Atentado: SSP nega prisão de mentor

0

O secretário da Segurança Pública, João Eloy de Menezes, negou a prisão do mentor

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) nega a prisão de qualquer pessoa vinculada com o atentado contra o desembargador Luís Mendonça e o cabo Jailton Batista Pereira, da Polícia Militar de Sergipe, ocorrido por volta das 9h do último dia 18 de agosto, em Aracaju.

O secretário da Segurança Pública, João Eloy de Menezes, negou o fato por volta das 15h desta quarta-feira, 15, após informações veiculadas no Twitter que afirmavam que um sobrinho do desembargador Luís Mendonça teria sido o mentor do crime e preso na cidade de Barreiras, no oeste da Bahia.

Assim que soube da informação, o secretário João Eloy manteve contato com o secretário da Segurança Pública da Bahia, o delegado da Polícia Federal César Nunes, que apurou o fato junto à Delegacia de Barreiras e também negou a possível prisão. O Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) continua com o processo investigativo a fim de elucidar o caso no menor período de tempo possível.

Fonte: SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais