“Se fosse filho do governador ou de Carlos Melo já tinham resolvido”

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

“Se fosse um filho do governador ou do Dr. Carlos Melo (presidente da Deso) já tinham resolvido tudo”. O Desabafo de uma mãe, senhora Vilma, que perdeu uma filha na tragédia anunciada da caixa d`água da Deso que desabou no povoado Campo Grande (Dores) em cima de uma escola estadual e completou dois anos na última quarta-feira, 06. O desabafo foi feito ao radialista George Magalhães no Jornal da FAN de Carmópolis. O marido de Vilma, entrou em depressão e nem os remédios a Deso ajuda, a família tem que peregrinar para conseguir.

No último dia 15 de outubro o blog repercutiu uma matéria do Jornal da FAN e a Deso, por nota, disse que está dando o amparo às famílias. A verdade, o que as famílias dizem que a Deso encaminhou para psicólogas e médicos numa clínica, mas algumas especialidades como oftalmologista (tem uma criança que sofreu uma pancada na cabeça que precisa) não tem. E o pior: as 22 famílias não têm ajuda de custo para remédios e até alimentação, porque na maioria dos casos os traumas fizeram os pais perderem os empregos.

No programa, a senhora Gabriela que teve dois filhos atingidos disse que um está com o braço atrofiado e o outro o médico encaminhou para o oftalmologista que foi negado pela psicóloga da Deso. As famílias estão com processos na justiça e a Deso ao invés de procurar um acordo, através até mesmo de uma ajuda de custo mensal, prefere encontrar maneiras de protelar os julgamentos.

“’Não temos assistência nenhuma, só de Deus”. Desabafou outra mãe, de nome Marli, que tem uma criança hoje com oito anos que ainda acorda à noite assustada por conta da tragédia. A escola foi reconstruída e já entregue pela construtora, mas o governo diz que espera a chegada dos móveis para retomar as aulas no local.

O radialista George Magalhães lembrou que a Deso é uma empresa rica que presta um péssimo serviço à população e poderia ter feito um acordo com as 22 famílias de uma ajuda mensal para a alimentação e os remédios. Essa ajuda de custo seria declarada na justiça e poderia ser abatida após as decisões judiciais. “Não me venha com nota mentirosa. A Deso é mentirosa, está mentindo para o povo e para Deus”, bradou o radialista. “Será que é mentira destas senhoras? Será que é mentira que a senhora perdeu uma filha numa tragédia anunciada e que a Deso tinha sido alertada para o estado precário da caixa d`água?”, lembrou.

A verdade é que o governador Belivaldo Chagas deveria ir ao povoado para conversar com as famílias. Se ele fosse ao local certamente saberia da verdade e tomaria as devidas providências, inclusive com seus assessores. “Se ele acha que a gente está mentindo tenha coragem para vir no povoado saber do sofrimento de nossas familias. Quem perdeu uma filha fui eu. Quanto mais demora dói para gente. Se fosse o filho dele já tinha resolvido.”

Grave, gravíssimo. Cadê o MPE para acionar judicialmente o governo do Estado e pedir todo atendimento as 22 famílias? Se depender da Deso a tragédia fará um novo aniversário e as famílias continuarão mendigando.

Será que estão esperando outra morte? Desta vez por falta por depressão e até mesmo falta de medicamento?

 

Cristinápolis: Incra anuncia hoje,08, investimento de R$ 4 milhões para assentamentos O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) anunciará hoje, 08, um investimento de R$ 4 milhões em créditos para áreas de reforma agrária do município de Cristinápolis (distante cerca de 120 km de Aracaju), no interior sergipano.

Linhas de crédito Os recursos, provenientes das linhas de crédito Fomento, Fomento Mulher e Habitação, serão destinados a agricultores dos assentamentos São Francisco, Luiz Alberto, Dom Oscar Romero e Vitória de São Roque, implantados pela autarquia no município. “É um evento importante, porque marca a assinatura de 350 contratos para a concessão de créditos, que são essenciais para estimular a produção alimentos, a organização produtiva feminina, além da construção de casas para 55 famílias. Um investimento que, sem dúvida, tem impacto direto na qualidade de vida desses agricultores”, explicou Robervone Nascimento, chefe da Divisão de Desenvolvimento de Assentamentos e Quilombos do Incra em Sergipe (Incra/SE).

Impacto direto Com a assinatura dos novos contratos, o Incra supera a marca de R$ 40 milhões investidos em créditos somente entre 2018 e 2019, atendendo a cerca de 5500 famílias assentadas. “O Incra compreende a importância da aplicação dos recursos para créditos, porque conhece o impacto direto que esse investimento tem na produção de alimentos, na geração de renda e na melhoria da qualidade de vida das famílias assentadas. Além disso, é um investimento que também fortalece a economia dos municípios, por favorecer não apenas o meio rural, mas também comércio dessas cidades”, avaliou Udo Gabriel, superintendente regional do Incra em Sergipe, Incra/SE.

Turismo: Eleição na ABRAJET Sergipe Nesta sexta-feira, 08 de novembro, às 20h, a Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (ABRAJET/SE) realiza o processo eleitoral da entidade. O Sindicato dos Jornalistas, localizado na Rua Maruim, 767 – Centro, irá sediar a ação. A nova diretoria pretende contribuir com a comunicação especializada em prol do segmento no estado

Atenção Emurb! Rua cheia de buracos A Rua Manoel Gomes, do trecho da Rua Heráclito Muniz Barreto até a Ministro Nelson Hungria, no Bairro Luzia, acesso a Avenida Hermes Fontes, está totalmente intransitável, com muitos buracos. Sem contar os carros estacionados em mão dupla. Os moradores reclamam da total falta de atenção da Emurb e da SMTT que já foram acionadas por várias vezes e não fazem nada. Parece que a atenção dos dois órgãos da Prefeitura é apenas para a Zona Sul, reclama um morador.

Manutenção da Orla é precária Quem passa diariamente pela orla de Atalaia, principalmente pelo calçadão, pelas quadras e todas as áreas nota que a manutenção é precária. O que aconteceu ontem, 07, com uma turista que ficou com uma perna presa em uma das passarelas de madeira não foi um fato isolado. O fato ganhou repercussão porque foi uma turista, mas muitos sergipanos já tiveram incidentes nas passarelas por falta de manutenção. A orla hoje com o “novo” comando com velhas ações está sendo invadida por todo tipo de ambulantes. O governo precisa também coibir as ações dos vândalos que depredam equipamentos diariamente.

Bens essenciais à vida O deputado federal Fábio Reis, MDB, apresentou na Câmara dos Deputados projeto de lei (5853/2019) que propõe a diminuição do custo final de bens essenciais à vida, como alimentos que compõem a cesta básica e os medicamentos, isentando o pagamento de pedágios durante o transporte dessas cargas.

Bens essenciais à vida II Segundo o parlamentar é uma iniciativa em que todos vão ganhar, principalmente as famílias mais pobres, que verão os custos de alimentos e remédios baixarem. “”Quem trabalha dia e noite nas estradas também será beneficiado, já que teremos uma taxa a menos para pagar nas estradas”, explicou.

Progressistas realiza  ato de filiação de mulheres em Sergipe O Partido Progressistas, por meio do Movimento Mulheres Progressistas de Sergipe, realizará o encontro “Fortalecendo o Futuro” com o objetivo de incentivar a participação feminina na política. Para isso, nesse encontro, será executada um grande ato de filiação de mulheres no Cotinguiba Esporte Clube, na próxima segunda-feira, dia 11, às 15h.

Estímulo para as mulheres Essa mobilização está sendo executado pelo Progressistas em todos os estados brasileiros “É importantíssimo que mais e mais mulheres venham se somar à participação na política e nós estamos aqui, no Progressistas, com esse intuito de estimular a participação cada vez mais da mulher na vida política”, explicou o presidente do Progressistas Sergipe, Fernando Carvalho.

Celi no RD SUmmit Sempre buscando conhecer as novidades e inovações do mercado das áreas de Marketing e Vendas, a Construtora Celi marcou presença na edição deste ano do RD Summit, maior evento de Marketing Digital e Vendas da América Latina. O ciclo de palestras acontece entre os dias 6 e 8 de novembro em Florianópolis (SC), reunindo profissionais nacionais e internacionais em dias de imersão sobre temas relacionados também ao Empreendedorismo, Tecnologia e Sucesso do Cliente.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018                                                         

Encovendas O Sincadise realiza mais uma edição do Encovendas, dessa vez no dia 09 de novembro, no Hotel Radisson em Aracaju. A programação vai promover uma palestra com André Ortiz, exemplo de sucesso empreendedor, que vai estimular aos seus vendedores a como não perder vendas e como fazer mais negócios. O Encovendas faz o seu negócio crescer e vender mais. Não perca essa oportunidade de motivar sua equipe, pois uma equipe capacitada é sinônimo de um negócio vencedor! *Procure o Sincadise para inscrever seus vendedores e elevar o seu negócio, pelo 3214-2025 ou 99949-059/Vagas limitadas.

Evitem as ruas do centro de Aracaju Do professor Ludwig pelas redes sociais: “Evitem o centro da cidade, está um caos em vários pontos com serviço de recapeamento, serviço este que poderia ser feito a noite ou nos finais de semana.”

Cidadania 23 em Laranjeiras E Eduardo do Cartório, vice-presidente do Cidadania23 em Laranjeiras informa que lá o partido já lançou um pré-candidato a prefeito. Trata-se de José Soares Pinto, conhecido como Zé da Bodega e que está com o nome bem em todas as pesquisas realizadas.

PELO E-MAIL E FACEBOOK

ASIMUSEP – Repúdio sobre inverdades disseminadas na mídia e redes sociais e a decisão do TJ que reconheceu o direito de policiais femininas

A Associação Integrada de Mulheres da Segurança pública em Sergipe – ASIMUSE , através de sua assistência jurídica, vem a público esclarecer e manifestar REPÚDIO sobre INVERDADES disseminadas na mídia e redes sociais a cerca da decisão judicial que reconhece unanimente através da corte do TJ o direito de policiais femininas que deixaram de ser promovidas no ano de 1996 pelo simples fato de serem Mulheres, preterição comprovada de forma documental no processo inicial oriundo da extinta 19° vara.

Seguem as considerações do assessor jurídico.

“Ao contrário do que faz crer noticia divulgada nas redes sociais a decisão judicial proferida nos autos do agravo de instrumento tombado sob o nº 201700832918, não prejudica 1000 mil policiais militares, como pode ser visto da própria decisão senão vejamos:

V- Porém, a promoção realizada favoravelmente aos 1.200 (um mil e duzentos) militares, consoante o BGO (Boletim Geral Ostensivo) nº 69/2017, não deve ser suspensa. In casu, o realinhamento a ser realizado, por nova preterição das 45 (quarenta e cinco) das militares agravadas *não* acarretará em repercussão na posição conquistada por todos os 1.200 (um mil e duzentos) militares já promovidos;

A decisão de 29 de outubro de 2019 tratou de corrigir erro material (gráfico) na decisão acima apontada, onde se lia impossibilidade, onde devia ler possibilidade, como diz o trecho da decisão que interessa:

No caso concreto, vislumbra-se um erro material, quando o acórdão que permitiu a progressão na carreira das embargantes com as devidas promoções, sem descurar da prévia e devida participação das recorrentes em curso de formação de oficiais militares, consigna quanto: “… a impossibilidade de participação das recorridas nos cursos de formação da carreira”.

Deveras resta evidente o erro material na grafia desta palavra que deveria ter sido grafada quanto á possibilidade de participação nos cursos para oficiais PM pelos fundamentos anteriormente alinhavados.

Diante desse contexto, resta latente, o equívoco passível de correção na redação do aludido voto, razão pela qual apenas no que se refere a esse ponto deve ser corrigido o erro material contido no julgado.

Decisão fundamentada na situação posta, prevista no Código de Processo Civil:

Art.1.022. Cabem embargos de declaração contra qualquer decisão judicial para:

III – corrigir erro material;

Assim, a notícia distribuída ainda afirma que as policias seriam promovidas sem qualquer curso, o que também é mais uma inverdade, sendo o curso exigência legal e apontado na decisão judicial de maneira clara e determinante para a ascensão na carreira das policiais que foram preteridas quando das promoções anteriormente ocorridas, senão vejamos:

Assim deve ser retificada a r. decisão colegiada ora embargada e reconhecida que será por ora (em virtude do caráter provisório da decisão agravada), reconhecida a possibilidade das recorrentes participarem nos cursos de formação para oficiais da carreira da Polícia Militar do Estado de Sergipe. *Assegurando-lhes, destarte, as promoções respectivas decorrentes da aprovação nestes cursos para oficiais da PM/SE*.(grifo nosso)

Deste modo, deve ser desconsiderada essa notícia distorcida e cheia de inverdades com o único intuito de trazer a discórdia para o seio da PMSE, como fora demonstrado acima.

Todos os trechos acima foram retirados da decisão judicial.

SERGIPE NÃO TEM POLÍTICA PÚBLICA DE JUVENTUDE

As organizações representativas da Juventude sergipana, vem através desta nota Repudiar a omissão do Governo do estado para com as políticas estaduais de Juventude.

Não o bastante o governo Belivaldo-Eliane ter reduzido a pasta de Juventude na estrutura governamental – antes com status de Secretaria -, deixando claro que sua prioridade não será os mais de 500 mil jovens do nosso estado. Ainda não ter consultado nenhum órgão de representatividade das Juventudes, como o Conselho Estadual de Políticas Públicas de Juventude (CONEJUV) criado através da lei 7.815/2014, com o objetivo central de ser justamente consultivo.

O Governador do estado, em mais uma demostração de desdém com as Juventudes, deixa o cargo de Coordenador Especial da Juventude do Governo do Estado, vago há meses.

Queremos que Governo entenda como prioridade as políticas públicas de Juventude, que não negligencie com as necessidades da Juventude sergipana que clama por atenção. Exigimos respeito as necessidades da Juventude!

Conselho Estadual de Políticas Públicas de Juventude.

Fórum Estadual de Juventudes.

Gestores Municipais de Juventude.

Sindetran/SE consegue que Detran/SE seja condenado na Justiça (Release da Ascom)

Em 2017 o Sindetran fez um levantamento sobre o número de estagiários e a função desempenhada pelos mesmos dentro do Detran de Sergipe. Na época visitamos todas as instituições de ensino que possuíam alunos estagiando na autarquia para coletar as informações necessárias. Munidos desses dados, formalizamos uma denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho. Dois anos depois, saiu a sentença: Detran é condenado a pagar 100 mil reais de indenização pelo desvirtuamento de estagiários.

Além da condenação, o Detran será obrigado a:

“a -Efetuar a contratação de estagiários mediante termo de compromisso com alunos e instituições de ensino; desde que a instituição tenha estágio incluído no projeto pedagógico e apontadas nos termos de compromisso; a instituição de faça o acompanhamento de estágio para atestar sua adequação ao contrato de estágio; indicação de professor orientador para acompanhamento do estágio e avaliação; o estagiário deve apresentar relatórios semestrais de atividades à instituição de ensino e esta deve encaminhá-los ao DETRAN.

b – somente contratar estagiário desde que haja servidor que atue como supervisor do estágio, com formação profissional adequada ao acompanhamento do estágio;

c – garantir aprendizado gradativo e progressivo de acordo com as competências de cada atividade profissional e contextualização curricular, respeitando as normas específicas de cada profissão, além de rodízio de atividades, mediante aditivos ao termo de compromisso;

d – não firmar contratos de estágios para substituir contratos de emprego (terceirizado ouconcursado), para atendimento das necessidades da reclamada;

e – destinar vagas de estágio, nível médio e superior, para estudantes portadores de deficiência(10% das vagas);

f – adotar meio de seleção de estágios que cumpra princípios constitucionais de publicidade e impessoalidade, sem qualquer critério subjetivo (entrevista, análise de currículo);

g – rescindir todos os contratos de estágios em vigor que não respeitem as regras fixadas nos itens ‘a’ a ‘d’.”

O Detran deverá apresentar, no prazo de 60 dias, todos os contratos de estágio vigentes, assim como toda a documentação necessária a averiguação do cumprimento dos termos acima estabelecidos. O descumprimento do prazo resultará em multa diária de 5 mil reais a ser paga diretamente pelo Diretor-presidente da autarquia.

Como todos estão cansados de saber, as irregularidades parecem ser o modus operandi do Departamento Estadual de Trânsito de Sergipe, mas o Sindetran nunca se calará diante das falhas e ilegalidades que o órgão comete. Todo o esforço será despendido, toda denúncia será feita, e toda batalha será travada para transformar o Detran numa entidade mais justa, proba e respeitável, e, desse modo, garantir toda a justiça que seus servidores e usuários merecem.

O Sindetran nunca se calará.

PELO TWITTER

www.twitter.com/arielpalacios Aviso: Não consigo ler direito algumas mensagens…Estou no século 21 e há problemas de recebimento de tuítes do século 12.

www.twitter.com/frednavarro Toda vez que um sapo vaidoso e togado menciona a “liturgia do cargo”, dá vontade de responder: “Uma banana pra você, Vossa Excelentíssima Ilustríssima Inutilíssima!”

www.twitter.com/AndersonDefon

Estamos sob o comando do Presidente Vergonha.

Ele passa vergonha.
Ele faz vergonha.
Ele é uma vergonha.

E ele não tem vergonha.

www.twitter.com/RicMarques_RM Lamentável o que ocorreu com uma turista numa passarela de madeira, na orla da Atalaia, em Aracaju. A perna dela ficou presa entre as madeiras. Falta de manutenção. Sem falar que a mulher precisou de atendimento do Samu e não tinha ambulância.

 

.

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Ao morrer, o arrogante alimentará os mesmos vermes, que irão consumir aquele miserável que ele enxotou, quando lhe pediu comida. Porem, estes vermes, mais sábios, não o descriminará, como alimento.” Ivan Teorilang.

Enviado por um leitor: Alheios ao desastre ambiental que há dois meses assola as praias do Nordeste com as manchas de óleo cru, no fim da tarde de ontem,07, um casal de patos acasalavam sem a menor cerimônia por muito tempo ao lado de um dos lagos da Orla de Atalaia em Aracaju.
Comentários