Autoridades visitam projetos de ONG e PMA

0

Projeto Acolher foi o primeiro a receber a visita das autoridades
Durante toda esta quarta-feira, 15, autoridades fazem visita a alguns programas sociais frutos da parceria entre a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) e a ONG Eunice Weaver. O convite surgiu após a polêmica que envolveu a instituição e a PMA, com as denúncias do deputado estadual Augusto Bezerra (DEM) sobre supostas irregularidades nos repasses financeiros da PMA à ONG, que, segundo ele, chegaram a R$ 28 milhões apenas em 2008.

O Projeto Acolher, primeiro local a ser visitado, recebeu representantes do Ministério Público Estadual (MPE), do Ministério Público Especial do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a vereadora Miriam Ribeiro (PSDB), o secretário de Governo Bosco Rollemberg, além da secretária de Assistência Social e Cidadania, Rosária Rabelo.

Os convidados puderam conhecer as acomodações e atividades do projeto, que tem como principal objetivo a inclusão social de jovens, adultos e idosos moradores de rua da capital. “A casa que abriga o Projeto Acolher tem capacidade para receber 30 pessoas, e toda a estrutura necessária para trabalhar a reinserção social e familiar desses moradores de rua”, explica a coordenadora do projeto, Karla Vanessa.

Coordenadora explica o funcionamento do projeto às autoridades
Ainda segundo a coordenadora, o projeto funciona 24 horas, e também nos finais de semana e feriados. “A central de acolhimento, que funciona aqui nesta casa, funciona interruptamente. Nós temos também equipes de profissionais capacitados para atender a essas pessoas, e também para fazer a abordagem nas ruas”, conta a coordenadora. “O trabalho aqui não é fácil, são muitas as dificuldades que os funcionários passam para acolher essas pessoas”, ressalta a secretária Rosária Rabelo.

O projeto Acolher conta com nove funcionários municipais e 25 contratados por meio da parceria com a ONG Eunice Weaver, responsável por utilizar os repasses financeiros da PMA na estruturação desses programas sociais.

Outros projetos

Além do Projeto Acolher, outros programas da Eunice Weaver também recebem a visita das autoridades nesta quarta-feira. Ainda pela manhã o Abrigo Caçula Barreto e o Centro de Referência da Assistência Social João Oliveira Sobral receberam as autoridades. Já pela tarde, é a vez das escolas João Paulo II e Nunes Mendonça. À noite, os convidados visitam o Projovem das escolas Laonte Gama e Tancredo Neves.

Denúncias

As acusações feitas pelo deputado Augusto Bezerra foram esclarecidas em coletiva de imprensa realizada pela PMA no último dia 30, mas ainda esperam a apuração do Ministério Público Estadual (MPE) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE). “As visitas vão ajudar na elucidação desse caso, e nossa expectativa é que seja resolucionado em no máximo 90 dias”, afirma João Augusto dos Anjos, procurador geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas.

A PMA confirma o valor de R$ 28,5 milhões apontado por Augusto Bezerra, mas esclareceu total é decorrente de dez anos de convênios com a ONG e não só referente a 2008 como foi denunciado.

Por Helmo Goes e Raquel Almeida

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais