Rod. Velha: MPE não será respeitado

0

No próximo dia 26, sexta-feira, acabará o prazo dado pelo Ministério Público Estadual para que o transporte intermunicipal seja transferido da rodoviária Velha para a rodoviária nova. Será que o prazo vai ser cumprido pelas autoridades competentes? Muita gente duvida e nos bastidores o comentário é um só: a Coopertalse não quer e ponto final.

 

E agora? Será que o Ministério Público Estadual aceitará que o privado tenha uma ingerência tão forte no serviço público? A desculpa de que vai prejudicar vários passageiros é pura demagogia. A verdade é que hoje existe muita gente se beneficiando de uma falta de fiscalização forte. Se o transporte for para a rodoviária nova será mais fácil fiscalizar, inclusive a emissão de bilhete, já que grande parte é “tirada” sem a devida compensação tributária.

 

Vão justificar várias coisas para o MPE, mas tudo não passa de pura omissão para cumprir a resolução estadual existente, inclusive com o apoio do governo. Além desta resolução outras também não foram colocadas em prática, como por exemplo, a obrigação de oclocar GPS nos ônibus (tem cooperativa que não quer). E vários são os motivos: o GPS vai propiciar uma maior fiscalização, principalmente no desvio de rota, excesso de velocidade, atrasos nas saídas do interior p/ Aracaju, veículos rodando sem autorização e tudo mais.

 

Se tudo for controlado vai perder a graça para muita gente. É preciso que o governo estadual faça a sua parte principalmente colocando para funcionar a Agência Reguladora. É preciso que o MPE não aceite as desculpas esfarrapadas, ingresse com ação judicial e coloque ordem na bagunça. E, principalmente definir um prazo também para a licitação de transporte.

 

Por enquanto a força empresarial dos cooperados mandará mais do que o MPE. E a rodoviária velha, infelizmente, continua a mesma.

 

“Cala boca”

Ontem um colega de imprensa levantou dados de bastidores interessantes. Disse que uma determinada cooperativa de transporte, nos últimos três meses, triplicou seu investimento em verbas publicitárias na imprensa de Sergipe. Coincidência ou não tem muita gente que não toca no assunto e quando toca é para defender os interesses de quem sonega imposto. O colega disse que o MPE está acompanhado tudo. Ainda bem!

 

Para reflexão do professor

Ele tinha a força perante a qual os outros se dobravam: a calma”. Romain Rolland.

 

Cadê a segurança?

Um absurdo! Quem mora ao lado do Palácio de Veraneio, pode constatar dezenas de polícias militares fazendo a segurança do local (onde o governador não mora), mas não pode pedir ajuda aos mesmos no momento de perigo. São vários assaltos e nada. No último final de semana ainda ouviram que quatro viaturas do batalhão da PM da área estavam quebradas. Ninguém tem coragem de pedir o levantamento onde estão todos os veículos da PM. Até quando?

 

Emprego em SE

E o secretário do Desenvolvimento Econômico, Jorge Santana, comemorou, pelo twitter ontem a quebra de um novo recorde de Sergipe na área do emprego: em outubro o saldo foi de 4.777 empregos com carteira. O recorde anterior foi 3.688, em set/2009.

 

Mototaxistas

O trânsito ontem ,22,pela manhã ficou tumultuado no centro de Aracaju. Os mototaxistas obstruiram a rua Santa Amaro(Laranjeiras e são Cristóvão), devido a apreensão de uma moto que fazia irregularmente o transporte de passageiro, atividade não permitida no município. Após três horas de diálogo, os agentes de trânsito e policiais militares conseguiram sensibilizar os mototaxistas que aquela atitude estava causando transtorno a cidade. A pista foi liberada e a moto levada para o pátio da SMTT.

 

Cumprindo a lei

Uma comissão de motociclista esteve com o Superintendente Osvaldo Nascimento que mais uma vez reafirmou “A  SMTT, pacificamente, vai continuar cumprindo a lei. A fiscalização vai continuar nas ruas coibindo qualquer tipo de transporte irregular seja via motos, veículos(taxis lotação) ou ônibus. Estamos cumprindo a lei e pacificamente não permitiremos qualquer manifestação que perturbe a livre circulação de pessoas ou veículos” disse Osvaldo.

 

PD de Aracaju

Anderson Gois, que foi candidato a deputado estadual pelo PV, está se mobilizando para abrir um grupo de discussão sobre o Plano Diretor de Aracaju, principalmente sobre o Código Ambiental. Se ficar esperando a vontade de alguns membros do PV a ideia não avança. O partido, como muita gente já sabe, não discute nada em Aracaju, muito menos o meio ambiente. Aliás, o deputado eleito da sigla deveria encampar esta questão.

 

O perigo são as “emendas”

Quem comparar o atual Plano Diretor com a proposta nova vai procurar e não encontrar muitas aberrações. É que elas são colocadas de última hora, através de emendas apresentadas por alguns parlamentares. Foi assim no atual, onde uma comissão presidida por Wellington Costa fez um belo PD, mas na hora da votação virou uma colcha de retalhos com tantas emendas. E acontecerá a mesma coisa no próximo ano.

 

Tempo demais

Após dez anos, eis que o PD – Plano Diretor, chega à Câmara Municipal. Sua votação ocorrerá apenas em 2011. É inteiramente inadmissível que um tema tão importante para o ordenamento urbano da cidade leve tanto tempo entre o prefeito e o Conselho de Desenvolvimento Urbano. Os atuais vereadores têm, a partir de agora, que recuperar o tempo perdido. Afinal de contas, a população anseia por providências para dotar nossa capital de uma legislação adequada aos novos tempos. Segundo o presidente Emanuel Nascimento, a atual legislatura tem legitimidade para já iniciar os trabalhos de discussão do novo Plano Diretor.

 

Construção de prédios

Comenta-se que no anteprojeto é autorizada a construção de prédios com 20 andares. Para que esse detalhe seja aprovado, é necessário que o Corpo de Bombeiros seja dotado de estrutura necessária para combater incêndios. Como se sabe, os equipamentos atualmente utilizados não são suficientes para atingir nem a metade dos andares dos edifícios de 12 pavimentos, que representam a grande maioria em Aracaju. Imagine o que poderá acontecer com os de 20 andares.

 

Voto nominal

O vereador Emerson Ferreira, do PT, defendeu ontem a adoção do voto nominal na eleição para escolha dos novos dirigentes da Câmara Municipal. Preconizou, também, que só é possível um vereador exercer um máximo de três mandatos, sendo que com direito a apenas uma reeleição.

 

Reformas inadiáveis I

No início de cada ano, e, principalmente, no começo de um novo governo, é praxe, no Brasil, abordar-se intensamente a necessidade inadiável de reformas, em vários campos da atividade humana. 2011 bate à porta. E a história repete-se. Os comentários, os palpites, os “pitacos”, as análises começam a pipocar nos órgãos de comunicação social. Sim, porque estamos a praticamente um mês de um novo ano e da instalação de novos governos (federal e estaduais).

 

Reformas inadiáveis II

Dentre os vários temas abordados, sobressaem-se dois: a reforma tributária e fiscal e a reforma política. Segundo os “experts” no assunto, o Brasil é um dos países do mundo em que a carga fiscal é insuportável. Também aqui temos as mais altas taxas de juros do planeta. Esses dois itens influem tremendamente no processo desenvolvimentista da nação. O crescimento exagerado das importações prejudica, sensivelmente, as empresas exportadoras. A desvalorização do dólar, com a consequente sobrevalorização do real, também afeta a balança comercial brasileira.

 

Reformas inadiáveis III

A idéia apoiada pelo Brasil no G-20, visando à adoção de uma cesta de moedas nas transações internacionais não obteve o respaldo necessário. Para completar, Barack Obama resolve inundar o mercado americano e de outros países, principalmente os chamados emergentes, com a emissão de 600 bilhões de dólares. Importante salientar que o lastro ouro já foi para o espaço há muito tempo. Como se vê, há uma agenda de desafios esperando a nova equipe econômica, que não será tão nova assim, vez que já está confirmada a presença de Guido Mantega na Fazenda. Novidade mesmo poderá vir a ser a saída de Henrique Meireles do Banco Central.

 

Reformas inadiáveis IV

O país inteiro aguarda, com grande expectativa, as chamadas reformas inadiáveis. Na década de 60, essas reformas eram classificadas como “de base”. E deu no que deu. Quanto à reforma política, a lógica manda que se espere ser muito mais difícil sua aprovação. Por motivos óbvios. Mas a base governista tem folgada maioria, na Câmara e no Senado. Nunca o cenário foi tão propício para sua efetivação, que muito dependerá da vontade política do governo Dilma Rousseff.

 

Saco da camisa sem água

O blog já publicou uma vez e o problema foi resolvido. Mas agora voltou com força total: moradores do povoado Saco do Camisa em Poço Verde, reclamam que a falta d`água já chega há 30 dias. Alguns moradores informaram que na semana passada chegou um pouco e não deu nem para encher um balde, essa água chegou em poucas residências e parou. Os moradores  estão pagando quatro reais por uma carroçada de água que não dá para beber, é lama pura.

 

Cisterna foi desativada

Antes existia no povoado uma cisterna que foi desativada por causa da chegada da água encanada, agora sem a cisterna e a água que não chega às torneiras o povo está sofrendo muito. Os moradores pedem ao pessoal da Deso que reative o poço artesiano para amenizar o sofrimento deles.

 

Láercio na CNC

Final de ano bom para o empresário Laércio Oliveira: depois de ter sido eleito deputado federal com quase 80 mil votos, hoje será empossado à noite, em Brasília, vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). E, na quinta-feira passada, a mesma entidade outorgou a ele a Comenda da Ordem do Mérito Comercial. No discurso de entrega, o presidente da CNC, Antônio Oliveira Santos, registrou que os empresários estavam sendo homenageados por sua atuação “na defesa daqueles brasileiros que não tiveram boas oportunidades e hoje estão se capacitando e se inserindo no mercado de trabalho”.

 

Definição de listas para vagas da OAB é adiada

Foi adiada a escolha dos nomes que vão compor as listas para preencher as vagas de ministro do Superior Tribunal de Justiça destinadas ao quinto constitucional da advocacia. A eleição estava marcada para ontem, 22. Porém, o Pleno do STJ quer ampliar a discussão devido a fatos que foram apresentados. Entre os que disputam as vagas está Carlos Alberto Menezes.

 

Impasse I

O STJ e a OAB travam há quase três anos uma batalha para o preenchimento das vagas do quinto constitucional da advocacia. Em fevereiro de 2008, o tribunal devolveu à entidade a relação proposta pela ordem por não concordar com os nomes escolhidos pela advocacia. Para a maioria dos juízes, nenhum dos candidatos possuía as qualificações necessárias para se tornar ministro do STJ.Na ocasião, nenhum dos candidatos obteve o número mínimo de 17 votos para fazer parte da lista. Desde dezembro de 2008, as vagas destinadas a advogados no tribunal são ocupadas por desembargadores convocados. A OAB recorreu ao Supremo Tribunal Federal, mas perdeu a briga, e refez a lista.

 

Impasse II

Como havia mais duas cadeiras vagas no STJ, a entidade marcou uma única sessão para formar três listas. No dia 12 de setembro, depois de 12 horas de discussões, o Conselho Federal da OAB escolheu os 18 advogados que disputam as três vagas. Foram sabatinados 41 candidatos.A decisão de o STJ votar as listas para evitar novos desgastes, contudo, não foi tranquila. Ministros cogitaram a devolução de uma das listas por considerá-la problemática e afirmam que há, entre os escolhidos pela OAB, advogados que respondem a ações penais, o que seria suficiente para que a entidade não os elegesse. (Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ)

 

Empreendedorismo na Unit

Na última sexta-feira, dia 19, aconteceu no Auditório Padre Arnóbio, da Universidade Tiradentes – Unit – o seminário ‘Empreendedor Individual’. Organizado pelo 4º período do curso de Administração, a iniciativa consiste em divulgar a Lei do Empreendedor Individual.O evento contou com as palestras do gerente de políticas públicas do Sebrae, José Américo, que falou sobre a Lei Complementar, e do presidente da Construtora Celi e da Associação Sergipana dos Empresários de Obras Públicas e Privadas (Aseopp), Luciano Barreto. O empresário abordou o tema “A importância dos pequenos negócios para o desenvolvimento econômico do país”.

 

Legalidade

“A Lei foi criada para trazer legalidade às atividades dos pequenos empresários. Além de ser uma segurança, ela incentiva o empreendedor a trilhar um caminho correto com ampla visão, idealizando o futuro”, afirma Luciano Barreto.Conhecido em toda a sociedade por ser um conceituado empreendedor, o empresário contou, durante sua apresentação, sobre a sua história profissional, desde os tempos de estudante de engenharia civil na Bahia até a fundação da Construtora Celi.

 

Carga tributária

O presidente da Celi ressaltou que a carga tributária do Brasil é muito alta. “É preciso que haja políticas públicas para que seja feita a reforma tributária. O país tem a maior carga tributária e não temos serviços adequados à população como saúde e educação”, enaltece.Ainda em sua palestra, Luciano Barreto deu um grande recado para os alunos de administração que foram o prestigiar. “O empreendedor começa ainda na escola. Além de ter interesse e dedicação aos estudos, o aluno precisa inserir em atividades contribuem para o seu crescimento como grupos de estudo, agremiações, etc. Fui um estudante engajado em diversas causas estudantis e sociais e dei continuidade em minha vida profissional. A organização do evento está de parabéns. São encontros assim que nascem empreendedores. Espero que daqui há alguns anos, muitos de vocês estejam aqui para contar suas histórias de sucesso”, finaliza.

 

Cirurgia de catarata

Uma parceria firmada entre a Prefeitura de Itabaiana, através da Secretaria Municipal de Saúde, com o Instituto de olhos de Sergipe – IOSE, permitirá, a realização de 150 cirurgias de catarata. As operações acontecerão nos dias 25, 26, 27 e 28 de novembro. Os pacientes contemplados foram atendidos nos postos de saúde do município, onde foi detectado o problema e agendado a intervenção cirúrgica. O mutirão contará com uma equipe de 15 profissionais liderados pelo Dr. Vinícius Cunha Gois, Diretor do IOSE. Serão três oftalmologistas, um anestesista, um enfermeiro, quatro técnicos em enfermagem e seis técnicos em oftalmologia. “A equipe está mobilizada e concentrada nesse mutirão. Nosso objetivo maior é assistir da melhor maneira a população itabaianense e proporcionar uma vida melhor, devolvendo a visão a estas pessoas”, avaliou Vinícius Cunha, diretor do IOSE.

 

Posse e livro sobre padre Leeb I

No próximo dia 6 de dezembro, às 19h, no auditório da biblioteca Pública Epifânio Dóreia será realizada a sessão especial da Academia Sergipana de Letras, para a posse do padre Humberto Lebb como correspondente internacional da entidade. O ato contará com a presença do Embaixador da Áustria, no Brasil, Hans Peter Glancer e de representantes dos Governos do Estado de Sergipe, do Município e  da sociedade civil. Logo após será lançado o livro “O Desafio da Fé – Padre Lebb uma vida que faz história” de autoria da professora Geovana Oliveira Lima . 

 

Posse e livro sobre padre Leeb II

Este livro de  301 páginas, 16 capítulos, 310 fotografias e  15 documentos históricos testemunham não só as obras de Pe. Leeb no Brasil, mas a sua vida marcada com a força de fé  e de esperança em vários continentes.Como  austríaco e vivendo na Europa durante o horror  nazista da II Guerra Mundial, o signo   LUZ E VIDA que abraçou em sua missão religiosa representa o compromisso de  solidariedade e libertação na partilha dos dramas humanos.Este livro de leitura imperdível percorre trilhas e ganha densidade, ao revelar a utopia deste “peregrino da esperança”, no exercício dialógico da fraternidade e da paz.

 

Figuras de Sergipe – José Queiroz I

José Queiroz da Costa, funcionário aposentado do Banco do Brasil, comerciante e empresário da área de comunicação, foi eleito deputado federal em 1986, com 24.967 votos. Atualmente com 74 anos, (nasceu em 14.07.1936), é natural de Itabaiana. Foi deputado constituinte (1987/1990). Foi membro da Comissão da Família, Educação, Cultura e Esportes, Ciência e Tecnologia e da Comunicação, Subcomissão de Educação, Cultura e Esportes. Mesmo sendo empresário, votou, sempre, a favor dos trabalhadores. Daí ter obtido, em avaliação criteriosa feita pelo DIAP, 9,5 no primeiro turno, 8,0 no segundo turno e uma média final de 8,75.

 

Figuras de Sergipe – José Queiroz II

A seguir, comentário extraído do livro “Quem foi quem na Constituinte), sobre a atuação de José Queiroz: “Um dos poucos parlamentares do Estado que demonstraram sensibilidade social, sua atuação nas votações da Constituinte foi progressista. Votou a favor da participação popular no Legislativo, disse SIM ao direito de voto aos 16 anos e votou a favor do tabelamento dos juros. Nacionalista, disse SIM à proteção da empresa nacional e à nacionalização do subsolo. Votou a favor do direito de sindicalização do servidor público e disse SIM à reforma agrária.” – Mesmo assim, José Queiroz, que foi eleito em 1986 pelo então PFL, não conseguiu eleger-se, de novo, em 1990. É patrono da Associação Olímpica de Itabaiana. E atualmente é, também, membro do Conselho Deliberativo do tricolor da serra. Construiu a Vila Olímpica, patrimônio da agremiação do Itabaiana. Proprietário da Rádio Princesa da Serra, continua no comércio de jornais e revistas. Sua banca fica situada defronte à Secretaria de Finanças do Município, na Praça General Valadão. Oriundo do antigo PSD, Queiroz hoje é filiado ao PDT. Um dos maiores desportistas de Sergipe, levou o Itabaiana a grandes conquistas no futebol profissional de Sergipe. Por tudo isso, José Queiroz é uma das expressivas FIGURAS DE SERGIPE.

 

Monteiro Lobato I

O enquadramento como “racismo”das referências à Tia Nastácia na obra de Monteiro Lobato “O Sítio do Pica pau Amarelo” é uma grande estupidez. A iniciativa partiu de um membro do Conselho Federal de Educação. A obra citada foi escrita em 1939. Claro que à época era considerado natural o tratamento dado aos negros e aos índios. Com o passar do tempo, e a consequente conscientização do povo brasileiro, passou a ser observado um comportamento de discriminação por raça. Hoje, em verdade, seria inadmíssivel o uso de expressões referentes à Tia Nastácia. É incrível como um educador, membro do Conselho Federal de Educação, tenha enquadrado partes do texto do escritor paulista como demonstração de “racismo”. Na literatura, é importante a observação do tempo e do espaço, preceitos certamente desconhecidos pela referida “autoridade”.

 

Monteiro Lobato II

Monteiro Lobato nasceu em Taubaté (SP), em 1882 e faleceu em 1948, durante o sono, vítima de espasmo muscular. Um dos escritores mais populares do Brasil, sobretudo por sua literatura infantil, Monteiro Lobato era formado em Direito. Ingressou no Ministério Público, como promotor, tendo permanecido no cargo durante sete anos. Ele foi contista, cronista, memorialista e autor de obras infantis. Foi também diplomata, tendo sido adido comercial nos Estados Unidos, de 1926 a 1931. Nacionalista, engaja-se na campanha em defesa da exploração do petróleo. Foi condenado, por essa atuação exacerbada, pelo Tribunal de Segurança, tendo ficado preso durante 90 dias. O primeiro poço de petróleo no Brasil foi denominado “Lobato”, em reconhecimento à sua luta.

 

Revelação

Formado em jornalismo, Rômulo Oliveira tem se revelado na produção de bons textos esportivos, na qualidade de “free lancer”. Tem prestado seus serviços ao Jornal da Cidade.

 

Ajuda à Irlanda

Noventa bilhões de euros. Este é o montante da ajuda financeira a ser prestada pela União Europeia e pelo FMI à Irlanda, cuja economia está vivendo grande crise.

 

ENADE  

Prevista para hoje a divulgação do gabarito do ENADE, exame dos cursos de graduação. Também hoje o IBGE divulga a inflação medida pelo IPCA-15, em novembro.

 

ENEM

Amanhã, 24, quarta-feira, o MEC vai divulgar a  data para realização da nova prova do ENEM para os alunos prejudicados na primeira.

 

Woody Allen

Na próxima sexta-feira, vai estrear em circuito nacional o filme “Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos”, nova obra do festejado diretor Woody Allen.

 

Cólera

A epidemia dessa doença que assola o Haiti já fez 1.250 vítimas fatais.

 

Corredor bioceânico

Será inaugurado no próximo sábado, em Santa Cruz de la Sierra, com a presença dos presidentes Lula, Sebastián Piñera, do Chile e Evo Morales, da Bolívia. Finalmente, vai ser possível a saída para o Pacífico. Trata-se de um antigo sonho que deverá impulsionar o comércio das nações sul-americanas.

 

Falece Almeida Prado

Com 67 anos, faleceu no último domingo, em São Paulo, um dos principais compositores brasileiros do pós-Guerra. Nasceu em Santos e era professor aposentado da UNICAMP. Atualmente, apresentava o programa CALEIDOSCÓPIO, na Rádio Cultura FM. Compôs mais de 400 peças, dentre as quais merecem destaque “Cartas Celestes”, “Sinfonia dos Orixás” e “Salmo 23”. Diabético desde 1997, Almeida Prado tinha saúde frágil. A causa da morte do compositor foi uma parada respiratória.

 

Show de emoções

O público de São Paulo está vivendo momentos de intensa emoção, com os shows de Roberto Carlos, Lou Reed e Paul McCartney. Também está prevista para os próximos dias a estréia de um show protagonizado por Caetano Veloso e Maria Gadu, considerada uma excepcional revelação.Depois, o show da dupla vai percorrer várias capitais brasileiras.

 

Bairro Cidade Nova  comemora 32 anos I

Estância  faz parte dos onze municípios que compõem  a região sul de Sergipe; distante da capital cerca de 67 quilômetros, Estância foi  intitulada pelo Imperador D. Pedro II de “Jardim de Sergipe”. Em um dos seus momentos de inspiração o escritor baiano Jorge Amado assegurou que Estância é uma cidade quase idílica, onde reside o povo mais cordial do mundo. Cidade pólo, que cresce a cada dia, Estância é Berço de  ilustres filhos  tais como: Gumercindo Bessa, Graccho Cardozo, Gilberto Amado, Luiz Carlos Fontes de Alencar e outros mais.

 

Bairro Cidade Nova comemora 32 anos II

Nesta quarta-feira, 24) a cidade de Estância vai festejar o aniversário de um dos bairro mais populosos do município, o Cidade Nova que vai completar 32 anos de fundação. Criado em 1978, pelo saudoso prefeito (arenista) Valter Cardoso, a Cidade Nova tem recebido uma atenção muito especial do presente governo municipal. A prefeitura, através da Secretaria de Turismo, está ultimando a programação festiva composta de shows artísticos e cultura local.

 

Memória política – Nepotismo

Com o enfoque de hoje, vê-se, claramente, que NEPOTISMO é uma coisa muito antiga. O velho José Linhares, presidente do Supremo Tribunal Federal – STF – estava em casa, em 1945, quando os generais, que haviam deposto Getúlio, lhe comunicaram que deveria assumir a presidência da República. Pediu algum tempo para pensar, telefonou a alguns ministros, aceitou.

Saiu, foi conversar com Góis Monteiro.

– Onde está o doutor Agamenon Magalhães?

– Está preso.

– Ou os senhores soltam o Agamenon ou eu não assumo.

– Por quê, dr. Linhares?

– Ora, General Góis Monteiro, foi o ministro Agamenon que fez minha carreira. Todas as minhas promoções eu devo a ele.

Góis mandou soltar Agamenon. Linhares assumiu.

Assumiu e começou a nomear parentes. Nomeou a família toda. Um amigo foi dizer-lhe que, no País inteiro, não se falava em outra coisa. O general João Pessoa, em um jantar, fizera a piada que corria de boca em boca:

– “Não é o governo dos Linhares. Eles não são Linhares. São milhares.”

– Linhares ouviu e respondeu firme:

– “Eu tive que fazer uma opção. Entre passar 60 dias acusado pelos adversários e passar 60 anos condenado pela minha família, preferi atender à família. Ninguém aguenta uma família pedindo emprego. Dei logo para me deixarem em paz.

Fonte: Folclore Político, de Sebastião Nery – 5 volumes em 1 – Geração Editorial, 2002.

 

DO LEITOR

 

Sobre o relato de frei Enoque

O relato de frei Enoque, através de ofício, encaminhado a SSP e ao MPE, resultou em vários e-mails. O mais forte deles: “Não acredito que as perguntas abaixo tenham sido feitas por um prefeito.Isso mostra o desastre de Poço Redondo: nenhuma ação na cidade, só pedir, pedir, pedir, sem buscar nenhum sentido de responsabilidade para assumir o protagonismo necessário às ações públicas. Se o prefeito desconhece a legislação, a cidade não estabelece as posturas municipais, não tem órgãos como – no caso de Aracaju – Emsurb e Guarda Municipal, com caracterizar a ilegalidade dos atos para requerer acão policial? Será que ele não sabe que quem autoriza bares é ele? Festas grandes, idem? Condições de tráfego nas rodovias não estaduais, idem? Medidas educativas e Conselhos, idem? “Quantos bares temos legalizados? Qualquer pessoa pode abrir um estabelecimento? Promover festas, sorteios, etc? Quem pode e deve dirigir? As condições de trafego dos veículos são adequadas? Que medidas educativas poderiam ser feitas com nossos jovens e adolescentes? O Conselho Tutelar, o Conselho da Criança e adolescente poderiam se fazer mais presentes na área ribeirinha, nos fins de semana e feriados? O que seria necessário? Como Prefeito me sinto amarrado, pois as leis que tratam de apreensão de animais beneficiam e incentivam os que criam animais soltos. Que fazer? Será que não podiam ser responsabilizados criminalmente quem solta animais?”

 

Ponto de ônibus

Da assessoria de Comunicação da SMTT: “Ontem,22, um leitor se referiu  sobre o posicionAmento da SMTT em colocar pontos de ônibus nas proximidades de retornos, citando especificamente a avenida Francisco Porto. A sugestão é válida e nos temos consciência do problema, agora, nem sempre é possível fazer o que está contido na sugestão do leitor. Não é só simplesmente transferir o ponto desse para aquele lugar. Quando é possível o fazemos, para isso, é preciso de área para construir a”baia” para o ônibus. Já fizemos transferência  do Ponto de Ônibus na avenida pedro Valadares para as proximidades do Bom Preço e dentro de mais alguns dias vamos mudar o Ponto Sinhazinha para a “baia”, em frente a Banca de Revista. É preciso que a via ofereça condição”.

 

Tráfego de carroças

Ainda da assessoria da SMTT: “A SMTT, no final do ano 2007, iniciou um trabalho de conscientização dos carroceiros, no sentido do respeito às leis do trânsito e os cuidados básicos com o animal. Várias reuniões foram realizadas e um cadastro em andamento o que possibilitou a realização de cursos sobre essa atividade profissional. Como forma de identificá-los, cerca de mil carroças foram emplacadas, o que possibilita a identificação do proprietário em caso de alguma irregularidade cometida, como a colocação de entulho em local indevido.O projeto continua sendo desenvolvido pela Coordenadoria de Educação para o Trânsito da SMTT. A regulamentação do trânsito de veículos tração animal deverá ser pauta de discussão durante a elaboração do Código de Mobilidade Urbana, que está sendo construído”.

 

TIM e o limite das fronteiras

Comentário de Lucélia Faro: “Conhecedora de sua coluna via web, resolvi publicar um fato que aconteceu comigo, visto que me causou indignação, portanto estou publicando para que outras pessoas não se tornem vítimas do protocolo e da falta de senso no atendimento de certas empresas. Desde já agradeço a atenção.”VIVER SEM FRONTEIRAS” – Este é o bordão da TIM – e sendo possuidora de um modem (desativado) desta operadora, resolvi reativá-lo, então fui na loja da TIM localizada no shopping Jardins de Aracaju e lá recebi a informação de que apenas levasse os documentos: CPF, RG e um comprovante de residência. Assim fiz retornando cerca de 7 dias depois à mesma loja, e para minha surpresa fui literalmente “barrada” no pré-atendimento ou  recepção, não sei como denominam, pasmem: porque o comprovante de residência não continha o CEP, eu apresentei a fatura de energia, apresentei outra fatura do plano de saúde, nada disto foi aceito, informei que conhecia o  CEP de cor, nada disto fez  o “espírito de sem fronteiras” me favorecer, pelo contrário, parecia que eu estava em uma ilha deserta, cercada de  tubarões, querendo me expulsar do único espaço que me cabia. É a contra mão da venda, da propaganda, da liberdade de escolha, da segurança  de tudo que qualquer empresa que queira crescer e se tornar sólida no mercado, possa cometer… Acredito que para segurança da operação por parte da empresa, o mais importante era a minha situação  financeira  idônea, sujeita a pesquisa e com toda a certeza seria aprovada, além de já ter sido cliente desta operadora (como disse eu sou possuidora de modem da TIM, porém desativado).Pelo contrário, para minha indignação fui desaprovada sem nem apresentar nenhum documento, nem sequer  escolher o plano, por um simples Código de  Endereçamento Postal que limita fronteiras”.

 

Os mototáxistas e a lei

De Isaac dos Santos,mototáxista: “Caro jornalista,hoje (22) Aracaju foi novamente destaque na mídia nacional .Não por sua conhecida beleza e por seu ar pitoresco, mas por um protesto que culminou com agressões e prisões de mototáxistas que reinvidicam o direito de trabalhar dentro da esfera da lei.Vamos usar da legalidade? Comecemos pelo comandante do SMTT, o Major Paiva. Homem inteligente, não resta dúvidas , uma verdadeira sumidade em Legislação de Trânsito , matéria que ministra em cursos de formação de policiais e que,se não me falha a memória, em cursos para concursos . Cumprindo-se à risca à lei, o major já deveria estar agregado da PMSE,pois está fora da atividade-fim há mais de dois anos . Como instrutor de trânsito, também está orientando seus comandados de maneira incorreta.Voltando à triste manifestação de hoje à  tarde: o pandemônio começou por conta da apreensão de uma moto, que estaria fazendo transporte ilegal de passageiros. Segundo o Art. 231 do Código de Trânsito Brasileiro,transporte irregular de passageiros é punido com multa e retenção do veículo para regularização . Então os agentes da SMTT podem se sobrepôr à legislação federal? Melhor, com ordem de quem eles fazem isso? Aracaju não faz parte do Brasil e tem legislação própria em matéria de trânsito? Nossa Superintendência de Trânsito,pelo jeito,virou o “samba-do-crioulo-doido”, pois além de um policial comandante,tem vários policiais desviados de função fazendo parte de seus quadros.Para ficar nos ditos populares,o pau que dá em Chico não dá em Francisco,pois o episódio de hoje mostrou como é a atuação do órgão… o trânsito da cidade caótico, carros estacionados em vagas especiais sem prerrogativa para tal e os agentes de trânsito batendo boca e infringindo a lei prendendo motos licenciadas e com condutores habilitados,ao invés de simplesmente cumprirem o que está claro no CTB.Ainda por cima,do jeito que a violência grassa na nossa cidade,pede auxílio de tropas de repressão para sufocar a reclamação de trabalhadores que só querem que a lei seja cumprida,mesmo sabendo da fragilidade de sua atividade laboral.Nosso prefeito bate na tecla do perigo do transporte motociclístico e se recusa a encarar a realidade.Qualquer tipo de transporte é perigoso,inclusive ônibus e carros de passeio.Será que quem toma esse tipo de condução vai coagido?O que se enxerga é um lobby mal-disfarçado de empresas de ônibus e taxistas que temem perder público para o mototáxi,como se o transporte público aracajuano fosse maravilhoso e não necessitasse desses profissionais,que já tem sua profissão reconhecida em diversos pontos do país,inclusive em grandes cidades sergipanas como Socorro e Itabaiana. Se a lei é para todos, SMTT e Prefeitura Municipal de Aracaju deviam começar a dar o exemplo”. Isaac dos Santos,mototáxista com muito orgulho.

 

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

 

Frase do Dia

“Há duas espécies de homens: os justos, que se julgam pecadores e os pecadores que se crêem justos”. Blaise Pascal. 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários