Acusado de tramar morte de delegado morre em confronto com a polícia

0
Confronto ocorreu no município de Propriá (Foto: SSP/SE)

Um confronto entre agentes das polícias civil de Sergipe e da Bahia culminou na morte de um homem identificado como Deyvison Lima de Jesus, durante a noite da última quarta-feira, 29, no município de Propriá. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE), o suspeito era líder de uma facção criminosa que tramava os assassinatos de um delegado e de um investigador da Polícia Civil da Bahia.

A SSP divulgou na manhã desta quinta-feira, 30, uma nota informando que a ocorrência se iniciou a partir da investigação de policiais civis do município baiano de Senhor do Bomfim-BA. Eles identificaram uma quadrilha acusada pela execução de diversos crimes violentos ligados ao tráfico de drogas. Conforme a secretaria, os membros arquitetavam uma chacina no município, mas acabaram sendo mortos pelos agentes em confronto antes da execução do plano.

Após o confronto, os policiais identificaram que o líder remanescente da quadrilha estava escondido em Propriá-SE e, através do contato com a polícia local, deflagraram uma operação para capturá-lo. “No momento da abordagem, o foragido reagiu à prisão disparando contra os policiais, que foram obrigados a revidar a injusta agressão. O preso foi socorrido para o hospital, mas evoluiu a óbito”, informa a secretaria em nota.

O Instituto Médico Legal (IML), que também registrou outros seis corpos nas últimas 24h, em Sergipe, foi acionado e transferiu o corpo para a sua base, em Aracaju, às 4h desta quinta, mas ainda não o liberou para posterior sepultamento.

Outros registros

Além do confronto em Propriá, foram totalizadas três vítimas de mortes violentas por arma de fogo, em Nossa Senhora do Socorro e Aracaju. Na primeira, um corpo sem identificação do sexo masculino e na capital duas, identificadas como Deneton Menezes dos Santos, 22, morto no início da quarta em uma ação criminosa no conjunto Padre Pedro, bairro Santa Maria, e Lucas Lima Reis, 24, na praça Recanto da Paz, bairro Aeroporto.

Ainda foram constatadas uma vítima de morte a ser esclarecida, a jornalista Yara Maria dos Santos, 38, encontrada morta em um apartamento do bairro Ponto Novo, em Aracaju, uma de queda da própria altura, de nome Josepha de Santanna Carlos, em Lagarto, e outra de acidente de trânsito identificada por José Renaldo Valido de Menezes, no KM 73 da BR-101, em Maruim.

por Daniel Rezende

Comentários