Adiada reunião entre agentes e Seides

0

Agentes só esperam reunião com secretária, afirma presidente
Ávidos por uma resposta da Secretaria de Inclusão Social (Seides) quanto ao reajuste salarial solicitado pela categoria, agentes do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) terão que esperar mais uma semana para prosseguir com as negociações. A reunião, inicialmente marcada para esta quinta-feira, 9, foi transferida para o próximo dia 16.

Na expectativa de iniciar uma greve a qualquer momento, os agentes já não ficaram satisfeitos com as respostas do tenente-coronel Henrique Rocha a algumas solicitações do Sindicato dos Agentes de Segurança de Sergipe (Sindase/SE), em reunião no último dia 7. O estopim para o início da paralisação, segundo o presidente do sindicato, pode ser a negativa da Seides ao reajuste salarial requerido pela categoria.

“Vamos esperar a reunião com a secretária Conceição Vieira, no dia 16, e, no dia seguinte, realizaremos uma assembléia com os agentes para decidirmos se haverá ou não a greve”, antecipa Eziel de Oliveira, presidente do Sindase.

Se depender da opinião do coronel Rocha, a greve não será concretizada. “Essa paralisação é precipitada. É uma irresponsabilidade”, declarou o coronel após a reunião com os agentes do Cenam, na última terça-feira.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais