Orla de Atalaia invadida por crianças mendigando no fim de semana.

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

A orla de Atalaia, em Aracaju, está sendo invadida por crianças e adolescentes mendigando – principalmente da sexta até o domingo – e as autoridades não fazem nada.

Elas usam a desculpa de vender balas ou então fazer figuras com palhas de coqueiro e chegam com a fala mansa, quando a pessoa diz não, pede dinheiro para ajudar a comer.

As fotos ao lado são de duas crianças que estavam “vendendo” balas e andam agora com bornais nas costas. Parece que todas são comandadas pela mesma pessoa. Não são crianças e adolescentes que moram nas ruas ou abandonadas. São crianças que certamente são exploradas por seus pais ou parentes.

O município não tem políticas públicas de proteção à criança e não cumpre a legislação. E o juizado de menores ainda existe? E os conselhos tutelares? A percepção é clara: o número de crianças nas ruas aumentou muito em Aracaju.

Crianças e adolescentes no trabalho infantil, mendicância e risco social nas ruas de Aracaju. Além de uma falta de respeito com o cidadão aracajuano que paga seus impostos é um péssimo cartão postal para os turistas. Lamentável!

 

Bancada Federal: Sergipe parece que perdeu dois federais Analisando os primeiros meses de mandato da atual bancada federal de Sergipe, composta (no papel) de 8 deputados federais e 3 senadores, se percebe que a bancada perdeu dois parlamentares: o 90 e o Ribeiro. Um cuida de motoristas em São Paulo onde é sindicalista. O outro, o Ribeiro, cuida da Prefeitura de Lagarto cuja esposa assumiu o comando recentemente. E Sergipe tem problemas na BR-101 que nunca acaba a duplicação, Rio São Francisco, Rio Sergipe, Fafen e muitos outros. Uma lástima. E os três senadores? Se aquiete caro leitor é assunto para outras notas.                   

Loterias da Caixa: MP do TCU pede que sejam investigadas possíveis irregularidades Deu no Valor: O Ministério Público do TCU pediu que o órgão investigue supostas irregularidades no serviço de exploração de loteria prestado pela Caixa. Segundo o MP, falta transparência, o que pode levar ao descrédito do banco. Na representação, o subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado diz que a instituição não é clara sobre os mecanismos de controle dos sorteios nem sobre a aplicação social dos recursos arrecadados com as apostas. A Caixa afirmou que ainda não foi notificada sobre a representação.

Nepotismo cruzado de quem deveria fiscalizar E o blog foi informado que uma denúncia em nível nacional envolverá um gestor público e uma autoridade que deveria fiscalizar. Desde o ano passado o filho do gestor foi nomeado pela autoridade como assessor técnico com o salário de R$ 10 mil. E em troca a autoridade indicou gente na administração do gestor. A denúncia está recheada e vai mexer com os labirintos dos “podres poderes” de Sergipe.

Cohidro: diretor que foi preso na Operação Xeque Mate será exonerado E o blog foi informado pela assessoria da Cohidro que o diretor administrativo e financeiro, Diogo Machado, encontra-se de férias e por isso ainda não fo exonerado. A exoneração sairá assim que as férias acabar. Diogo foi preso na Operação Xeque Mate, do Gaeco e da Deotap, que apura improbidades administrativas na gestão dele quando prefeito de Carira. Ele já está solto.

ICMS do gás de cozinha e do diesel E o governador Belivaldo Chagas está de parabéns por reduzir o ICMS do gás de cozinha e do diesel. O gás já baixou e o diesel deve baixar nos próximos dias. O caminho é este…

Ninguém é contra a corrida de ruas. Apenas é preciso ouvir e informar os comerciantes que se sentem prejudicados por conta do dia e horário Na última sexta-feira, 14, por conta da solicitação de donos de bares da Aruana e parte da Sarney, que estão pedindo a intervenção jurídica da associação, o blog questionou a corrida que será realizada no dia 22 de setembro, um domingo pela manhã na Orla de Aracaju. O questionamento não é contra a corrida, mas o dia de domingo, o local e o horário. O blog deu voz aos donos de bares que estão preocupados com os prejuízos neste momento de crise. Nem mesmo um comunicado sobre o fechamento da via eles recebem. E o direito de ir e vir de todos, principalmente dos trabalhadores da região que usam transporte urbano? Qual o motivo para não realizar a corrida no fim da rodovia Sarney onde não tem bares?

Nenhum direito a mais, apenas os mesmos direitos O titular deste espaço já correu, pratica esportes, mas sempre pensa no próximo: será que estou empatando o dia a dia de alguém? O problema é muita gente só pensa no “seu umbigo.” Aliás, seria bom também que a voz crítica de alguns se levantasse também em defesa da inclusão social pelo esporte defendendo que as corridas fossem gratuitas já que utilizam o espaço público. Olha aí uma luta válida.

Senador Alessandro sobre decreto de armas: “Tenho um posicionamento consciente e técnico” Com o objetivo de ouvir a população sobre o tema da flexibilização do acesso às armas no Brasil, o senador Alessandro Vieira realizou uma live em suas redes sociais na sexta-feira, 14. O debate divide opiniões e contou com a participação de cerca de 8 mil usuários das plataformas digitais. Na oportunidade, o senador sergipano falou sobre seu posicionamento com relação aos decretos presidenciais que expandiram o porte de armas de fogo no país.

Suspensão do decreto Delegado da Polícia Civil de Sergipe há quase 20 anos, Alessandro votou a favor da suspensão do Decreto 9.785/2019, editado pelo presidente Jair Bolsonaro em maio deste ano, em votação realizada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado na última quarta-feira, 12. No entanto, o senador sergipano afirma defender a flexibilização da legislação que trata da comercialização, registro, posse e porte de arma de fogo, mas de uma forma consciente e técnica.

Falhas formais “A suspensão é consequência de falhas formais. Os decretos ferem a constituição por invadir competência do Congresso. Mas no mérito, o desordenamento que está sendo promovido, a desregulamentação excessiva, a concessão de calibres muito altos e quantidades muito grandes de munições, só ajuda ao fabricante de arma. Pessoas comuns não se beneficiarão deste excesso em circulação”, destacou.

Audiência pública Com o propósito de instruir o Projeto de Lei de sua autoria, sobre a comercialização, registro, posse e porte de armas de fogo, Alessandro Vieira apresentou requerimento de audiência pública. Ele quer debater o tema com os principais representantes da área de Segurança Pública e interessados no tema em todo o país. “Vamos ouvir sociedade, polícia, exército, caçadores, atiradores e colecionadores para se chegar a uma definição técnica sobre o assunto. A diferença entre o veneno e o remédio é a quantidade”, pontuou Alessandro. O debate sobre a flexibilização do Estatuto do Desarmamento deverá ser o primeiro item da pauta na ordem do dia de terça-feira, 18, no Plenário do Senado.

SPU e entidades empresariais vão alinhar ações A convite da Superintendência Estadual do Patrimônio da União em Sergipe, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE) e do Conselho Deliberativo do SEBRAE-SE, Marco Aurélio Pinheiro, juntamente Maurício Vasconcelos, vice-presidente da ACESE, Brenno Barreto, presidente da CDL-Aracaju, Paulo do Eirado, superintendente do SEBRAE-SE, se reuniram com a Superintendente Estadual do Patrimônio da União, Jovanka Carvalho, na última quinta-feira, 13.

Parceria duradoura Segundo o presidente da ACESE, Marco Pinheiro, a reunião foi um primeiro passo para uma parceria duradoura. “O diálogo entre as entidades do setor produtivo e o poder público é a forma mais eficaz de se estabelecer uma política pública que tenha um retorno para a sociedade. Ficamos muito felizes com a receptividade na SPU e já com alguns encaminhamentos para os próximos encontros”, afirmou Pinheiro.

Feira de Sergipe Entre os assuntos debatidos na reunião, foi tratada a possibilidade de uma parceria para a realização da Feira de Sergipe. Segundo o superintendente do SEBRAE em Sergipe, Paulo do Eirado, a reunião pode definir uma parceria entre SPU e SEBRAE. “Foi uma reunião extremamente positiva pois houve um diálogo muito convergente entre a SPU e as entidades empresariais a fim de chegarmos a uma solução para a sessão do espaço da Orla de Aracaju”, explicou Eirado, explicando a importância da feira para os pequenos artesãos. A Feira é, atualmente, subsidiada pela autarquia. “Nós queremos a SPU como parceiro realizador da Feira de Sergipe, juntamente com SEBRAE, apresentando o serviço prestado pelo órgão”, complementou Eirado.

Aliança Francesa realiza 1ª Festa da Música em Aracaju Após o sucesso do Festival Varilux de Cinema Francês, a Aliança Francesa organiza pela primeira vez a Festa da Música, graças ao apoio da FUNCAJU. O evento, que é comemorado na França no dia 21 de junho, revela talentos da música bem como apresenta artistas já consagrados. Em Aracaju, a festa será realizada no dia 19 de junho, às 17h, na sede da Aliança Francesa e contará com a apresentação dos cantores que participaram do Festival da Canção Francesa 2018 tais como Amora Valente, Célia Gil, Cristhiane de Lis, Daniela de Hollanda, Jeca e Laércio Souza, que proporcionarão ao público um riquíssimo repertório franco-brasileiro. A Festa da Música contará ainda com a apresentação dos alunos da Aliança Francesa, entre os quais destaca-se a turma de crianças, que apresentará em coral o hino francês, a Marselhesa. O evento tem entrada franca e proporcionará ao público presente o sorteio de bolsas de estudos de francês. Acesse e participe: www.afaju.com.br.

 

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018                                                                                     

Alina Paim

 

Sergipanos esquecidos no labirinto do tempo Por Clóvis Barbosa: “ALINA PAIM, nascida em Estância, com obras traduzidas em vários idiomas. “Estrada da Liberdade”, “Simão Dias” e “A sombra do patriarca”, são alguns dos seus romances. 2019 é o ano do seu centenário. Nenhuma homenagem. Pobre Sergipe!”

Deu no que deu! De João Fontes: “Em entrevista à TVT, Lula afirmou que indicou Carlos Britto para ministro do STF a pedido de (Celso Antônio) Bandeira de Mello e Fábio Konder Comparato. O argumento é que Lula indicaria o primeiro ministro de esquerda do STF. Mais tarde, Lula foi alertado por Zé Eduardo e por Marcelo Deda que Carlos Britto era muito vaidoso. Se ele escrevesse um livro o título seria: “Eu me amo”. Deu no que deu!”

PCSE continua mobilizada: na quarta-feira, 19, ato será em frente ao Palácio dos Despachos O Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE) realiza na próxima quarta-feira, 19, a partir das 7h, em frente ao Palácio dos Despachos, um café da manhã com a categoria como forma de alertar o governador Belivaldo Chagas sobre as principais reivindicações dos profissionais que integram a base da Polícia Civil. Agentes, escrivães e agentes auxiliares estarão reunidos em nova mobilização para destacar problemas como a ausência de reposição inflacionária (concedida recentemente a outras categorias de servidores públicos); ausência de revisão salarial há mais de seis anos; bem como a não reestruturação dos cargos que integram a base da Polícia Civil. O Palácio dos Despachos do Governo de Sergipe fica na avenida Adélia Franco, 3305, bairro Grageru, Aracaju/SE.

 

Reunião ACI FM Na última segunda-feira, dia 10 de junho, ACI – Associação Comunitária Imprensa FM, reuniu a diretoria executiva e seu conselho comunitário, na pauta da reunião, os novos passos que serão dados pela instituição no ano 2019. A direção executiva representada pelo diretor geral Fernando Cabral, pelo tesoureiro Elton Ricarty e pelo diretor de tecnologia William Leal, o conselho comunitário pelos conselheiros, Ivânia Pereira do Sindicato dos Bancários, João Valmir de Souza da Federação dos Aposentados, José Alves da Asaprevi, Diego Michell do Centro Social e Cultural São João de Deus e Miguel Belarmino do Sintra. A reunião foi muito produtiva, e as perspectivas para o ano em curso, são as melhores possíveis, em um breve espaço de tempo, a região norte de Aracaju terá boas novidades para a população.

 

PELO E-MAIL E FACEBOOK

ARTIGO

A Nova Água Benta. por Antônio Samarone

A água benta é um dos sacramentais mais populares da igreja católica. A água benta era colocada nas entradas das igrejas para nos persignarmos, numa pia gótica, onde o cristão tinha acesso a duas ou três gotas, contadas, para fazer o sinal da cruz na testa. Eu pensava que vinha de Roma e que a água era benzida pelo Papa.

Mamãe sempre guardou um frasquinho com água benta em casa. Nunca se sabe, o satanás é traiçoeiro. Ela nunca revelou onde conseguia, era segredo.

A água benta simboliza o suor de Nosso Senhor Jesus Cristo no horto e o preciosíssimo sangue que molhou seu rosto, na agonia.

Para que serve a água benta?

Afugenta o satanás; apaga os pecados veniais; dissemina sombras, nuvens, fantasias e astúcias diabólicas; acaba com as distrações da oração; nos aproxima das graças do Espírito Santo; e nos Infunde a virtude da benção divina.

Ontem, na Colina de Santo Antônio, percebi uma grande mudança. O benzimento da água é feito ali mesmo, em grandes baldes plásticos. E a água benta passou a ser aspergida sobre os fiéis, com uma trincha, num barrufo santo.

Eu gostei, além das virtudes sacramentais, a água benta passou a refrescar o rebanho. Me aproximei para aproveitar os respingos. Pensei comigo, se duas gotas apagam os pecados veniais, imagine um banho, deve apagar até os pecados mortais. Percebi que os demônios saíram de perto.

ARTIGO

O Som da sanfona está no ar. As festas chegaram Por Bertulino Menezes.

A época é de sanfona, forró e muita comida gostosa. Sergipe está mobilizado para as festas juninas e a programação no Interior amarradinha, para manter a tradição e a celebração dos Santos.

Em Aracaju, ninguém quer se render às chuvas e inundações, mas a falta de dinheiro preocupa um pouco a administração. Por aqui, os festejos oficiais começam só a partir do dia 19. Mas, no Interior, há muita alegria rolando.

Tudo fica muito bonito nessa época. Ruas enfeitadas com bandeirolas, gente alegre e elegante circulando com botas e roupas marcadas por muitas cores e desenhos. É hora de ensaiar os passos e o requebrado, procurar as quadrilhas e curtir a sanfona e o forró. Ah, meu Deus, e quanta comida!! Milho, bolos, pipoca, paçoca, pé-de-moleque …

Saudade de Riachão, das bebidas quentes e do calorzinho gostoso das fogueiras acesas!! Santo Antônio, São João e São Pedro enfeitados para serem comemorados, e o sertanejo fazendo festa e agradecendo a chegada das chuvas e a boa colheita.

Tem época melhor? Festa, também, para o comércio. Lojistas felizes agradecendo as boas vendas, e até camisa xadrez faltando nas prateleiras; muito vestido rendado pelas ruas, sandálias de couro e chapéu de cangaceiro. Certeza de muita alegria para as costureiras, responsáveis pelo principal cenário da maior festa nordestina.

Fico empolgado e não paro de falar. Nem é bom pensar no Interior – a vontade é de visitar um por um dos municípios.

Bandas e muito forró em Socorro; os barcos de fogo e a guerra de espadas, em Estância; o tradicional bolo de macaxeira e as cavalgadas de Areia Branca e de todo o Interior; as tradições e a cachaça de Capela, mas não dá pra esquecer a Festa do Mastro. O São Pedro em Capela, com certeza, dá pra incluir como uma das mais fortes do Estado… Mas e Itabaiana, com seus vinhos e a contação de histórias? Não dá pra esquecer !! Sem falar do Santo Antônio, com a Festa dos Caminhoneiros.

É a alegria e o sorriso tomando conta de todo o Estado de Sergipe, nesse encontro de gente bonita e responsável pelo segundo maior movimento comercial do ano, perdendo só para o Natal. Mas, acima de tudo, permitindo a construção de uma sociedade mais feliz e humana.

A gente reza pra muita chuva regando as plantações, mas sempre com uma pausinha pras festas e as quadrilhas!!

Instragram: @bertulinomnz

 

PELO TWITTER

www.twitter.com/RicMarques_RM Sucesso sem trabalho tem prazo de validade.

www.twitter.com/FreiJoaoPaulo Nessa nova fase de vida uma mudança de hábito que eu demorei a aceitar: Troquei o sertanejo pelo forró. Aceito as pedradas.

www.twitter.com/MayuMatsunae Tomei a vacina e peguei gripe, mais alguém?

www.twitter.com/fernandoandre_ Reforma da Previdência sem Estados e Municípios: o setor privado ainda carrega nas costas o peso das privilegiadas aposentadorias de servidores públicos estaduais. Será que já se esqueceram daquilo que o Povo saiu às ruas para exigir no dia 26 de maio?

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“A humildade nada mais é do que é a caminhada para a verdade.” Santa Teresinha do Menino Jesus.

Comentários