Canindé: laudo aponta que menino de 11 anos foi baleado nas costas

0
De acordo com o laudo, Vitor foi baleado nas costas na região lombar (Foto: Pixabay)

O laudo do exame cadavérico do menino de 11 anos, Vitor da Silva Santos, morto em Canindé do São Francisco, no dia 23 de maio, durante ação da Polícia Militar, aponta que ele levou um tiro de arma de fogo nas costas, na região lombar.

De acordo com o laudo, a causa da morte de Vítor foi choque hipovolêmico (perda de sangue) decorrente de hemoperitônio (presença de sangue na cavidade peritoneal) por trauma abdominal transfixante. O tiro perfurou o corpo da vítima pela região lombar e saiu na região abdominal.

O laudo foi divulgado pelo Ministério Público Estadual (MPE) que acompanha o caso e solicitou a Polícia Civil além do laudo de exame cadavérico, o exame balístico das armas usadas na ação pelos policiais militares.

Relembre

No dia 23 de maio, um menino identificado como Vitor da Silva Santos, 11 anos, foi morto no bairro Olaria, no município de Canindé do São Francisco, após troca de tiros entre suspeitos e uma equipe da Polícia Militar.

De acordo com a Polícia Militar, uma a equipe estava realizando um patrulhamento na região por volta das 17h30, no domingo, quando ouviram sons semelhantes a disparos de arma de fogo e, ao se aproximarem, foram recebidos com disparos. Diante da situação, a equipe da PM revidou os disparos e os suspeitos fugiram correndo e atirando. Ao realizar a busca, a PM disse foi encontrado pela equipe um cidadão aparentemente adolescente no mato com ferimento de arma de fogo. Ele foi levado ao hospital, mas não resistiu e morreu.

Ainda segundo o Polícia Militar, o menino era usuário e traficante de drogas, mas a família desmente a informação.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais