Um ano de traíras

0

Na campanha eleitoral que se avizinha, vai reaparecer na praça uma espécie que faz muito mal à democracia e causa sérios prejuízos financeiros aos candidatos descuidados. É o vendedor de votos. Ele costuma encher os bolsos praticando um comércio ilegal muito comum no Nordeste brasileiro. Também chamadas de traíras, essas pessoas aproveitam o prestigio político que têm na região onde vivem para faturar com as eleições. Muitos conseguem vender o mesmo curral eleitoral a mais de dois candidatos. Pior é que a vítima não pode se queixar contra os traíras, pois a compra de votos é ilegal e, por isso mesmo, realizada sem recibo. Ademais, político que faz esse tipo de transação merece mesmo ser enganado, para aprender que o povo não é gado para ser vendido. Marminino!

Aposentadorias condenadas

E o pré-candidato a prefeito de Aracaju, Almeida Lima (PV), fez duras críticas às aposentadorias, na calada da noite, de 11 parlamentares estaduais e um federal. Entrevistado pelo Jornal da Cidade, Almeidinha foi mais duro com o deputado Gilmar Carvalho (PSC): “Ele, que se apresenta e alardeia ser o mais correto dos políticos, não passa de um sepulcro caiado, um beato que vive a enganar os pobres coitados”, fustiga. Ex-prefeito da capital, Almeida diz que vai se candidatar para, em sendo eleito, mostrar que política é coisa séria. Então, tá!

Batendo em retirada

Dando sequência ao projeto de desmonte em terras sergipanas, a Petrobras iniciou à fase vinculante visando torrar nos cobres os campos terrestres de Dó-Ré-Mi e Rabo Branco, localizados na Bacia de Sergipe-Alagoas. O primeiro produz uma média diária de 161 barris de óleo leve desde 2012. Já o Dó-Ré-Mi possui dois poços descobridores de gás, ainda sem produção comercial. A estatal informa que “essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhora de alocação do seu capital”. Ah, bom!

Patrocínio de peso

Uma ótima notícia para a torcida do Confiança, eu este ano participará da Série B do Campeonato Brasileiro de Futebol: O Sicredi, uma das maiores instituições financeiras cooperativas do Brasil, é o mais novo patrocinador do time proletário. Entusiasta do futebol sergipano, o presidente do Conselho de Administração do Sicredi, Jorge Henrique Felipe, entende que, através do Confiança, é possível elevar o nome do estado de Sergipe. A nova camisa do clube proletário traz a marca do Sicredi à altura da omoplata. Nos próximos dias, o patrocínio deverá ser anunciado oficialmente pelas diretorias da cooperativa de crédito e do time azulino. Maravilha!

Semana do PT

O PT vai se reunir, sexta-feira próxima, para discutir a sucessão em Aracaju. Boa parte dos petistas defende que o partido apresente candidato próprio à Prefeitura da capital, porem outros preferem apoiar a reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Para estes, ficará difícil explicar ao eleitorado o motivo do rompimento, já que o partido da estrelinha apoia e participa da administração do comunista. Há quem afirma que, no fundo, o PT quer mesmo é garantir a vaga de candidato a vice na chapa de Nogueira. Homem, vôte!

Páginas amarelas

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) é o entrevistado das páginas amarelas da Revista Veja desta semana. Entre outros assuntos, ele falou sobre sua tentativa de instalar no Senado a CPI Lava Toga, visando investigar os atos dos ministros do Supremo Tribunal Federal. “Hoje, grande parte dos brasileiros tem consciência da falta de controle do STF e da necessidade de apuração sobre determinadas decisões, flagrantemente contrárias à legislação”, afirma Alessandro. É vero!

De olho na grana

Veja o que a amiga Thais Bezerra publicou no Jornal da Cidade: “O que São Cristóvão tem de tão bom para despertar tanto interesse? Já passa de uma dezena o número de pré-candidatos a prefeito da quarta cidade mais antiga do Brasil. Até o ex-gestor Armando Batalha (sem partido) se diz disposto a entrar na disputa, embora muita gente jure que ele está inelegível. Candidato natural à reeleição, o prefeito Marcos Santana (MDB) garante ter a resposta para tanto interesse pelo comando da ex-capital de Sergipe: os cerca de R$ 150 milhões que o município deverá receber de royalties da Petrobras. Homem, será verdade?”. Quem sabe, Thais?

Luto

A família do deputado federal Bosco Costa (PL) está de luto com a trágica morte de Marcos Adilson Costa Santos, o “Nenê”. Filho do prefeito de Moita Bonita, Marcos Costa (PR) e sobrinho do parlamentar, o jovem morreu ao colidir o carro que dirigia com uma cerca, na estrada que liga o povoado Candeia à cidade de Moita Bonita. O sepultamento de “Nenê” ocorrerá nesta segunda-feira, no cemitério daquele município. Descanse em paz!

Caro e ruim

O transporte coletivo da Grande Aracaju é uma desgraça. Diariamente, milhares de passageiros viajam em carros malcuidados e superlotados. Pior é que, enquanto os usuários são empilhados em latas velhas, os empresários do setor só pensam no reajuste do valor da passagem. Atendê-los é compactuar com o péssimo serviço prestado pelas concessionárias e punir quem já paga caro por um transporte de péssima qualidade. Misericórdia!

Nas ondas do rádio

E quem estreia nesta segunda-feira na microfonia sergipana é o ex-deputado federal Mendonça Prado (sem partido). A convite da rádio Jornal/FM, ele fará comentários diários sobre temas políticos, econômicos e sociais. A primeira participação de Mendoncinha será no programa Comando Geral, ancorado pelo conceituado radialista Augusto Júnior, diretor da emissora. Boa estreia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 8 de março de 1907

Comentários