Voto de lista cria a Bolsa Mandato

0

 

 

A iniciativa da caciquia dos partidos políticos destinada a instituir o voto de lista no sistema eleitoral não é uma manobra destinada a desviar a atenção dos escândalos que corroem o Congresso. Ela é o próprio escândalo, pois pretende cassar o direito dos eleitores de escolher diretamente seus candidatos a deputado e vereador. O projeto de mutilação dos direitos dos cidadãos brasileiros tem o apoio das cúpulas de todos os grandes partidos, salvo o PSDB, que está no muro. Segundo seu líder na Câmara, deputado José Aníbal, o governador José Serra, candidato à Presidência da República, “passou posição de simpatia à ideia”.

 

A natureza escandalosa da manobra está sinalizada numa frase do deputado Ibsen Pinheiro (PMDB-RS), um dos principais operadores da manobra: “Sou a favor do voto distrital misto. Mas exige emenda constitucional. Esse projeto, não”. Isso equivale a dizer que um sujeito viria a um jantar com a atriz Charlize Theron, mas chegará com Susan Boyle. Ibsen Pinheiro é a favor do voto distrital misto, modelo vigente na Alemanha, mas a iniciativa exige o voto de três quintos da Câmara, ou seja, 308 dos 513 deputados. Como eles lhe faltam, defende um modelo que não tem nada a ver com a ideia inicial, mas pode ser aprovado pela maioria simples de 129 parlamentares. Para dar nome aos números, deve-se lembrar que pelo menos 262 deputados integram a bancada dos distribuidores de passagens internacionais para parentes e amigos.

 

No atual sistema de lista aberta, cada um vota em quem quer. Feita a eleição chega-se a um quociente eleitoral que estabelece o número de votos exigido para que os partidos recebam cada cadeira na Câmara. A partir daí, quem determina o acesso ao mandato é a quantidade de votos recebidos pelo candidato. Quem votou em Ciro Gomes elegeu Ciro Gomes, mas quem votou em Delfim Netto mandou para a Câmara Michel Temer. Em todos os casos, o eleitor exerceu a prerrogativa de votar diretamente em seu candidato. Pelo sistema de lista, o voto é canalizado para um panelão partidário e são eleitos os candidatos arrolados pela panelinha da burocracia da sigla. Trata-se de incentivar o criadouro de raposas em nome da proteção do galinheiro. Entre os denunciados por conta do mensalão e de práticas similares contam-se dois ex-presidentes do PT, mais seu tesoureiro e um secretário-geral. Esses e também os ex-presidentes do PSDB, do PTB, do PL e do PP.

 

Pode-se prever que quase todos os parlamentares que exercem mandatos ocuparão lugares privilegiados nas listas de candidatos, facilitando-lhes a reeleição. Estará criada a Bolsa Mandato.Quando Ibsen Pinheiro defende o voto distrital misto, indica o caminho de uma reforma eleitoral séria. Quem quiser mudanças, pode fazer sua proposta, debatê-la e levá-la a voto, deixando que tramite como emenda constitucional. Ilustrando a discussão, pode-se arrolar três sistemas, cada um com vantagens e defeitos: Distritão – Nele, cada Estado é considerado um distrito e vão para a Câmara os candidatos que tiveram mais votos numa lista geral, sem que se leve em conta a filiação partidária. Voto distrital puro – É o sistema americano e inglês. Divide o país em distritos eleitorais a partir de um critério demográfico e os candidatos disputam dentro desses limites. Elege-se quem tiver mais votos. No Brasil, cada distrito reuniria algo como 200 mil eleitores. Voto distrital misto – É o sistema alemão. O eleitor vota duas vezes. Uma no distrito e outra numa lista fechada. Cada votação preenche metade das cadeiras do Parlamento. Pode-se conceber também um processo no qual é dada ao cidadão a capacidade de alterar a ordem dos nomes da lista. Na Alemanha isso não pode ser feito.

 

Em nome da decência, os deputados não podem mudar o sistema eleitoral de um país fugindo do quórum dos três quintos exigidos para as reformas constitucionais, escondendo-se atrás de uma votação de maioria simples, modalidade exigida para a criação do Dia da Brotoeja. (Elio Gaspari, em artigo publicado na Folha de São Paulo).

 

Problemas em Lagarto

Em Lagarto, para ganhar a eleição municipal no ano passado o governador Marcelo Déda foi o avalista de um acordo político entre o então deputado estadual, hoje prefeito Valmir Monteiro e o ex-prefeito e deputado Cabo Zé. Este último apoiou a candidatura de Valmir Monteiro com a promessa de ser o candidato do grupo do prefeito a deputado estadual em 2010. Mas as correntezas políticas estão rompendo o acordo numa velocidade tremenda.

 

Grupo se divide em outros candidatos

Em Lagarto não se fala em outra coisa: o grupo do prefeito está se dividindo em apoio a outros candidatos e Valmir não toma a rédea da situação. Fala-se que o vereador conhecido como Carlos da Brasília, vai indicar o novo diretor do Ciretran de Lagarto e em troca apoiará a candidatura de Márcio Macedo, presidente do PT, a deputado estadual. Já outra liderança política ligada ao prefeito, Flamarion, está fechando um acordo com o candidato João Daniel, do MST, em troca de casas populares. E o acordo firmado com o aval do governador?

 

Governador visita Estância

O governador Marcelo Déda o município de Estância ontem, 11, onde viu de perto os problemas causados pelas fortes chuvas. Ele garantiu ajuda ao município e, além de viabilizar uma audiência do prefeito Ivan Leite, em Brasília, para conseguir recursos federais, vai liberar recursos para reconstrução da ponte do Bomfim e para 50 novas casas para as famílias desabrigadas.

 

Alerta aos prefeitos

Não adianta o prefeito decretar e o governador homologar a  situação de emergencial para que recebam recursos federais, os municípios tem que ter obrigatoriamente uma COMDEC (Coordenadoria municipal de defesa civil), só assim o governo federal reconhece a situação de emergência e o habilita a receber estes  recursos, em caso de desastres. o que neste momento de crise, serão muito bem vindos. Entre os municípios que não possuem Defesa Civil municipal estão Aracaju e Estância.

 

João Alves comenta processo que pede a cassação de Déda

 “Se ele não deve, não tem o que temer”. Foi o que afirmou o ex-governador João Alves Filho sobre o processo que pede a cassação de Marcelo Déda, durante encontro dos Democratas em Sergipe, na tarde desta segunda-feira, 11. Para João Alves, as denúncias de irregularidades praticadas por Déda durante a campanha eleitoral de 2006 são graves e devem ser apuradas. “A decisão é do Tribunal Superior Eleitoral. O que for decidido será cumprido”, argumentou o presidente do DEM.

 

Nunca moveu uma palha

Sobre a afirmação de Marcelo Déda de que o único interessado no processo seria João Alves, ele afirmou que “nunca moveu uma palha sequer para que este processo seja adiantado ou atrasado”. Ainda de acordo com o ex-governador, houve uma tentativa de Déda em articular o não julgamento do processo. “Eu não tenho nada a ver com este processo, mas foi o partido Democrata que não aceitou que Déda impedisse o julgamento da ação. Se ele não praticou as irregularidades, ele será absolvido”, salientou João Alves. (Infonet).

 

No tapetão

Ao falar sobre o assunto rapidamente, o governador Marcelo Déda disse que estão querendo retornar ao governo do Estado no tapetão, quando deveriam se preparem para as eleições do próximo ano.

 

Hemolacen sem kit para detectar leishmaniose

A região da Zona de Expansão é uma das que tem mais casos de leishmaniose ou calazar, em Aracaju. Mas parece que se aumentar o número de casos será uma epidemia. Um proprietário, para se precaver, justamente há dois meses, tenta, através do Hemolacen, realizar um exame em seu cachorro. Já está cansado de ser informado que os kits para o exame vão chegar e nada. Um absurdo. Bricando com algo sério…

 

TCU condena ex-prefeitos de Santa Rosa de Lima

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito do município de Santa Rosa de Lima (SE), Paulo Alves de Menezes ao pagamento de R$ 108.981,91 e o sucessor e ex-prefeito Valter Barreto Góis a devolver R$ 57.883,79. Os gestores não comprovaram a utilização de recursos recebidos pelo município para o Programa de Garantia de Renda Mínima. O dinheiro foi repassado na gestão de Menezes, mas parte da verba foi utilizada no governo do prefeito sucessor, Góis.      Os ex-prefeitos ainda terão de pagar multa pela irregularidade cometida, Menezes deve pagar R$ 10 mil e Góis R$ 5 mil, no prazo de 15 dias. O ministro Marcos Vinicios Vilaça foi relator do processo. Cabe recurso da decisão. Cópia da decisão foi encaminhada a Procuradoria da República no Estado de Sergipe. (TCU).

 

DEM quer o afastamento imediato de Grazielle Costa

Democratas (DEM) do município de Moita Bonita  pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que determine ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SE) o afastamento imediato da prefeita eleita em outubro de 2008 e a realização de novas eleições na cidade.  De acordo com o pedido, o TSE confiirmou, em dezembro de 2008, o registro da candidata Glória Grazielle da Costa (PDT), que foi eleita com mais da metade dos votos, mas ressaltou, na ocasião, a incompatibilidade da atividade política com o cargo de servidora da justiça eleitoral.

No julgamento ocorrido em dezembro os ministros entenderam que, no caso da prefeita eleita, devia ser aplicado o artigo 366 do Código Eleitoral, que estabelece que “os servidores de qualquer órgão da Justiça Eleitoral não poderão pertencer a diretório de partido político ou exercer qualquer atividade partidária, sob pena de demissão”. Um dos requisitos de elegibilidade é a filiação a partido político.

 

Ex-prefeito Serginho já está com Déda I

Deu no portal Soudegloria.com: O ex-prefeito Sergio Oliveira que foi eleito prefeito de Glória nas eleições de 2008, mas teve sua candidatura cassada pelo Supremo Tribunal Federal, está nos braços do governo. A informação ainda não é oficial, mas deve ser confirmada nos próximos dias. Segundo informações de uma fonte ligada ao governo, Marcelo Déda deve anunciar a parceira com o neo-companheiro e atual Secretário de Administração e Finanças do município de Glória, Sérgio Oliveira. Este que sempre foi um ferrenho adversário político do Partido dos Trabalhadores – PT, inclusive foi contra Marcelo Deda na eleição passada, chamando-o de “governadorzinho”, agora será aliado do governo Déda.

 

Ex-prefeito Serginho já está com Déda I

Continua a matéria do site: O governador, junto com o ex-prefeito, deve anunciar ainda que tipo de parceria foi pactuado: se administrativa, para dar sustentação ao governo estadual, ou se a parceria é também política, já que Sérgio é um novo aliado do Deputado Ulices Andrade (PDT) que dirige o poder legislativo estadual e pleiteia ser o vice de Deda nas próximas eleições. Se a parceria for também política surge realmente um novo cenário no quadro político em Glória. Primeiro, alguns cargos políticos devem estar em jogo, ou seja, Sérgio Oliveira deve indicar seus correligionários para assumir cargos na DRE´09, no Hospital Regional, na Deso, no Ciretran ou no DER. No mínimo ele deve pleitear o comando de um desses órgãos estaduais. Sabe-se que politicamente a DRE´09 e o Hospital, devido suas estruturas, são espaços almejados e que influem em bons resultados políticos.

 

Ex-prefeito Serginho já está com Déda

Finaliza a matéria: Segundo, se isso acontecer de fato como será que deve ficar as candidaturas nas próximas eleições municipais em Glória? A quem Deda pode dar o seu apóio: Aparecido Dias (PSB), Zico (PMDB), Chico do Correio (PT) ou Sérgio Oliveira (novo filiado ao PDT) que já administra a cidade junto com sua irmã, Luana Oliveira? Ou ainda, dentro de uma possibilidade remota (mas na política tudo é possível), a todos estes que podem estar juntos no mesmo palanque?!De qualquer forma, todos que conhecem o ex-prefeito Sérgio sabem que ele não é de perder tempo. A sua trajetória política é conhecida por ele correr sempre pro lado da corda mais forte: já foi do grupo de Albano, de repente juntou-se com João e, agora, sabiamente, escolheu ficar com o petista Marcelo Déda.

 

Programa habitacional

O início da distribuição de senhas no CIC para a inscrição no programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ superou as expectativas da Prefeitura de Aracaju. Tranquilidade, organização, conforto, agilidade e muita segurança foram uma constante durante todo o dia hoje, segunda-feira, quando foi deflagrado o cadastramento presencial das famílias interessadas em realizar o sonho da casa própria.

 

Estrutura

No local, 106 servidores municipais se dividem em 30 guichês para orientar os cidadãos, além de realizar a distribuição das senhas. Para o presidente da Fundação Municipal do Trabalho e Renda (Fundat), Carlos Magno Costa Garcia, a eficácia no atendimento se deve à estrutura preparada. “Nós montamos todo um aparato em torno do evento, pois esperávamos uma multidão bem maior. Mas que bom que tudo está ocorrendo em ordem”, declarou.

 

Posse na Secretaria de Inclusão Social

Hoje 12, às 15 horas, no auditório da Secretaria de Estado da Inclusão, da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides), localizada na Rua Santa Luzia, 680, centro, acontece à solenidade de posse da deputada estadual Conceição Vieira (PT) como a nova secretária da Seides. Uma das principais articuladoras da área social do Estado, a primeira dama, Eliane Aquino, não estará presente por conta de compromissos firmados há algum tempo para conhecer um programa educacional em Fortaleza (CE). E fica no ar uma pergunta: e a posse dos outros secretários? Por exemplo, Jorge Araújo e Bosco Costa, não dependem de aprovação de projeto na AL, para assumirem suas novas pastas, respectivamente, Governo e Articulação Política.

 

Ibarê Dantas lança livro: história política

O professor e escritor Ibarê Dantas lançará amanhã, dia 13, às 18 horas, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, o seu novo livro intitulado “Leandro Ribeiro de Siqueira Maciel”. É mais uma obra baseada em pesquisas, sobre a história política do Estado de Sergipe. Pelas próprias palavras de Ibarê: “ao investigar a trajetória de Leandro Ribeiro de Siqueira Maciel, cujo centenário de morte evocamos, tentamos elaborar uma biografia que ajude a pensar a política sergipana num tempo de longa duração”.

 

Exposição Viés

No próximo dia 21 de maio, será aberta na Galéria J. Inácio – hall da Biblioteca Epifânio Dórea – às 19h30 a exposição Viés, com os seguintes artistas plásticos: Alessandro Santana, Augusto Santos, Davi Lima, Ronaldson, Nei Alves, Luciana Carla, Luiz Mário, Mateus Lopes, Suyene Correa e Vilma Rebouças. Vale a pena conferir.

 

Mão de obra sergipana

A qualidade da mão de obra sergipana é um dos fatores que mais atrai empresas de fora. A teoria é confirmada por algumas das indústrias nacionais que estão instaladas em Sergipe, como é o caso das Duchas Corona e Mabel. Além da qualidade da mão de obra, a indústria Ducha Corona comemora o crescimento de 40% do consumo das duchas Corona no Nordeste após instalação de sua indústria em Aracaju. Já a Mabel, entre tantos diferenciais encontrados em Sergipe, comemora o sucesso da linha Doce Vida de produtos light e diet que é fabricada exclusivamente no município de Itaporanga D’Ajuda e distribuída para todo o país. Estes e outros diferenciais do parque industrial sergipano serão divulgados durante a Feira da Indústria e Inovação Tecnológica – FITEC – que será realizada pela Êxito Eventos e FIES entre os dias 27 e 30 de maio, no Centro de Convenções de Aracaju. Vale a pena conferir. 

 

Apelo ao prefeito e o exército “Samaronino”

Tem jeito não! Quando se precisa dos agentes de trânsito eles não aparecem. Ontem, 11, a cidade de Aracaju estava um caos por conta das fortes chuvas, mas eles não apareceram. Parecem que não têm capas de chuvas. Os agentes de Samarone só servem para ficarem escondidos multando os motoristas. Enquanto isso das 17h30h às 19h, nos principais corredores – leia-se Beira Mar, Hermes Fontes e Pedro Valadares – não tem um agente de trânsito. O exercito “Samaronino” está descansando as mãos para autuar, com presteza, os motoristas no dia seguinte.

 

Déda e Almeida discutem viabilização de recursos

O governador Marcelo Déda recebeu na tarde de ontem, 11, o presidente da Comissão do Orçamento da União e senador por Sergipe, Almeida Lima. Na pauta da reunião, que aconteceu no Palácio dos Despachos, esteve a destinação de recursos do Orçamento Geral da União (OGU) para Sergipe. Um novo encontro entre o governador e o senador Almeida Lima, desta vez com a participação da secretária de Estado do Planejamento, Lúcia Falcón, ficou agendado para a próxima semana. Na próxima pauta, Déda e Lúcia levarão projetos para serem incorporados no orçamento de 2010 da União.

 

Orçamento 2010

“Como o próprio senador me falou, ele não quer que esse gesto seja apenas burocrático e formal. Por isso, na próxima semana eu e Lúcia já pedimos uma audiência com senador em Brasília para levar projetos para orçamento de 2010, além de alguns estudos sobre a execução do orçamento deste ano. Vamos discutir com o senador, com o futuro coordenador da bancada e com todos os parlamentares de Sergipe a busca daquilo que é o interesse de todos nós: o melhor para o estado de Sergipe”, relatou Déda.

 

Desenvolvimento

O senador Almeida Lima afirmou que trabalhará junto ao Governo para o desenvolvimento do Estado. “Sei da importância da Lei Orçamentária Anual e, como senador-presidente dessa comissão, não poderia deixar de fazer esta visita ao governador e me colocar a disposição do seu Governo e de Sergipe. Evidentemente as diferenças político-partidárias que poderiam existir jamais dificultariam esse relacionamento e esse entendimento. Sergipe, nesse momento, tem como governador Marcelo Déda, jovem de uma geração parecida com a minha. Por isso, não poderíamos deixar de trabalharmos em prol do desenvolvimento do Estado”, ressaltou. (ASN).

 

 

Salvo por pouco

O jornalista Mílton Alves, diretor Industrial da Segrase, salvou-se de uma tragédia na noite de sábado 9, por volta das 23hs30min. Ele vinha de São Cristóvão para Aracaju na companhia da mulher, Izaura, e da irmã Marilene, quando nas proximidades da Ponte Velha, na parte baixa da cidade histórica, foi surpreendido por uma enchente, consequência das fortes chuvas que caíram. O carro que dirigia, um Fiesta, foi puxada pelo volume de água que inundou a rua Gracco Cardoso, e quase tragado para o leito do rio Paramopoma que transbordou. “Foram momentos de muita angústia e tensão”, lembra o jornalista, agradecido pela solidariedade dos que sujeitaram-se entrar nas águas sujas para socorrê-lo e retirar o carro que poderia ser destruído pela forte correnteza do rio. Mílton, a mulher e a irmã dele estão bem.

 

Melhores do ano

A Associação dos Cronistas Desportivos de Sergipe – (ACDS) divulgou na última sexta-feira 8, a relação dos “Melhores do Campeonato”, uma promoção da entidade, em parceria com a Federação Sergipana de Futebol (FSF), Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (Seel), Secretaria da Fazenda (Sefaz) e Fundação  Aperipê, com o objetivo de premiar atletas, membros de comissão técnica, dirigentes, árbitros e assistentes que mais se destacaram no decorrer da competição.O escolhido em cada categoria será premiado com um troféu comemorativo, a ser entregue na festa organizada pelos promotores do evento, a ser realizada no dia 22 de maio, em local ainda a ser definido pela FSF.

 

Desportista do ano

O secretário do Esporte e do Lazer, Mauricio Pimentel, foi eleito o destaque como “Desportista do Ano”. Ele concorreu como nomes tradicionais como Luis Roberto, vice-presidente do Confiança, Milton Dantas, presidente do Confiança e Carivaldo Souza, presidente da FSF entre outros. A disputa ficou mesmo por conta de Mauricio Pimentel e Luis Roberto. O Secretário obteve 18 votos da crônica esportiva, contra 13 de Luis RobertO.  O resultado foi uma surpresa para secretario Maurício Pimentel. Mas ele disse que se sente honrado pela homenagem e agradece aos cronistas esportivos. “Me sinto muito feliz pela escolha. Posso dizer que para mim foi uma grande surpresa, essa indicação  da crônica esportiva. Tenho pouco mais de 100 dias à frente da pasta. Nesse curto período fizemos o que foi possível. Mas sabemos que temos muito mais a fazer em beneficio do esporte sergipano, especialmente o futebol e em defesa da crônica esportiva. Agradeço de todo coração. Com certeza, esse será um troféu que vou guardar com todo carinho na minha galeria”, confessou Mauricio Pimentel.

 

TRT nega recurso de ex-empregado em ação contra Ensurb

O TRT da 20ª Região negou provimento a recurso movido por ex-empregado contra a Empresa Municipal de Serviços Urbanos e Município de Aracaju, no processo nº 00810-2008-006-20-0. O Tribunal manteve a sentença proferida pela 6ª Vara do Trabalho de Aracaju, a qual julgou correta a decisão que declarou a incompetência da Justiça do Trabalho para apreciação do processo, determinando o envio dos autos à Justiça Comum Estadual.O ex-empregado recorreu da decisão, alegando que trabalhou na empresa como fiscal de ambulantes, e não em função compatível com cargos comissionados, como reconhecido na sentença, e que, portanto, a responsabilidade trabalhista seria da Prefeitura de Aracaju.O desembargador João Bosco Santana de Moraes, relator do processo, negou provimento ao recurso e manteve a sentença. “O ex-empregado foi contratado para exercer cargo em comissão, revestindo-se, portanto, em vínculo de natureza jurídica administrativa. Sendo assim o processo de pendência entre servidor temporário e a Administração Pública pertence à Justiça Comum”, concluiu o desembargador. (Ascom/TRT).

 

Banco terá que pagar R$ 80.000,00 a empregado por danos morais

O Banco Bradesco S/A foi condenado a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 80.000,00 a empregado, a título de danos morais. A decisão foi proferida pela 3º Vara do Trabalho de Aracaju. No mesmo processo, o Bradesco teve também seu pedido de consignação de pagamento negado.O empregado alegou que foi acometido de doença ocupacional – LER/DORT, enquanto desenvolvia suas atividades na empresa, passando a sentir fortes e constantes dores em seu punho direito. Para fazer prova de suas alegações, juntou ao processo relatórios e exames médicos.

 

Reintegração do empregado

O Bradesco alegou que não houve exame baseado na história clínico-ocupacional.  Argumentou também que nem mesmo o laudo do ortopedista indicava que a tendinite fosse resultado das condições de trabalho do empregado e que, portanto, a doença não estaria diretamente relacionada às atividades desenvolvidas na empresa.A juíza Marta Cristina dos Santos, da 3ª Vara do Trabalho de Aracaju, determinou a reintegração do empregado na função de “Caixa A” e o restabelecimento do plano de saúde e das demais vantagens trabalhistas asseguradas a sua categoria profissional, condenando o Bradesco ao pagamento dos salários vencidos e vincendos, das parcelas de férias com 1/3, 13º salários e FGTS, além do pagamento dos custos processuais no valor de R$ 2.000,00 e da indenização por dano moral. (Ascom/TRT).

 

Decisão interessante sobre a greve dos enfermeiros

A Presidente do Sindicato dos Enfermeiros em entrevista disse: “Muitos veículos da imprensa publicaram e anunciaram as decisões de ilegalidade das greves do município de Aracaju, deflagradas nos últimos meses, mas uma coisa nos chama atenção… A greve dos Enfermeiros não foi declarada ilegal. Lendo o despacho do Exmo. Desembargador Dr. Netônio Bezerra Machado vê-se que em nenhum momento a greve desta categoria foi declarada ilegal, apenas houve atendimento à solicitação de antecipação de tutela pedida pela Prefeitura de Aracaju, por motivo da realização da Campanha de Vacinação dos Idosos. Vale ressaltar, entretanto, que vergonhosa, ditatorial e eivada de inverdades foi a petição encaminhada pela PMA por meio de seu Procurador Luiz Carlos Oliveira de Santana, que demonstra no mínimo falta de habilidade para exercer o cargo que ocupa. A petição pedia R$ 30.000,00 de multa diária ao Sindicato, o que se constata uma exigência abusiva por parte da PMA, dizia que os servidores públicos não têm direito à greve (fato que foi repudiado pelo Desembargador), que os profissionais não avisaram à prefeitura com a antecedência mínima de 72h (temos documentos que comprovam nossa comunicação), dizia que o sindicato não respeitou a Mesa de Negociações (temos uma documentação que explicita  que a prefeitura não iria mais atender a nenhum pleito), dizia que tínhamos uma quantidade abusiva de reivindicações (temos como provar que nossas reivindicações se acumularam desde 2007 de forma oficial) e ainda que não cumprimos o quantitativo mínimo de profissionais a dar cobertura no período de greve (mantivemos mais que 30% dos profissionais nos serviços). Vamos fazer a nossa defesa apenas para comprovarmos o que afirmamos”.

 

Estatuto dos servidores

Completa ainda Presidente falando na Prefeitura de Aracaju: Niguém percebeu que apenas um único jornal tratou sobre a ação de inconstitucionalidade do Estatuto do Servidor Municipal de 1988,  movida pela Prefeitura de Aracaju? Pois é, a prefeitura perdeu a ação. Não poderá retirar os direitos dos servidores expressos na Lei 1464/88 , nem protelar o cumprimento daquilo que é devido aos servidores municipais, e ainda pagará uma multa de R$ 40.000,00. Ocuparam o Judiciário sem que a ação tivesse o devido mérito, com a finalidade apenas de dificultar a vida dos trabalhadores de Aracaju, mas mais uma vez o Desembargador Dr.  Netônio Machado acertou. Ainda bem que o nosso Judiciário tem salvação…  Os servidores agora vão poder voltar a requerer suas licenças-prêmio por terem completado 5 anos de serviço efetivo”.

 

Ecologicamente correto

O Absolutto Condomínio Clube é um empreendimento ecologicamente correto. O projeto foi elaborado pensando no bem estar dos seus moradores e ao mesmo tempo na preservação do planeta, pois possui diversos itens de sustentabilidade. Mais um diferencial desse Stanza, segmento econômico da Celi.

 

DO LEITOR

 

Lama no Santa Lúcia

Do leitor Felipe Macedo: “Sou morador do Condomínio Residencial Poxim, que fica situado na Est. da Jabotiana, Bairro Santa Lucia. Com esse período de chuva, estamos enfrentando uma situação muito incômoda, que se agrava a cada dia, com o acumulo de lama que escoa dos morros próximos aos condomínios residenciais do PAR – Tenysson Fontes e  Poxim. É incrível como  ninguém toma qualquer providência em relação a  esses problemas!! basta cair uma chuva mais forte, que a única estrada existente fica abarrotada de lama, sem que os carros possam passar normalmente. Acho que já seria a hora de se construir barreiras de contenção, pra que essa lama não escorra dos morros e venham a impedir o tráfego de veículos na localidade; afinal, não adianta se garantir a casa própria através dos imóveis do PAR, sem se assegurar que seus moradores possam ter acesso a seus imóveis!”

 

Casa do PAR abandonada há quase 5 anos.!!!

E-mail recebido: Veja bem: o Prefeito com toda boa vontade e solidariedade trouxe o Programa do Governo Federal para Aracaju e através de parcerias com a Caixa Econômica Federal e uma Administradora conhecida como CONTADATA construiu varias casa através do Programa de Arrendamento – PAR. Pois moro a quase cinco anos no conjunto Residencial Brisa Mar e na mesma rua que moro tem uma casa abandonada com mato a mais ou menos 1 metro, de altura e um sofá velho na porta. Lembro que no lançamento deste programa varias pessoas enfrentaram filas gigantescas para poder conseguir uma moradia digna e hoje vejo, uma casa abandonada servindo de abrigo para marginais. Depois desse tempo todo vem novamente o Governo Federal e lança um Projeto com construção de mais de 11 mil casas para Sergipe e tudo acontecerá novamente? será que o governo tem interesse de financiar as casas para pessoas de baixa renda ou financiar as casas para os aliados? veja bem, hoje tem uma multidão de pessoas escritas no programa que nem os técnicos sabem como será a seleção, isso significa que varias pessoas que são aliadas terão o direito que um pobre não tem? Espero que as autoridades tomem providências e não aconteça o que vem acontecendo aqui na Rua I do conjunto Residencial Brisa Mar.

 

Seleção Brasileira da rádio Aperipê AM

Do leitor Gilson Costa: “Sou fã incondicional do rádio, em especial quando comparo com a televisão e a imprensa escrita. Ele é ágil, não precisa grandes estruturas para se chegar ao público e quando se guarda a qualidade se torna insuperável. Essa minha paixão que vem de priscas eras (poético né?) está sendo hoje dividida com o fenômeno internet e sua capacidade de mostrar ao distinto público o quanto a falta de compromisso de parcela de nossa mídia com a verdade factual. Mas digo tudo isso para dizer do meu encantamento com um programa que escuto já há algum tempo. É o Seleção Brasileira, da rádio Aperipê FM comandado por Mário Sérgio Félix, que divide o espaço entre nomes consagrados da música brasileira com novos nomes, além de tocar a música sergipana. É um espetáculo a ser ouvido. Fabiana Cozza, Rita Ribeiro, Chico Queiroga, Mônica Salmasso, Jurandy da Feira, Rolando Boldrin  e tantos outros têm espaço no programa. Em que outro programa se ouve tais nomes? E você pode  fazer os seus pedidos pelo email seleçãobrasileira@aperipe.se.gov.br

 

Tréplica de Marcos Aurélio I

Do secretário de Comunicação de Itabaiana, Marcos Aurélio: “Sem quere transformar o seu precioso espaço numa sala de debate com o vereador petista Olivier Chagas, mas cumprindo o dever de esclarecer alguns pontos abordados pelo mesmo na sua resposta, quero informar o seguinte: a) quando sugeri que o mesmo comparecesse à Assembléia Legislativa para verificar como age o líder Francisco Gualberto, não pretendia que o vereador se ausentasse das suas obrigações, nem de parlamentar, e muito menos como homem do direito nas suas audiências. O fiz apenas com o intuíto de mostrar ao mesmo que o comportamento de Carlinhos é o mesmo que o de Gualberto quando o assunto é orientar a bancada a votar contra uma emenda da oposição. Caso tenha alguma dúvida basta perguntar ao líder da oposição Venâncio Fonseca (PP). Sobre a minha presença na Câmara apenas nos eventos especiais devo informar ao mesmo, que o papel institucional que fora outorgado ao secretário de assuntos parlamentares, ex-vereador Vado de Olimpo Grande, o mesmo vem cumprindo com maestria, comparecende à todas as seções plenárias e construindo a relação harmoniosa entre o Poder Executivo e o Legislativo. Da minha parte, devo informar ao vereador que acompanho atentamente todos os passos da Câmara, tanto através dos relatos com o secretário Vado, quanto pelo site daquela Casa que é atualizado praticamente em tempo real”.

 

Tréplica de Marcos Aurélio II

Por fim, devo esclarecer à sociedade que a postura “ditarial” do Líder da bancada de situação no parlamento itabaianense, vereador Carlinhos da Atlética deve ser medida e comparada, levando-se em conta que em apenas quatro meses da administração do prefeito Luciano Bispo, já foram aprovados três convocações de secretários municipais para prestar esclarecimentos àquela Casa, sendo a primeira a Vice-Prefeita e secretária de saúde, Dra. Lourdinha Machado, o segundo o secretário de agricultura, Valtenis Braga e o terceiro, este secretário de comunicação Marcos Aurélio, neste último caso, atendendo a uma proposta do próprio vereador petista. Como sei que o nobre vereador não tem tempo para ir até a Assembléia Legislativa, peço que o jornalista Cláudio Nunes pesquise, ou consulte os anais da Assembléia e informe quantos secretários de Estado, nos últimos dois anos e quatro meses foram convocados pela oposição naquela Casa e tais requerimentos tenham sido aprovados?

  

Constrangimento GOL I

Informa o jornalista Abrahão Crispim Filho: Neste último domingo (10) houve muito bate-boca no saguão de embarque do Aeroporto Internacional de Aracaju. O motivo de tanta confusão e constrangimento ocorreu com a GOL Linhas Aéreas Inteligentes. O voo 9030 que estava previsto para sair às 16h20 com destino à Maceió teve que ser cancelado, pois a aeronave apresentou defeito ao tentar decolar. A empresa tentou remanejar seus passageiros para o grupo da companhia TAM, mas sem sucesso. Naquela tarde, não havia mais voos previstos para a capital alagoana e com isso a GOL teve que arcar com as despesas levando todos os seus passageiros para um hotel e remarcar o voo para segunda-feira (11) às 8h da manhã.

 

Constrangimento GOL II

Continua o relato: O que mais chamou a atenção neste fato é que, segundo a passageira Alzira Reis, a GOL queria levar seus tripulantes em um microônibus. Todos ficaram abismados com a atitude e informaram aos funcionários da companhia aérea que se quisessem viajar de ônibus não comprariam passagem área. “Eu paguei para viajar de avião e é nele que vou voltar para Maceió, nem que seja amanhã, como eles sugeriram”, ressaltou a carioca, Alzira Reis. Além disso, outros passageiros não queriam se arriscar em uma viagem de quatro horas, com o tempo chuvoso e perigoso. Uma vez que, uma viagem área destino AJU/MCZ é feita em 30 minutos. Resolvido? Na manhã desta segunda-feira (11) os passageiros da GOL Linhas Aéreas Inteligentes chegaram ao saguão do aeroporto às 7h e puderam embarcar com sucesso para Maceió.”O horário da viagem foi muito bom, pois as pessoas ainda terão tempo de ir trabalhar. E eu, efetivar a minha participação no Congresso Nacional de Turismo, no centro de Convenções de Maceió que foi por isso que vim do Rio de Janeiro para o nordeste”, diz Alzira Reis. 

 

Participe ou indique este blog para um amigo:

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“As pessoas decentes não precisam de honra.” Sofocleto.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários