“A quem cabe pôr a culpa?”

0

A equipe do InfoNet Notícias acaba de receber um e-mail do internauta e jornalista sergipano Alan Cardoso a respeito da notícia sobre a demolição do Cinema Rio Branco, publicada em primeira-mão ao final da tarde de ontem nesse mesmo noticiário. “É com extrema tristeza que percebemos o fim de um dos cines mais antigo do mundo, o Rio Branco. Fiquei estarrecido com a imagem da demolição e da melancolia que restou. Pergunto-me se o mesmo não vem acontecendo com a cultura do nosso Estado, que já atravessa há anos por processo de desestabilização e desmantelamento. A quem cabe pôr a culpa? No Estado Constituído? Nos proprietários? Em nós mesmos? Sinceramente não sei. Mas aqui fica meu protesto de que não compactuo com este sistema que coloca em interesses próprios em detrimento da causas universais. Se não conseguimos preservar nosso passado, de que servirá nosso futuro?” (Alan Cardoso, repórter de cultura da Revista Aracaju Magazine).

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais