle do Câncer da Próstata, para colocar à disposição da população masculina acima de 50 anos exames para a detecção precoce do câncer de próstata. O projeto é do senador Valadares. A proposta assegura que o controle seja feito com base em ações educativas “alertando sobre os sinais iniciais da doença, de forma a estimular os homens a procurar uma unidade de saúde tão logo sejam notados”.

FAROESTE
O e-mail chega dos EUA: “Essa cidade está pior que as de filme de faroeste americano, é de arrepiar! É verdade que quem é pego fumando um cigarrinho de maconha vai preso? Desde quando? Que nada, rapaz, a lei jamais será aplicada em sua amplitude, porque as leis do nosso país tendem a proteger o bandido”. E continua: “Minha vergonha e desapontamento de ser brasileira são enormes, não pelo meu país, que sempre tive orgulho, mas pelos poderes. Diz que graças a Deus fez uma opção pelos Estados Unidos”.

CHIQUINHO
O radialista Francisco Ferreira (Chiquinho) não retorna à Comunicação Social como secretário adjunto. Desde sexta-feira que mandou tirar todos os seus pertences e objetos pessoais que estavam no gabinete e vai esperar até amanhã para ser comunicado de alguma coisa. A partir daí toma uma decisão. Chiquinho disse que recebeu convite para assumir o cargo e gostaria de ter sido comunicado das mudanças antes. No dia da posse de Batalha na Aperipê e César Gama na Comunicação, ele estava viajando.

É fogo

O ex-governador Albano Franco (PSDB) está conversando com seus aliados para tomar uma posição política.

Setembro está se aproximando e as tendências vão se definindo, em razão do prazo para filiação.

O senador Almeida Lima (PSDB) tem se reunido, nos finais de semana, para tratar do fortalecimento do partido.

O pessoal que integra o grupo de Almeida Lima já está cansado de esperar por uma decisão da Executiva Nacional.

O governador João Alves Filho (PFL) está dando os primeiros sinais de que entrou para valer na organização política do seu bloco.

Setores da oposição estão começando a falar que não seria bem aceita a presença do ex-governador João Alves Filho.

A deputada estadual Ana Lúcia Menezes (PT) foi prestigiar a festa dos jornalistas oferecida pelo Banco do Brasil.

Todos os órgãos políticos estaduais e municipais sediados em território sergipano serão inspecionados por técnicos do Tribunal de Contas do Estado.

Estudo nacional da Serasa revela que a proporção de cheques devolvidos por falta de fundos aumentou no mês de fevereiro.

Dois vinhos brasileiros da Serra Gaúcha ganharam a grande medalha de ouro do concurso mundial de vinhos de Bruxelas-2005.

A Varig recebeu mais de três propostas de grupos interessado em comprar a empresa. A informação é do presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, Graziela Baggio.

A Caixa Econômica atualizou a tabela de avaliação de jóias no setor de penhora, o que melhora o nível de empréstimo.

brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários