Trânsito recebe 1.250 carros novos

0

Durante o mês de maio último, foram vendidos, em todo o Estado de Sergipe, nada menos que 1.258 veículos, segundo dados divulgados pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias doEstado de Sergipe e do Departamento de Economia da UFS. Parece pouco, mas na verdade é um número muito alto. Significa dizer que mais de mil e duzentos veículos, num prazo de trinta dias, entraram em circulação pelas ruas dos 75 municípios sergipanos. Leve-se em conta que nomesmo período, nem o Estado, nem nos municípios, foram realizadas qualquer obra que significasse ampliação  de ruas, avenidas ou estradas para receber tais veículos adquiridos pelo povo sergipano. O número de veículos novos diz respeito a soma dos montantes de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus licenciados, pela primeira  vez, no período em análise. O primeiro emplacamento dos veículos é considerado como venda,por causa do prazo estabelecido em lei para isto. Ou seja, o prazo é de 15 dias  consecutivos após a data de saída do veículos da loja, localizada no Estado. Em termos relativos, verificou-se queda de 15,6%, em relação às vendas de maio do ano passado. No comparativo com o mês imediatamente anterior, abril, também se verificou queda, porém de 14,7%. As vendas de veículos acumuladas no ano, de janeiro a março em Sergipe, apresentaram  elevação de 2,1% sobre o mesmo período do ano passado. Entre os veículos pesados, o segeno de caminhões registrou a comercialização de 46 unidades no mês analisado. Ente janeiro e maio deste ano, foram vendidas 258 unidades, registrando incremento de 80,4% nas vendas, quando comparado co o mesmo período do ano anterior. Por sua vez, o segmento de ônibus comercializou apenas duas unidadesno mês de maio. Já no acumulado do ano, as vendas chegaram as 20 unidades, estudando-se 39,4% abaixo das vendas realizadas no mesmo intervalo de 2017. As vendas e o licenciamento de ciclomotores, motocicletas e motonetas, a partir de 50 cilindradas, somaram 1.184  unidades, no mês de maio, assinalando queda de 12,2% , na comparação com o mês de maio do ano passado. Já em relação ao último mês de abril, a queda foi de 11,6. No acumulado do ano, entre janeiro e maio, a queda chegou aos 14,3%.

RC AJU-Norte tem novo Presidente

Ex-jornalista (trabalhou na antiga “Gazeta de Sergipe”), professor da rede estadual de ensino, chegando a Secretário de Educação na administração do Sr. Jackson Barreto, o Sr. Jorge Carvalho do Nascimento é o novo presidente do Rotary Club de Aracaju-Norte, substituindo o Sr. Ravisson Silva de Souza, o principal acionista da agência de viagens Aerotur. A posse de Jorge Carvalho ocorre na terça-feira à noite, com um jantar no Quality Hotel, onde sempre ocorrem os almoços semanais do próprio Rotary Clube de Aracaju Norte, hoje o maior clube do Estado em termos de associados.  O associado Eliziário Sobral assume como vice-presidente. O mandato é de um ano.

Mais uma Copa o Brasil quebra

Se houvesse duas copas do mundo durante o prazo de um ano, a economia brasileira entraria por um cano que não tem  tamanho. O jogo de hoje, Brasil x México, que começa as 11h e vai terminar por volta das 13h, se não houver prorrogação, interrompeu o trabalho de todo mundo nos dois expedientes. Se houver trabalho normal, só à tarde, depois das 14 horas. Quer dizer, é quase um dia inteiro de trabalho oparado. Nem o segmento de bares e restaurantes tem movimento normal, em um dia de bol rolando como hoje.

Uma briga entre grandes

O jurista Modesto Carvalho pegou pesado como o Ministro do STF, Gilmar Mendes. Cravou-lhe um “marginal” na falta de melhor palavra para defíní-lo. Mas, Gilmar fez por merecê-la. Foi dele a ideia de liberar José Dirceu da cadeia da Papuda, devolvendo-lhe a liberdade. O trio formado por Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli e Gilmar Mendes já está sendo chamado de “o trio do mal” pelos estragos que eles têm feito  na política brasileira. Dizem que o objetivo deles é libertar Lula da cadeia de Curitiba. As pressões são tão fortes que a Presidente do Supremo Tribunal Federal não vê a hora de entregar o cargo… a quem? Dias Toffoli. Agora no mês de julho  o “trio do mal” não poderá fazer muita coisa, porque o STF estará em recesso… Nada os impede de em agosto voltarem a carga, até o dia em que Carmen Lúcia entregar a Presidência do STF a Dias Toffoli.

Modesto Carvalhosa cansou-se das artimanhas de Gilmar Mendes no STF, que terminou o rotulando de “marginal”. Mendes agora quer ser indenizado “por ter sido acusado de soltar pessoas” que dão donativos ao instituto de educação do qual é sócio. Carvalhosa referia-se à soltura de Joesley Batista que através da JBS fez benevolentes doações  ao Instituto de Direito Público (IDP) e foi solto por decisão de Gilmar.

Comentários