Av. Nestor Sampaio: SMTT e comerciantes não chegam a um acordo

0
Impasse entre comerciantes e Prefeitura continua (Foto: ilustrativa/Marcelle Cristinne)

Representantes da Prefeitura de Aracaju, da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) e comerciantes da Avenida Nestor Sampaio, participaram de uma audiência de conciliação na manhã desta quinta-feira, 16, referente ao processo de mudança de circulação da via. A audiência terminou sem acordo entre as partes.

Os comerciantes da Avenida Nestor Sampaio e da Nelson Hungria pedem o retorno da circulação em mão dupla nas duas vias. Eles alegam que a mudança no trânsito de veículos para sentido único trouxe transtornos para os moradores da região e prejuízos para o comércio local.

“A SMTT fez a mudança de sentido e trouxe vários transtornos para as comunidades do Ponto Novo, Médici, Castelo Branco, Luzia e outros bairros. A Nestor Sampaio tem mais de 200 lojas e está demarcada com a faixa amarela que é proibido estacionar. Como a comunidade poderá comprar num local que não pode estacionar? Não há acessibilidade, tem transtorno para motoboy, para motorista de aplicativo. Nnosso objetivo era chegar num consenso para nos livrar desse transtorno”, afirma Ailton Figueroa, presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Estado de Sergipe (Feconseg/SE).

A SMTT, por outro lado, explicou que a mudança faz parte do projeto de mobilidade urbana da capital e trouxe muitos benefícios para a população que mora e circula pela região. “Temos a convicção dos benefícios para as mais de 2 mil famílias residentes na região, além das pessoas que circulam ali e dos pedestres que foram muito beneficiados. A mudança realizada e efetivada há mais de 40 dias, no nosso entendimento, é positiva para o coletivo da população que mora, trabalha e circula pela região”, afirma Renato Telles, superintendente da SMTT.

Durante a audiência de conciliação, o juiz ouviu as partes, mas como não houve acordo, o processo segue seu curso normal.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais