Políticos Copa do Mundo escafederam-se

0

Calma, eles estão por aí vivinhos da Silva Xavier, apenas sumiram das vistas da grande maioria dos eleitores. Estamos falando dos famosos políticos “Copa do Mundo”, que aparecem de quatro em quatro anos com os olhos grandes nos votos dos eleitores. Com base na relação de candidatos a vereador, prefeito e vice que disputaram as últimas eleições em Sergipe, se conclui que os espertalhões são em número considerado. A Justiça Eleitoral cadastrou no estado 6.494 postulantes a cargos eletivos, dos quais 910 se elegeram para as prefeituras e câmaras municipais. Dos cerca de 5,5 mil que não lograram êxito, algo em torno de um mil são políticos conhecidos, que permanecem sendo vistos. Os demais são os famosos “Copa do Mundo”, que sumiram da praça, desapareceram das redes sociais, não atendem as ligações telefônicas dos eleitores e, quando localizados em algum lugar, fogem de fininho ou fingem desconhecer o cidadão que lhe confiou o voto. Muitos destes mais de 4 mil sumidos devem dar o ar da graça na campanha de 2022 para lhe pedir o voto, prometendo mundos e fundos. Home vôte!

De chefe a chefiado

O governador Belivaldo Chagas (PSD) empossa hoje, Dernival Neto como secretário estadual da Administração e George Trindade como presidente do Ipesaúde. Marcada para o Palácio de Despachos, a solenidade será restrita por conta da pandemia da covid-19. O fato interessante é que George passa de chefe a chefiado, pois o Instituto é subordinado à Secretaria da Administração, que ele comandava até ontem. Belivaldo fez essas mudanças para tomar do PT o comando do Ipesaúde. Marminino!

Família investigada

Por sugestão do senador Alessandro Vieira (Cidadania), a CPI da Covid-19 convocou Ana Cristina Siqueira Valle para explicar a sua suspeita relação com o lobista Marconny Ribeiro. Para quem não sabe, a dita cuja vem a ser ex-esposa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e Marconny é o mesmo empresário que deu uma mãozinha para o filho 04 do presidente instalar uma empresa em Brasília. Misericórdia!

Por fora

Pesquisa constatou que 25% dos consultados – um em cada quatro – ignoram que pagam impostos no seu dia a dia, contra 73% que sabem estar pagando algum tipo de imposto. Segundo a consulta feita pela Fecomércio (RJ), dentre os 73% que afirmam pagar algum tipo de imposto, 69% destacaram tributos municipais, como IPTU e taxas de iluminação e de lixo; 54% citaram impostos indiretos sobre serviços e produtos; 39% salientaram impostos estaduais; e 17% lembraram dos impostos federais, como o Imposto de Renda. Certo mesmo é o ditado popular: “Plante e coma senão o governo toma”. Arre égua!

Bem na fita

Sergipe e mais 11 estados, além do Distrito Federal, conseguiram reduzir a despesa de pessoal em 2020. Produzido pela Secretaria do Tesouro Nacional, o estudo mostra que, ainda assim, o total desse gasto teve aumento de 3,4% de 2019 para 2020.
A desaceleração se deve às restrições de atos que provocam aumento da despesa com pessoal até o fim de 2021. A reforma da Previdência também impactou no ritmo de crescimento das despesas, já que adiou parte das aposentadorias. Ah, bom!

Libera geral

O governo de Sergipe pode liberar o retorno das torcidas aos estádios de futebol. Este item está na pauta da reunião de hoje do Comitê Técnico Científico e de Atividades Especiais. Será levado em conta a considerável redução do número de pessoas infectadas pela covid-19 e de mortes causadas pela doença. O Comitê também deve ser mais flexível com relação à realização de eventos públicos em Sergipe. Aguardemos, portanto!

Bancada dividida

A bancada de Sergipe na Câmara Federal votou dividida sobre a quarentena eleitoral para militares, policiais e integrantes do Ministério Público e do Judiciário. Segundo o texto aprovado, integrantes dessas categorias precisarão deixar seus cargos pelo menos 4 anos antes da votação. Votaram favoráveis à norma os deputados Fábio Reis (MDB), Gustinho Ribeiro (SD) e João Daniel (PT). Fábio Henrique (PDT), Fábio Mitidieri (PSD), Bosco Costa e Valdevan Noventa – ambos do PL – votaram contra, enquanto Laércio Oliveira (PP) estava ausente. Vixe!

Viva a vida

O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) está sorrindo de orelha a orelha pelo fato de ninguém ter morrido de covid-19 na capital nas últimas duas semanas: “Chegar a 15 dias sem óbitos pela doença em Aracaju é fruto do trabalho que estamos realizando, do empenho dos guerreiros da Secretaria da Saúde e também da contribuição da população”, afirma o pedetista. Segundo o boletim epidemiológico do governo estadual, não houve morte por covid-19 nas últimas 24h. Até agora, a doença já matou 6.003 pessoas em Sergipe. Crendeuspai!

Dinheiro pelo ladrão

Ainda não há definição de quanto será o Fundo Eleitoral para a campanha de 2022. O presidente Jair Bolsonaro vetou o aumento de R$ 2 bilhões para R$ 5,3 bilhões, mas deixou a definição do valor final para o Congresso. Quem ouve cifras tão vultosas pensa que o Brasil não tem 15 milhões de desempregados e outros milhões passando fome. Portanto, caso o Fundo Eleitoral seja reajustado, será mais um tapa na cara do cidadão que paga imposto para ver seu santo dinheirinho fazer a alegria de políticos inescrupulosos. Só Jesus na causa!

De pior a pior

O deputado federal João Daniel (PT) não poupa nas criticas ao governo Bolsonaro. Segundo o petista, a falta de políticas públicas tem contribuído para amentar o desemprego e a fome no país. “E a tendência é piorar, porque não há nenhum projeto de melhoria por parte do ministro Paulo Guedes e do próprio presidente Bolsonaro”, destacou. As críticas de João Daniel lembram o impagável Jackson do Pandeiro: “É de pió a pió/ A cantiga da perua é uma só”. Danôsse!

Recorte de jornal

Publicado no Jornal do Aracaju, em 8 de janeiro de 1873

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais