Show de boatos

0

A proximidade da campanha eleitoral tem estimulado algumas pessoas a divulgarem informações falsas sobre pré-candidatos a cargos eletivos. Usando sempre as redes sociais, os fofoqueiros de plantão espalham todo tipo de fake News. Uns noticiam que fulano vai apoiar sicrano, que beltrano está inelegível, divulgam pesquisas falsas, o diabo a quatro. Propagar mentiras é expediente baixo, porém muito usado por maus comunicadores e políticos para desestabilizar os adversários, atrapalhar acordos em andamento e, principalmente confundir os eleitores. Este reprovável expediente foi usado à exaustão na campanha eleitoral passada. Estão lembrados? Portanto, prepare o desconfiômetro, pois o show de boatos está apenas começando. Até as eleições municipais de outubro, uma série de informações desprovidas de quaisquer fundamentos será espalhada em Sergipe. Quem não abrir o olho terminará comprando gato por lebre. Quem viver verá!

Sem divisão

Não há divisão entre as pessoas envolvidas na criação do Partido Aliança Pelo Brasil. Quem garante é o empresário João Tarantella, o primeiro sergipano a defender a candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência. Ele afirma que a jornalista Lícia Melo, única autorizada retirar nos cartórios de notas as fichas de apoiamento à futura legenda, chegou para somar. Após uma reunião com a moça, Tarantella concordou em fazer contatos com lideranças políticas interessadas em organizar o novo partido em Sergipe. Então, tá!

Justa homenagem

E quem está agradecidíssimo ao governador Belivaldo Chagas (PSD) é o ex-governador Jackson Barreto (MDB). Tudo porque, após reformar e ampliar o Centro de Eventos de Santa Rosa de Lima, Belivaldo colocou naquele espaço o nome de Jonoca Barreto. Presente à inauguração, JB agradeceu a homenagem  prestada “in memoriam” à sua tia, que morreu, em junho passado, aos 99 anos. Além de parteira, dona Jonoca transbordava amor e alegria por onde passava.

Machistas de uma figa

Nada menos do que 58,5% dos homens concordam totalmente ou parcialmente com a frase “Se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos estupros”. Segundo pesquisa feita pelo Ipea, 42,7% dos entrevistados acham que as mulheres que usam roupas mostrando o corpo merecem ser atacadas. Pior: 63% concordaram que “casos de violência dentro de casa devem ser discutidos somente entre os membros da família”. Lastimável que no século 21 ainda se pense assim. Marminino!

Entre nós

Quem visita Aracaju nesta segunda-feira é o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli. Comandante do Conselho Nacional de Justiça, o ministro vem se reunir com os dirigentes dos órgãos do Judiciário das áreas estadual, trabalhista, eleitoral e federal. Também receberá o Colar do Mérito Judiciário, em solenidade marcada para o auditório do Palácio da Justiça, centro de Aracaju. Ah, bom!

Pajelança

O lançamento da pré-candidatura de Márcio Macedo (PT) a prefeito de Aracaju, quinta-feira passada, não estremeceu a aliança entre o governador Belivaldo Chagas (PSD) e os petistas. O grupo deu prova da unidade durante a inauguração da reforma do Colégio Indígena Estadual Dom José Brandão de Castro, na Ilha de São Pedro, em Porto das Folha. Em meio aos Xokós, Belivaldo, a vice Eliane Aquino (PT) e o deputado federal petista João Daniel nem pareciam que apoiam prefeituráveis diferentes na capital. A questão é saber se pajelança ocorrida na tribo vai curar as rugas políticas dos grupos comandados por Belivaldo e João Daniel. Crendeuspai!

Rasgam dinheiro

Enquanto o governo estadual chora miséria, os outros Poderes esbanjam dinheiro. Até o Tribunal de Contas, um mero órgão auxiliar do Legislativo, vive nababescamente. Também pudera, é o Executivo estadual que paga boa parte das folhas dos inativos da Assembleia, do Tribunal de Justiça e do TCE. Ah, e do Ministério Público também. Tingo, lingo, tengo, meu papagaio!

Intolerância religiosa

Enquanto igrejas católicas e evangélicas se espalham por Sergipe, centros afrodescendentes estão reduzindo suas atividades, se transferindo para áreas menos povoadas ou fechando as portas por conta da intolerância religiosa. A coragem de algumas Ialorixás em denunciar as perseguições atesta como ainda é forte a intolerância religiosa, apesar de a Constituição estabelecer ser este um país laico, que respeita todas as manifestações dos credos religiosos e da fé. Desconjuro!

Vala comum

E quem anda preocupada com a generalização na política é a vereadora aracajuana Emília Corrêa (PEN). Ela diz que isso é resultado do apetite da classe política por dinheiro. “Muitos advogam que farinha pouca, meu pirão primeiro”, afirma. Segundo Emília, é por causa destes maus políticos que a população generaliza, colocando todo mundo, mesmo as pessoas sérias, na mesma vala. É vero!

Confia mais

O consumidor está mais seguro em relação às compras pela internet. De acordo com pesquisa do SPC Brasil, 93% dos entrevistados, ou nove entre 10 consumidores, estão satisfeitos com esse tipo de compra. Os produtos mais comprados na internet são livros (52%), eletrodomésticos (47%), passagens aéreas, de ônibus, de trem ou de navio (47%), reservas em hotéis ou pousadas (41%) e ingressos (40%). Aff Maria!

“Jóia” da moda

De uma cidadã revoltada, num supermercado de Aracaju: “Não é sério o país onde a tornozeleira eletrônica virou artigo de moda entre os criminosos do colarinho branco”. É vero!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário de Sergipe, em 28 de abril de 1961

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários