Respeito aos banesianos

0

 Quem acompanha esta coluna eletrônica, há algum tempo sabe do respeito que o espaço trata as questões relacionadas ao serviço público, em todos os níveis de governo.  Quando a coluna faz alguma denúncia sobre irregularidades em secretarias, órgãos ou empresas públicas sempre faz questão de ressaltar o trabalho sério da maioria dos servidores, que na maioria dos casos carrega o trabalho “nas costas” e não são remunerados de acordo com a capacidade de trabalho.

   Em todas as questões levantadas nesta coluna sobre o Banese, sempre é destacada a importância do banco para o Estado, o alto grau de profissionalismo dos seus colaboradores (servidores)  e a preocupação em fortalecer a instituição que é patrimônio de todos os sergipanos.

   Nesse período todo os e-mails recebidos de banesianos foram de elogios pela coragem e determinação da coluna em mostrar o que vem  ocorrendo nos bastidores. Em momento algum a coluna fez ou fará campanha de perseguição contra o Banese. O que não se aceita é que ocorram vários problemas – como já levantados neste espaço – e simplesmente não sejam divulgados para não macular a imagem do banco. Na verdade a imagem que está sendo maculada não é a do Banese.

  Existe um respeito aos banesianos e isso vem incomodando muita gente. A prova maior foi a proibição da abertura da coluna através dos computadores do banco. O mais engraçado é que algumas colunas da própria Infonet, podem ser abertas tranqüilamente. Ao invés de diminuir o número de acessos a diretoria fez aumentar a curiosidade pelo que é escrito neste espaço. Os últimos dois artigos relacionados ao banco, “Banese: governo já retirou R$ 104 milhões”, e “Banese: Augustus quita dívida”, mostraram uma realidade que ocorre nos bastidores. Em nenhum momento ocorreu negativa. São fatos, não são especulações.

   Ontem, um leitor que se diz “banesiano” enviou um e-mail afirmando entre outras coisas:”noto que atualmente o senhor anda desenvolvendo uma campanha de perseguição ao Banese. Sou funcionário da instituição e me sinto agredido com as suas investidas. Seu penúltimo comentário sobre o banco falando sobre as retiradas do sócio majoritário é de uma fragilidade absurda para quem entende de analise de números financeiros… Mas saiba que banco vive de credibilidade e cada ataque que o senhor faz ao Banese, o senhor está ferindo uma marca que não pertence a nenhuma administração específica, mas ao povo de Sergipe, já que o Banese é um patrimônio dos sergipanos. E não me venha com o argumento que está querendo defender a instituição porque as suas motivações tem fundo particular. Defender o banco é preservar sua marca. Se acha que algo está irregular, vá defender suas idéias na Justiça e não em público”. Será que você era banesiano na época de Marcelo Ceilão e Camilo Calazans?

    Se o leitor entendeu mesmo o tal “banesiano” entende que a imprensa não deve publicar nada. Se achar algo irregular tem que ir para a Justiça. Sem comentários. O leitor também questionou sobre o artigo mencionando a operação com Augustus, porque o colunista esqueceu o nome de Valadares que era governador na época. Pronto: o Augustus foi feito no governo Valadares e o relacionamento dele com a família Augustus na época só eles podem explicar. Está satisfeito? Aliás, pode anotar: enquanto muitos espaços da imprensa sergipana já mudaram, antes mesmo de Deda ser governador, este aqui não mudará. Da mesma forma que cobra de João Alves cobrará de  Marcelo Deda. Pode cobrar. A diferença é essa.

   Por fim, o tal “banesiano” que não se preocupe. Se trabalha corretamente não deve perder nada, mas se for mais um “órfão de João Alves” que se prepare, vai ter que ralar para fazer jus ao trabalho. Obrigado a todos os banesianos que fazem desta coluna sua leitura diária. Tenham a certeza que o Banese continuará sendo defendido neste espaço seja qual for o governo. Para desespero de alguns que pensam que o poder é eterno e se acham suplentes de Deus, esperando que o titular morra para assumir a vaga.  

 

Ajuda de custo: quem vai encarar?

Nos bastidores tem uma área que muita gente diz que ninguém vai ter a coragem de expor ao público: as ajudas de custo que são feitas através da Casa Civil. Quem viu diz que não acreditou. Tem de todos os tipos, desde R$ 1 mil até R$ 100 mil. Vai encarar?

 

Máfia do trigo, tudo acabou em pizza

Quem lembra da máfia do trigo descoberta em Sergipe há alguns meses. A  TV Sergipe fez várias matérias. Entre os envolvidos três auditores fiscais. Sabe onde eles estão? Soltos e trabalhando normalmente.  Tudo acabou em pizza, até porque a iguaria tem como ingrediente principal o que? Farinha de trigo. Tá tudo em casa…

 

Entrevista ao programa Fala Sergipe

Ao ser entrevistado ontem no programa de rádio “Fala Sergipe” – apresentado por Fábio Henrique, na rádio Atalaia – o governador eleito, Marcelo Deda (PT), anunciou que já está refletindo sobre os nomes do futuro secretariado e deu como exemplo o nome do deputado federal Bosco Costa, que deve fazer parte da equipe. Deda disse que primeiramente vai analisar as pastas que serão extintas e depois vai identificar quais os nomes que ocuparão cada secretaria. “Muitas vezes você tem três secretarias que têm funções que se chocam”, exemplificou.

 

Órgão específico para a reforma agrária

O governador eleito disse ainda que pensa em criar um órgão no Governo do Estado encarregado especificamente para a reforma agrária em Sergipe. “Não podemos continuar tratando a reforma agrária como caso de polícia, quando na verdade é uma questão social. É obvio que o Estado tem a obrigação de manter a ordem, mas é preciso políticas públicas para fazer parcerias com as ações do Governo Federal e que  coloque em prática as demandas do setor em Sergipe”.

 

Deda: base na AL será feita sem revogar compromissos

Ainda no programa Fala Sergipe, respondendo a uma pergunta, Deda lembrou que os aliados precisam ter confiança no governador que elegeram. “Os meus compromissos com cada comunidade serão levados á serio. Agora tenho 10 deputados e preciso ter 13, do mesmo modo que meus amigos prefeitos precisaram construir maioria nas Câmaras. É claro que a ampliação da base de apoio na Assembléia será feita sem revogar compromisso assumido com aliado”, avisou. Por e-mail um leitor fez alguns questionamentos para serem feitos ao governador eleito Deda. Um deles referente aos Centros de Referencia, como o existente no Atheneu Sergipense, se o petista pensa em dar continuidade?. Estes e outros questionamentos serão feitos pelo colunista na primeira oportunidade que tiver de entrevistar o futuro governador.

 

Recepcionado por Walter Franco

Ao sair do programa Fala Sergipe o governador eleito, Marcelo Deda foi recepcionado pelos empresários Walter Franco e Augusto Franco Neto. Deda bateu um papo descontraído com os dois. No local encontrava-se também o secretário de Estado de Esportes e jornalista, Carlos Batalha que chamou Deda em um canto e deve ter tratado sobre a transição com o futuro governador.

 

Márcio Macedo não retornar ao Ibama

O presidente estadual do PT, Márcio Macedo que deixou a superintendência do Ibama em Sergipe desde agosto para coordenar a campanha do partido no Estado não retorna ao Ibama. Márcio disse que a opção é pessoal e depois que acabou a campanha recebeu um telefonema da presidência nacional do Ibama para que retornasse ao cargo. Desde agosto o Ibama vem sendo comandando em Sergipe, por um servidor de carreira, Manoel Resende. Márcio disse que agora vai reestruturar o partido no Estado. Pelo empenho dele na campanha deve assumir algum cargo em nível estadual ou até mesmo federal.

 

Falta de água causa cancelamentos de aulas

Em Aracaju várias escolas do Estado e uma da Prefeitura vem cancelando as aulas por conta da falta de água. O levantamento está sendo feito por um parlamentar que vai alerta para o problema em decorrência da falta de reservatórios nestas escolas. É um absurdo em pleno século XXI cancelar aula por conta da falta de água.

 

Visita ao Tribunal de Justiça

O governador eleito visita hoje à tarde, às 17h, a presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Marilza Maynard. Ontem pela manhã visitou o presidente da AL, Antônio Passos (PFL). “Um homem de posição e espírito público’, disse Deda elogiando Passos, lembrando do ex-deputado Chico Passos, pai de Antônio, de quem Deda foi colega na Assembléia. Do encontro participaram os deputados Belivaldo Chagas, Ulices Andrade, Jorge Araújo, Ana Lúcia e Francisco Gualberto.

 

Almeida alerta para omissão de discursos I

Em discurso ontem  o senador Almeida Lima (PMDB) disse que os veículos de comunicação social do Senado estão omitindo pronunciamentos de senadores. “Já fiz essa reclamação ao presidente Renan Calheiros e disse a ele que isso vem acontecendo comigo há muito tempo”, afirmou o senador, ao lembrar que protesto semelhante já havia sido feito pelos senadores Jorge Bornhausen (PFL-SC) e Tasso Jereissati (PSDB-CE) em relação ao programa A Voz do Brasil, cujo bloco de responsabilidade do Senado Federal é produzido pela Rádio Senado.

 

Almeida alerta para omissão de discursos II

Almeida Lima também acusou omissão de seu nome em matéria publicada pelo Jornal do Senado nesta quarta-feira (8), sobre pronunciamento do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) (“Azeredo diz que proposta não quebra privacidade”). Almeida Lima explicou que fez aparte ao discurso do colega, mas sua participação acabou não sendo registrada pelo jornal.O senador também citou a Agência Senado em sua queixa: “A fonte de informações dos jornalistas brasileiros é a Agência Senado. Tenho e-mails do meu Estado fazendo reclamações a mim de órgãos da imprensa porque na origem, na fonte, não trazem nenhuma informação da minha fala no dia de ontem, reclamando-me uma posição”, afirmou.

 

Almeida alerta para omissão de discursos III

Em resposta,  o presidente do Senado, Renan Calheiros, disse há que determinou à Secretaria de Comunicação Social que providencie o levantamento estatístico sobre a aparição dos senadores nos veículos de comunicação da Casa para verificar se existe desequilíbrio no espaço concedido aos senadores. “A TV Senado é pública, feita para o público e assim continuará. Aqui todos são senadores iguais. Não há justificativas para privilégios”, disse Renan.

 

Itabaiana: Governo Federal suspende repasse do EJA

A prefeita Maria Mendonça foi mais uma vez surpreendida pela determinação do Governo

Federal que acaba de suspender o repasse do EJA (Educação de Jovens e Adultos).Ao consultar os responsáveis em Brasília para saber os motivos do não repasse do EJA, a prefeita recebeu a informação de que em decorrência de irregularidades cometidas pela administração municipal, no ano de 2004, o município de Itabaiana deixaria de receber os repasses até regularizar a situação.A Gestão atual foi aconselhada a ingressar com uma denúncia na justiça contra o ex-prefeito, a fim de responsabilizá-lo pelos erros cometidos.As despesas com o programa, como pagamento dos professores, estão sendo custeadas através dos recursos próprios.

 

Compra gigantesca de pneus cancelada

A Infonet publicou ontem: O líder do governo na Assembléia Legislativa, Venâncio Fonseca (PP), comunicou ao plenário da Assembléia Legislativa que o Governo do Estado mandou suspender a licitação na modalidade de pregão eletrônico para aquisição de pneus, que poderiam custar até R$23 milhões. O parlamentar se restringiu a explicar que houve um equívoco e que esta licitação não poderia ser feita.

 

 

Não pode ser verdade os fatos publicados

Um leitor, de nome João Emilio Montarroios analisou: “Não pode ser verdade os atos narrados por você sobre o Augustus. Se verdadeiros é preciso que alguém ou alguma autoridade coloque  todos os envolvidos na cadeia, na cadeia. Estes fatos (assaltos) ao dinheiro do povo, só acontecem por terem a total e absoluta certeza da impunidade que campeia a décadas em Sergipe. E vou dar um exemplo: vários secretários de Comunicação  tiveram algum tipo de envolvimento com

malversação do erário público, um destes, com processo tornado público e o acusado fugindo por alguns meses para Brasília, ao voltar saudou a todos com outdoors em toda cidade, um afronta que ninguém nem eu mesmo repudiei. O  substituto já no atual Governo, responde ou respondeu, (esse não divulgaram!) e todos os dias está na TV tecendo comentários e pasmem, até falando de corrupção e sei lá o que. È chegada a hora de um basta nessa bandalheira e que o novo Governo não permita, e se possível, peça ao novo titular da Secom que preste contas mensalmente a sociedade sobre os gastos nesta obscura e trágica secretaria. Se não o fizer eu de onde estiver vou desta vez repudiar pelo menos, mas com total veemência. Grato pelo espaço, João Emilio Montarroios- jota.erre@globo.com”.

 

Centenário da morte de Monsenhor Olympio Campos

O Instituto Histórico e Geografico de Sergipe realiza hoje às 16h30, na sua sede, uma solenidade em memória do Monsenhor Olympio de Souza Campos, por ocasião do centenário de sua morte.

 

Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele

Foi apresentada ontem à noite, no restaurante Buana, a Campanha Nacional de Prevenção do Câncer de Pele. No próximo dia 18, a Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Sergipe, que tem à frente o médico Emerson Costa, estará participando da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele – com atendimento gratuito –  das 9 às 15h na Unidade do Ipes da Praça da Bandeira.

 

Coquetel de abertura da 6ª Mostra Celi

O coquetel de abertura da 6ª Mostra Complexo Celi Decorações hoje às 20hs, com a presença da designer Jacqueline Terpins.Jacqueline irá apresentar a técnica usada em objetos e mobiliário de vidro em uma palestra exclusiva para profissionais da área.A mostra terá 07 espaços assinados por 09 profissionais de renome da arquitetura sergipana: Cristina Barretto, as duplas Nancy Barreto/Socorro Gurjão e Gilvan Accioli/Wesley Lemos e Afrânio Reis assinam os espaços da loja âncora Celi Decorações; Carmem Lúcia e Lilia Duarte apresentam os lançamentos primavera-verão da Saccaro e Karine Santiago assina todo o espaço Celi Básica.A Celi Decorações é pioneira em eventos nesse segmento e estará mostrando tendências de cores, mobiliário e objetos de decoração.Horário de funcionamento do Complexo Celi Decorações: de 09 às 19h.

 

Frase do Dia

“Bravura física é um instinto animal, bravura moral é coragem muita mais forte e autêntica.” Wendell Phillips.

Comentários