Acusado de esfaquear transexual nega autoria do crime

0
Alex Silva foi preso na Praça Fausto Cardoso, mas nega o crime (Foto: SSP/SE)

O principal acusado de esfaquear a transexual Laysa Fortuna, Alex da Silva Cardoso, negou em depoimento à polícia que seria o autor dos golpes que levou à óbito a jovem na última sexta-feira, 19.

A polícia, porém, não crê na versão do acusado. “Ele informa que não foi ele que deu a facada na Laysa, mas testemunhas oculares já prestaram depoimento e dizem que foi ele o autor do homicídio, e para a polícia não resta dúvida que foi ele o autor”, explica a delegada Meire Mansuet, da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV).

Alex está preso desde o último sábado, 20, quando foi encontrado por policiais do DAGV na Praça fausto Cardoso. As investigações, conforme a delegada, apontaram que ele costumava circular pela região do centro de Aracaju, praticando crime de ódio e intolerância e insultando as transexuais.

por Yago de Andrade

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais