“A vitória da paciência”, por Diógenes Brayner

0

O engenheiro João Alves Filho (PFL) é o governador de Sergipe pela terceira vez. E colocou uma diferença, diante de um adversário respeitável, aguerrido e competente, como o senador José Eduardo Dutra (PT), muito acima do que esperava. Sentiu, também, que ganhou novos aliados, que se vestiu de verde e foi às ruas fazer frente a uma vibrante militância petista, que trabalha com o coração para eleger os representantes do seu partido. Mas essa força verde teve participação efetiva de uma juventude que, antes, sentia receio – e porque não dizer vergonha – de ir às ruas defender um nome que fugisse ao modismo do momento. Mas João não é candidato de uma campanha fugaz. Desde 1998, quando perdeu as eleições para o governador Albano Franco, reeleito no segundo turno, que resolveu trabalhar para retornar ao Governo do Estado. Sentia que ainda tinha uma meta a cumprir. Aos poucos foi se reciclando e resolveu peregrinar por colégios, instituições, sindicatos, universidades e várias entidades fazendo palestras sobre Sergipe e, com habilidade, mostrou o trabalho que realizou em Sergipe, quando foi prefeito, em 1994, indicado pelo então governador José Rollemberg Leite. Leia mais na coluna “Plenário”

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais