Poço Redondo Um lugar tão, mas tão esquecido

0

 

 

O blog hoje publica um artigo do leitor Cícero Dantas de Oliveira, sobre Poço Redondo: Poço Redondo, uma cidade localizada no alto sertão de Sergipe, distante a 184 km da Capital Aracaju. Que, recentemente, vem sendo ainda mais esquecida pelos poderes públicos, até poucos dias atrás a Presidência do TJSE, enviou ao legislativo estadual um projeto de lei complementar propondo a extinção da Comarca, onde passaria Poço Redondo a ser Distrito Judiciário de Canindé de São Francisco, uma cidade com menor área territorial, menor população e menor eleitorado. Graças à Deus a população poçoredondense de forma organizada despertaram a atenção dos políticos que intervieram junto a Presidência do TJSE e esta decidiu retirar do projeto de lei o dispositivo que tratava da extinção da Comarca, foi comemorado pelos munícipes como uma grade vitória. Queria ainda mais aumentar a discriminação que existe com esse povo tão, mas tão sofrido.

 

Ao colocar-me a escrever essas singelas linhas, me faz recordar dos momentos em que estava com meu filho, um garotinho de apenas 04 anos de idade, que estando assistindo um desses filmes infantis “sherk”, que em certo momento dizia que ia a um “…reino tão, mas tão distante…”, com isso me fez recordar da produção de marketing do Governo do Estado, com o slogan Governo de Todos, que durante a inauguração da Rota do Sertão, que liga o Povoado Terra Dura no município de Ribeirópolis ao povoado Xingozinho que faz divisa do município de Canindé de São Francisco com o município baiano de Paulo Afonso, sendo merecedor de elogios e muitos agradecimentos, estando o Governador realmente de parabéns, sendo digno dos mais altos elogios, pois vivíamos maus dias com a situação intransitável da rodovia, que durante todos os governos anteriores apenas o faziam rejuvenescimento do asfalto. Porém, errou e errou feio, cometeu pecado capital com o povo de Poço Redondo, as placas indicativas mencionam o nome de todos os municípios, exceto o município de Poço Redondo. Em Ribeirópolis, existe uma placa com os nomes das cidades de Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora da Glória, Monte Alegre e Canindé; existe na cidade de Nossa Senhora da Glória uma placa com os nomes das cidades de Monte Alegre, Porto da Folha e Canindé, e em momento algum menciona o pacato e sofrido e agora esquecido município de Poço Redondo.

 

Também estando a assistir a produção de marketing do Governo do Estado, quero parabenizar o produtor, o pessoal da Secretaria de Comunicação Social, ficou realmente lindo o autor global Marcos Palmeira, com aquele vozeirão citando os pontos positivos desse Governo, muito lindo. Novamente, errou e pecou, pois quando fala da obra da Rota do Sertão, menciona os nomes de todos os municípios que compreende a Rota do Sertão, exceto o tão, mas tão esquecido município de Poço Redondo.

 

Será que o Senhor Governador esqueceu-se dos 6.564 votos que recebeu dos eleitores de Poço Redondo, o que correspondeu a 56,16% dos votos válidos? Será que é dessa forma que agradece a aprovação que tem da humilde e serena população poçoredondense? Quero crer e penso ser esse o pensamento de todos os que acreditaram em seu projeto de mudança, que não é dessa forma que seremos tratados pelo Governo de Todos.

 

Diante da situação exposta, que vem causando desconforto pelos poçoredondenses que quando estão a viajar pela brilhante Rota do Sertão ficam indignados ao perceber que foram esquecidos pelo o Governo de Todos, será que é de todos mesmos? Será que não é uma oligarquia disfarçada de democracia?

 

Convoco a todos os munícipes para nos levantar e dizer que também somos sujeitos de direitos e obrigações, e que somos parte integrante do Poder Constituinte Originário, alertar que somos os detentores do poder e que os políticos, apenas o exercem, e que 2010 está se aproximando. (Cícero Dantas de Oliveira -Licenciado em Matemática pela Universidade Tiradentes – Aracaju/SE. Acadêmico do Curso de Direito da Faculdade Pio Décimo em Aracaju/SE. E-mail: cicerodantaso@hotmail.com)

 

                                                                                                                                                                   

Café requentado

No evento do PSDB, realizado em Aracaju, os ex-governadores João Alves Filho e Albano Franco, respectivamente DEM e PSDB,  conversaram tomando um cafezinho, certamente pensando na aliança para 2010. Uma aliança que não é novidade e parece mais um café requentado por vários anos. Resta saber se neste período de renovação política os velhos caciques da política de Sergipe, conseguirão novas vitórias. A foto ao lado é de César de Oliveira.

 

                                                                                                                                                                   

Será um abraço de tamanduá?

Em outro momento do evento, também captado pelo repórter fotográfico César de Oliveira, João Alves e Albano Franco se cumprimentam com um abraço quase insosso. Pela cara dos dois parece mais aquela expressão popular do chamado “abraço de tamanduá”, animal que mata seus inimigos com um abraço forte de suas garras. No caso do bicho homem o abraço de tamanduá remete a muito mais…

 

 

                                                                                                                                                                

 

 

                                                                                                                                                                 

Meu candidato é outro…

Para variar, no evento, Albano Franco foi flagrado pela milésima vez boquejando. A foto de César de Oliveira remete a um ponto interessante: Albano estava do lado de Aécio, mas sua intenção, ou melhor, seu candidato a presidente da República pelo PSDB é outro, é José Serra, que chega neste sábado a Aracaju.

 

 

Bom Dia Sergipe: total desinformação

O apresentador do Bom Dia Sergipe, mostrou total desinformação ontem, 22, ao entrevistar o presidente da Câmara, Emanuel Nascimento. Cobrou do vereador a votação da revisão do Plano Diretor dizendo que o mesmo “estava deitando em berço esplêndido no legislativo”. Totalmente desinformado. A revisão do PD não está na Câmara e depende da Prefeitura enviar o mesmo para o legislativo. Mesmo assim insistiu na cobrança ao legislativo, quando devia cobrar ao Executivo. O nível já foi maior…

 

Existe Plano Diretor

Alguém precisa dizer ao apresentador que existe Plano Diretor em Aracaju, o que vem sendo cobrada é o envio da revisão do projeto para o legislativo, para que seja aprimorado e adequado a nova realidade não só de Aracaju, mas com mais garantias de preservação do meio ambiente, entre outros temas polêmicos.

 

10ª edição do projeto “Domingo no Parque”

Neste fim de semana acontece a 10ª edição do projeto “Domingo no Parque”, numa realização da Prefeitura Municipal de Aracaju, através da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), com apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). O evento vai mesclar a musicalidade local com um ritmo internacional, proporcionando um intercâmbio cultural entre Brasil e Portugal. As atrações serão a banda sergipana Cataluzes e o Grupo de Cavaquinhos e Cantares à Beira. O evento acontece no próximo domingo, 23, às 17 horas, no Parque Augusto Franco (Sementeira), e encerra a turnê do grupo que tem 17 músicos, e que se apresentou pela primeira vez em Sergipe, com shows no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju, além de Estância e Laranjeiras.

 

Tudo pronto para o Concurso do TJSE

O Presidente da Comissão Especial para Fiscalização e Supervisão do Concurso, Juiz Diógenes Barreto, confirmou que toda a estrutura para a realização do concurso está pronta. De acordo com o presidente, as maiores quantidades de salas reservadas para o processo seletivo estão na Universidade Federal de Sergipe – UFS e na Universidade Tiradentes – UNIT.

 

Plantão no TJ

No domingo, 23, dia do concurso, os integrantes da Comissão ficarão de plantão no Tribunal de Justiça, na sede da Associação dos Magistrados de Sergipe – AMASE. “Todo o cronograma foi cumprido pela empresa realizadora do processo seletivo e acreditamos que não haverá nenhum problema”, informa o juiz. Os candidatos devem consultar os seus respectivos locais de prova e prestar bastante atenção aos horários de entrada. “Peço que os candidatos que observem o edital, fiquem atentos às regras ali definidas e mantenham a calma no momento de responder às provas.”, finaliza Dr. Diógenes.

 

Ministro fará palestra em seminário de Obras Públicas

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Benjamin Zymler, é um dos palestrantes confirmados para o Seminário de Formação de Preço em Obras Públicas – Preço Justo, Obra Concluída, Sociedade Atendida, que acontece nos próximos dias 25 e 26. O ministro proferirá palestra acerca do tema ‘Ação Cautelar do TCU nos Processos Licitatórios’.No dia 25, próxima terça-feira, o seminário acontecerá no auditório do TCE, com credenciamento às 7h30. Na programação, além da palestra com o ministro do TCU, estarão presentes também o engenheiro César Augusto Pinto Mota, presidente do Instituto Brasileiro de Auditoria em Obras (IBRAOP); Carlos Sebastião da Costa, diretor técnico da SECOB do TCU, e o engenheiro Paulo Roberto Vilela Dias, presidente do Instituto Brasileiro de Engenharia de Custo (IBEC). No dia 26, será realizada uma oficina para 50 pessoas no Hotel Quality.

 

Integração

Segundo o conselheiro Carlos Alberto Sobral de Souza, diretor da Ecojan, o seminário visa dar àqueles que trabalham como contratados pelo Estado na obras públicas de engenharia a visão que os Tribunais de Contas têm sobre o procedimento preparatório de contratação de uma obra. “A realização deste seminário tem a importância de proporcionar uma melhor integração entre o interesse público, que exige que o Estado faça a melhor contratação, que nem sempre é a de menor valor, e a empresa de construção civil em saber como o Estado compreende quais os elementos que irão integrar a formação dos custos de uma obra. Espero que desse debate saia um consenso que atenda o interesse público, sem que sejam feridos os direitos das empresas privadas”, comentou Carlos Alberto.

 

Parceria

O seminário é direcionado aos prefeitos e secretários de obras dos municípios, entidades da construção civil do Governo do Estado, como DER, Seinfra, Ceop, Deso, Emurb, e das entidades de classe, informou Carlos Alberto.O seminário é fruto de uma parceria entre o Tribunal de Contas do Estado (TCE), através de sua Escola de Contas (Ecojan), com o Governo do Estado, através da Secretaria de Planejamento, o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Sergipe (CREA-SE) e a Associação Sergipana dos Empresários de Obras Públicas e Privadas (Aseopp).

 

Nova coordenadora

Sempre buscando melhorar e aperfeiçoar cada vez mais sua equipe profissional, o Instituto Luciano Barreto Júnior (ILBJ) é bastante rigoroso em suas seleções. Após quatro etapas seletivas, envolvendo análises técnicas, práticas e psicológicas, a instituição escolheu sua nova funcionária para o cargo de coordenadora pedagógica. A pedagoga Jacilene Andrade, nova funcionária do ILBJ, está com boas expectativas para o trabalho social que irá realizar. “É gratificante poder participar ativamente do processo de formação de novos cidadãos em uma instituição séria e renomada”, afirma.

 

Ceinfa – 03 anos de atuação

Ontem 21 de agosto, o Centro de Integração da Família – Ceinfa, uma ONG criada pelo ex-vereador e empresário Sandro de Miro comemorou 03 anos de vida. Ao longo deste tempo, milhares de pessoas foram atendidas em diversas atividades. Para comemorar será realizado na próxima sexta-feira, às 19 horas, no Ceinfa em sua Unidade Wagner Resende, na Veneza I, um debate sobre a importância da “Comunicação no 3º Setor”. No domingo, 30 de agosto, será realizada uma Missa de Ação de Graças na Igreja Senhor dos Passos na Veneza I. A entidade convida toda sociedade sergipana a participar destas atividades. O Ceinfa hoje é uma ação de responsabilidade social do Grupo Miro Santos e continuará cumprindo sua missão, que é realizar sonhos.

 

Capela comemora aniversário

Na próxima sexta-feira, 28, o município de Capela estará comemorando aniversário – 176 anos de Emancipação Política e 121 anos de Elevação à Categoria de Cidade. Na ocasião, a Prefeitura Municipal de Capela realizará uma exposição em homenagem ao artista plástico Rosalvo Rodrigues, considerado um ícone da pintura e escultura capelense.

 

Obras em Capela

Apesar do talento, Rosalvo nunca teve oportunidade de expor seus quadros em Capela, por questões que iam desde ao escasso apoio cultural à sua própria situação financeira, fatos que o faziam destacar sempre que “todo artista é pobre”. Hoje, cinco anos após a sua morte, seu grande sonho, ainda que tardio, se tornará realidade: algumas das suas 800 obras encontrar-se-ão juntas num só espaço para serem apreciadas pelo povo capelense.Nas telas, Rosalvo Rodrigues optou pelos traços da pintura clássica, retratando cenas do cotidiano, a beleza feminina, flores, paisagens e artes sacras. Ele conseguia uma mistura de cores de rara beleza, uma vez que além das tintas comuns, o artista preparava uma tinta específica cuja fórmula levou consigo. “Será uma homenagem justa, pois há quadros dele espalhados pelo mundo”, ressalta a professora Maria Otilia Cabral.

 

DO LEITOR

 

Grande feito de Danilo

Do jornalista  Abrahão  Crispim Filho: “Não é que após oito meses de mandato, o vereador  Danilo  Segundo mostrou para que veio como legislador aracajuano. Foi  manchete  esta  semana  em  um  jornal local, por representar a Câmara Municipal em uma solenidade de entrega de título de cidadania na Assembléia Legislativa,  tendo  composto a mesa principal da solenidade presidida pela deputada Angélica Guimarães. É pouco ou quer mais? Isto que é legislar. Vai longe o Segundinho…”

 

Política de pernas pro ar

Do leitor Marcos Nascimento: “A mais nova da política, conforme divulgado na imprensa,  ficou por conta do convite do presidente do PCdoB Presidente do Diretório Estadual do PCdoB, Hallisson Sousa e da deputada estadual e ex-sindicalista Tânia Soares para o empresário e suplente de deputado federal tucano Laércio Oliveira para se integrar às fileiras do comunismo.  É mais um fato que serve para mostrar como se faz a política de pernas por ar. Esse fato também ajuda a azedar a já complicado clima interno reinante no PCdoB com sua ala sindical”.

 

Curso de Letras na UFS ainda não tem bacharelado

Da professora Maria Goretti Silva: “Venho, de forma indignada, através desse canal, que de forma tão respeitada, honra a sua relevante e sensata crítica. A minha indignação é em relação à Universidade Federal de Sergipe, Departamento de Letras, que depois de tanto tempo ainda não existe o bacharelado de Letras.Hoje, a UFS dispõe de tantos cursos novos, e sem contar que, os cursos de licenciatura, possuem também o bacharelado, como o de Geografia, o de História… Menos o de Letras. Sabemos também que no mundo do conhecimento, há uma grande investida no campo da pesquisa, e um curso tão rico como o de Letras não pode ser restringido a mera sala de aula. Contando com seu apoio, para que através de sua análise e influência, em relação a esse acaso, as autoridades catedráticas na área das letras possam fazer reflexão  e alargarem as áreas do conhecimento”

 

Discordância sobre o artigo “PT e a metamorfose ambulante” I

Do leitor Rildo Simões: “Nós, brasileiros, somos um povo em ser, impedido de sê-lo. Um povo mestiço na carne e no espírito, já que aqui a mestiçagem jamais foi crime ou pecado. Nela fomos feitos e ainda continuamos nos fazendo. Essa massa de nativos viveu por séculos sem consciência de si… Assim foi até se definir como uma nova identidade étnico-nacional, a de brasileiros…” Darcy Ribeiro, em O Povo Brasileiro. Iniciei com um trecho do genial Darcy Ribeiro colocando em negrito uma frase pinçada para, baseado nela e em luxuosa companhia, pedir permissão para discordar de você e dizer que acho que você foi injusto em alguns aspectos do seu comentário de hoje (21). As pessoas têm o direito sim de mudar de opinião, de evoluir, de se adequar aos tempos em que vivem. As realidades postas no momento da criação do PT eram completamente diferentes das de hoje. Você que deve ter vivenciado o início da década de 80 “época em que o PT foi criado – pode se lembrar muito bem que o país vivia a ressaca de uma ditadura militar que estava em frangalhos, mas que ainda endurecia, e muito, com os movimentos sindicais.Você deve lembrar também que existiam grandes instabilidades econômicas no país, com planos mirabolantes que tentavam deter processos inflacionários e crises sistêmicas.  O mundo era outro, as batalhas eram outras. Seria correto estacionar a mente nos paradigmas do passado”.

 

Discordância sobre o artigo “PT e a metamorfose ambulante” II

Continua Rildo: “Os inimigos que deveriam ser combatidos naquela época foram combatidos com coragem e determinação. Pavimentou-se um caminho árduo que levou o Partido dos Trabalhadores ao poder na presidência da República, em alguns Estados e centenas de municípios brasileiros. Estar no poder em um regime democrático exige determinadas concessões, é o preço a se pagar. A alternativa contrária seria viver numa ditadura impositiva que determinasse o comportamento dos contraditórios de forma coercitiva. O “socialismo real” desabou simbolicamente com um muro em 1989, mas já havia desabado no coração e na mente das pessoas que viveram sob esse regime há muito tempo, e uma das principais causas desse desabamento foi justamente a falta de liberdade. As mudanças que não devem e não podem ocorrer jamais, são as de fundamentação Ética, aquelas que estão alicerçadas nos princípios morais e que norteiam os comportamentos em relação a honestidade, ao trato responsável com aquilo que é de interesse público.  A melhor forma de se derrotar figuras como Sarney, Collor, Renan, Almeida Lima é nas urnas. Não se esqueça que por pior que eles sejam, eles chegaram ao poder de forma legítima, até que se prove o contrário, através das urnas, guindados pelo povo dos seus Estados. Você, eu e mais milhões de brasileiros podem não concordar com o posicionamento desse povo, mas é preciso respeitá-lo. No mais, acredito que o país caminha a passos largos para um futuro melhor, basta olhar um pouco para trás (15, 20, 30 anos), seja na economia, seja na política, na consolidação dos pilares democráticos, através do fortalecimento dos principais Poderes, como preconizava Montesquieu na sua teoria da tripartição dos poderes (Executivo-Legislativo-Judiciário)”.

 

 

 

Frase do Dia

“A poesia tem comunicação secreta com o sofrimento do homem” Pablo Neruda.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários