Vendedores de votos

0

Em todo período eleitoral surgem campanhas contra a compra de votos, orientando o povo para não aceitar propostas indecorosas e advertindo os políticos sobre as punições aplicadas a quem tenta corromper o cidadão. Talvez para ser simpático à população, ninguém admite que também existe, por parte do eleitor, um clientelismo explícito. Quando muitos se aproximam do candidato, o fazem pensando em levar vantagem pessoal. E os pedidos são os mais diversos, desde emprego até dinheiro mesmo. É uma hipocrisia negar que, em muitos casos, a proposta de venda do voto parte do eleitor e é feita diretamente ao político. Ora, enquanto houver um mercado para a venda, haverá sempre alguém disposto a comprar. O lastimável nisso tudo é que os candidatos sérios, dispostos a trabalhar em favor da coletividade, que não aceitam o jogo da compra de votos, acabam sendo derrotados. Claro que é necessário punir os maus políticos, mas enquanto o povo continuar vendendo a consciência por alguns trocados, o comércio de votos permanecerá florescente.

Comitê de João

 

A coligação “Em nome do povo”, que tem João Alves Filho (DEM) como candidato ao governo, inaugurou ontem à noite seu comitê eleitoral em Aracaju. Fica na avenida Barão de Maruim. No discurso, Alves Filho afirmou que conta com o apoio de apenas três prefeitos, não tem dinheiro nem líder político, mas tem fé em Deus e o apoio dos sergipanos. “E é assim que vamos ganhar esta eleição”, afirmou. Prestigiaram a inauguração os candidatos da coligação, lideranças políticas e populares.

 

Novo vereador

 

O empresário e jornalista Bertulino Menezes (PSB) assumiu ontem uma cadeira na Câmara Municipal de Aracaju em substituição ao vereador Danilo Segundo (PSB), que se afastou do Legislativo por quatro meses. Esta é a segunda vez que Bertulino assume como vereador da capital. Boa sorte!

 

Mãos dadas

 

Depois de muita lenha na fogueira, parece que o clima está esfriando pras bandas da coligação que apóia Marcelo Déda (PT). No último domingo, os candidatos ao Senado Eduardo Amorim (PSC) e Antônio Carlos Valadares (PSB) se cumprimentaram na carreata organizada na Barra dos Coqueiros. Os dois garantiram que as escaramuças são águas passadas e que, felizmente, ninguém se afogou nelas. Resta saber se o aperto de mão foi pra valer, ou apenas uma pose para a fotografia.

 

As cores de Zé

 

‘José Fernandes, 35 anos de pintura” é o nome da exposição que Zé Fernandes abre hoje à noite na Galeria de Arte Álvaro Santos, centro de Aracaju. Entre as cerca de 40 telas da mostra, 24 são inéditas. As demais foram cedidas por colecionadores e clientes do artista. Para o diretor da Galeria, Luís Adelmo, o artista apresenta em sua obra uma influência do também sergipano Zé de Dome. Tai uma exposição que precisa ser visitada por todos que gostam da boa arte.

 

Péssimo serviço

 

O péssimo serviço prestado pela empresa de transporte coletivo que serve a Laranjeiras quase resulta ontem numa tragédia. Revoltado com o mau atendimento, o povo colocou fogo em três ônibus e a situação só não se agravou ainda mais porque a Polícia chegou a tempo. A revolta popular pode respingar nos candidatos a senador Albano Franco (PSDB) e Eduardo Amorim (PSC), que têm como primeiros suplentes dois empresários do sistema de transporte coletivo.

 

Covardia

 

A deputada estadual Ana Lúcia (PT) apresentou ontem um perfil da violência contra a mulher. Os dados são da Secretaria de Políticas para as Mulheres. De janeiro a junho passado, o Ligue 180 registrou 343.063 atendimentos – um aumento de 112% em relação ao mesmo período de 2009. Conforme os dados, 70% das notificações são de violência física.  Chama a atenção o fato de 69% das mulheres violentadas serem independentes. Lastimável!

 

Gilmar acusado

 

O candidato a deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) vai ter que explicar a divulgação de apoios à sua candidatura pelo site nenoticias. Entendendo como propaganda eleitoral irregular, a Procuradoria Eleitoral de Sergipe denunciou Gilmar. Os procuradores garantem que, embora não seja representante legal da empresa, Gilmar é o responsável oficial pela manutenção e administração do site. Caso o Tribunal Regional Eleitoral acate a denuncia, o candidato poderá ser condenado a pagar uma multa que varia de R$ 5 mil a R$ 30 mil.

 

Mais baratos

 

Uma boa notícia para os candidatos que estão gastando os ‘tubos’ para abastecer os carros de som de suas campanhas: com exceção do óleo diesel, os demais combustíveis vendidos em Sergipe tiveram seus preços reduzidos em julho passado. A gasolina ficou  – 0,35% mais barata, enquanto o álcool hidratado teve seu preço reduzido em -0,16%. Já o preço do gás natural veicular sofreu uma redução de -0,43%. A redução é pequena, mas para quem compra muito, faz uma diferença danada.

 

Do baú político

 

Quando era Presidente da República, Juscelino Kubitschek pisou em solo aracajuano, mas não entrou na cidade propriamente dita. Veio a convite do então governador Leandro Maciel para inaugurar a ponte sobre o rio Poxim. A obra foi fundamental para melhorar o acesso entre a cidade, o balneário de Atalaia e o Aeroporto Santa Maria. Leandro batizou a ponte de Jucelino Kubitschek e o convidou para inaugurá-la, assim como o Edifício Walter Franco, também construído pelo governo do Estado no centro de Aracaju. O presidente desembarcou, cumprimentou as autoridades e seguiu para descerrar a fita simbólica da primeira obra. No caminho, segundo contam os udenistas, foi aconselhado pela turma do PSD a não prosseguir com a programação festiva para não encher a ‘bola’ de Leandro. Para decepção do governador e de seus aliados, Kubitschek atendeu ao apelo e, alegando necessidade de embarcar às pressas para Minas Gerais, retornou ao aeroporto. Só depois que deixou a Presidência, Jucelino veio, de fato, a Aracaju para batizar o hoje deputado federal Otávio Leite (PSDB/RJ), filho de Fernando Leite. 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários