Acusado de tentativa de estupro continua solto

0

Escola Olavo Bilac (Foto: Arquivo Portal Infonet)
O caso da menina de 13 anos que teria sofrido uma tentativa de estupro no último dia 3 continua sendo investigado pela polícia. Informações dão conta de que após deixar a Escola Estadual Olavo Bilac, localizada no bairro Santos Dumont, zona Norte da Capital, duas jovens teriam sido abordadas por Carlos Rafael Santos, 21 anos. Uma das jovens teria se livrado do acusado enquanto a outra foi espancada e teve a calcinha rasgada.

De acordo com a delegada coordenadora operacional da Polícia Civil da capital, a delegada Ana Lili, informações preliminares dão conta de que não houve a prisão em flagrante e por isso o acusado ainda não foi detido. “A menina foi levada a Plantonista e o material da mesma foi coletado e encaminhado ao Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) de Nossa Senhora do Socorro e o resto está sob investigação”, conta a coordenadora.

Segundo a delegada Mariana Dinis, do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), o Conselho Tutelar também já acompanha o caso. “A jovem já foi encaminhada pelo Conselho Tutelar ao Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas) São João de Deus, localizada no bairro Santo Antônio, e já deve estar recebendo acompanhamento psicológico”, informa.

Comentários