Acusado de comandar tráfico em Dores morre em confronto com o Cope

0
Material apreendido durante a ocorrência (Foto: SSP/SE)

Um homem identificado como Gileno Santos Andrade, vulgo Ninho, de 30 anos, acusado de comandar o tráfico de drogas em Nossa Senhora das Dores morreu nesta quinta-feira, 23, durante confronto com policiais civis do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope).

Gileno saiu de Dores em direção a Aracaju com um veículo carregado de drogas. O Cope recebeu a denúncia e interceptou o suspeito nas imediações da BR-101, município de Laranjeiras. O homem confrontou os policiais e veio a óbito no local. Com ele, os policiais apreenderam munições, drogas e um revólver.

De acordo com o delegado André David, Gileno começou a comandar o tráfico de drogas em Dores após a morte de Robério e Carminha, casal que liderada a atividade criminosa na região. “Recebemos informações seguras que o investigado estava se deslocando para a capital com drogas e estava armado e fizemos sua interceptação”, disse.

Vale ressaltar que Gileno é apontado com um dos principais suspeitos por alguns homicídios em Dores. “Recebemos determinação do secretário João Eloy de atuar fortemente no combate ao tráfico na cidade de Dores, pois os traficantes estão fazendo os homicídios crescerem no município”, destacou o delegado.

Com informações da SSP/SE

Comentários