Saúde funciona, turismo caos. CIC seria local p/ hospital de campanha

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

A pandemia de coronavírus está servindo para mostrar a dicotomia do atual governo do Estado. Enquanto a saúde funciona, comparado-se com o caos que havia no passado recente, a área do turismo é um ponto de marasmo total no atual governo.

Se a pasta do turismo tivesse sintonizada como a da saúde, o Centro de Convenções já estaria reformado e preparado para se transformar num hospital de campanha, como os centros de convenções de vários estados estão sendo utilizados, porque são estruturas abertas e com um custo mais baixo para a saúde montar uma estrutura. O pavilhão 3 do Rio Centro (RJ) está se transformando num hospital de campanha, assim como muitos outros como Anhembi (SP), Expominas (MG), entre outros.

Ou seja, Sergipe como não tem o Centro de Convenções por conta da inoperância da área do turismo, a área da saúde terá que gastar mais se precisar montar uma área externa com tenda climatizada e piso de madeira, para substituir a estrutura que seria fornecida de graça pelo centro de convenções que estaria pronto para virar um hospital de campanha.

O leitor perceba como a dicotomia de um governo, entre uma área que funciona e outra que é um caos, pode prejudicar um momento tão crucial para todos.

Um grande mal para os sergipanos por conta de uma reforma se arrastar por cinco anos. E o pior: ninguém será punido.

 

Rumores. Blog está de olho Este é o momento do empresariado ajudar como pode. Então existem rumores nos corredores palacianos que irão montar uma estrutura através de um contrato com um famoso empresários de eventos, irmão de certa “otoridade” municipal. O mercado de eventos de Sergipe está de olho… É o momento de quem se beneficia muito abrir mão de graça em prol da saúde dos sergipanos.

Coronavírus X Lide Sergipe. O grupo que reúne o maior PIB do estado está fazendo algo neste momento? O blog vem recebendo informações diárias que muitos empresários sergipanos e algumas entidades estão ajudando na compra de materiais para os trabalhadores da saúde e até equipamentos em alguns casos, como alguns associados da ASEOPP, que estão se cotizando para ajudar na compra de ventiladores mecânicos para o hospital de Cirurgia.

Coronavírus X Lide Sergipe. O grupo que reúne o maior PIB do estado está fazendo algo neste momento? II O Lide Sergipe, grupo que tem como um dos seus objetivos “propor ações que contribuam com a percepção do empresário como um cidadão que paga impostos, emprega pessoas, corre riscos e fomenta o desenvolvimento de uma sociedade,” sumiu neste momento crucial. Não seria a hora do Lide Sergipe assumir a dianteira numa campanha de mobilização dos grandes empresários para ajudar na preparação para a guerra contra o coronavírus? Ou o grupo só serve para massagear o ego de alguns poucos, com reuniões fechadas, convidados de fora do Estado e comes e bebes nababescos?

CREA insiste em realizar eleição presencial no 03 de junho, na contramão do bom senso e a segurança dos profissionais O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, junto com os seus regionais, mesmo com as solicitações de vários candidatos pelo país, como o engenheiro Dilson Luiz, aqui em Sergipe, e o engenheiro Paulo Guimarães, em Brasília, continua inerte quanto às eleições, tramitando tudo como se em uma bolha estivessem. Estes conselhos são os responsáveis pelas profissões dos Engenheiros (em todas as suas modalidades), agrônomos, geociências e Tecnologias. Como explicar à população que o Conselho profissional que tem por função precípua defender a sociedade, dentro dos seus grupos de profissionais, pensa em fazer uma eleição presencial em 03 de junho?

Pico da epidemia no período O Ministro da Saúde, Dr Mandeta, através de dados comparativos, já demonstrou que estará no pico da epidemia neste período. Já se fala em adiar as eleições municipais, que estão previstas para outubro. Já foi adiada a Olimpíada de Tokio, que seria em agosto. O que se deixa no ar é que estão querendo uma eleição sem campanha, assiM beneficiaria os candidatos dos grupos que hoje administram os conselhos, pois o corpo a corpo está proibido, e neste a apresentação de como vem sendo o sistema para os profissionais não é interessante para os que querem se manter nas “tetas” do Conselho.

Solução Adiar a eleição e fazer de forma virtual oportunizaria a todos os profissionais votarem, pelo histórico menos de 10% o faz. A eleição, propositadamente, é em dia de trabalho, dia útil, deixando de lado a grande maioria dos profissionais, que ficam alijados do processo onde se elegem os seus representantes para comandar este que é o maior sistema profissional da América.

Nota Sindpese – Redução dos Preços dos Combustíveis O Sindpese destacou, nesta quinta-feira, 26, que houve uma redução dos preços por parte das Refinarias. Porém, os estoques das Distribuidoras e dos Postos de Combustíveis estão bastante elevados, em virtude das quedas superiores a 50% nas vendas dos Postos. As reduções acontecerão de forma gradativa, e provavelmente algum elo desta cadeia possa entender que essa redução poderá ser absorvida, em virtude da queda acentuada das vendas, já que os custos operacionais são os mesmos dos meses anteriores, não havendo até o momento demissões de funcionários, mas é observado um novo cenário diante de quedas superiores a 50% nas vendas. Para minimizar os prejuízos causados desde o início da crise do Coronavírus, é provável que alguns entendam (Postos e Distribuidoras), que parte dessas reduções possam ser absorvidas. O Sindpese ressalta que os preços são livres, baseados nos estoque e estruturas de custo de cada revendedor. Direção Sindpese.

Arquidiocese de Aracaju faz apelo, mas… A Arquidiocese de Aracaju, através do seu site oficial, está fazendo um apelo aos fiéis para contribuírem financeiramente com as paróquias. Este blog já tinha advertido, na semana passada, da dificuldade de muitos padres não conseguirem pagar as despesas paroquiais. Porém, nenhuma atitude concreta foi tomada, ainda, pela Arquidiocese para dispensar ou diminuir o valor que as paróquias são “obrigadas” a repassar, mensalmente, para a Cúria. O valor repassado é de 15% sobre todas as receitas. “É um valor alto, é um absurdo. Ao menos diminuam para a metade”, disse um leigo engajado. Segue o link: https://www.arquidiocesedearacaju.org/post/nossas-par%C3%B3quias-precisam-da-generosidade-do-povo-de-deus

Mais R$ 11,5 milhões para o enfrentamento do coronavírus, através do deputado Fábio Henrique Pelas redes sociais, o deputado federal Fábio Henrique, PDT, anunciou o remanejamento de emendas no valor de R$ 8 milhões para o Governo de Sergipe, mais R$ 2 milhões para a Prefeitura de Socorro, R$ 1 milhão para a Prefeitura de Aracaju e R$ 500 mil para a Prefeitura de São Cristóvão. A previsão do Governo Federal é que os recursos sejam liberados até o dia 31 de março e a expectativa é que não possua contingência.

União sem partidarismo “Esse é um momento de união. Temos de combater o Covid-19 e para esse momento não pode existir partido político, nem aliado e nem adversários. Eu me preocupo com pessoas e fiz uma distribuição para atender os municípios onde os especialistas acreditam que haverá um maior número de infectados. E também destinamos boa parte para o Estado, porque atenderá a diversos outros municípios”, destacou o deputado Fábio Henrique.

Cartórios de Sergipe trabalharão em regime de sobreaviso para serviços de urgência Em virtude das variadas demandas em caráter de urgência que estão surgindo nos serviços notariais e de registro neste período de suspensão das atividades presenciais nos cartórios, a ANOREG/SE buscou, de forma conjunta com o Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe, minimizar as consequências geradas pela quarentena de prevenção ao COVID-19 sobre a sociedade. Desta forma, os cartórios de Sergipe disponibilizarão, em caráter extraordinário, o atendimento presencial mediante agendamento, com a prudência necessária para a preservação da saúde de usuários e de seus próprios colaboradores.

Prioridade O atendimento permanecerá prioritário para os que buscarem os serviços pelas Centrais Eletrônicas, mas nos casos urgentes, onde houver a necessidade da presença do usuário no cartório, a mesma se realizará através de agendamento por qualquer meio de comunicação – como telefone, e-mail ou mensagem de texto – e sempre com o uso de todas as precauções já recomendadas pelas autoridades sanitárias. Independente da nova medida, o plantão nos cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais continuará funcionando normalmente.

Divulgação Os cartórios divulgarão seus meios de comunicação ao público por meio de cartazes fixados na parte externa das serventias, redes sociais e também pelo site do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe – www.tjse.jus.br. A ANOREG/SE dá, desta forma, a sua contribuição para a continuidade de serviços essenciais para o cidadão em um cenário onde a união e o espírito de colaboração são indispensáveis para ultrapassar tão forte e inédita crise.

Plataformas Online Central Nacional de Protesto – cenprotnacional.org.br; . Central de Registro de Títulos e Documentos e Civil de Pessoas Jurídicas do Estado de Sergipe – rtdsergipe.com.br; . Central Eletrônica de Registro de Imóveis do Estado de Sergipe – cerisergipe.com.br; . Central de Informações do Registro Civil (CRC Nacional) – registrocivil.org.br;e-mail: contato@anoregse.org.br Whats App: 99882-7813.

Asese Protocola na Anatel uma solicitação para suspender por 60 dias o corte de Internet móvel, fixa e banda larga dos consumidores que estão ou possam estar em atraso com os provedores e operadoras de telefonia móvel ou fixa Em virtude do isolamento domiciliar conforme decreto governamental 40.567 para conter o aumento dos casos do COVID-19 ou novo Corona Vírus no estado de Sergipe. A associação de servidores do Estado de Sergipe, Asese, solicitou na manhã de hoje, da Anatel a pedido de centenas de associados que estão sem reajuste a 6 anos e recebendo abaixo do salário mínimo nacional, e para piorar em virtude da pandemia do covid-19 o novo corona vírus, estão impossibilitados de exercer suas atividades extras, que complementam sua renda familiar. A determinação aos provedores de Internet e Banda Larga, assim como as operadoras de telefone móvel e fixo que prestam esse serviço no estado de Sergipe. A suspensão por 60 dias do corte no fornecimento de Internet móvel e fixa, para os consumidores que estão ou possam ficar em atraso no pagamento das faturas.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Eduardo Ribeiro Advocacia preparou um Guia Jurídico para o atual momento de pandemia A apresentação: “Com a declaração pela Organização Mundial da Saúde (OMS) da pandemia mundial do COVID 19, o planeta foi colocado em situação de perigo e insegurança e os governos foram contingenciados a decretar a suspensão de direitos e deveres, em decorrência do necessário isolamento social e de outras medidas similares, cujo advento impôs a queda brusca da atividade econômica como um efeito colateral daninho e indesejado mas inevitável. Por conta disso, preparamos esse guia jurídico que engloba alguns aspectos de diversas áreas do direito afetadas pela pandemia, no intuito de orientar as empresas, seus integrantes e colaboradores a tomar decisões seguras e minimizar os prejuízos, ao mesmo tempo preparando o cenário para o retorno à normalidade. De qualquer forma, é importante frisar que esse breviário não substitui a consulta a um dos nossos profissionais qualificados sempre que necessário e para isso estamos mantendo a nossa atividade em tempo integral virtual, com auxílio das tecnologias disponíveis e e através dos meios de acesso doravante divulgados. Boa leitura!” O link para o Guia: https://eduardoribeiroadvocacia.com.br/uploads/pdf/COVID-19_GUIA_JURIDICO_%20O_QUE_VOCE_PRECISA_SABER.pdf

Campanha alimentos não perecíveis e matérias de limpeza De um colaborador: “Num tá fácil pra ninguém, mas podemos ajudar a conter ou atrasar a propagação do vírus(covid 19), contribuindo para dar algum alento as pessoas empobrecidas ou em situação de rua no tocante a sua segurança alimentar e a higiene tanto pessoal quanto do local onde vivem. Estou colando nesta campanha e solicito que apoiem também na medida da realidade de cada um.”’

 

 

 

PELO E-MAIL E FACEBOOK

ARTIGO

COMPRE NA BAIXA E VENDA NA ALTA: Regra infalível. Por Felipe Libório.

A primeira regra que devemos aprender para termos sucesso nos mercados é: compre na baixa e venda na alta. Todavia, na hora de fazermos isso ainda temos receio.

Tendemos a acreditar que o caos recente vai durar para sempre, supondo ainda que o que está disponível, fresco na mente, apresenta um risco mais relevante do que no futuro. Por isso é difícil pegarmos um voo quando acaba de cair um avião ou entrar em um mar onde uma pessoa foi atacada por um tubarão. Ou seja, dificilmente compramos ações depois de uma grande queda no mercado acionário.

O que explica isso é um viés simples na forma de como funciona a mente humana chamado de viés de disponibilidade, que nada mais é do que uma ideia do mundo com base na facilidade com a qual exemplos nos ocorrem.

Graças a esse viés, tudo que é espetacular e merece uma manchete de imprensa sensacionalista, atribuímos uma probabilidade muito alta de acontecer. A tudo que é silencioso e invisível, uma probabilidade menor de acontecer. Isso porquê o nosso cérebro pensa de maneira dramática, não quantitativa. Se algum evento acontece com frequência, fica fácil para nosso cérebro evoca-lo novamente, sendo ele verdadeiro ou não.

Logo, ao considerar o ano de 2019, onde todos os ativos financeiros subiram durante todo o ano, como a nossa bolsa que subiu em linha reta e quase não caiu, muitos investidores inexperientes entraram no mercado acreditando que sempre subiria da maneira com que foi nos anos anteriores e acabaram vendo nas últimas semanas que a renda variável VARIA tanto para cima como para baixo.

Conforme o viés de disponibilidade estamos mais propensos a colocar mais dinheiro no que está “subindo” e não no que está “caindo”. Sendo assim, as pessoas costumam considerar a rentabilidade passada e se o ativo subiu é nele que investem.

No entanto, não é bem assim que funciona. Temos que olhar para trás sim, mas para ver o histórico e ver como esses ativos se comportaram nos últimos anos. O que temos que ter na hora de alocar os nossos recursos é pensar à frente, desenhar uma estratégia de acordo com perfil e objetivos e seguir à risca.

No momento em que os preços dos ativos caem, dificilmente colocamos mais dinheiro. E é justamente nessas horas que temos que sair do problema, sermos racionais e pensarmos se vamos comprar na baixa.

Pensemos juntos:

Qual é a real chance desse caos durar para sempre?
– Será que todas as empresas listadas em bolsa vão quebrar?
– Será que o mundo vai acabar?

Quando observamos a situação pelo viés da razão ao invés da emoção, percebemos que crises sempre vão existir. Não vai ser a primeira, nem vai ser a última e é na crise que surgem as grandes oportunidades. Vale ressaltar que as grandes fortunas feitas nos mercados de ações aproveitaram momentos de estresse como esse que estamos passando.

Daqui a alguns anos podemos escutar algumas frases como: “Era nítido que bolsa iria subir.” “Os preços estavam baratos demais.” “Fiquei procurando o fundo do poço e perdi a oportunidade.” “Na próxima eu entro.”

Como meio de vencer o viés de disponibilidade devemos nos aliar às pessoas que pensam de modo diferente, com experiências totalmente diferentes. Sozinhos será muito difícil vencermos.

E lembre-se COMPRE NA BAIXA E VENDA NA ALTA.

Um abraços. Felipe Libório.

 

NOTA PÚBLICA –  Repúdio do CES/SE ao discurso do presidente da República

O Conselho Estadual de Saúde de Sergipe (CES/SE) vem a público repudiar o pronunciamento do senhor presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, veiculado em rede nacional na noite da última terça-feira, 24, quando disse que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) não passa de uma “gripezinha” e que devemos estar preocupados é com o desemprego em massa. O CES/SE ressalta que no primeiro ano de governo nenhuma medida eficaz foi tomada para resolver a situação dos mais de 12 milhões de desempregados.

O presidente disse ainda que o isolamento deve ser para os idosos e doentes crônicos, já que para estes o vírus pode ser letal. O CES/SE, referência em controle social, assegura, garante e defende que a vida, independente de sua condição de saúde, tem que ser cuidada, respeitada e assegurada toda assistência necessária. Esse órgão colegiado se sustenta no Estatuto do Idoso em seu Art. 9º: “É obrigação do Estado, garantir à pessoa idosa a proteção à vida e à saúde, mediante efetivação de políticas sociais públicas que permitam um envelhecimento saudável e em condições de dignidade”, alinhado com o Art. 15º: “É assegurada a atenção integral à saúde do idoso, por intermédio do Sistema Único de Saúde (SUS), garantindo-lhe o acesso universal e igualitário, em conjunto articulado e contínuo das ações e serviços, para a prevenção, promoção, proteção e recuperação da saúde, incluindo a atenção especial às doenças que afetam preferencialmente os idosos”.

Os membros do CES/SE, dos três segmentos, empenhados e preocupados com a saúde coletiva, repudiam veementemente qualquer ataque a Constituição Cidadã. O chefe do poder Executivo Nacional teve uma fala irresponsável, e até criminosa, atentando contra a vida das pessoas e anulando os esforços de todos para que o Sistema Único de Saúde (SUS) não entre em colapso.

Nós, conselheiros e conselheiras estaduais de Saúde, nos unimos aos conselheiros e conselheiras municipais de Saúde de Sergipe e apoiamos integralmente o repúdio do Conselho Nacional de Saúde (CNS), onde diz que o presidente Jair Bolsonaro contraria todas as evidências técnicas e científicas de instituições como Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Organização Mundial da Saúde (OMS), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), universidades brasileiras e o próprio Ministério da Saúde (MS), por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), e considera a fala pública dele de completa irresponsabilidade, podendo causar prejuízos aos cidadãos e cidadãs no Brasil como o aumento da transmissão comunitária e até mesmo do número de mortes.

Ratificamos a solicitação do CNS que pede aos órgãos competentes e aos poderes Legislativo e Judiciário, subsidiados pelos fatos e pelo clamor social, que tomem as providências cabíveis diante de um discurso genocida, que confunde a população e pode colocar em risco a vida de milhares de pessoas no nosso país.

Queremos reforçar o apoio público às medidas preventivas de combate à pandemia do Governo de Sergipe, que instituiu decreto de isolamento social dos sergipanos que trabalham nas áreas não essenciais neste momento até o dia 17 de abril. Em um período tão difícil que desafia os esforços de todos, devemos pensar em proteger a saúde da nossa população e a vida das pessoas, sejam elas crianças, jovens, adultos e, principalmente, idosos, os mais afetados pelo Covid-19. Para o CES/SE toda vida vale a pena.

Conselho Estadual de Saúde e Conselhos Municipais de Sergipe

PELO TWITTER

www.twitter.com/PimentelLuciano Sou a favor da utilização dos recursos do fundo eleitoral para fortalecer o combate ao coronavírus. Nossa prioridade deve ser enfrentar essa pandemia que tem feito tantas vítimas no Brasil e no mundo. É hora de união e de mobilização de esforços em prol de uma causa maior.

www.twitter.com/minc_rj O BolsoVirus sofreu uma mutação genética que levou ao isolamento auto imune. Cientistas da UFRJ identificaram uma sequência disfuncional no seu DNA, o Olavirus Neuroticum, que afeta o equilíbrio, a percepção. Gera agressividade: só é contido com vacina resistentis civilizatorium

www.twitter.com/WalterCosta_aju Está mais do que claro no Brasil. Nenhum governador segue a “liderança” de @jairbolsonaro. Ficou evidente que o país está sem líder, por falta de capacidade. Acredito que esse fato por si só é motivo suficiente para destituir do cargo o PR. @RodrigoMaia, @depfmitidieri vamos agir?

www.twitter.com/anterogreco Tem de ser muito anticristo para querer cristãos reunidos para cultos e missas correndo risco de ficarem doentes.

 

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram
Facebook
Twitter

Frase do Dia
“Inveja é a falta de fé em si.” Ditado árabe.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários