Acusado de abusar de criança em escola de Socorro é preso em PE

0
Homem preso em Pernambuco foi indiciado pelo DAGV de Socorro (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Um homem identificado como Abílio Barroso Filho, de 55 anos, que é acusado de ter abusado sexualmente de uma menina de sete anos dentro da escola em que ela estudava, em Nossa Senhora do Socorro, na Grande Aracaju, foi preso na última segunda-feira, 23, na cidade de Frei Miguelinho, em Pernambuco.

O suspeito, que era estagiário na escola onde a menina estudava, foi indiciado pela Polícia Civil de Sergipe pelo crime de estupro de vulnerável e contra ele já havia um mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe.

De acordo com o advogado Israel Lopes, que representa os familiares da criança, contra o suspeito também havia um mandado de prisão expedido pela Justiça de Pernambuco em virtude de uma acusação de abuso sexual de duas adolescentes de 13 e 16 anos, na época em que ele era conselheiro tutelar da cidade de Frei Miguelinho. Ele chegou a ser condenado em 1ª instância. Ainda segundo o advogado, o acusado está custodiado no Presídio de Limoeiro, em Pernambuco.

A criança sergipana vítima do abuso sexual, conforme o advogado, saiu da escola e por causa do trauma, tem receio de voltar a estudar. A menina está passando por acompanhamento psicológico e se mudou junto com os pais para a casa de parentes em Aracaju.

Relembro o caso

No dia 22 de agosto, familiares de uma menina de sete anos registraram um boletim de ocorrência denunciando que a criança foi abusada sexualmente pelo estagiário da sala onde ela estudava. A menina passou por exames que comprovaram o crime. As investigações foram conduzidas pela delegada Maria do Socorro, que decidiu pelo indiciamento do suspeito e encaminhou o caso à Justiça. A Prefeitura de Socorro exonerou o homem da função assim que foi informada da denúncia.

 

por Verlane Estácio 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais