Redes sociais e o diferencial da prática jornalística

0

  “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Por Regina Zandomênico em 06/05/2014 na edição 797 do Observatório da Imprensa

Dezenove anos após o surgimento da primeira rede social, o Classmates, é marcante a constatação de que os jornalistas não são mais os únicos responsáveis pela disseminação das notícias. O cidadão comum, em qualquer horário, independente de localização geográfica, ganhou espaço para veicular fatos com critérios de noticiabilidade particulares sem filtros ou intermediações, além de expor opiniões pessoais. No momento atual, marcado pela influência da tecnologia digital na redução do tempo entre o acontecimento e a veiculação dele, Keen (2009) sinaliza que diminuíram as fronteiras entre o público e autor, criador e consumidor, especialista e amador.

Os produtores e consumidores de mídia, salienta Jenkins (2009), não ocupam mais papéis distintos porque podem ser considerados participantes que interagem de maneira igual em “um novo conjunto de regras”, ainda não definido por completo. Um contexto que permite, como já apontava há 20 anos Lévy (2011), pensar coletivamente e influenciá-lo. O público, segundo Canavilhas (2010), pode ser identificado comogatewatcher, porque seleciona as notícias mais interessantes para os amigos ou seguidores. Uma alusão ao termo gatekeeper,relacionado ao jornalista responsável por selecionar as pautas nos veículos de comunicação.

No atual período que vivemos, denominado por muitos estudiosos como “segunda década de digital”, não há como qualificar e quantificar com exatidão o volume de informações veiculadas todos os dias pelas redes sociais. Muitas, inclusive, são compartilhadas com acréscimo ou exclusão de dados. Atividades que, na avaliação de Keen (2009), viabilizam uma nova geração de “cleptomaníacos intelectuais”. O cálculo estimado é que, de acordo com (QUARESMA, 2013), “são aproximadamente 322 exabytes [um exabyte equivale a um bilhão de gigabytes] por ano, o que dá quase 1 exabyte por dia de informações.[…] Pesquisa divulgada pela Cisco assinala que este números quadruplicarão até 2015”.

Se antes os mediadores da informação eram as corporações de mídia, agora a cidadão comum se inclui nesse processo, também como mediador. Kenn (2009) trabalha com a expressão “culto ao amador” ao avaliar o papel que o público desempenha na veiculação de fatos por meio das redes sociais. Para o autor, o fenômeno é prejudicial à veiculação da verdade e transforma as massas em determinantes do que é ou não verdade.

As informações postadas, embora algumas possam ter a veracidade questionada, também são consideradas por muitos como subsídios para avaliar a cobertura jornalística dos veículos de comunicação. Como cada gatewatcher se transforma em um “correspondente em potencial”, as redes sociais viabilizam o acompanhamento de acontecimentos de inúmeros locais. Ao ler no Twitterque, na região onde mora, há um grave acidente de trânsito, ou ser informado peloFacebook que começou um incêndio de grandes proporções no bairro onde mora o usuário ao acessar um site noticioso desejará encontrar detalhes desses episódios. O veículo online poderá não atender à expectativa em um primeiro momento, pelo simples fato de não ter condições de prever tais acontecimentos repentinos.

A eficiência do amador?

Uma análise superficial da situação poderia sugerir que o cidadão comum estaria sendo mais eficiente na cobertura noticiosa, mas neste contexto é importante enfatizar a assertiva de Anderson, Bell e Shirky (2013) que defendem que o público não tomou o lugar dos jornalistas. Os cidadãos conectados conseguiriam apenas dar a primeira descrição dos fatos e caberia aos jornalistas, apontam os autores, confirmar, interpretar e organizar de forma lógica o que é veiculado pelo público incluindo, além de textos, fotos e imagens. Um estudo realizado por Recuero (2011) sobre jornalismo e redes sociais indicou que a legitimação e aprofundamento da notícia foram os valores mais procurados nos veículos de comunicação depois que os fatos ganham destaque nas redes sociais. No atual contexto, “o oligopólio da imprensa tradicional virou uma força a mais – e só – na hora de decidir o que é ‘notícia’” (ADLER, 2013, p.2).

Mas se há temerosos quando ao futuro do jornalismo diante do novo cenário informacional, há otimistas que acreditam que a importância do jornalismo não cairá por terra. O que está acabando, na concepção é a “linearidade do processo e a passividade do público” (ANDERSON, BEEL E SHIRKY, 2013, p.72). Na previsão dos autores “as mudanças que estão por vir superarão as que já vimos, pois o envolvimento do cidadão deixará de ser um caso especial e virará o núcleo de nossa concepção de como o ecossistema jornalístico poderia e deveria funcionar”.

Sendo assim, Lemos (2003) pondera que, embora o tempo real iniba a reflexão, uma das leis em tramitação na atualidade é a ‘Lei da Reconfiguração’ que discorre sobre as reconfigurações de práticas e modalidades midiáticas sem tomar o lugar do que antecedeu.A equação relacionada ao jornalismo frente às redes sociais já foi montada. Para o futuro, cabe aos jornalistas apresentar e desenvolver as etapas e processos para que o resultado da equação seja positivo. O principal subsídio do processo é o trabalho de reportagem qualificado, o grande diferencial do jornalismo frente ao amadorismo.

Referências bibliográficas
ADLER. Ben. Juventude Transmidiada. Revista de Jornalismo ESPM. São Paulo. Editora ESPM. 24-31. p. agosto/setembro. 2013.
ANDERSON, c.w.; BELL, Emily; SHIRKY, Clay. “Jornalismo Pós-Industrial: adaptação aos novos tempos”. Revista de Jornalismo ESPM, São Paulo. Editora ESPM. p.30-89. abril-junho de 2013.

CAVAVILHAS, João. Do gatekeeping ao gatewatcher: o papel das redes sociais no ecossistema mediático. [S.l.], 2012. Disponível aqui, acesso em 17 de novembro de 2012.
JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. Tradução Suzana Alexandria. 2ªed. São Paulo. Aleph, 2009.
KEEN, Andrew. O Culto do Amador, como blogs, MySpace, YouTube e a pirataria digital estão destruindo nossa economia, cultura e valores. Tradução Maria Luiza X. de Borges – Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2009
LEMOS, André; Cunha, Paulo (orgs). Olhares sobre a Cibercultura. Sulina, Porto Alegre,2003
QUARESMA. Alexandre. Os cibercircuitos oniscientes do virtual. Sociologia. São Paulo: Ponto A. edição 47. página 30-33, junho/julho. Ponto A. 2013.
RECUERO. Rachel. Jornalismo e Redes Sociais: legitimação, filtragem e aprofundamento. 2011. Disponível aqui, acesso em 20 de junho de 2013.
*Regina Zandomênico é jornalista e professora universitária

Êxito é padrão FIFA
Durante a passagem da Taça da Copa do Mundo aqui em Aracaju, a Êxito deu um show de competência e profissionalismo. Única empresa sergipana a realizar a construção e montagem da estrutura para o evento que ficará na memória dos brasileiros por muito tempo.  Com uma equipe de quase 30 profissionais de diferentes áreas, a empresa contribuiu para que esse Tour da Taça fosse impecável, e para isso, caprichou em cada detalhe, executando o projeto dentro dos padrões exigidos pela Coca-Cola, organizadora do Tour da Taça, e pela FIFA. Mais uma vez, a Êxito se faz presente na memória histórica dos brasileiros e agora já pode ser considerada como de padrão FIFA.

Proredes: contrapartida e capacidade de pagamento
Além da avaliação técnica já feita repetidas vezes tanto sobre o projeto em si quanto o seu processo de construção, como da inviabilidade das emendas apresentadas, há duas outras questões que precisam ser esclarecidas: contrapartida e capacidade de endividamento.

Contrapartida
"Para a execução desse projeto, a contrapartida do Governo do Estado equivale a US$ 40 milhões, para a conclusão do Hospital Especializado em Câncer Governador Marcelo Déda Chagas e do Centro Especializado em Reabilitação Nível 4. Então, não há o que se falar em despesa nova, já que os R$ 80 milhões para o Hospital do Câncer estão garantidos e os R$18 milhões para o CER IV também, pelo Proinveste, Ministério da Saúde e emenda parlamentar”, pontua a secretária de Estado da Saúde, Joélia Silva Santos.

Emenda
Segundo Joélia, para o CER IV, inclusive, a emenda foi de bancada do então deputado federal Jackson Barreto, atendendo à solicitação da secretária de Estado da Assistência, Inclusão e Desenvolvimento Social, Eliane Aquino.

Recursos
"Então esse valor de US$ 40 milhões, da contrapartida do Governo, foi todo ele trabalhado, oriundo dos valores para construção dessas duas unidades, ao invés de ter a garantia sobre a produção de ações e serviços de saúde, dentro do valor repassado anualmente para o Teto MAC do Estado, que já é insuficiente para garantir o custeio da Rede, diante do aumento constante da demanda”, disse.

Despesas
A secretária esclareceu 72% das despesas com Saúde Pública em Sergipe sejam custeados com recursos do Tesouro Estadual. “Ou seja, conseguimos, com o aval do Setor Fiduciário do Banco, que acatou nosso pedido de usarmos verbas de Emendas, via Contrato de Repasse, de forma a garantir os investimentos sem onerar ainda mais os cofres do Estado", reforça a secretária.

Novo sistema de Internet Banking-Pessoa Jurídica
O Banco do Estado de Sergipe (Banese) promoveu esta semana um encontro com alguns gerentes de agências para validação da concepção do novo sistema de Internet Banking-Pessoa Jurídica, que está sendo desenvolvido pela instituição. O objetivo do projeto é proporcionar aos clientes mais comodidade, praticidade, segurança e também mais serviços.

Modelo
Dentro do modelo de gestão compartilhada que está sendo adotado pela nova direção do Banco, participaram do encontro os gerentes das agências DIA, João Pessoa e José Figueiredo, respectivamente Dioclides Barros Mota, Cristina Figueiredo e Cristina Pinto, além do gestor do Projeto de Novos Canais, Édivam Clinger, da Área de Marketing e Relações Institucionais (Amari), e o gerente do Projeto, Leonardo Magalhães, da Superintendência de Tecnologia (Sutec).

Processo
Os responsáveis pelo projeto pretendem ouvir ainda outros gerentes de agências do Banese, dentro do processo de homologação do sistema. De acordo com o gerente geral do DIA, Dioclides, a participação dos gerentes no processo de construção do novo Internet Banking-Pessoa Jurídica é fundamental para o sucesso do projeto, porque são eles que lidam diretamente com os clientes que utilizam o sistema e conhecem bem as suas necessidades.Para o presidente do Banese, Fernando Mota, aperfeiçoar os serviços do Banco é um trabalho que além de fortalecer a instituição traz resultados positivos também para a população e para a economia do Estado

Agenda
10 de maio, sábado. Hoje é o dia do GUIA DE TURISMO e também da COZINHEIRA.
Biografias são renegociadas com fim de veto. Angelina Jolie confirma que se casará com Brad Pitt. Insurgentes sírios deixam antigo reduto. Cristina Kirchner revela reunião com presidenciável da oposição. Freio na indústria indica PIB mais fraco. Recomendação do MPF de Sergipe sobre concessão de empréstimo pelo BID ao governo estadual causa discussões.Com volta de dólares, Banco Central reduz ação no câmbio.

Curtas
JOAQUIM BARBOSA NEGA PEDIDO DE JOSÉ DIRCEU PARA TRABALHAR FORA DA PENITENCIÁRIA. /// DATAFOLHA APONTA QUE ATUAÇÃO DO CONGRESSO É REPROVADA POR 34 POR CENTO DOS BRASILEIROS. /// ALIMENTOS DESACELERAM E INFLAÇÃO OFICIAL RECUA PARA 0,67 POR CENTO EM ABRIL. /// EM MEIO A GREVE, HADDAD ANUNCIA BÔNUS DE 15,38 POR CENTO A PROFESSORES. /// ANEEL ELEVA PARCELA DE EMPRÉSTIMO PARA DISTRIBUIDORES DE ENERGIA. /// PESQUISA DO DATAFOLHA APONTA QUE HAVERÁ SEGUNDO TURNO. /// GOVERNADOR PEZÃO, DO RJ, DESCARTA GREVE DA PM DURANTE A COPA.

ESPORTE  – O  ESPAÇO DO ALCEU –  por Alceu Monteiro

Campeonato sergipano
A rodada de número 18 da fase de classificação do certame estadual de profissionais da série A-1 (Primeira divisão), apresenta os seguintes jogos, todos com início previsto para as 16 horas: Canindé X Amadense, no Andrezão (Canindé do São Francisco) – com o time da casa já rebaixado para a série A-2 (Segunda divisão), esta partida será disputada apenas para cumprimento de tabela. O Sergipe enfrentará o Coritiba, no João Hora de Oliveira, em Aracaju. Em Itabaiana, no Presidente Médici, estarão em ação as equipes do Itabaiana e do Confiança. E finalmente na cidade de Nossa Senhora do Socorro, no Estádio Wellington Elias, o Socorrense receberá a visita do Lagarto. O Confiança, o Sergipe e o Estanciano já estão classificados para o cruzamento olímpico. A quarta vaga está sendo disputada pelos times do Socorrense e do Itabaiana.

Visitação
Centenas de torcedores compareceram ao Shopping Jardins para ver de perto a Taça FIFA. Além do cobiçado troféu, a grande atração foi a presença de Jairzinho, o Furacão da Copa 70.

Itaquerão
Com a presença da presidente Dilma, a Arena Corinthians será inaugurada hoje, com um jogo entre ex-jogadores do Corinthians. O evento-teste será no dia 18. Na oportunidade, o Corinthians enfrentará o Figueirense.

PELO TWITTER

www.twitter.com/Mmauriciolobo  Infelizmente o debate político que buscam confrontar as ações do estado, estão vazios e virando chacota. Sinal que faltam argumentos sérios

www.twitter.com/jsantana61  Sem paciência para os brasileiros: desde sempre eles tinham o sonho de trazer a Copa para cá. Agora, aparecem esses "protestos" patéticos.

www.twitter.com/chicoandradef Tentei achar uma lógica na Academia.Não deu.Voltei a ler sobre o Gato de Schrodinger.Faz mais sentido!

www.twitter.com/clovis_silveira  Na verdade, esses criticas ao governo não merecem o minimo respeito. Essa turma estar se lixando pra o povo. É tudo interesse eleitoreiro!

www.twitter.com/Narcizo_Machado  O ser humano esta perdendo o eixo e seguindo para ações de barbárie, não é extensão da "lei de talião" é ausência de essência e de amor!!!

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun 

Frases do Dia
Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente

A forma mais elevada da inteligência humana é a capacidade de observar sem julgar.

Jiddu Krishnamurti, filósofo e místico indiano, nasceu em 11 de Maio de 1895 e morreu em 1986.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários